terça-feira, 26 de julho de 2016

.. Gincana .. 2 anos de Viciados (2ª Prova Extra)


Quem aí gosta de fazer palavra cruzada? Hahah eu adoro, gente! E vou falar que foi bem divertido montar esse aqui pra vocês. Está beeeem fácil, então nada de fazer bico e reclamar, ok? Vocês vão faturar pontinhos na maior moleza!
Confira aí a segunda e última provinha extra que está mamão com açúcar:

segunda-feira, 25 de julho de 2016

.. Gincana .. 2 anos de Viciados (1ª Prova Extra)


Boa noite, pessoal! Bom, como vocês estão se descabelando e como nós estamos na última semana da nossa gincana de aniversário, nós resolvemos dar pontinhos extras para vocês. Ninguém é obrigado a fazer essa prova extra, mas é sempre bom ganhar pontos, certo? Então confira aí a primeira prova:

:: Resenha 189 :: “Before”, Anna Todd


Sinopse: Antes de Tessa, Hardin era um jovem rude e, às vezes, cruel. O que será que fez com que ele se tornasse esse bad boy tão revoltado? E o que se passava em sua cabeça naqueles primeiros momentos com Tessa, a menina irritantemente certinha de quem ele não conseguia ficar longe? Contado sob o ponto de vista de Hardin e de outros personagens da série, Before acompanha de perto esse complexo e cativante personagem, desde seus problemas de infância até sua turbulenta juventude. O livro traz também passagens inéditas do romance de Tessa e Hardin e revela, ao fim, o futuro desse casal intenso que conquistou o coração de leitores no mundo inteiro!

Oi, oi, pessoal. Hoje eu vim falar um pouquinho sobre o livro Before – A História de Hardin antes de Tessa. Um pouquinho porque não tem muuuuito o que falar sobre ele, mas vamos lá. Ah, ele foi o terceiro livro da Maratona Literária de Inverno 2016, da semana de livros hype.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

.. Gincana .. 2 anos de Viciados (4ª Prova)


Aeeeeeeeee! Chegamos a quarta e última prova da nossa gincana!!! \o/ E vou falar uma coisa pra vocês, eu nunca fui tão xingada na minha vida, como fui xingada depois da prova passada hahahahah. A tarefa das capas que eu fiz com tanto carinho e trabalho pra vocês brincarem, vocês surtaram! hahaha 
Estava tão difícil assim, gente? Não estava, né? Trabalhosa eu sei que estava, mas difícil, não. Foi engraçado ver vocês surtando, pedindo dica hahaha. Quero só ver nas tarefas de hoje ohohohoho... =D 
Hoje vocês também vão ter que descobrir qual é o livro, mas não com capas, sinopses e trechos... Vamos ver o que aprontamos para a última prova? Então bora!

quarta-feira, 20 de julho de 2016

:: Resenha 188 :: “Proibido”, Tabitha Suzuma



Sinopse: Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda sua riqueza, profundidade e mistério.
Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.
Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã. Mas será que o mundo receberá de braços abertos aqueles que ousaram violar um de seus mais arraigados tabus? E você, receberia?



Olá, pessoal. Tudo beleza? Bom, o segundo livro da Maratona Literária de Inverno 2016 que eu li foi este aí, o Proibido da Tabitha Suzuma. Esse livro entrou na semana dos encalhados porque eu já tenho ele desde outubro de 2014.
Eu sabia da carga dramática dele, sabia que ele é aquela coisa de, ou você curte muito ou você detesta ao ponto de não conseguir concluir ou nem querer começar. Eu sabia do que ele abordaria e mesmo assim queria muito ler para tirar as minhas próprias conclusões. Tento ao máximo não julgar nada nem ninguém, ainda mais quando o assunto é sentimento e amor, mas eu digo pra vocês que foi uma leitura muito, muito intensa e angustiante.

terça-feira, 19 de julho de 2016

[Sai flop!] Como anda a Maratona Literária de Inverno 2016 por aqui...

Faaaaaaaaala, gente linda! Eu chamei a Crika e a Grazi para virmos aqui contar para vocês como anda a nossa Maratona Literária de Inverno 2016, que já se encontra no início da terceira semana, caminhando para a reta final, abraçando o flop amigo hahahahaha. Brincadeira, a Crika não vai abraçar o flop não, essa metida. U_U 


segunda-feira, 18 de julho de 2016

:: Resenha 187 :: "Beijo de Sangue", J.R.Ward


Sinopse: Os guerreiros da Irmandade da Adaga Negra marcam presença em uma nova série, repleta de aventura e romances muito quentes...
Paradise, filha do Primeiro Conselheiro do Rei, está pronta para se libertar da vida restritiva imposta às fêmeas da aristocracia. Sua estratégia? Entrar no programa do Centro de Treinamento da Irmandade da Adaga Negra para aprender a lutar por si mesma, a pensar por si mesma... ser ela mesma. É um bom plano, até tudo dar errado. As aulas são inimaginavelmente difíceis, seus colegas de sala são mais inimigos que aliados e está bem claro que o Irmão encarregado, Butch ONeal, também conhecido como Dhestroyer, está atravessando sérios problemas em sua vida particular.
E tudo isso antes mesmo de ela se apaixonar por um colega de turma. Craeg, um cidadão comum, que não se parece em nada com o que o seu pai desejaria para ela, mas que é tudo o que ela poderia pedir em um macho. Quando um ato de violência ameaça pôr fim ao programa, e a atração erótica entre eles fica cada vez mais irresistível, Paradise é testada de maneiras que ela sequer poderia ter imaginado, o que a faz ponderar se é forte o bastante para reivindicar seu próprio poder dentro do campo de batalha e fora dele.

Com certeza já falamos aqui no blog que possuímos uma certa relação bem próxima com a J. R. Ward. Tanto eu, quanto a Bia e a Grazi somos muito fãs da autora ao ponto que já fizemos nossas loucuras pela Ward e eu posso dizer que, se hoje estou escrevendo, foi em grande parte devido ao tempo em que passei escrevendo pequenas cenas (algo como uma fanfic) de uma personagem da Ward, que faz parte da série Irmandade da Adaga Negra. Portanto, resenhar um livro da Ward, de uma série derivada da Irmandade da Adaga Negra, é de uma emoção sem tamanho. Claro que a minha resenha vai ser honesta, óbvio, mas eu só preciso que vocês entendam que eu vou rasgar seda. Ela é uma das minhas autoras favoritas, se não a favorita e Beijo de Sangue é a Ward em sua melhor forma: SENSACIONAL!

sexta-feira, 15 de julho de 2016

.. Gincana .. 2 anos de Viciados (3ª Prova)


Faaaala galerinha marota que gosta de brincar com a gente!! Tudo beleza? 
Olha, vocês estão se saindo muito bem na gincana, maaaassss, na prova passada, na tarefa das sinopses, alguns de vocês deram uns moles, viu? Engraçado que numa sinopse em especial muitos deixaram passar o mesmo detalhe. Mas, mesmo assim, vocês estão indo muito bem e está sendo muito legal ver a participação de todos vocês. Nós estamos adorando!

Bom, hoje vamos para a 3ª prova e como na semana passada, ela será dividida em duas tarefas diferentes: A primeira é um caça palavras e a segunda é o mosaico das capas

Outra coisa, esse final de semana a Talita vai postar pra vocês a parcial, então, quem estiver curioso pra saber como andam na pontuação, vai poder conferir como está a disputa.

Então vamos lá. Preparados? Go!

quarta-feira, 13 de julho de 2016

:: Resenha 186 :: “Butterfly”, Kathryn Harvey


Sinopse: No andar de cima de uma loja exclusivamente masculina na Rodeo Drive existe um clube privado chamado Butterfly, um espaço em que as mulheres são livres para expressar suas fantasias eróticas mais secretas.
Somente as mulheres mais belas e poderosas de Beverly Hills são convidadas a entrar: Jessica, uma advogada que suspira pela época em que os homens eram machos e as mulheres satisfaziam seus prazeres; Trudie, uma construtora que quer um homem que a desafie, em todos os sentidos e sem tabus; e Linda, uma cirurgiã que usa máscaras para desmascarar os desejos que esconde até de si mesma.
Contudo, a mais misteriosa de todas as mulheres é a que criou o Butterfly. Ela mudou o nome, o sotaque, até mesmo o rosto para esconder sua verdadeira identidade. E agora está prestes a revelar seu passado para concretizar a obsessão secreta que a levará além do êxtase...

Não, pode esquecer esse pensamento aí que você teve ao bater os olhos na capa e ler a sinopse. Esse livro não é mais um livro erótico, não é. Esse livro com cara e sinopse de livro erótico, na real mesmo, é um livro sobre vingança e superação. Acredite se quiser.

terça-feira, 12 de julho de 2016

Primeiros capítulos do livro "O Ano em que te conheci"



Você conhece a Cecelia Ahern? Pelo menos já deve ter ouvido falar de algum livro dela, afinal, P.S Eu te Amo vira e mexe é exibido na Sessão da Tarde, entre uma Lagoa Azul e outra! Sem falar de Simplesmente Acontece, outro livro da Cecelia que ganhou as telas de cinema! Para os fãs do gênero romance, essa autora é sinônimo de livros para suspirar, chorar, amar e se apaixonar e nesse mês, a nossa parceira Novo Conceitolançou o mais recente livro dela, "O Ano em que te conheci". Uma história sobre relações humanas, redescobertas e quebra de preconceitos que promete ter todos os ingredientes que um livro dessa autora deve ter. Em breve o nosso blog vai sim resenhar essa história, mas enquanto isso, trazemos para vocês nesse post, a capa, a sinopse, e para quem nunca leu uma linha escrita pela Cecelia, temos um surpresa: vamos disponibilizar para vocês, em uma cortesia cedida pela Novo Conceito, os cinco primeiros capítulos desse livro! Só acho que vale muito a pena clicar no Leia Mais e conferir um pouco mais desse livro e experimentar os capítulos!! Vem conferir!