quarta-feira, 8 de abril de 2020

:: Resenha 534 :: "Os sete maridos de Evelyn Hugo", Taylor Jenkins Reid


Sinopse: Com todo o esplendor que só a Hollywood do século passado pode oferecer, esta é uma narrativa inesquecível sobre os sacrifícios que fazemos por amor, o perigo dos segredos e o preço da fama.

Lendária estrela de Hollywood, Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes ― seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez.

Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história ― ou sua “verdadeira história” ―, mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora.

Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso ― e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.




Fala aí, pessoal! Depois de ficar encantadíssima com Daisy Jones & The Six e a escrita mais que envolvente de Taylor Jenkis Reid, eu estava louca para ler Os Sete Maridos de Evelyn Hugo. E nós recebemos esse livro no final do ano passado pelo Time de Leitores da Companhia das Letras.

terça-feira, 31 de março de 2020

:: Resenha 533 :: "Dinastia Dourada", Kristen Ashley


Sinopse: “Circe Quinn vai dormir em casa e acorda em um cercado cheio de mulheres com trajes virginais – e ela é uma delas. Logo, se dá conta de que não está tendo um sonho selvagem, e sim vivendo um pesadelo assustador. Circe foi transportada para uma terra estéril povoada por primitivos, e em pouco tempo é instalada – muito relutantemente – em seu trono branco de chifres como rainha.
Dax Lahn é o rei de Suh Tunak, a horda da nação de Korwahk. Ao olhar Circe, imediatamente soube que ela seria sua noiva, e juntos cumprirão a lenda da Dinastia Dourada.
Circe e Lahn são separados por idioma, cultura e pelo pequeno fato de que ela é de um universo paralelo; e não tem ideia de como chegou lá ou como como voltar para casa. Enfrentando desafio após desafio, Circe se encontra como Rainha da brutal horda Korwahk e esposa de seu Rei. Ela faz amigos e então se vê apaixonada por essa terra primitiva, seu povo e especialmente o seu líder selvagem.”

Vista seu melhor sarongue, monte em um cavalo e se prepare para passar perrengue para defender um mocinho controverso em mais uma aventura fantástica que a Kristen Ashley e a 3Dea Editora trazem para o Brasil em Dinastia dourada. E o principal, não se sinta culpada se rolar um crush no Dax Lahn!!

segunda-feira, 9 de março de 2020

:: Resenha 532 :: "AS lições da Dama Escarlate", Emma Wildes

Sinopse: Nenhuma dama de verdade deveria ter lições de uma dama escarlate... A nova esposa do duque de Rolthven, Brianna, é a perfeita noiva aristocrática. Então, o que a sociedade diria se a visse com uma cópia de "O Conselhos de lady Rothburg – lições de uma cortesã?" 
Quando sua esposa inocente de repente se torna uma mulher fogosa no quarto, o próprio Duque fica realmente impressionado com seus poderes de sedução. Seguir o conselho de uma cortesã pode levar a problemas, mas pode levar também ao maior desejo de Brianna: conquistar o amor do marido. 

Vai chegar o momento em que eu vou falar que cansei de romance de época, mas felizmente esse momento não é hoje, porque As Lições da Dama Escarlate me deu um novo fôlego para seguir amando esse gênero.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

:: Resenha 531 :: "Com os Olhos do Coração", Amie Knight




Sinopse: Ainsley entrou em minha vida trazendo uma enxurrada de cores vibrantes, iluminando meu mundo quando tudo parecia perdido.
Não foram nossas noites tranquilas perto do riacho ou os beijos roubados em campos de algodão que me salvaram.
Foi ela.
Ela foi meu refúgio quando a vida jogou uma tragédia atrás da outra nas minhas costas.
Até que ela me deu o maior golpe.
Agora, o abandono, a traição e a morte obscurecem todos os cantos da minha vida. Raiva e mágoa ardem onde o amor e a confiança um dia viveram.
Mas agora ela está de volta. Claro, ela mudou, mas consigo ver seu interior - com os olhos do coração.





Começando bem as leituras do ano com o meu primeiro livro da Cherish e o meu primeiro da autora Amie Knight, Com os Olhos do Coração.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

:: Resenha 530 :: "Bullying - Sempre Fui Sua", Penelope Douglas


Sinopse: Best-seller do The New York Times e do USA Today Primeiro volume da série “Fall Away”, Sempre fui sua narra a história de Tatum Brandt e Jared Trent. Os dois cresceram juntos e se davam muito bem na infância, mas na adolescência essa relação é transformada em um ódio mortal. Jared não perde uma oportunidade de humilhar sua ex-amiga que, pouco a pouco, começa a nutrir um desejo de vingança por ele. Amor ou ódio? Qual será o real sentimento entre os dois? Será que Tate vai perdoar Jared e dar uma chance de reconhecer o seu verdadeiro amor? Será que, na verdade, ela sempre foi dele?

Não vou mentir para vocês: essa é a terceira vez que eu leio Bully da Penelope Douglas e estou devendo essa resenha desde a primeira vez que li, mas agora ela é real, saiu e vamos conversar sobre esse livro que vai te tirar da zona de conforto.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

:: Resenha 529 :: "Como um mar de rosas", LK Farlow

Sinopse: Como Um Mar de Rosas é um conto de fadas moderno, cheio de surpresas.
Myla Rose McGraw pode ter somente vinte anos, ser solteira e estar grávida, mas não é uma donzela em perigo. Ela não precisa de um homem em sua vida. Afinal, sua avó lhe ensinou que quando o destino lhe der limões, você deve fazer uma limonada.
Então ela conheceu Cash Carson, que se recuperava de uma traição. Para ele, jurar amor eterno a uma mulher não levou a nada além de dor e infelicidade, o que o obrigou a seguir em frente sozinho.
Até que uma linda ruiva do sul surge em sua vida.
Se a melhor escolha era fugir do amor, por que seu coração batia mais rápido toda vez que Myla Rose sorria com tanta doçura?
Ele não era um cavaleiro de armadura, e ela não precisava ser salva.
Mas... caramba, Cash queria tentar, de qualquer maneira.

Eu vou resumir minha experiência lendo Como um mar de rosas com a seguinte frase: it malia.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

:: Resenha 528 :: "Luca", Kym Grosso

Sinopse: Um romance erótico paranormal…
O vampiro sensual, Luca Macquarie não lida com amor, especialmente com humanos. Mesmo assim, desde que resgatou Samantha Irving, ele não pode negar a enigmática atração que desenvolveu pela atraente mortal. Preocupado com sua segurança, ele está determinado a trazer Samantha de volta para o clã. Sua missão é encontrar a bruxa novata e trazê-la para casa, nada mais, nada menos. Se apaixonar por ela não deveria ser parte do plano.
Samantha não quer ser uma bruxa, mas isso é exatamente o que ela é. Depois de falhar em induzir sua mágica, ela escapa para as montanhas em uma tentativa de ter uma vida semelhante com sua antiga vida humana. Quando um incendiário queima seu chalé, seus piores medos se realizam. Ciente de que sua vida está em perigo, ela aceita relutantemente retornar para Nova Orleans com Luca.
Na Big Easy, Samantha e Luca embarcam em uma mágica jornada, procurando por um amuleto místico que promete liberá-la de sua obrigação com um vampiro ancião e letal, que está ameaçando sua vida. Com pistas complicadas e aliados clandestinos, será que eles destruirão o perigoso amuleto antes de outros o obterem, iniciando uma corrente de eventos catastróficos? E Luca se entregará ao seu erótico desejo pela bruxa que magicamente capturou seu coração?

Sabe aquela sua listinha de livros para comprar que tá rolando por ai desde o ano passado? Então pega ela ai e já anota um nome: Luca!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

:: Resenha 527 :: “July”, Aurora Rose Reynolds





Sinopse: Wes Silver não estava procurando o amor, mas quando July Mayson literalmente “cai” sobre ele logo no primeiro encontro, seu mundo vira de cabeça para baixo por aquela loira, e cada momento com ela o deixa mais determinado a protegê-la.

July Mayson não entende a atração que sente pelo bad boy Wes Silver, mas ela sabe que estar com ele é diferente de tudo o que já sentiu antes. Agora o que ela precisa fazer é dizer a seu pai superprotetor, Asher Mayson, que ela encontrou o homem da sua vida.







July foi o primeiro livro que li tanto da Aurora Rose Reynolds, quanto da editora Pausa. Via muitos comentários positivos sobre a autora, curti muito essa capa então resolvi conferir.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

:: Resenha 526 :: “Coração Sombrio”, Tillie Cole


Sinopse: Até a salvação pode ser alcançada através do amor dos condenados...
A beleza pode ser uma maldição.
A fé pode ser uma prisão.
Apenas o amor pode te libertar.
Algumas semanas depois de ter sido relutantemente arrancada dos braços reconfortantes da comuna religiosa de seu profeta sagrado, a única vida que ela conhecia, uma aterrorizada Delilah é jogada em um mundo comandado pelo mal e inundado de pecados.
Fielmente devota à sua fé, e mantendo a profunda crença de que sua alma está manchada por ser uma 'Mulher Amaldiçoada de Eva', Delilah está determinada a encontrar o caminho de volta para casa, para o seu povo na Ordem e longe do grupo maldito de motociclistas foras da lei, o Hades Hangmen, que a mantêm em seu complexo isolada para sua proteção; uma "proteção" da qual ela se ressente fortemente.

Delilah anseia por voltar para casa, convencida de que somente entre seu próprio povo, e sob a santa orientação do profeta revelado pelo Senhor, a alma criada por Satanás poderá ser verdadeiramente salva. A jovem foi condicionada sua vida inteira para acreditar que é uma bruxa, uma sedutora, a prostituta do diabo... Ela se ressente cada vez mais com seu lindo rosto, seu corpo bem torneado e seu efeito sensual nos homens. Mas quando um homem do Hades Hangmen, um homem profundamente pecador, mas incrivelmente bonito, é encarregado de cuidar dela, Delilah começa a ver que apesar desse exterior de pecador perigoso e sem moral, ele pode oferecer algo que ela não sabia que poderia realmente existir: amor incondicional.

Kyler 'Ky' Willis ama sua vida: a camaradagem com seus irmãos de clube, bebidas, a liberdade da estrada vazia e, o melhor de tudo: mulheres gostosas em abundância. Começou na patente mais baixa e agora é o VP do mais notório clube de motociclistas dos Estados Unidos; Ky não tem problemas em encontrar mulheres para aquecer sua cama, e essa é uma situação que ele não tem problema de tirar vantagem... Até que uma certa loira entra em sua vida; uma loirinha de rosto angelical e que ele não consegue mais tirar da cabeça... Uma loira que ele e seu clube resgataram recentemente de uma seita religiosa... e que lhe ordenaram que se mantivesse o mais afastado, assim como as suas mãos sujas.

Quando mais uma briga de bêbados força Ky a relutantemente ficar a cargo dos cuidados da loira angelical, ele percebe que poderia haver mais nessa mulher do que apenas a aparência de supermodelo e seios grandes. Ele começa a ver que ela poderia ser a mulher que faria o impossível: domesticar seu lado selvagem e capturar seu coração sombrio.
Mas os laços de Delilah com o seu passado ainda são fortes, seu "povo" está ainda mais determinado e, com um novo profeta no comando e sedento por vingança, eles podem estar um tanto relutantes em deixá-la ir…

Depois de ler o primeiro livro da Série Hades Hangmen e conhecer o lado sombrio de Tillie Cole, eu não via a hora de ler a sequência. Se você já leu Prelúdio Sombrio, sabe que Mae, Maddie e Delilah estão agora sob proteção de Styx e seu clube de motociclistas.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

:: Resenha 525 :: "Pulso Forte", Lauren Blakely




Sinopse: Se ficar com o inimigo apenas por uma noite é uma má ideia, imagine se apaixonar depois… 
Rivais no trabalho, Max e Henley precisam colocar as diferenças de lado para desenvolverem juntos o projeto especial de um reality show de reforma de carros. 
Max é dono da melhor oficina da cidade. Bem-sucedido, nada tira seu foco, mas ter de lidar com sua antiga aprendiz novamente o deixa com os nervos à flor da pele. 
Henley, desde que saiu da oficina de Max, tornou-se uma profissional respeitada em um ramo dominado por homens. 
Há uma tensão evidente entre eles. Mágoa, irritação… e Henley ainda espera por um pedido de desculpas de seu ex-chefe por tê-la demitido anos atrás. 
Em meio à disputa por clientes e muita troca de farpas, ambos estão sob estresse máximo… até que começam a descobrir que o que parece ódio talvez tenha outro nome. 




Abram passagem que a nova rainha das comédias românticas está passando: Lauren Blakely eu te venero! Estou exagerada, mas tenho motivos, lá em 2017, quando eu li, e resenhei, Big Rock já avisei que o livro se destacava, mas agora, no 5º livro eu posso falar sem medo: essa série e a Lauren estão no meu top 5 de comédias românticas e todo mundo precisa conhecer esses livros.