Resenhas

domingo, 18 de janeiro de 2015

♪ Letra e música ♫ Entre o agora e o nunca/sempre


Resolvi começar uma nova coluna ou categoria (chame como você quiser) aqui no blog, já que música, assim como a leitura, é um grande vício meu. Eu não sei vocês, mas eu adoro ler ouvindo música. Teve um tempo que eu só ouvia música instrumental, música clássica, pois às vezes eu confesso que perdia o foco prestando atenção na letra da música. O que me fez parar de ouvir somente as clássicas, foi o livro Entre o agora e o nunca, da J.A. Redmerski, lançado pela Suma de letras. Sabe livro recheado de música boa? É esse!


Sério, se você ainda não leu essa duologia, não perde mais tempo. Ela conta a história de Camryn Bennet, uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que seu namorado morreu em um acidente de carro. Já se passou um ano, porém Cam ainda não superou o acontecido. Ela tem uma grande amiga, Natalie, que a distrai e anima, porém a amizade das duas fica abalada por conta de um lance e Cam se vê meio perdida, sem saber o que fazer. Nisso, ela coloca uma mochila nas costas e vai pra rodoviária, pegando o primeiro ônibus interestadual que consegue, sem se importar com o destino. Ela só precisa de um tempo, então ela parte numa viagem longa, pulando de um ônibus para outro e nessa viagem ela acaba conhecendo Andrew Parrish. Andrew é um carinha gatinho que também não está muito legal. Ele tem dinheiro pra fazer a viagem que precisa de avião, mas para espairecer ele resolve ir de ônibus, por conta disso ele cruza com a Cam. Bom, durante a viagem ele se torna a companhia de Cam, num primeiro momento só para protegê-la dos perigos que é viajar sozinha em um ônibus com tanta gente desconhecida e estranha, mas depois uma conexão irresistível se forma entre eles. E vale até dizer que foi a música que começou com tudo, pois foi o som alto e abafado vindo dos fones de ouvido de Andrew que despertaram Cam, e é aí que eles começam a conversar. 

Eu que gosto muito de música e de falar sobre, me diverti muito com o papo dos dois falando de suas preferências. Andrew é dos meus, do rock. Além de gato, ele toca e tem bom gosto. Muito sortuda essa Cam, né? XD

Enquanto você vai lendo, não tem como, você corre pro seu celular ou para o notebook e coloca a música pra tocar. Sério, tem coisa melhor? Quando você ouve o que eles estão ouvindo ou cantando parece que você entra mais ainda no livro. Eu adoro isso! 

Foi por conta desse livro também, que eu conheci a dupla The Civil Wars. Sem brincadeira, eu VICIEI neles de uma tal maneira! A única coisa chata é que eu descobri que os dois integrantes nem se falam mais e acabaram a banda, mas enfim, pelo menos nos deixaram com músicas lindas e viciantes. Mas chega de blablablá. Vamos de música? Vamos!!!!! Segue agora pra vocês as clássicas, as melhores que embalam esses dois livros delicioso. ;)






Se você quiser conferir as outras músicas que embalam esse delicioso romance, eu achei uma playlist que fizeram no Spotify, que é um player de música maravilhoso. Basta clicar aqui. Bom som! ;)


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário