Resenhas

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

:: Resenha 2 :: Paixão sem Limites, Abbi Glines

Sinopse: Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

Eu não sei se comentei com vocês, mas eu ando muito no Goodreads, que é tipo um Skoob, mas todo em inglês. Uma vantagem dele é que quando marcamos um livro como lido, surgem sugestões no mesmo estilo e ano passado uma dessas sugestões foi uma série chamada Sea Breeze, de uma autora que eu não conhecia, chamada Abbi Glines. Li a tradução de fã do primeiro (Breathe) e gostei da escrita da autora só para descobrir que ela seria publicada no Brasil, mas com a série Rosemary Beach! Que eu li em versão digital... em inglês!

Rapidamente Abbi se tornou minha autora favorita e Rosemary Beach, uma das minhas séries favoritas e não precisa se esforçar muito para saber os motivos!

Imagina um livro onde temos os seguintes personagens: uma mocinha que realmente precisa de ajuda, não um, mas vários personagens que você vai odiar, personagens secundários que dão apoio a mocinha, leveza na leitura e curiosidade enorme para descobrir as histórias deles e por fim, e enfim um herói que você oscila entre querer ele o mais longe possível da heroína, mas entende que eles se amam, mas ele precisa “virar homem” antes? Não somente isso, no final, quando todos os dramas explodem, termina com um gancho onde você PRECISA ler o livro seguinte? Se imaginou tudo isso, então você imaginou o livro Paixão sem Limites da Abbi Glines, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro.

Em Paixão sem Limites, conhecemos Blaire Wynn, uma menina de apenas 19 anos que já passou por muito nessa vida (Salve, Zeca Pagodinho!), o suficiente para fazer dela uma menina dura, independente, segura e acima de tudo com um senso de realidade desesperador. Blaire parece esperar por uma rasteira da vida a qualquer momento, ela não se permite acreditar que sua vida vai ser um conto de fadas, mesmo quando ela e Rush ficam juntos ela não é aquela mocinha que se anula por ela. 

"Mas sabe de uma coisa? Estou cagando para o que você pensa. Você e os seus amigos mimados e arrogantes precisam descer do salto."

Então temos Rush Finlay. Como explicar Rush? Vamos dizer que ele é lindo, rico, mulherengo e vem de uma instabilidade familiar gritante. Se Blaire é forte, decidida e endureceu com o que sofreu na vida, mas, mesmo assim, se abre para o novo, Rush é um personagem que virou alguém cínico graças a sua família. Filho de um astro do rock, tem fama e dinheiro, mesmo fazendo nada por isso, mulheres se jogam nos pés dele e ele as usa e descarta, facilmente. Existe apenas uma mulher na vida de Rush, sua irmã, Nannete (também conhecida como Nan ou vaca, ou bruxa, ou qualquer outro adjetivo “carinhoso”) e essa equação feminina muda quando Blaire é deixada a sua porta pelo pai (você vai odiar ele) dela.

"Estou tendo que administrar o fato de que talvez você me abandone depois de saber essas coisas e nunca mais volte. Isso me deixa apavorado. Não sei o que está acontecendo entre a gente, mas desde o primeiro instante em que a vi eu soube que você iria transformar o meu mundo. Quanto mais eu olhava para você, mais me sentia atrído. Por mais que eu chegasse perto, não bastava."

O drama do livro, que vai explodir no fim está ligado diretamente a Blaire e Nan e para Rush, amar Blaire é uma traição a irmã.

Eu confesso que lendo Paixão, eu adotei a Blaire. Quando temos romances, em geral, nos apaixonamos pelo herói, afinal, nós mulheres, fantasiamos com eles, mas nesse livro, Baire despertou todo meu instinto protetor e não foi em um, mas em vários momentos que me vi torcendo para ela largar Rush e ficar com outra pessoa, ou sozinha, eu não aguentava mais esperar por ele virar homem, coisa que não acontece nesse livro, sou obrigada a dizer. A cada vez que lia “minha irmãzinha” vindo do Rush eu queria estapeá-lo até ele enxergar a criatura odiosa que é a irmã dele, sério, você pode ser cego, você pode amar sua família, mas tudo tem limites Rush Finlay! E Nan é uma %$@$#% não uma irmãzinha de 21 anos que não sofreu 1% do que a Blaire, mas ele sempre escolhe proteger ela.

Enfim, Paixão sem Limites tem absolutamente tudo! Você vai se encantar com a Blaire, torcer para o Rush virar homem, esperar ansiosamente para Rush receber um livro (o que acontece eba!!!), vai querer melhores amigos como Jimmy e Bethy e vai odiar com todas as suas forças Nan, Abe (o pai de Blaire) e Georgianna (a mãe do Rush). Imperdível, para os fãs de um romance novo adulto onde a qualquer virada de página qualquer coisa pode acontecer.

Nome original: Fallen too far
Série:  Rosemary Beach#01 / Sem Limites #1
Autora: Abbi Glines
ISBN: 9788580412208
Ano: 2013
Páginas: 192
Editora: Arqueiro
Compre aqui: Saraiva
Classificação: 

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Vira homem Rush,ou alabama vai saca a arma outra vez.kkkkkk.Isso tudo é culpa da NAN VACA MOR.Amei esse livro,Grant,lindo...............Mas vamos fala de Rush,acho que ele ainda não tinha encontrado alguem forte e tão linda quanto Blaire por dentro e fora,eis o fato RUSH DE SER Kkkk.Historia involvente dá vontade de da na cara de Rush,mas amo ele assim mesmo,como não ama Finlay.

    ResponderExcluir
  2. Me apaixonei por Rush... Gostei da história de Blair e como ela se envolve com o "irmão postiço", e apos essa história, me vi necessitada de ler todos os livros da série Rosemary Beach. Rush entrou para minha lista de boys magia kkk

    ResponderExcluir