Resenhas

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Leituras leves para o seu Carnaval


Sei que ainda é quinta-feita, mas sei que hoje a noite e amanhã, quem for viajar, já estará pegando a estrada para aproveitar o feriado. E se você não for muito de agitação como nós, que prefere um bom livro à beira da piscina ou até mesmo na praia, aqui vão ótimas dicas de livros leves, gostosos e divertidos, que farão você rir bastante! Afinal de contas, Carnaval é clima de festa, descontração, risadas, e claaaro, beijo na boca! ;)


Louca por você, A.C. Meyer
Atenção: esse livro contém altas doses de romance, situações hilárias, garotos sensuais e o best friend gay mais maravilhoso de todos os tempos...
Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher. Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema.Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão. Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha. Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?

Leitura leve e descontraída! Se você não se segurar vai acabar com ele em 2 horas, fácil! Vai rir de se acabar com George e vai desejar que ele se materialize do seu lado pra passar o Carnaval com você. 


Perdendo-me, Cora Carmack
Virgindade. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-la da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual. Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?

Desde que a Grazi fez a resenha sobre esse livro eu estou doida pra ler! Ela contou que a Bliss é super atrapalhada e que no livro acontecem diversas situações engraçadíssimas com ela. Super pedida, com certeza!


Atraído, Emma Chase
Drew Evans venceu na vida. Charmoso e arrogante, ele fecha negócios milionários e seduz as mulheres mais lindas de Nova York apenas com seu sorriso. Seus amigos são leais e sua família o apoia. Então porque ele está trancado em seu apartamento há sete dias, terrivelmente deprimido? Ele dirá que está gripado, mas isso obviamente não é verdade. Katherine Brooks é uma mulher linda, inteligente e ambiciosa, que não deixa nada nem ninguém distraí- la de sua busca pelo sucesso. Ela foi contratada pela empresa de investimentos do pai de Drew, o que vira a vida do rapaz de cabeça para baixo: a competição com ela o estressa, sua atração por ela o distrai e suas investidas fracassadas o frustram. Logo quando Drew achava estar próximo de ter tudo aquilo que queria, seu excesso de confiança põe tudo a perder. Será que ele conseguirá enfrentar os contratempos e vencer o verdadeiro desafio de sua vida: o amor?

Esse é o primeiro livro de uma trilogia que eu simplesmente devorei em dezembro passado e vocês puderam conferir na minha retrospectiva literária. É um livro super engraçado e diferente (bom, é diferente pra mim que estou acostumada com narrativas femininas) por ser narrado pelo cara. O jeito que a Emma escreve é muito legal porque ela faz o personagem falar com você. Eu dei boas gargalhadas! Apesar de sentir raiva dos moles que o Drew dá em certos momentos.


O Duque e Eu, Julia Quinn
Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Está estranhando um livro de época por aqui? Pois é isso mesmo. Não se engane, não, pois você ri aos montes com Simon e Daphe nessa delícia de livro, nós te garantimos!


Subindo pelas paredes, Alice Clayton
A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é uma promessa de que dias e noites agitados virão. Ela não poderia imaginar que dividiria a fina parede do seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não, Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes. Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina talvez seja o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos. Em Subindo pelas paredes, Alice Clayton mistura humor, paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar.

Recheado de diálogos fantásticos entre Simon e Caroline, você dará boas risadas com este livro. A narrativa é envolvente, engraçada e apaixonante!


Bom Carnaval pra vocês, com muita leitura! ;) 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário