Pular para o conteúdo principal

Meu namorado Literário da Semana: Christian Grey

Os meninos que nos desculpem, mas agora é hora daquele momento calcinha! Viciada que é viciada sempre tem um namorado de livro, aquele personagem que se ganhasse carne e osso, sairíamos correndo para os braços dele sem pensar duas vezes. Sim, que nos desculpem os namorados, maridos e ficantes, mas um namorado literário é fundamental!
A cada semana vamos falar de um personagem que facilmente se encaixa na categoria namorado literário. Ele pode não ser o seu, mas com certeza é o de alguém, e vamos combinar aqui só entre a gente? Podemos ter vários namorados literários ao mesmo tempo, afinal eles são muitos e dos mais variados tipos: tem namorado vampiro, bad boy, rock star, CEO... E falando em CEO o nosso primeiro Namorado Literário é O CEO!

Ele fez milhões de mulheres em todo o mundo babarem nele, ele fez muitas mulheres desejarem algemas, chicotes e cordas só para agradar suas preferências e ele não faz amor, ele fode... com força! Sim, minhas viciadas, nosso primeiro namorado é o único, Christian Grey! 



Antes de falar do Christian (olha a íntima!) uma explicação rápida, ele foi escolhido para ser o primeiro, pois ele ganhou uma brincadeira que fizemos no Facebook. E os candidatos que perderam para ele, não precisam ficar tristes, vão ser os próximos. Quer saber quem são? Vai lá na nossa página: https://www.facebook.com/ViciadosLeitura


Vamos falar do Christian Grey... Corações frágeis preparem-se! 



Para começar até o nome dele é sexy! Serio, fala Christian Grey alto e você vai sentir aquele arrepio pelo corpo, aquele momento “aiii que delicia” e vai ficar tonta de prazer. Exagerei? Eu sei que não! Além de um nome lindo, ele é lindo, alto, corpo atlético mantido com aulas de kickboxing e corridas e para completar e deixar a coisa ainda melhor é dono de olhos cinzas expressivos. Mas esse homem lindo tem um passado sombrio, sua mãe era uma viciada em drogas e prostituta, e seu cafetão era abusivo tanto com ela quanto com Christian, que leva no corpo as marcas dessas violências. Aos quatro anos, sua mãe, Ella, se matou e o pequeno (lindo) Christian ficou dias sozinho com o corpo morto dela até ser encontrado. 


Ele foi adotado pelos Trevelyan Grey depois de passar algum tempo em lares adotivos, entretanto, esse seu passado pesado deixou não só marcas físicas, como emocionais em Christian. Ainda adolescente ele é introduzido ao mundo do BDSM por uma amiga da mãe adotiva dele, e após anos sendo submisso de Elena Lincoln ele passa exercer o papel de dominante até encontrar a Ana, e se você quer saber mais... leia os livros! Para terminar, uma ficha básica do nosso primeiro namorado literário da semana!

Nome Completo: Christian Trevelyan Grey 
Idade: 27/28 (durante os três livros)
Data de Nascimento: 18 de junho de 1983
Família: Carrick Grey (pai); Grace Trevelyan Grey(mãe); Elliot Grey (irmão); Mia Grey (irmã)
Esposa: Anastasia Steele 
Filhos: Theodore “Teddy” Raymond Grey e Phoebe Grey
Profissão: CEO da Grey Enterprises Holdings, Inc. 
Curiosidade: sabe pilotar aviões e helicópteros (Charlie Tango!), tem uma pequena obsessão em fazer a Ana comer; não gosta de ser tocado, principalmente no peitoral e algumas partes das costas; e quando manda Ana para o quarto vermelho e coloca aquela calça jeans surrada, com o botão aberto, mata as leitoras do coração!





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei