Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 15 :: Perigoso Demais, S.C. Stephens


Sinopse: Quando a banda se torna famosa, Kellan Kyle e Kiera são obrigados a se perguntar se o seu amor pode suportar as pressões constantes do superestrelato. As amizades que fizeram, a família que encontraram e a história que viveram irão ajudá-los a navegar pelas águas turbulentas da popularidade crescente da banda. No entanto, um executivo ganancioso e obcecado pelo sucesso, uma estrela pop em decadência à procura de emoções e o cerco da mídia, que transforma mentiras em verdades, são apenas alguns dos obstáculos que os dois amantes terão que enfrentar se quiserem continuar juntos.

Na alegria e tristeza, na saúde e na doença... até que o sucesso nos separe?
Vou falar pra vocês que quando li essa pergunta, assim que vi a capa do último livro da trilogia Rock Star, eu falei: “Pronto, vai dar m$*#&! Kiera – a rainha do mimimi – não vai aguentar com Kellan fazendo shows, alcançando o sucesso.” E não é que eu me surpreendi e estava completamente enganada? Gente, a mulher parou de mimimi! Tudo o que ela fez nos dois primeiros livros (e que eu faria agora no terceiro, confesso! U.u) ela simplesmente não fez nesse último!!! Palmas pra Kiera!!! Clap! Clap! Clap! XD


- Eu sempre vou te amar, Kellan. Seu coração está seguro comigo.
Ele me abraçou, soltando um longo e trêmulo suspiro.
- Promete? – sussurrou.
Apertei-o com um pouco mais de força.
- Prometo. – Encostei a testa na dele. – Não amar você é impossível. Confia em mim, eu já tentei.

Intenso Demais – o primeiro livro – como o próprio nome diz, é intenso pacas! São tantos acontecimentos e você sente tanta coisa – raiva, medo, felicidade, ansiedade - que você vê o quanto o nome é perfeito. O segundo – Complicado Demais – também é, tanto intenso quanto complicado, porque Kiera, meu bem, Kiera é complicada! Então, assim como os dois primeiros, este terceiro e último também é bem carregado e acontece tanta coisa, que você mergulha na história e não consegue largar. Confesso que chegou uma hora que eu já não aguentava os meninos em turnê e aquela coisa toda da nova Kiera aceitando tudo, que me deu uma raivinha e eu queria correr com a leitura pra chegar no final. Só que aí quando eu finalmente cheguei... pronto... não queria que terminasse. ó.ò

Nesse livro a nossa tão querida e amada banda – D-Bags – alcança o sucesso que merece. Sim, eles merecem e são bons por si só, mas não é só por isso que eles chegam lá. Eles sofrem uma manipulação gigantesca e horrorosa da gravadora e de uma superstar que é capaz de tudo pelo sucesso e pela fama. Os nossos meninos vão parar nas manchetes, vão tocar em estádios enormes e lotados, dando entrevistas e mais entrevistas para as rádios. Aí eu te pergunto: Você consegue imaginar a Kiera dos dois livros anteriores, vendo o seu namorado maravilhoso-gato-gostoso em turnê, viajando de um lugar para o outro e pra completar, ao lado de uma superstar também maravilhosa-gata-gostosa? Pois é!!!!! Eu também não, mas ela vai, ela acompanha e aguenta cada coisa! Aguenta e aceita!!

Formada, ela acompanha Kellan nas viagens e como o sonho dela é ser escritora, ela consegue escrever o livro enquanto o seu gato dá os seus shows. Ela também passa o livro praticamente todo naquela coisa de “não gosto de ser o centro das atenções”, então deixa os fãs pensarem o que quiserem e blábláblá! Não!!!! Não deixa!! Tá doida, maluca?! Rsrs

Quando finalmente eles resolvem acabar com todas as mentiras e manipulações de Nick – o produtor – e Sienna – a superstar – uma coisa bem chata acontece. Eu chorei e não foi pouco nessa parte! u.u
Mas além de todo esse drama que Kiera e Kellan passam com Nick, Sienna, a mídia e as fãs loucas, temos muitos momentos bons com Matt e Rachel, Evan e Jenny, Denny e Abby, o pai e os meio irmãos de Kellan, e o casal mais engraçado, Griffin e Anna. Sério, esses dois são demais! E assim como a Kiera, você também vai se surpreender muito com eles. Eu não vejo a hora do livro do Griffin chegar aqui no Brasil. (Confira aqui a capa e a sinopse.)

Eu não posso falar mais, porque fatalmente eu soltaria um spoiler e qualquer coisa que eu disser, vai acabar com o encanto. Só digo pra vocês lerem, que mesmo a Kiera sendo uma malinha no começo, ela muda, ela aprende e você a entende. Esse livro fecha muito bem a história intensa de Kiera, Kellan e Denny. Quando termina dá até pra sentir uma DPLzinha básica, mas pra acalmar os nossos corações, em setembro chega o livro na versão do nosso gato, Kellan. E eu to dooooida pra ler!

Todos rimos, e fiquei encantada de ver quão longe tínhamos chegado. Éramos tão diferentes das pessoas que tínhamos sido na ocasião em que vivêramos juntos – mais fortes, mais confiantes, mais seguros de nós. E ainda assim, exatamente os mesmos. Todos demonstrando o mesmo carinho. O mesmo apoio. O mesmo cuidado. E agora que o trauma da traição e da culpa era apenas uma dor difusa do passado, nós três éramos o que sempre tínhamos esperado ser – os melhores amigos do mundo.

Título original: Reckless
Série: Rock star #3
Autora: S.C. Stephens
ISBN: 9788565859493
Ano: 2015
Páginas: 464
Editora: Valentina
Compre aqui: Amazon, Fnac
Classificação:


Paixão, amizade, amor, lealdade, confiança... quando você encontra a pessoa certa... pode ter tudo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei