Pular para o conteúdo principal

[Amigas de fila]

Se você já foi em alguma sessão de autógrafos de um autor(a), você com certeza já fez amizade com as pessoas que estão ali com você. Se não fez é porque você é tímido e reservado demais, na boa.

Eu também sou tímida, acredite, mas em ocasiões como essa, sei lá, parece que dá um comichão e sabendo que todos ali tem o mesmo gosto que o meu, é óbvio que aquela pessoa é legal e tem bom gosto, porque né, eu tenho bom gosto hahaha.

Mas todo o processo é bem engraçado vendo de fora. Você chega e todos se olham sem falar nada. Se você está sozinha é aquela coisa, você olha as duplas ou grupinhos de amigas que sempre tem e pensa: “Poxa, eu não tenho com quem conversar.” Aí você fica lá, esperando e olhando pra todos os lados, além de olhar a hora um milhão de vezes no celular, só pra notar como 1 min demora pra passar nessas ocasiões. Fora que não consegue nem conversar pelo whatsapp ou acessar o facebook pelo celular, porque o sinal dentro de qualquer loja simplesmente morre, principalmente nessas horas que você mais precisa.

Até a hora que você não aguenta mais, que o tal comichão já tomou todo o seu corpo e você precisa puxar assunto, pois os breves sorrisos que você ofereceu não fizeram diferença alguma. Ali o pessoal não gosta de dente, gosta de livro!! Você tem de falar, mesmo!

E foi isso que eu fiz no dia 21 de março quando a linda Carina Risse lançou No Mundo da Luna na Saraiva do shopping Rio Sul. Estava eu lá sozinha na fila, esperando, olhando o celular um zilhão de vezes até que duas meninas na minha frente comentaram sobre a trilogia Peça-me o que quiser. Pronto! Pensei: A hora é essa! Eu tinha acabado de devorar os tais livros e não pensei duas vezes, mandei um: “Esses livros são muuuuuito bons!”

Aí lascou de vez! Rapidinho aquele papinho das duas amigas se tornou um burburinho frenético e quando vimos a dupla se transformou num grupinho de 6 matracas falando sem parar sobre livros, bofes literários, até viagens e a situação bosta que está o país. É, tá pensando o que? Que a gente só fala de livro e de zuera? Aqui não é bagunça não, filho! U_u

Então, se você for realmente muito tímido e fechadinho no seu mundo, na próxima vez que você for a uma sessão de autógrafos do seu autor(a) querido(a), não deixe de conversar e conhecer pessoas, pois é muito, muito bom e divertido. Afinal de contas a gente ama livro e ama conversar sobre livro.

Ah! As meninas que eu conheci no Rio Sul foram adicionadas no facebook naquele mesmo dia e desde então nós sempre nos falamos. Não é sensacional isso? Eu acho! ^_^ Deixo aqui meu beijo grande pra Vanessa Lonziero, Natalia Menezes, Flavia Feitosa e Flavia Neves.

Olha a gente aí! 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei