Resenhas

segunda-feira, 27 de abril de 2015

:: Resenha 34 :: "Uma Babá Doidinha da Silva", Dijeane Andrade

Sinopse: Viúvo há mais de um ano, Ryan Scott não consegue encontrar a babá perfeita para cuidar de seu filho Pedro de três anos, o menino sempre encontra um jeitinho especial de fazê-las correrem para longe. Ele não sabe mais o que fazer, é um homem muito ocupado e não pode levar o pequeno Pedro para cima e para baixo o tempo todo. O menino precisa de estabilidade. Dakota Mills é uma doidinha da Silva de carteirinha e assumida, vive se metendo em confusões e seu amigo Dan é quem a salva quase sempre. Sua tia trabalha duro para sustentá-las desde muito jovem, há muitos anos é assim, só elas duas contra o mundo. Dakota perdeu os pais muito cedo, mas não faz disso uma desculpa para se fechar para o mundo, pelo contrário. Ela é espontânea até demais. ... E agora com o acidente da tia alguém vai ter que trabalhar para colocar comida na mesa e adivinhem? Tcharám! Dakota vai à luta. Certamente com o seu currículo extenso ela com certeza vai encontrar alguma coisa, não que tenha ficado mais que uma semana em cada um deles, mas isso não interessa. Ela está desesperada! Tanto que aceita cuidar de um menino de três anos que tem a palavra "pestinha" escrita no meio da testa. Muitas reviravoltas, cenas quentes e amor... Em todas as suas faces.

Vocês viram que a DPL pegou bonito quando eu terminei de ler a trilogia Slammed da Colleen Hoover. Eu queria passar pra outro livro, qualquer um dos milhares que eu tenho pra ler, mas eu simplesmente não conseguia. A DPL tem dessas coisas.

Só que aí naquele momento “choramingando cazamiga” lá no grupo do Viciados no Whatsapp, elas falaram pra eu ler alguma coisa light e divertida no Wattpad e foi o que eu fiz. A Talita super indicou Uma Babá Doidinha da Silva, da querida Dijeane Andreda que até nos deu uma entrevista super fofa que você pode conferir aqui, então eu resolvi encarar essa, pois precisava de algo leve, gostoso e divertido para me recuperar da deprê.

Preciso dizer que eu engoli? Acho que não, né? A história é tão legal que você não consegue largar. E olha que eu sou bem chata com leitura de pdf, que não é caso aqui, claro. O meu problema com os pdfs no geral é mais por conta dos erros de tradução, que mais uma vez não é o caso aqui, mas tenho que dizer que como não é um livro revisado por uma equipe editorial, ele tem alguns errinhos de digitação. Nada assustador. Fora que o legal é que a Dijeane começou a escrever despretensiosamente, só pra se divertir, mas a história dela é tão boa que teve milhares de leitores e comentários, chegando ao ponto de todo mundo ficar tristinho com o fim da história e pedindo mais pra Dijeane.

Bom, ela nos conta a história de Dakota, uma linda menina de 24 anos, filha de uma brasileira e um americano, que morreram quando ela era muito novinha, então ela teve de ser criada por uma tia. Hoje, morando em San Diego, ela tem dois grandes amigos que são tudo para ela: Mary e Dan.

Dakota é a verdadeira doidinha da Silva, daquelas que não tem papas na língua, não existe filtro entre o cérebro e a boca e ela vive se metendo em confusão. Prova disso é que ela nunca consegue se firmar num emprego.

- Você é um desastre em tudo querida. – É como se uma voz desagradável se instalasse no meu subconsciente. Mas provavelmente sou eu pensando isso mesmo de mim. Embora eu não acredite que eu seja um desastre. Não realmente. Eu posso não ter conseguido me manter em um emprego por mais de uma semana – no último ano -, não saber cozinhar e falar mais do que devo. E tudo bem que eu seja um pouco atrapalhada, mas não sou um desastre. Um desastre é um fato natural ou provocado pelo homem que afeta negativamente a vida, o sustento ou indústria. Eu com certeza não sou isso.

Quando sua tia sofre um acidente e tem de ficar um período sem trabalhar, a doida se vê desesperada por um emprego, e é aí que Beth, uma grande amiga que trabalha na casa do gato-gostoso-babaca-super-homem Ryan Scott, arranja pra ela uma entrevista de emprego para ela ser babá do filho do gato-gostoso-babaca-super-homem.

Henry-meumarido-Cavill é o Ryan e em vários capítulos tinha uma foto dele no início. Preciso dizer que é um baita incentivo à leitura? Acho que não. U_u

Já na entrevista o feitiço todo acontece, assim que seus olhares se encontram. Ele é um homem irresistível, assim como Dakota é uma menina linda. Nem preciso dizer que com o seu histórico de confusões e de trabalhos anteriores que não passaram de uma semana, a entrevista é uma comédia, recheada de mentirinhas para conseguir a vaga.

- Gosto da sua sinceridade, Srta. Mills. Não suporto os mentirosos. – ele soa duro e sincero ao mesmo tempo, e o meu coração dá uma apertadinha involuntária com culpa – e também uma pontinha de medo que ele descubra a minha pequena mentirinha. – Vou leva-la depois para uma volta de carro, para ter certeza de que é realmente seguro colocar o meu filho no mesmo carro que você – ele sorri com charme.
Limpa a baba querida!

Pedro, o filho do gato-gostoso-bab... tá, vocês já sabem, tem só 3 aninhos, é um amorzinho, mas o moleque apronta todas e já colocou 7, eu disse SETE babás pra correr. Só que mal eles sabem que se ele é uma pestinha, Dakota é a rainha das pestes! E com ela a coisa não vai ser fácil, porque ela entende dos "paranauês" quando o negócio é aprontar.

Além da trama entre Dakota, Ryan e Pedro, nós descobrimos que Mary sempre foi louca por Dan e que Analu e Ângela, são duas cobras malucas que chegam pra infernizar a relação dos dois casais (Dak e Ryan, e Mary e Dan).

Quando a porta é aberta e vejo o rosto do Sr. North, quase dou um salto mortal para trás e me transformo no Power Ranger Rosa com o susto. O que ele está fazendo aqui?

Com frases e cenas hilárias que te fazem rir alto em vários momentos, Uma babá doidinha da Silva é uma história de amor, com uma pitada de drama e superação. Super recomendo! Mas corre, pois só vai ficar no Wattpad até amanhã, dia 28/04!!

Atualizando: A Dijeane me disse que está vendo uma forma de disponibilizar o livro, então basta torcer para termos o e-book na Amazon. ;) 

Título: Uma babá doidinha da Silva
Leia aqui: Wattpad
Classificação:

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. sua resenha esta perfeita gostaria de ter nascido com seu dom de escrever tao bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que fofa. Obrigada, Amanda, pelo carinho. Fico muito feliz em saber que você nos acompanha e que gosta das resenhas. ^^

      Excluir
  2. Só pela capa percebi que ela é doida shjdhbdk,j

    ResponderExcluir
  3. Eu adicionei essa historia a um tempinho na minha biblioteca no watppad, mas até hoje não consegui ler. Na verdade ele não me chamou tanto a atenção, apesar dos comentários no watppad dizendo que era ótimo.

    ResponderExcluir
  4. eu já tinha lido um pouco esta historia não tinha perdido o vontade de sabe o fim

    ResponderExcluir