Resenhas

sexta-feira, 3 de julho de 2015

:: Resenha 53 :: Simplesmente Amigos, Alessandra Vale

Sinopse: Quando tudo parece normal na sua história, vem a vida e muda as coisas de lugar, colocando sua casa de cabeça para baixo e lhe ensinando a reescrever a sua existência!
Foi assim que Alice, uma mulher permissiva, que aceitava todas as situações como lhe eram impostas, viu sua vida sendo conduzida à necessidade de ser feliz. Depois de fatos inusitados e descobertas chocantes, sua transformação foi inevitável e trouxe mudanças marcantes e definitivas.
Ela nunca mais seria a mesma, não depois de reaprender a viver da forma como reaprendeu. O desejo de alcançar a satisfação em sua história, a fez viajar em uma busca de si mesma com revelações surpreendentes, para quem sabe, depois de resolver-se como pessoa, encontrar um amor verdadeiro!
Tudo isso de uma forma alegre, divertida, comovente e romântica.

Esse livro foi uma grata surpresa pra mim. Como sempre, foi uma dica valiosa da minha amiga e parceira Daya do Conchego das Letras. Ela sempre chega pra mim falando que eu preciso ler tal livro e falar com tal autora porque a autora é um amor, atenciosa e toda vez ela tem razão. Corri pra falar com a Alessandra e conversar com ela foi um prazer, ela é uma querida, divertida e atenciosa e me acha uma pessoa muito engraçada, pois ri um monte das minhas postagens no facebook hahaha.

Mas o que falar desse livro cheio de acontecimentos inusitados e descobertas chocantes? Não sei, mas eu vou tentar, continue lendo! ;)

O livro começa com um fato muito, muito inusitado e confesso, assustador! Já imaginou estar ouvindo o seu funeral? É, já imaginou você deitada no caixão ouvindo todos a sua volta e do nada você levanta? Bizarro, eu sei, e é assim que a história de Alice começa.

Era engraçado ver meus parentes e amigos – os que tiveram coragem de continuar no locar – olhando me desconfiados como se eu fosse um ser do outro mundo, meu senso de humor acendeu-se e segurei o desejo que tive de fazer um “BUUU!”, porque se isso tivesse ocorrido não sobraria uma viva alma para me ajudar a sair de dentro daquele caixão.

Hahaha eu teria falado “BUU!” coooom certeza!!!

Após um acidente de carro que até então parecia ter sido fatal, Alice sofre o fenômeno da catalepsia, que é quando o corpo fica rígido, sem possibilidade de se mover, as funções vitais se desaceleram e é como se a pessoa estivesse morta. Claro que nessa hora, quando ela levanta, é um choque pra todos em volta, até para seus irmãos, mas lógico que eles ficam felizes, principalmente sua mãe. A partir daí momentos divertidíssimos acontecem com Alice, porque muita gente fica com medo, olhando meio cabreiro pra ela, mas também tem aqueles que a encaram pedindo milagre, como se ela fosse uma santa hahah, eu ri em vários momentos.

Só que essa volta de Alice a vida é marcada por muitas mudanças. Ela fica sabendo que seu marido Luiz Cláudio, não resistiu ao acidente e depois de passar 13 anos ao lado dele, ela se vê perdida, sozinha e abalada emocionalmente. Só que como desgraça pouca é bobagem, Alice descobre que durante todos esses anos, Luiz Cláudio tinha outra vida. E mais uma vez, Alice, abalada mais ainda, se vê magoada, triste e tendo sua vida virada dos pés à cabeça.

Com tudo isso, ela ainda perde o emprego na escola onde dava aula, pois o diretor a informa que assim que soube do ocorrido, ele teve de arrumar uma substituta porque a escola não podia ficar sem professora, além disso, todo mundo estava assustado com aquela “morta viva”. Aí o que ela faz quando se vê encurralada cheia de contas pra pagar? Começa a ajudar a empresa imobiliária que Luiz Cláudio tinha com o sócio Ricardo.

Quanto mais o carro afastava-se de Búzios mais meu coração apertava, porém, superando o medo, decidi que não me deixaria ir embora de mim, iria empacotar e desfazer-me das bagagens deixadas por Luiz Cláudio e seria uma Alice forte e decidida, exploraria o lado mais belo da vida e, acima de tudo, conheceria o amor.

Parece que já falei muita coisa sobre o livro, né? Que essa resenha está carregada de spoilers? Mas não está!!!!! Isso é o que acontece no comecinho, é o ponta pé, e eu juro pra vocês, o livro ainda vai surpreender e muuuuuito, e o que acontece, ah queridos, isso eu não conto meeesmo, vocês vão ter de ler pra descobrir. Antes disso, deixa eu continuar contando que Alice, por mais triste e magoada que esteja com o marido e com a vida, ela tem de mudar e muda mesmo e encara isso como uma coisa boa, um recomeço diferente da vida que ela vivia, que até então parecia uma vida feliz ao lado do marido que era um cara bom apesar das últimas descobertas, mas que na verdade era uma vida de acomodação. Ela agora tem um grupo de amigas que mesmo sendo todas diferentes umas das outras, elas são unidas e se divertem nas suas saídas. Alice resolve se vestir melhor, com roupas mais alegres e que a valorizam, mesmo ela tendo seus 33 anos e não ser mais uma menina de 20 anos com tudo no lugar. Isso é outra coisa que eu adoro nos livros dessas nossas autoras, elas escrevem mulheres como a maioria de nós, nada de mulheres perfeitas com corpão e barriga reta. E mesmo querendo mudar e ter uma vida nova, Alice tem suas inseguranças, ainda mais quando pintam os casos e o sexo casual e selvagem que nunca havia feito.

Eu havia mudado, mas na corrida de saber quem eu era, eu tinha muitas voltas a dar, afinal crescer é um processo!

Alice teve muitos momentos de insegurança nessa sua nova vida cheia de mudanças. Seus novos relacionamentos mexem muito com ela e é muito bacana ver tudo isso e não tem como você não se identificar em alguns momentos, pois acho que todos nós, principalmente nós mulheres, temos nossas encanações e inseguranças, ainda mais quando se trata de amor, relacionamento, idade, corpo e crescimento.

É muito interessante ver como toda essa vivência e essa busca ao amor verdadeiro e a felicidade, vão acontecendo com Alice. É um livro muito prazeroso de se ler. Como falei antes, muita coisa acontece, o final é surpreendente e eu confesso que não esperava. A Alessandra escreveu uma história de amor, amizade e descobertas de um jeito muito delicado e ao mesmo tempo divertido. Narrado por Alice, Simplesmente Amigos vai te prender, te fazer rir e se emocionar. Como comentei, eu gostei muito do fato da Alice ser como eu, você e várias amigas minhas, pelo fato dela ter a minha idade e ser carioca como eu, aliás, eu amei a história se passar aqui no Rio de Janeiro.

... consegui eliminar o ódio e as mágoas quando entendi que amor não se pede, não se exige, não se compra, não se obriga... Se sente. E é grátis!

Leiam, leiam e descubram se foi tudo um sonho ou não, e vejam que a mudança e o crescimento são necessários, mas como a própria Alice disse, é um processo, leva seu tempo, mas o importante é você buscar a felicidade e estar bem consigo mesmo.

Título: Simplesmente amigos
ISBN-13: 9788591730308
ISBN-10: 8591730305
Ano: 2014
Páginas: 320
Editora: Independente
Compre aqui: Alessandra Vale
Classificação:



Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Já tinha lido a resenha deste livro e fiquei louca para ler. O que mais me chamou a atenção, foi o fato de Alice depois da traição ela se da a oportunidade de uma vida nova. Ela deixa de lado o sentimento de autopiedade, angustia e se da a chance de uma vida nova.

    Este está na minha lista GIGANTE !!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, isso é legal, por mais difícil que seja, não pode baixar a cabeça.
      Hahahah assim que der garanta o seu!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. BUUUU, eu ia correr,e muito depois ficaria feliz por ela estar bem.Parece ser bem interessante o desfecho da historia,imagina a mudança,depois de quase morrer ter sua vida de pernas por ar,terque sair da zona de conforto e se deparar com mudanças traição se reenventar.Viver uma outra vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, é uma loucura e não dá vontade de largar, fora que o final é surpreendente!!!

      Excluir
  4. Estou querendo a tempos ler uma resenha sobre esse livro.
    Eu já passei por uma paralisia do sono e foi terrível. Agora imagina você acordar e perceber que esta no seu próprio enterro, deve ser assustador.
    Eu to curiosa para saber como a vida dela ficou, depois de todas essas coisas que aconteceram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, apneia, né? o.o
      Fica curiosa não, leia o livro e se surpreenda! XD

      Excluir
  5. Primeira resenha que leio sobre esse livro e confesso que me deixou na expectativa para le-lo e muito curiosa para saber o wue irá acontecer, muito obrigado por me apresentar a esse livro

    ResponderExcluir