Resenhas

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Bienal do Livro - Atrações Nacionais

Oook, hoje é dia de falar sobre os nossos queridos autores, autores nacionais que estarão nesta Bienal do Livro.

Lembrando que alguns ainda não tem data e horário certinho e diferente do post das atrações internacionais, este aqui eu vou separar por editora. Sempre que sair data, horário e local (pavilhão) eu volto a atualizar este post e aviso vocês. Ok?

Bora conferir? Tem gente pra caramba! Tanto que com certeza um ou outro ficarão de fora, daí eu recomendo ir direto no autor que você quiser saber e ver com ele quando ele estará na Bienal. Ok? Vamos lá.


..:: Grupo Ed. Record ::..


Carina Rissi

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.
Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião. 
Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista.
É autora de Perdida, Encontrada, Procura-se um marido e No mundo da Luna, lançados com grande sucesso pela Verus e que a tornaram conhecida em todo o país.
Encontro: 05/09 (sábado) - 15h - no estande do Grupo Ed. Record.



Bianca Briones cria histórias desde antes de saber escrever. Foi uma menina sonhadora e manteve essa qualidade, o que a faz se perder em pensamentos com frequência. O romantismo explodiu em sua vida na adolescência, quando decidiu que seus filhos teriam nome de heróis. E tiveram — Athos e Arthur são dois garotos encantadores que a salvam todos os dias. Desde 2010, Bianca tem como prioridade a escrita e está sempre trabalhando em um novo projeto, enquanto outros personagens esperam pacientemente (ou nem tanto) que ela também escreva suas histórias. Publicou o new adult "As Batidas Perdidas do Coração", em agosto de 2014 pela Editora Verus. Atualmente está trabalhando em um novo projeto, enquanto outros personagens esperam pacientemente (nem tanto) que ela também escreva suas histórias. Nas horas vagas, está sempre acompanhada de um bom livro, seus filhos Athos e Arthur; Max, o Husky Siberiano, e seus dois coelhinhos, Morgana e Lancelot.
Encontro: 05/09 (sábado) - 11h  - no estande do Grupo Ed. Record.



..:: Qualis ::..


Janaina Rico

Nasceu no dia 22 de maio de 1979. Regida pelo signo de gêmeos, carrega praticamente todas as características maluquinhas que o zodíaco ofereceu. Formada em Direito, passou em concurso público, mas as letras falaram mais forte e trocou os códigos pelos romances. Hoje é escritora em tempo integral.
Alegre, comunicativa e teimosa. São as características que mais a marcam. Autora de Apimentado, Ser Clara, Cartas para um pai e As aparências enganam, que será lançado na Bienal em parceria com a autora Liana Cupini.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dias 04/09 - 15h00, 06/09 - 15h, 10/09 - 15h.





Mila Wander

Nasceu em Recife e é formada em Pedagogia. No momento está se especializando em Educação e Ludicidade para o Desenvolvimento Humano. Além disso, divide seu tempo como maquiadora profissional e escritora. 
Apaixonada por livros desde sempre, sobretudo pelos romances da literatura juvenil, tomou vício pela escrita desde sua adolescência, escrevendo pequenos poemas, composições e pensamentos. Não conseguiu mais parar desde então. Começou a escrever aos quinze anos seu primeiro livro chamado Diário de uma cúmplice, que ainda não foi finalizado. Meu Conselheiro de Luz é sua primeira obra concluída e publicada, além do sucesso Safado do 105.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dias 05/09 - 17h, 07/09 - 15h.





Simone Fraga

Simone Fraga é uma apaixonada por livros, daquelas que sofre quando precisa interromper a leitura de um bom livro antes de finalizá-lo. Não exita em passar a noite inteira acordada lendo, e depois sofre de saudades dos personagens. Tem um fascínio inexplicável por drama que envolve amores impossíveis. 
Catarinense de 37 anos, leonina, escritora, formada em administração com especialização em Gestão estratégica das organizações, vive com a família, duas tartarugas e sua pequena Vick, uma beagle linda e muito fofa. 
Simone já publicou mais de 40 livros técnicos na área de informática, e hoje lança seu primeiro romance Minha pequena, Grande Mulher, da série Para amar e proteger. Uma obra que envolve sentimentos e personagens fortes que vão te surpreender.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dias 03/09 - 15h, 11/09 - 15h.


Cristina Valori

Cristina Lucio Valori, nasceu e cresceu em São Paulo. Formada em Administração, empresária, tem 37 anos, casada, mãe de dois filhos, Guilherme e Marina. Além da família, seu bem mais precioso, música, shows e principalmente os livros fazem parte da sua rotina. Ganhadora do primeiro Concurso Literário #euleiobrasil, com a crônica "O que é o amor?"
Apaixonada por leitura, acabou se encantando pela escrita. O resultado desse romance é o livro Escolhas, lançado pela Editora Qualis e que vocês podem ver a resenha aqui.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dias 09/09 - 15h, 12/09 - 19h.





LM Gomes

Filha, mãe, irmã e amiga, L.M. Gomes é uma paulista de certidão, filha de maranhenses e carioca de coração nascida em 02 de fevereiro de 1985. Desde pequena, sempre teve amor pela escrita. Com seu caderninho de versinhos do qual não se desgrudava aos 12 anos, chamava atenção de seu pai e de sua professora de Filosofia Malú, como carinhosamente chamava, que acreditava que um dia leria livros escritos por sua aluna. Autora de Em um instante... tudo pode mudar.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dias 04/09 - 14h, 05/09 - 14h.








Paula Pilar

Autora do chick-lit Uma amor no caminho.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dias 08/09 - 15h, 12/09 - 19h.













M. S. Fayes

M.S Fayes é nada mais, nada menos que uma escritora típica de romances. Antes de ser escritora, ela é uma leitora voraz. Da leitura e múltiplos momentos de insatisfação com determinadas cenas, surgiu a vontade feroz de criar suas próprias histórias e determinar os destinos de seus personagens. De uma brincadeira fugaz, surgiu seu primeiro livro. De lá pra cá já vieram outros na cola e daqui pra adiante, a ideia é que o ritmo seja mais intenso ainda. O objetivo dela? Agradar os leitores. Ela vai conseguir isso? Não com todos, é claro. Mas há leitores e escritores para todo mundo. Quanto à biografia da pessoa? Ela é como toda mulher comum. Filha, esposa, mãe, dona de casa, fisioterapeuta por amor, professora de dublagem, desenhista, blogueira, tatuadora e escritora. Eu sei...ela reúne alguns itens aí que são um pouco incomuns, mas o que vale é que sua grande paixão é escrever. Autora de Tapete Vermelho e Absoluto.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dia 05/09 - 19h.




Liana Cupini

A escritora brasileira Liana Cupini é conhecida pelo sucesso do chick lit Antes Tarde que Mais Tarde, que teve um segundo volume – Antes Tarde que Mais Tarde Ainda – lançado em 2013, a pedido do público, ambos pela Modo Editora Tradicional. Além dos contos Eu, ele e a ex e Manual da Mulher Moderna, sucessos de vendas no Amazon. Autora de grande aceitação do publico por sua linguagem ágil e objetiva, tem a versatilidade como característica.
Paulistana, nasceu em 11 de Fevereiro de 1984. Formada em Letras, Comunicação Social (Publicidade), estudou Comércio Exterior e tem MBA em Recursos Humanos. Autora da série Luz e Escuridão, teve o primeiro livro, Estigmas da Luz, publicado no final de 2010.
Encontro: Estande Qualis Editora, pavilhão azul, E-19. Dias 05/09 - 13h, 10/09 - 15h.





..:: Bezz ::..

> 05/09 (sábado)


Fernanda França

Fernanda França Lima concluiu o Ensino Médio, porém, desistiu da Faculdade de Recursos Humanos, que já cursava, para se dedicar ao que gosta: escrever. Natural do Rio de Janeiro, adora praia, é cinéfila assumida e extremamente romântica. Também gosta de ir a shoppings, ama música e não dispensa um bom papo com os amigos. Sua maior paixão é, obviamente, a escrita, sem a qual não acredita poder ser verdadeiramente feliz. Começou a escrever, aos 15 anos, e, desde então, seu amor pela escrita só aumentou. Nicholas Sparks e, atualmente, John Green são suas maiores inspirações, embora sempre procure marcar bem o seu estilo peculiar de contar uma história. Seguindo a máxima de que, muitas vezes, o mais é, na verdade, menos, não gosta de nada que seja exagerado, acreditando que a simplicidade é a chave da felicidade. Autora de Sombras do Destino.
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 15h00



Carina Souza

Carioca genuína, não perde um fim de semana ensolarado. Cacau Souza, nome com o qual assina suas estórias, viu-se imersa, em um mundo mágico, quando ganhou seu primeiro livro, aos 10 anos de idade. Há algum tempo, decidiu que era hora de compartilhar seus textos e, ao fazer isso, surpreendeu-se diante do número de leitores que conquistou. Mãe, esposa e, atualmente, também escritora, diz que só tem a agradecer por tudo o que vem conquistando, como o lançamento do seu primeiro livro, Reflexo do Amor. E, de acordo com ela, que venham novos desafios!
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 18h00






Kacau Tiamo

Nasceu em 76, em São Paulo e atualmente mora no interior. Morou 15 anos em Porto Alegre, onde se formou em Educação Física. Acredita que o amor ultrapassa barreiras, distâncias ou pré conceitos. É uma mulher que corre atrás do que acredita e não para até conseguir o que quer. Então em outubro de 2013 ela resolveu dar vida à uma antiga vontade, escrever. Assim nasceu seu primeiro romance adulto e à partir daí, não parou mais. Autora de Inevitável, Calor Latente e Incondicional.
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 17h00







Helena Solon

Começou a escrever quando os filhos ainda eram pequenos. Isso já tem mais de 35 anos. Escrevia poesias e alguma história. Mas morria de vergonha de dar para alguém ler. Depois que eles estavam na faculdade começou a pegar o que tinha escrito e montar um livro. Assim nasceu o livro: Para o amor não há limites
Depois não parou mais. Escreveu: Aquele coração já era meu, Yasmin e Emanuelle
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 16h00








> 06/09 (domingo)


Barbara Biazioli

Autora de Clube 13.
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 15h00












Míddian Meireles

Filha única e nada mimada. Mas ainda assim era aquela menina que trocava um quarto de brinquedos, por uma caneta e um papel, mesmo antes de aprender a escrever. Era aquela que escrevia no diário sobre o seu dia-a-dia, mas também sobre seus medos, sonhos e desejos. Aquela que odiava matemática, mas adorava Redação. Hoje, mãe, esposa, amiga, viciada em maquiagem e sapatos. Aquela em que sua fiel companheira para a insônia são os livros, e por essa paixão resolveu usar a imaginação e escrever suas próprias estórias. Autora de Um casamento real.
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 16h00






> 12/09 (sábado)



Bya Campista vive no Rio de Janeiro, onde nasceu. Tricolor de coração, formada em Comunicação Social, trabalha em Cartório e tem nos livros uma paixão incondicional. Começou a escrever seu primeiro Romance Erótico no final de abril de 2013 por pura paixão. Essa paixão foi tanta, que em novembro do mesmo ano, quando a autora publicou alguns capítulos na plataforma Wattpad, Pele ficou na pele de todos, atingindo sete mil leituras com o primeiro capítulo em apenas uma semana. Escreve no pouco tempo que possui e no muito que encontra e acredita piamente que a vida deve ser movida pela paixão. Bya Campista é apaixonada por natureza: por café, chocolate, Rock and Roll, praia, música clássica, arte... Livros! Autora de Pele, Alma, Uma noite apenas e Armadilhas do amor
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 19h00




Sue Hecker

Sue Hecker é, na verdade, um pseudônimo escolhido por uma grande amiga da autora. Tem 42 anos e é casada com um marido super companheiro, com que tem um filho maravilhoso. Criar estórias e dividi-las com as pessoas começou como um passatempo, que se transformou numa experiência mágica. Ao começar a postar sua primeira criação, nunca, em toda a sua vida, sentiu-se tão amada e querida por tantas novas amigas, conquistadas durante a postagem da estória. Sempre foi uma devoradora de livros e, atualmente, flagra a si mesma sonhando, cada vez mais, em usar sua inspiração para criar mais estórias. Acha incrível como os personagens falam com ela, a todo momento! Na escrita, encontrou a melhor terapia para muitas coisas. Afirma que, em cada palavra que escreve, há mensagens ditadas por sua sensibilidade, que encontra eco em seu coração. Autora de O lado bom de ser traída.
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 16h00



Susane Matos

Angeline Sophie é o Pseudônimo usado por Susane Matos Dias. Ela é baiana, estudante de Administração, cantora por Hobbie, enamorada, e acima de tudo fascinada pelo mundo literário. Sua paixão pela escrita iniciou aos 11 anos, como uma forma de se libertar de suas emoções e frustrações. Autora de Voltas que a vida dá e Seguindo em frente.
Encontro: Stand Editora Bezz, Pavilhão azul - Rua K04 às 17h00









..:: Ler Editorial ::..


Alessandra Vale 

A carioca Alessandra Vale, morou por sete anos em Nova Iorque. Quando retornou ao Brasil permitiu que seu sonho de colocar no papel suas inspirações viesse a se tornar real. Em 2008 ela deu início às suas primeiras linhas. Foram histórias abandonadas, ideias interrompidas, sentimentos não descritos, mas foi em 2013 que ela decidiu abandonar seu emprego como secretária para escrever romances. Seu primeiro livro Simplesmente Amigos foi sua estreia no mundo da literatura, isso graças ao incentivo de algumas pessoas que, após lerem suas obras, se apaixonaram.
Encontro: Dias 07/09 às 18h30 e 13/09 às 11h, Estande F14, Pavilhão azul







Cátia e Johnatan

Cátia Mourão e Johnatan Souza, autores da série Mais além da escuridão.
Encontro: Dia 05/09 às 17h00, Auditório Lapa









JC Ponzi

JC Ponzi é uma criativa carioca de 32 anos. É advogada e sempre adorou escrever. Em 2009, quando começou a publicar suas histórias na internet, descobriu que adorava compartilhar suas ideias com os outros, tendo angariado leitores fiéis. Mora no Rio de Janeiro com o marido - que ela adjetiva como sua maior inspiração - e um doce buldogue francês. Autora de Seduzida pelo perigo, estará lançando na Bienal o livro Sob a face do poder.
Encontro: Ela estará nos dois finais de semana de Bienal do estande da Ler Editorial, é só passar por lá. Estande F14, Pavilhão azul.






Carina Raposo

Uma leitora voraz, apaixonada por romances e fatalmente atraída por mistérios desde que se entendo por gente. Além de ser viciada em seriados e amante do cinema. Veio da geração Potterhead, passou por Fallenatic e hoje é time Delena. Lê tanto, mas tanto, que passou a sentir as histórias vivas dentro de si. Assim, resolveu deixá-las sair. Depois disso, não parou mais de escrever. Autora de O Penhasco e Olha de Fogo.
Encontro: 04/09 - 18:30h, 08/09 - 11:00h, 09/09 - 17:00h, 13/09 - 17:00h (dias e horários reservados para autógrafo, mas ela estará todos os dias) no Estande F14 - Pavilhão Azul.






..:: Tribo das Letras ::..


Confira a programação dos autores da Tribo das Letras:

Clique pra ver maior

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Eu estou numa duvida cruel de que dia ir. Quero ver alguns autores mas são em dias diferentes.
    Quero muito ir ver o Affonso Solano, Eduardo Spohr e o pessoal do Jovem Nerd. :/

    ResponderExcluir
  2. Ai que delicia !!!! O ano passado tentei pegar autografo da Carina Rissi, mas a fila estava gigante e ficou assim o dia inteiro. Como eu tinha senha para a Sylvia Day acabei não ficando na fila da Carina.

    ResponderExcluir
  3. Eu queria muito ir mas o meu trabalho não me permite. :/ Mas quem sabe um dia, ne?
    Poxa, eu queria muito conhecer a Mila Wander :(

    ResponderExcluir
  4. Ai, vejo coisas sobre a Bienal e fico só chupando o dedo por não ir, haha. Conheço apenas a Carina, dos autores que você mencionou, preciso acompanhar mais alguns autores brasileiros ultimamente, estou em falta!

    the blue blog

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não sei se vou na bienal, mas estou querendo muito ir.
    Queria ver a Carina e a Mila wander.

    ResponderExcluir
  6. Pra variar no dia que eu vou, as autoras que eu gostaria de ter um autografo não vai estar rsrs.

    ResponderExcluir
  7. Boa sorte pra quem vai,depois conte aqui quem vcs conseguiram conhecer.

    ResponderExcluir
  8. Não irei comparecer em mais uma Bienal. Boa sorte à todos que vão e voltem com ótimos livrinhos. Carina Rissi é uma autora que, apesar de bastante conhecida, não me interesso muito. Talvez, por sua inspiração em jane Austen, que também não curto muito.

    ResponderExcluir