Resenhas

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

[Especial Mês do Terror] Série Infernais


Meg Cabot, Stephenie Meyer, Scott Westerfeld, Alyson Noël, Richelle Mead, Kristin Cast, Cassandra Claire…
Esses nomes não são estranhos, certo?
Deixa eu melhorar um pouquinho...
Série A Mediadora, Saga Crepúsculo, Série Feios, Série Os Imortais, Academia de Vampiros, Série House of Night, Trilogia Os Instrumentos Mortais..... Ajudou?!
Então, imaginem só... Uma Série de quatros livros, recheada de contos de terror de autoria desses supracitados e mais alguns outros autores.... Imaginou?! Então, essa é a Série Infernais!!
Vamos começar do começo...Rá!

Formaturas Infernais:
Embora lançado na terra do Tio Sam em 2007, somente chegou aqui em 2010.
A coletânea  conta com cinco contos de cinco autores diferentes, que são eles:

Meg Cabot:
A Filha do Exterminador – No qual uma filha de exterminadora de vampiros tenta seguir os passos de sua mãe tentando matar vampiros.

Stephenie Meyer:
Inferno na Terra – Uma luta ferrenha entre os anjos e demônios que buscam trazer o caos e guerra a todos os lugares.

Michele Jaffe:
Salada Mista – Uma menina do gênero Super Girl que nunca foi beijada, mas sempre salva o dia.

Kim Morrison:
Madison Avery e a morte – Esse é basicamente sobre como lidar com a morte.

Lauren Myracle:
O Buquê  – Uma menina que faz de tudo para ser convidada ao baile de formatura pelo seu grande amor.

Amores Infernais:
Lançado em 2008 e chegando aqui em 2011, Amores Infernais vem com a mesma estética de seu antecessor:

Laurie Faria Stolarz:
Dormindo com o Espirito – Uma família se muda para uma nova casa ao qual descobrem ter havido no passado, um massacre.

Scott Westerfeld:
Abominável Mundo Perfeito – Num mundo distópico, um aluno começa a estudar sobre a vida de seus ancestrais e descobre coisas bastante novas e inesperadas em sua vida.

Justine Larbalestier:
Mais Ralo que a Água – Um conto bem folclórico sobre duendes e fadas.

Gabrielle Zevin:
Fanfic – Uma hístoria de uma menina solitária que após ler um livro, passa a não conseguir distinguir a realidade da ficção.

Melissa Marr:
Perdido de Amor – Mais um conto Folclórico sobre os Selkies, uma criatura do reino das fadas que é foca mas se transfora em homem.

Beijos Infernais:
Lançado em 2010 e aqui somente em 2011, o terceiro e, na minha opinião, o pior de todos, vem com mais cinco contos infernais que são eles:

Richelle Mead:
Luz do Sol – Traz uma história de distinção entre classes de vampiros, o velho e conhecido preconceito entre classes sociais.

Alyson Noël:
Ressiscita-me – Uma menina recebe uma bolsa de estudos para uma faculdade de artes muito renomada e descobre que esse “ano letivo” acaba se tornando um pouco estranho demais.

Kristin Cast:
Acima – Esse conto eu não sei nem explicar direito porque até agora não consegui distiguir a raça dos seres aos quais ela monta a história. Só entendi que é uma história de amor e vingança. (Meio frustrante isso...).

Kelley Armstrong:
Caçando Kat – Uma Raça de vampiros geneticamente modificados são sequestrados.

Francesca Lia BLock:
Lilith – Um rapaz solitário e diferente acaba conhecendo uma gótica que muda a vida dele.

Férias Infernais:
O último livro da série chegou pra gente esse ano, mas pasmem, foi lançado lá em 2009!! Louco, não?! Não sei se  foi propositalmente, mas colocaram esse no final pra terminar com chave de ouro! De todos, esse foi o que eu mais curti! Vamos ver os contos:

Sarah Mlynowski:
Cruzeiro – Duas jovens vão a um cruzeiro com um objetivo! Tirar a virgindade de uma delas. Mas como nada é assim tão fácil, descobrem que andam dizendo que passageiros estão desaparecendo e sendo encontrados em auto mar sem um pingo de sangue em seus corpos....

Claudia Gray:
Não gosto da sua Namorada – Mãe e filha vão passar as férias próximo a um Coven, com as outras bruxas e suas aprendizes, no intuito de aperfeiçoarem suas magias, porém, o objetivo sai um pouco da rota e esse desvio vai levar a descobertas no mínimo aterrorizantes.

-Maureen Johnson:
A lei dos Suspeitos – Duas irmãs vão a França visitar seus primos e acabam se deparando com uma maldição que nudaram suas vidas para sempre.

Cassandra Claire:
A Casa de Espelhos – Sua mãe se casa com um cara que tem um filho da sua idade. Filho esse que é justamente o menino para o qual você morre de amores na escola. Eles saem em lua de mel e decidem levar vocês dois juntos. A tortura já era grande, mas passou a ser pior quando a vizinha exuberante começa a, de maneira muito estranha, se aproximar de seu meio irmão.

Libba Bray:
Nenhum Lugar é Seguro – Jovens estão de férias e decidem visitar uma cidadezinha do interior da Europa intitulada a terra do Diabo, aonde seus habitantes fazem sacríficos ao Diabo em troca de prosperidade. Imaginam o que pode acontecer?!   

Todos os livros são basicamente histórias de amor com terror ou suspense. Para quem tem medo de livros ao estilo Stephen King, podem ler essa série. É muito light e com levíssimas pitadas de horror verdadeiro. Como uma amiga disse, tem uns que parecem até historinha de criança... huahuahuau.

Não tem como tudo ser maravilhoso e perfeito, afinal, nada na vida é assim, então tem sim uns contos que não tem nada com nada, mas tem outros muito bons mesmo, além das capas lindíssimas!! (Lembrem-se gente! Eu sou fútil!! Uhahuahu).

Tá aí minha dica para um terror light! 
;)

Comente com o Facebook:

17 comentários:

  1. Eu só conhecia o primeiro livro, nem sabia já existiam outros. Muito bom essa união dos autores para escrevem os contos.
    Estou curioso para ler o conto da Meg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem legal mesmo essa junção. Você acaba conhecendo novos autores e revendo os "antigos" pra gente! A escrita muda, não dá pra ficar entediado!

      Excluir
    2. Sim é realmente interessante, espero que desse projeto series infernais possam sair boas parcerias para futuros livros.
      Comecei hoje a ler o conto da Meg e é bem curtinho, mas a historia me parece ser um pouco voltada para adolescentes.

      Excluir
  2. Queria ter coragem para ler, todo mundo fala super bem dessa série!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, isso passa longe de terror de por medo, vai?! Bota a cara no sol, mona!!! huahuahuahua

      Excluir
    2. Hahaha tem q ser devagar, li Caixa de pássaros e em breve quero ler esses!

      Excluir
  3. genteee eu so li formaturas infernais! to doidaa para ler os outros logo!
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Apesar de ser cagona, eu adoro as capas hahahahahah.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho, que não deve ter nada de assustador não, deve ser bem leve.

      Excluir
    2. Thiago, já desisti da bia! acho que se você der a língua pra ela, ela chora de susto!! huahuahuauhauha

      Excluir
    3. auhauahua To vendo que ela é bem medroso, estou imaginando ela no cinema vendo um filme de terror.

      Excluir
  5. PASSO LONGE!!! PRA VC QUE É CORAJOSA ANA, TEM CONTOS DE SOBRA AI.
    DE TODOS QUE ESTÃO AI ACHO QUE EU PODERIA,MAS NÃO VOU,É LER FORMATURAS INFERNAIS.
    BOA LEITURA PRA QUEM GOSTA,MAS SE EU POSSO LER UM ROMANCE,LINDO,EU VOU PASSA LONGE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem é esse terror todo Elisangela! só tem o nome pra por medo.. o resto é até romântico, as vezes!! :D

      Excluir
  6. Eu ainda prefiro o velho e bom água com açúcar mesmo... Com sorrisos, beijinhos, muito drama e finais felizes. Mas Quem sabe um dia?!

    ResponderExcluir