Resenhas

terça-feira, 6 de outubro de 2015

[Ler ou não ler de tudo?]

Estava eu conversando com a Grazi sobre um blog x - desse mundão imenso de blogs literários - que fez uma resenha detonando um livro que nós duas amamos de paixão...

É amiga, ela detestou o livro...
.
.
.
.
Kkkkkkkkkkkkk!!! =P
Aí conversa vai, conversa vem, logo em seguida - rolando pelo Facebook - eu dei de cara com um vídeo bem bacaninha onde uma menina dava dicas pra quem quer começar a ler, pra quem ainda está desenvolvendo este hábito tão lindo, gostoso, prazeroso e viciante que nós conhecemos. Aí logo nas primeiras dicas eu lembrei da conversa que eu tinha acabado de ter com a Grazi. Daí pensei, rá, faz tempo que eu não escrevo uma Coluna legal para o blog onde eu possa pôr minhas caraminholas pra fora e ainda por cima fazer o povo comentar, colocando as suas próprias caraminholas pra fora. Por isso, aqui estou eu! \o/


Pra começar, eu já vou deixar claro que gosto é que nem cu, cada um tem o seu e faz o que bem entender com ele, não é mesmo? Então, nós não discutimos o fato da pessoa lá responsável pela resenha não ter gostado do livro – apesar de acharmos um absuuuuuuuurdo, filha – mas o lance é que isso nos remeteu a umas pessoas que infelizmente... a vida... coloca na teu caminho... pessoas que passam... pessoas que... enfim... pessoas que teimam em ler um gênero que não gostam!!!! E eu não consigo entender porque diabos elas fazem isso!!! Mas enfim... quem sou eu, né...

Eu, particularmente, tenho muita vontade de ler vários gêneros e gêneros diferentes dos que eu estou acostumada e que são os meus preferidos, mas eu tenho noção de que eu nunca vou ler de tudo. Por exemplo, eu nunca vou ler nada muito clássico-filosófico-profundo-difícil pra burro de ler, porque eu sei que vou me irritar, que vou enrolar, que vou passar um ano com aquela bodega de livro. Então pra que ler esse troço? Me diz?!


Acredito que quem já tenha o hábito de ler, segue uma determinada linha de leitura, de gêneros, que são os de seu gosto, os seus preferidos. O mesmo serve pra quem está começando. Você tem que ver o que você gosta pra poder ter um ponto de partida e seguir por ali. Porque não adianta de nada você pegar um livro de suspense, por exemplo, se você detesta suspense. Não vai dar certo, concorda?!

É que nem o lance que aconteceu comigo e que quem acompanha o blog já sabe. Eu sou cagona, eu não vejo filme de terror, série de terror e obviamente, não leio livro de terror. Só que uma vez eu li a resenha de Caixa de Pássaros num blog x, que me deixou tão curiosa que eu comprei. Pronto, estou eu abrindo os meus horizontes. Olha que coisa bela, gente! U.u

Porque isso é uma coisa super importante. Você pode ter os seus gostos, mas você não pode se fechar ao novo e ao diferente. Até porque, só lendo pra saber se você vai gostar ou não. No meu caso, se eu vou me borrar toda ou não hahahaha. Se eu não curtir, eu não vou ler mais, ou pelo menos vou dar um tempo até eu me interessar por outro livro do gênero pra dar uma nova chance.

Agora, tem gente que parece que gosta de cometer o mesmo erro noventa e doze vezes!!! Sem brincadeira! A pessoa odeia livros com sexo onde a menina é uma submissa songamonga - palavras que geralmente elas usam – mas estão lá, lendo um livro atrás do outro comentando “Eu não gosto, sabe, mas eu li”, “Me decepcionei, mas... não é que o livro seja ruim, ele não é, mas...”. Tipo... Oi? Amiga, para! Não tenta, não. Muda, sai daí que esse não é o teu lugar!

Fato é que, depois do boom Cinquenta Tons de Cinza – mesmo que antes dele sempre tenha existido livros com sexo – as livrarias agora estão cheias de livros com sacanagem, com o homem todo poderoso cheio da grana, lindo e irresistível, e a mocinha mais simplesinha que cai de quatro por ele. Eu que gosto e não tenho um pingo de vergonha em dizer que adoro livro de zuera – sacanagem u.u – tenho plena noção disso e confesso que até eu canso às vezes.

Daí vocês vão perguntar: O que você faz então, Bia?
Eu vou contar!

Até eu que gosto de livro erótico chego uma hora e penso: “Nossa... que livrinho mais do mesmo... vou ler outra coisa”. Proooooooonto!!! Tá vendo? Difícil? Doeu? Não! É só você ir ler outra coisa! Pega um Nicholas Sparks da vida e vai se afogar num mar de lágrimas. Pega um Harlan Coben e engole o livro com farinha. Pega um Dan Brown e vai catar um atlas, uma enciclopédia e um guia de viagens. Pega um John Green ou uma Jojo Moyes e vai cortar os pulsos – brincadeira, gente, faz isso não, pelo amor de Deus!

Cara, sério, se você não está curtindo, para, para pelo amor de Deus de insistir!!!!! Sabe por quê? Porque você corre o grande risco de fazer uma resenha super negativa do livro, de vir uma pessoa que gosta do gênero do livro e simplesmente se desanimar ou de deixar aquele livro de lado por um tempo. Porque fatalmente, se você vier cheia de mimimi na resenha, mesmo falando “ah eu não gostei, mas... tá, o livro é bom” (???), você já vai estar plantando um monte de sementinha na cabeça dos seus leitores.

Lembrando que todo blogueiro deve ser sincero na resenha. Nada de pegar leve se você por ventura conhecer o autor ou por ser parceiro de tal editora. Se você não gostou, você tem que deixar claro. E se você não curte um determinado gênero, arrume um amiguinho que goste, foi o que eu fiz. Vocês já devem ter percebido que aqui nós até temos muitos gostos parecidos, mas cada uma tem a sua preferência e isso fica muito claro nas nossas resenhas.

Seja livre pra ler o que você tiver vontade. Se você tem interesse em ler um gênero que você não tem o costume de ler, se joga! Só não fique lendo algo que você não gosta por qual motivo for, por estar na moda, por todo mundo ler ou o cacete a quatro. Porque você vai ser só mais um a ficar de mimimi depois reclamando e falando abobrinha do livro, perdendo seu tempo ao invés de gasta-lo com livros que tenham mais a ver com você. ;) 

Isso é tudo p-pe-pessoal!

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Uau kkkkk mt bom, me lembro que o meu primeiro livro foi sobre mitologia grega (eu amo), dps dele comecei a querer ler mais e mais. Quando fui pesquisar sobre o livro para saber como ele era e tal, vi ótimos comentários e isso ajudou bastante pq eu era novata e tava um pouco insegura de comprar e dps me arrepender, mas o livro é bom, mt bom! rsrs :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Bruna, pesquisar, ler resenhas e comentários é sempre bom. Outra coisa que não entendo é isso, a quantidade de pessoas que eu vejo nos grupos do facebook postando foto falando "Olha, comprei esse livro, é bom?" O.o Pessoal compra primeiro sem nem saber se é bom ou não hahahaha. Muito doido.

      Excluir
    2. E o pior, compra sem saber se é daquele estilo que gosta, ai se não gosta começa a falar mal!

      Excluir
  2. Verdade,temos que ler o que gostamos vai adiantar de quer eu perder meu tempo com um livro que não me interessa desde o nome né ?
    Gostei do post *-*
    Bjnhs

    http://karoline-o-meu-melhor.blogspot.com/2015/10/mundo-paralelo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Karoline, também não entendo.
      Que bom que gostou. Vou visitar o teu blog. ;)
      Bjo

      Excluir
  3. É bem isso mesmo Bia, chega dá preguiça de pessoas assim. Elas olham para sua cara e disparam no discurso pronto que não curtem o gênero, detonando o que acabou de ler. E você fica lá, olhando ela com a próxima leitura do mesmo gênero e cara..cansa. E ainda tem aqueles que quer pagar de intelectual, ai ferra... Diz que não curte o gênero, mete o pau na escrita, na história, mas em quatro paredes tá lendo o livro até o fim hahahahahaha.... Eu penso que o legal é você descobrir novas histórias, novo gêneros e entender que a definição do seu gosto literário é individual. Eu sou o tipo de pessoa que independente do gênero, se a história me prendeu, tá valendo. E não importa se não é o ideal (aos olhos de alguns) o que eu estou lendo, porque existe sim, preconceito literário e isso é um saco... Então de boa, o importante é você ser verdadeira com você mesma, ler o que gosta e não ligar para os outros. Curtir o momento e se pegar um livro que não tá rolando, cara.. não faz drama, fecha ele e pega outro... tão simples. Mesmo que o livro seja a febre do momento, seja verdadeira com você, pois quando comentar a história, vai saber diferenciar e explicar os pontos negativos daquele livro,sem parecer aquelas crianças que nem chegou a comer direito a porra de uma coisa e já diz que não gostou. Pois não tem coisa mais chata, do que você escutar a criança, dizer: Ai credo... não quero mais, não gosto, não...chega! No outro dia, tá ela lá comendo direito e o pior escondido. Aff.. ninguém merece hahahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah essa galera aí é a pior, Grazi! Isso me fez lembrar de um post em um grupo de livros do facebook, onde um menino postou um vídeo do canal dele, em que ele detonava um livro tal (não lembro agora qual era pq já tem tempo isso). Aí começou uma galera a reclamar, outros a concordar, aí eu lembro que o que me chamou atenção, foi que uma menina perguntou pq ele fazia aquilo, pq gastar tempo lendo, fazendo um vídeo, editando o vídeo e subindo esse vídeo na internet, se ele não gostou? Aí ele respondeu pra menina algo como: "Ah, eu preciso alertar as pessoas sobre o quão ruim esse livro é, pra elas não perderem o tempo delas." O_o Pera... ele perdeu um tempo do caraaaaalho lendo e fazendo o vídeo, arrumando pra colocar no canal dele e os outros não tem vez? Como funciona isso? É muito bizarro hahahaha. Só rindo!

      Excluir
  4. Eu leio de tudo um pouco: biografia, romance policial, hot, drama, enfim...Acho que sou uma pessoa de mente aberta rsrs. Quando começo a ler e a historia não me agrada eu não paro de ler, vou até o fim, porque tenho a esperança do livro melhorar a cada capitulo rsrs. Mesmo não gostando de determinado livro, é muito difícil eu falar mal, porque gosto é gosto. Quantas vezes indiquei um livro que não gostei e a pessoa leu e amou.O meu problema é que muitas vezes (muitas vezes mesmo) estou lendo um livro e vejo as pessoas comentarem (principalmente no zap) sobre um livro, dizendo que ele é ótimo, maravilhoso e por ai vai, pronto já era minha leitura, coloco o livro de lado e começo a ler o bendito que o povo esta comentando. Mas até que hoje estou conseguindo manter o foco kkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha você é a nossa facinha literária, Marina! Mas to gostando de ver o foco hahahha.

      Excluir
    2. Confesso que alguns dias atras perdi o foco, quando você postou um trecho do livro Sempre Irresistível kkkkk. Mas foi até bom porque terminei de ler os livros da serie. Mas já estou focada novamente rsrs.

      Excluir
    3. Hahahahah eu ainda preciso ler o do irmão do Max! *-*

      Excluir
  5. Eu gosto de ler resenhas sinceras, vejo muitas resenhas em que a pessoa não dá a sua opinião e só escreve uma sinopse grande.

    Tenho que confessar que nunca gostei de romance e menos ainda de romance adult. Mas minha namorada tem a mania de sempre que lê um livro, vem me contar a historia do começo ao fim e com detalhes. Acho que de tanto que ela fala acabou despertando meu interesse. Eu ainda não consigo ler romances melosos, mas leio aqueles que são divertidos como O Príncipe Dos Canalhas.
    Eu ainda prefiro ler livros de fantasia e suspense policial, mas hoje dou oportunidade a livros que antigamente nem leria a sinopse.
    Bom post Bia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Thiago, eu já vi gente chamar de resenha coisas do tipo: "Genteeeee, sério! Que livro é esse??? Não vou falar o que acontece, mas... caaaaraaaaa, é surpreendente o que acontece, eu não estou acreditando até agora.......................................................................................................... FIM"
      Era isso a resenha, sério!!!! o.O'

      A sua namorada tem muita sorte, pq é muuuuuuuuuuuuuuuuuuito difícil achar um homem que tope ler nossos adorados romances hahahahahah. Acho super válido dar chance a outros gêneros, só não entendo, como expliquei no post, as pessoas que não gostam e continuam lendo, pra depois encher o saco de quem gosta. ¬¬

      Excluir
    2. Eu já terminei de ler muitas resenhas sem entender sobre o que o livro se tratava, porque a pessoa não explicava em nada a historia do livro.
      Quando eu não gosto do livro eu paro de ler imediatante, é muito difícil eu persistir na leitura.

      Excluir