Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 97 :: Vingança, Catherine Doyle





Sinopse: Aos 16 anos, Sophie teve uma vida tranquila no subúrbio de Chicago, trabalhando no restaurante da família e passando tempo com sua melhor amiga.
Mas um erro de seu pai a transformou em uma pária, o que torna a mudança da misteriosa família italiana para um casarão abandonado das redondezas, sua única chance de conhecer alguém que não saiba sobre o seu passado.
Sophie se vê fascinada por um dos cincos irmãos, Nic, um garoto que se interessa não pela infâmia da família, e sim por ela mesma. Mas as coisas não são como parecem, e com a paixão surge o perigo de Sophie tomar decisões que podem colocar em risco o seu amor, sua família e até a sua própria vida. 





E depois de um conselho tão sábio que seu Madruga nos prestigiou, eu venho aqui para falar sobre o livro Vingança de Catherine Doyle.

Vingança é o primeiro livro, de uma trilogia, da autora Catherine Doyle e lançado pela AGIR NOW, selo da editora Nova Fronteira. O segundo volume será lançado em 2016 nos Estados Unidos com o título Inferno e o terceiro, sem título ainda, será lançado no ano de 2017.

Confesso que desde que fiquei sabendo sobre esse livro, eu fiquei louca para tê-lo e até comprei em pré-venda, coisa que eu detesto, e esperei ansiosamente a sua chegada, como uma criança em época de Natal esperando o tal do Papai Noel. Ahhh e quando chegou, parei o que estava lendo para começar a ler.

E aí expectativa deu lugar à realidade e foi péssimo. Tudo o que eu já tinha ouvido falar do livro, foi para o ralo. Sério... Primeiro quero deixar claro aqui que se eu ver mais alguém comparando a história com a do Romeu e Julieta só que em tempos modernos, te juro... vou bater minha cabeça na parede.

Nada contra você que comprou essa ideia, eu também comprei no começo, então o que eu quero dizer é que, depois que li o livro, eu não achei nada... eu digo nada mesmo parecido com essa visão romântica/trágica que tantos querem nos vender.  

Enfim... Confesso também que no começo, eu não sabia exatamente se estava lendo uma história YA com pitadas de suspense ou algo sobrenatural. Até que isso foi um ponto positivo, pois aguçou um pouco a minha curiosidade, que mais pra frente morreu de vez.

Não quero entornar o caldo com essa resenha, pelo contrário, mas já que estou fazendo uma resenha do livro, acredito eu que tenho que ser sincera no que escrevo. Então Vingança é um YA que acredito, de verdade, que muitas garotas vão gostar. Os clichês estão lá e em certas horas até que funcionam.   

Nesse livro, vamos conhecer Sophie, uma garota de dezesseis anos que tem a certeza absoluta que seu verão vai ser uma merda. Mesmo a presença constante e bem vinda da sua melhor amiga Millie, não garante que vai melhorar aqueles lentos e monótonos dias em que Sophie terá que encarar.

Mas essa certeza toda vai por água abaixo quando cinco irmãos italianos, e super gatos, se mudam no grande casarão antigo, pois com a chegada dessa família à pequena cidade Cedar Hill, a vida de Sophie muda completamente. Muda porque os segredos sombrios dos irmãos começam a vir à tona, e aí minha gente, a história começa a deslanchar e não estou dizendo no sentido de eu ter devorado o livro, pelo contrário, eu quero dizer que a autora tenta trazer reviravoltas e reviravoltas na história. E não é de uma maneira que você fique roendo as unhas, surpresa com o acontecimento, não!... As reviravoltas são previsíveis e aquele suspense que antes eu até tinha dado um ponto positivo, morre nessas tentativas. Pelo menos comigo foi assim, conforme eu avançava na história eu já tinha uma ideia do que esperar nas próximas paginas, e isso só fez com que eu me arrastasse ainda mais na leitura.   

Não vou contar mais nada, porque se eu já disse que o livro já é previsível, vamos deixar vocês descobrirem e construírem suas próprias opiniões.

Tenho certeza que Vingança fará alguns corações suspirarem, ainda mais depois que conhecerem os irmãos, inclusive Luca e Nic. Alguns personagens eu gostei muito, tirando a protagonista que é a clichê de sempre. Então nesse YA com uma pitada de suspense, você vai ver uma Sophie tendo que tomar algumas decisões difíceis enquanto sua vida corre perigo... Ah... e claro, se apaixonando ao mesmo tempo. Se for ver, para quem tava reclamando de monotonia há um tempo atrás, até que agitou muito sua vida assim, certo? Hahahaha.


“- Amor é outra coisa.
– Amor é fraqueza.
– A fraqueza é o que nos faz humanos.
– E ser humanos nos torna falhos.
– Você é falho, Nic?
–  Claro que sou."


Então é isso, eu dou apenas três bolinhos porque independente do que falei aí em cima, a escrita da autora é agradável e a história não é ruim, apenas não me arrebatou como eu tinha pensado que iria. É a lei da expectativa x realidade, quem mandou eu comprar com tanta vontade “o peixe que me venderam” hahahahaha. 


 Essa é a capa original, mas confesso que prefiro a capa lançada no Brasil. ;) 

Eu e a Bia até comentamos outro dia, se demoramos muito a ler um livro, é porque não tá rolando aquela história e foi o que aconteceu comigo com esse livro. Confesso que o final do livro até que foi legal e claro dá gancho para o segundo, mas não muda o fato da minha leitura ser arrastada em alguns momentos, por mais que muitas pessoas digam que o livro é cheio de reviravoltas de perder o fôlego. Aviso desde já que não perdi o fôlego, pelo contrário, apenas bocejei bastante hahahahaha....
Então se vocês forem ler, eu espero de verdade que para vocês, a leitura não seja como foi para mim, sério...
Beijo grande.

Título: Vingança
Título Original: Vendetta
Autor: Catherine Doyle 
Gênero: YA/ Suspense / Romance 
ISBN-13: 9788522031702
ISBN-10: 8522031703
Ano: 2015 
Páginas: 288
Editora: AGIR NOW
Compre aqui: Livraria da Travessa
Skoob
Classificação:

Comentários

  1. Oi, tudo bom?
    Adorei a resenha. O livro me interessou muito. Mais um para minha lista de próximas leituras!
    Abçs,
    Arthur.

    ResponderExcluir
  2. Eu também prefiro a capa Brasileira deu um ar sombrio a historia.
    Não fiquei animado em ler esse livro, acho que não é uma leitura pra mim.
    Eu sempre abandono as historia previsíveis, prefiro aquelas que me surpreendem do começo ao fim.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro deve ser ótimo! Vingança, forte e interessante. temas assim sempre me atraem muito, sou fã. Concordo com você a capa Brasileira é muito melhor!

    ResponderExcluir
  4. Eu particularmente amei o livro 😍. No início pensei que fosse mais uma história daqueles romances adolescentes de verão, mas não. Adorei toda a história em si,principalmente o suspense que existe, e indico para todas lerem. Concordo que a capa brasileira é melhor do que a original, e bom saber que vai ter continuação. (esperando ansiosamente) P.S. Terminei de ler hoje mesmo ele 😄, hehehe.

    ResponderExcluir
  5. Gente, alguem sabe quando vai ser lançando o segundo livro da serie? Desde já agradecida =]

    ResponderExcluir
  6. Eu terminei de ler esse livro hoje , e confesso que o final foi incrivelmente empolgante, não desgrudei os olhos nem por um segundo, sem falar que Luca e Nic são meus favoritos, mas Luca é ainda mais, um personagem muito bem trabalhado, misterioso e totalmente meu tipo kkk, eu espero ansiosamente que no segundo livro , a protagonista fique com ele haha' eu quero muito ler o segundo livrooo, estou apaixonada por esse livro agora... Como proceder ??

    ResponderExcluir
  7. Li o primeiro livro e estou esperando os outros dois da série. Alguém sabe quando ou se vão lançar no Brasil as continuações?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei