Pular para o conteúdo principal

TAG #07 . Livros ou Travessuras?


Dia das crianças já passou, e agora não tem desculpa! É Halloween na veia!!
Vamos soltar nossas bruxas interiores, costurar a boca do sapo com aquele nome, levar a vassoura para a revisão, preparar aquela poçãozinha... Vamos tirar a poeira daquela fantasia guardada no fundo do armário, meu povo! E vamos curtir o Mês das Bruxas!! (Adoro ter um mês só para mim... é serio! Adoro isso!! hahahuauhauha)

Para não deixar passar em branco esse maravilhoso mês ao qual tanto me identifico, além de resenhas banhadas a muito terror e suspense, resolvi, por pura e livre pressão da Bia (Falo mermo que minha boca né baú pra tá trancada), responder a uma TAG voltada para essa temática!
Gostosuras ou travessuras?
E aí?! Qual você escolhe?



1 - Livro Drácula: Os vampiros são caracterizados por sugar o sangue alheio, cite aquele livro que sugou todas as suas forças, deixando você sem ar.

• Li a pouco e me deixou completamente extasiada! Caixa de Pássaros - Josh Malerman


2 - Livro Fantasma: É de consenso geral que os fantasmas existem nas histórias de terror para assustar e assombrar a todos. Comente sobre aquele livro que te assombrou durante muito tempo.

• Olha, me assombrou, mas de um jeito diferente... Os livros Hell e Bubble Gum da Lolita Pille me deixaram pesada, meio deprimida até, por mostrar um lado tão sombrio e fútil da famosa juventude boemia parisiense.... Mas só pra ficar claro, eu adorei!


3 - Livro Lobisomem: Tal qual a licantropia que passa de mordida por mordida, cite um livro que você gostou tanto que indicou a várias pessoas.

• Novamente A cidade do Sol - Khaled Hosseini. Amo esse livro e indico inúmeras vezes a todos que conheço!


4 - Livro Bruxa: Bruxas são famosas por jogarem feitiços e maldições nas pessoas. Portanto, conte-nos qual livro que te enfeitiçou, pode ser tanto de forma positiva quanto negativa.

• Vamos pra forma positiva! Amos e Masmorras da Lena Valenti!!!! Eu Simplesmente AMEEEEI essa história! Leiam, quem ainda não leu! Por favor!!!!!


5 - Livro Frankenstein: Infelizmente, o Frankenstein é aquele personagem o qual as pessoas julgam pela sua aparência aterrorizadora. Em sua homenagem, comente aquele livro que a princípio você julgou mal pela capa, mas ao ler você acabou gostando da história.

• Olha, essa é bem difícil porque sou mega fútil com capa... uhahuahua, mas Como Falar Com Um Viúvo de Jonathan Tropper tem uma capa bem insossa, e a história é maravilhosa! Aquele humor sarcástico e autodepreciativo que eu tanto amo!!!


6 - Livro Zombie: O Zombie é aquele personagem clássico que não dorme. Qual foi o livro que te fez ficar acordada a noite toda sem conseguir parar de ler?

• São tantos... Mas dessa vez vou optar por Jogos Vorazes da Suzanne Collins. Eu fiquei tão envolvida que li os três em três dias!! Foi incrível!!!
7 - Livro Gato Preto: Essa é aquela lenda que você não sabe se acredita ou não e acaba ficando confuso. Sendo assim, fale daquele livro que te deixou confuso, sem saber muito bem como reagir a ele.

• Falsa submissão de Laura Reese. Foi um troço meio estranho... ultrapassou o limite da bizarrice com o tema S&M... Teve até cachorro na parada... Porcos... Foi sinistro. 


8 - Livro Fogueira: A fogueira foi a causa das mortes injustas de muitas “bruxas”, assim como um símbolo presente em várias narrativas de horror. Conte sobre aquele livro que acendeu uma chama interior e te deixou pegando fogo de tanta raiva.

• Cara, sério, acho que nenhum livro vai me deixar com mais raiva do que a trilogia Dei Sensi da Irene Cao. O pior de todos! New Adult horroroso com personagem horroroso... enfim.


9 - Livro Cavaleiro Sem Cabeça: Diz a lenda que o Cavaleiro que assombrava Sleepy Hollow perdeu a cabeça durante a Guerra da Independência dos EUA. Porém aqui o que faz perder qualquer parte do corpo são os livros, por isso, conte-nos sobre aquele livro que te fez perder a cabeça, ou seja, a compostura.

• Ahhhh, o primeiro a gente nunca esquece! 50 Tons né meu povo?! Meu primeiro New Adult, fui tomada de assalto! Me fez perder a linha!! Huahuauhuha


10 - Livro Cemitério: O cemitério é um cenário clássico do Halloween e das narrativas de terror, ele é considerado um lugar terrivelmente calmo e silencioso, reservado para o sepultamento dos mortos. Para caracterizar o cemitério, cite aquele livro que você enterrou na sua estante, não terminou de ler ou nem mesmo começou, seja por ter esquecido ou por ter desanimado com a história.

• Travessia, que faz parte da série Matched da autora Ally Condie. Sei lá, faz tanto tempo que esqueci... Acho que ficou chato e eu abandonei.


E então?! O que acharam?! Concordam? Discordam? Qual a opinião de vocês? Sintam-se a vontade parta responder!

Só não discordem muito porque sabe como é né?! Aquela parada do sapo, agulha, linha, nomes no papel....


Comentários

  1. Como uma pessoa medrosa participa de uma Tag de livros voltada para o Halloween?? sem chances! ksksksks

    Vou ler Caixa de Pássaros, pq estou sobre pressão! ksks

    ResponderExcluir
  2. Mas a Tag não é só com livros de terror! eu usei distopias, new adult, romance... A tag vale pra leitura! qualquer tipo! e caixa de pássaros é muito bom!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho os livros Como Falar Com Um Viúvo e Travessia, mas nunca tenho animo para começar a leitura.
    Ainda vou ler Caixa de Pássaros, já esta no topo da minha lista.
    Boa Tag!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei