Resenhas

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Entrevista: Raiza Varella


Bom dia, leitores! :)

Vocês lembram da resenha que eu fiz do maravilhoso O Garoto dos Olhos Azuis? Caso não se lembrem, eu recomendo clicar agora mesmo AQUI pra refrescar a memória de vocês, pois hoje teremos um entrevista super bacana com a nossa autora parceira, a queria e simpática, Raiza Varella.



Raiza Varella nasceu em São Paulo, Capital. É apaixonada por livros quase tanto o quanto é apaixonada por animais, seja os de rua ou os dela. É apaixonada por música, contos de fadas e finais felizes. Por muitos anos sonhou com o príncipe encantado montado no cavalo branco. É estudante do último ano de Direito e sempre desejou escrever seu próprio livro. O garoto dos olhos azuis é seu primeiro romance.




Como foi que surgiu a história de Bárbara e O Garoto dos Olhos Azuis? Teve alguém ou algum acontecimento na sua vida que te inspirou de alguma maneira?
Eu tive um sonho maluco e dele surgiu a ideia para o livro. Uma mulher morando com quatro rapazes, o que aconteceria em meio a essa convivência? Mas a história foi chegando aos poucos na minha cabeça. Não há uma situação ou lembrança que eu possa atribuir a ideia. Com tanto que O garoto ser alguém do passado dela foi o que surgiu por último!

Quando você teve a ideia você já sabia o seu desfecho ou tudo foi surgindo aos poucos enquanto você escrevia? E quanto tempo você levou pra escrever O Garoto dos Olhos Azuis?
Sim, eu sabia o desfecho. Quando comecei a escrever eu sabia o começo (que Bárbara seria abandonada no altar), a reviravolta que teria no meio (só lendo para saber) e o fim, aonde voltamos para o começo em grande estilo. O que aconteceu entre um e outro surgiu na hora. Demorei apenas 15 das para escrever o garoto. Foi o livro que escrevi em menor tempo virando uma madrugada atrás da outra em companhia de diversas garrafas de dois litros de energético e minha gata.



Você acredita no príncipe encantado e no cavalo branco? rsrs
Acredito, mas não como a Babi rs. Acho que todas as mulheres realmente tem seu príncipe montado no cavalo branco, mas ele está longe de ser perfeito, ninguém é. Acho que o príncipe ideal é aquele cara de quem você conhece os defeitos e se acha capaz de lidar com eles.

Muitos autores e principalmente os fãs gostam de visualizar os personagens. Quem você imagina que poderia interpretar Bárbara e Ian? rsrs
Todo mundo me faz essa pergunta, mas não. Não há ninguém com quem eu possa compará-los rs. Só existem dentro da minha cabeça mesmo. Com todos os meus livros é assim, menos um personagem em especial que é o dono de todo meu amor, só ele tem gosto.

Quais são os seus gêneros literários preferidos? E os autores?
Minhas autoras estrangeiras preferidas são Collen Hoover e Lauren Oliver, nacional a Carina Rissi. Gosto de tudo um pouco, romance, chick-lit, thriller psicológico. Só não leio auto ajuda, livros religiosos ou motivacionais.

Você é formada em Direito; a vontade de escrever surgiu de repente ou você sempre teve esse sonho? Teve algum livro ou autor que você leu e que te fez pensar: “Taí, acho que posso fazer isso também, escrever minhas próprias histórias”?
Não, mas tiveram alguns livros que me fizeram pensar: “Tá aí, acho que posso fazer melhor que essa porcaria”! rs. Eu sempre gostei muito de ler, mas depois de um tempo passei a desejar ler algo que eu mesma tivesse escrito, a faculdade não teve influência nesse desejo.


Que outro gênero literário você escreveria fora o romance?
Todos os livros que eu trabalho mesclam gêneros. Romance, chick-lit, drama e sempre tem uma pitada de suspense. Mas se eu tivesse que trabalhar com outro gênero completamente diferente acho que optaria pelo sobrenatural ou pelo terror.

Que conselho você dá pra quem tem vontade de escrever?
Escreva! Não há outro conselho. Não importa se vai ou não ficar bom, escreva. Quando terminar você vai saber se segue em frente ou guarda o sonho na gaveta por mais algum tempo. Depois tente de novo. Não tem segredo, uma hora saí.

Vivian, a nossa Barbie Malibu poderia ganhar um livro com o seu amado (que eu não vou revelar o nome rsrs)??
Não. Kkkkk Vivian teve seu final feliz junto com a Babi. Mas Augusto e Gustavo não, então...

O que podemos esperar do seu próximo livro? Pode falar um pouquinho dele pra gente?
O próximo livro de trabalho segue em uma linha diferente da do Garoto. Também é um romance carregado com doses altas de humor, mas o drama não se compara. Ele é sem dúvida o meu xodó. Quem se apaixonou pelo Ian ainda não sabe o que é amor! Rs

Pingue-pongue:
Um livro: Antes que eu Vá – Lauren Oliver
Uma palavra: Filho
Um sentimento: Amor
Um lugar: Minha casa
Uma frase: Nunca é tarde.                                                
Uma comida: Hambúrguer.
Um filme: Vestida para casar
Uma música: Anjo – Saulo (Tema de um livro recém finalizado, ainda não saiu da minha cabeça)
Raiza Varella: Simples.

Por fim, obrigada pela parceria! Deixe um recadinho para os seus fãs e leitores do blog.
Eu que agradeço! <3
Olá galera, obrigada por ter chego até o fim da entrevista. Beijão!

E aí, curtiram?? Os links da Raiza estarão ali na página Parceiros, no menu do blog pra quem quiser procura-la. :)
Beijos!

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Muito legal, só pela entrevista ela parece ser um amor de pessoa. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro dela, mas pareceu ser muito legal, o mais legal ainda foi o jeito que surgiu a história, por um sonho, muito louco né?! Adoro esses tipos de livro e fiquei muito curiosa para saber como é a convivência dos personagens e quem é esse garoto, já que o título do livro é voltado para ele. Adorei o conselho, parabéns pela entrevista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bruna. E leia o livro da Raiza, é muuuuuuuito bom!

      Excluir
    2. Pode deixar Bianca, vou ler sim!

      Excluir
  2. Que entrevista mais gostosa de ler, a autora parece ser super simpática. Adoro ler entrevista com os autores, gosto de saber um pouco mais sobre eles, como surgiu a historia, curiosidades, projetos futuros, etc. É bom saber que eles são gente como a gente rsrs. Até hoje não sei quem é Sylvain Reynard rsrs.

    ResponderExcluir
  3. Já conhecia a autora, acho a capa do livro O Garoto dos Olhos Azuis linda demais, me encanta!
    Além de ter um cabelo lindo, a autora é muito querida!

    ResponderExcluir