Resenhas

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

:: Resenha 113 :: Hellraiser, Clive Barker

Sinopse: Escrito em 1986, Hellraiser – Renascido do Inferno apresentou ao público os demoníacos Cenobitas, personagens criados por Clive Barker que hoje figuram no seleto grupo de vilões ícones da cultura pop como Jason, Leatherface ou Darth Vader. Toda a perversidade desses torturadores eternos está presente em detalhes que estimulam a imaginação dos leitores e superam, de longe, o horror do cinema. 
Clive Barker escreveu o romance Hellraiser – Renascido do Inferno (The Hellbound Heart, no original) já com a intenção de adaptá-lo ao cinema. O cultuado filme de 1987 seria sua estreia na direção, e ele usou o livro para mostrar todo seu talento como contador de histórias a possíveis financiadores. Nas palavras do próprio Barker: “A única maneira foi escrever o romance com a intenção específica de filmá-lo. Foi a primeira e única vez que fiz assim, e deu resultado”.
De leitura rápida e devastadora, Hellraiser – Renascido do Inferno conta a história de um homem obcecado por prazeres pouco convencionais que é tragado para o inferno. Inspirado nas afinidades peculiares do autor, o sadomasoquismo é um tema constante em sua arte.

Alguém aí já ouviu falar em Hellraiser? Já viram o filme de 87? Pois é... Eu nunca tinha visto o filme, somente sabia que hellraiser era o cara cheio de pregos na cabeça... Mas não é assim não gente... não mesmo!

O título original do livro é The Hellbound Heart (1986), e o autor Clive Barker também foi o responsável pelo roteiro e direção do filme que foi lançado um ano após. A história começa com Frank adquirindo, em troca de favores, uma antiga relíquia em forma de cubo, conhecida como a Configuração do Lamento.


Segundo a lenda, este cubo é capaz de abrir uma passagem para um reino de prazer sensual inimaginável, porém em troca do prazer, o cubo exige a alma do usuário. Frank encontra-se insatisfeito com a vida mundana na qual vive, ele quer ultrapassar os limites da experiência sensorial na busca do prazer. Ele vai em busca dessa promessa de satisfazer sua ânsia por prazeres ilimitados que a caixa oferece. Ele quer mais! Logo, Frank faz a troca, e dá-se início a todos os eventos que vem a se seguir no livro. Através de muita dedicação, concentração e meditação, Frank consegue abrir o Cubo e assim ele conhece Os Cenobitas.


O Cenobitas são "exploradores das regiões profundas da experiência, anjos para alguns, demônios para outros". Os Cenobitas são criaturas horrendas que dominam com excelência as artes da crueldade e da tortura.

Frank, mesmo após o choque de ver os Cenobitas, de em sua presença, passar a ter seus sentidos mais aguçados ao ponto de sentir dor, não se acovarda e mostra a que veio. Faz seu desejo e os Cenobitas assim o atendem. Só que Frank não imagina que não há limite entre o prazer e a dor. Não para os Cenobitas.

Larry, irmão de Frank, acompanhado de sua esposa Julia, se muda para a mesma casa que, a anos atrás, Frank teve o “prazer” de conhecer os Cenobitas. Durante a mudança, Julia, se cansa e vai verificar qual dos cômodos será o seu e acaba entrando no maior quarto do segundo andar. O quarto é enorme, porém frio. As persianas estão pregadas a parede e o aposento não vê a luz do sol a anos. Julia sente um arrepio e acha melhor não se instalar naquele quarto. Sabe que Larry vai implicar com essa decisão, mas ela vai dar um jeitinho de convencer ele.

Os dias passam e Julia se sente cada vez mais impelida a ir aquele “Quarto da Umidade” que é como o chamam agora, mal sabe Julia, que é nesse quarto que Frank, a anos atrás, teve sua alma levada em troca dos prazeres que Os Cenobitas prometeram.

Esse livro aborda o extremo do sadomasoquismo, o medo, a traição e sangue pra todo lado! O cara do prego na cabeça, se chama Pinhead e é o líder dos Cenobitas. Ele é O Arquiteto e não o Frank como eu pensava.


Pra quem tem o interesse de ver o filme, é obvio que tiveram algumas alterações, mas como foi dirigido e roteirizado pela mesma pessoa que fez o livro, as diferenças não fazem perder o sentido da história. Na verdade até te ajuda a entender algumas coisinhas mais.

O livro tem 150 páginas de uma história, rápida, bem elaborada, instigante e sensacional. O acabamento do livro dispensa comentários porque a DarkSide® sempre arrebenta nas edições. A capa é dura e parece couro com desenho feito a ouro! É muita riqueza num livro só!

Eu estava namorando a séculos esse livro, até que a linda, maravilhosa, cheirosa Fran (uma das 30 participantes do nosso Amigo Secreto de Natal que rolou na nossa page no Facebook) me tirou e me presenteou com este magnífico exemplar.

Sei que nem todos gostam desse tipo de leitura e dessa vez eu tenho que avisar: Não aguenta? Nem vai pra não pedir pra sair depois!  Mas pra quem gosta.... Se deleitem! O livro é totalmente demais!

Título: Hellraiser
Título original: The Hellbound Heart
Autor: Clive Barker
ISBN-13: 9788566636697
ISBN-10: 8566636694
Ano: 2015
Páginas: 160
Editora: DarkSide Books
Compre aqui: Amazon
Skoob | Goodreads
Classificação:

Comente com o Facebook:

15 comentários:

  1. Quando fiquei sabendo so lançamento desse livro fiquei muito animado. Eu adoro o filme e na primeira vez que assisti fiquei morrendo de medo.
    Os cenobitas são macabros!
    Essa edição esta realmente muito bonita, acertaram colocando a capa dura. Pretendo começar a ler esse livro ainda esse mês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia sim Thiago! não vai se arrepender! prometo!!

      Excluir
  2. Oi Ana Paula.

    Eu adoro o filme, que assisti várias vezes, até suas continuações também. Eu comprei o livro mas ainda não li, porque eu tinha alguns livros de Book tour para ler e livros que parceria. Mas agora que estou com mais tranquila com as leituras vou dedicar á ele.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kênia, se gostou dos filmes, é garantido que vai amar o livro!!!

      Excluir
  3. Eu fui citada que emoção !!! Com certeza essa é a melhor resenha publicada no blog kkkkkkkkkkkkkkk
    Ana, apesar de ser pisciana como vc eu tenho PAVOR de histórias "que da medo", mas fiquei com vontade de ver a capa de Hellraiser, parece ser linda mesmo !!!
    Beijos lindona !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O melhor presente EVER!!!!!!! você é d+ Fran!!! acertou na mosca nas escolhas!! muito obrigada novamente e novamente e novamente!! um beijo !!!!

      Excluir
  4. Já ouvi falar nesse carinha com os pregos na cabeça, mas até então não sabia a história e nem muito menos que tinha livro, fiquei curiosa para ler, parece ser legal e só com 150 páginas, leitura pra um dia, melhor ainda. Apesar de achar q eu não vou aguentar, vou ler primeiro o livro e depois assistir o filme se conseguir. kkkkkk Adorei a capa, ela é muito bonita mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Partiu ver o filme final de semana que vem???? eu levo!! huauhauhahua

      Excluir
  5. Oi, Ana. Sempre ouvia histórias dos meus amigos sobre Hellraiser, mas nunca me interessei muito. Pensei que seria um livro maior para contar a história deste não não muito conhecido por sua história de vida. Assim como eu, muitas pessoas devem pensar: "Ah, ele já nasceu com esses pregos na cara." ou "Foi endemoniado." haha. Portanto, gostei bastante de conhecer sobre a verdadeira história de Hellraises e não vai ser sacrifício nenhum ter esta edição da Darkside, não é mesmo?!
    Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ycaro, sacrificio e darkside não combinam! hahuahuauha! nunca!!!! você vai gostar!!! leia sim! e aproveite e deixe sua estante mais bonita e luxuosa! ;)

      Excluir
  6. O que eu mais gosto desse blog é que vocês fazem resenhas de todos os tipos de livros. E assim eu posso conhecer livros que nem imaginava em pegar pra ler a sinopse.E esse livro é um desses, eu não conhecia o livro e nem o filme, mas me recordo de ter visto a imagem desse homem com prego em algum lugar rs. Achei interessante a historia, mas não me animei a ler, talvez eu assista ao filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, esse sempre foi meu medo... forçar algo que a maioria não goste! não sabe o quanto significa pra mim isso! muito obrigado mesmo! vê o filme!! quem sabe não anima do livro depois?! ;)

      Excluir
  7. Que agoniaaaaa do rosto desse homem, meu Deus! Não é o tipo de leitura que eu estou acostumada, mas pra ter ganhado um cupcake com coraçãozinho de favorito deve ser bom mesmo. Vi demais essa capa por ai e achei bem bonita, mas não tinha parado pra ler nada sobre.
    xx owamandab@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Eu definitivamente não vou ver o filme. Presenciar algumas cenas me tiram do meu normal, enquanto lê-las, nem tanto.
    Achei a premissa interessante, apesar de não identificar a conexão entre Frank e a mulher que no futuro foi morar em sua casa.
    Explicar isso seria um spoiler?
    Enfim. Entrou pra minha lista de desejos.

    http://caixasdsapato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir