Resenhas

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

:: Resenha 115 :: "Acesso aos Bastidores", Olivia Cunning


Sinopse: Myrna é professora de psicologia e uma fã ardorosa da pela banda Sinners. Especialmente por Brian Sinclair, o guitarrista e compositor que, além de talentoso, é deliciosamente lindo. Ela se surpreende ao encontrar a banda no mesmo hotel em que está hospedada para participar de uma conferência de psicologia. Mais surpreendente ainda é despertar o desejo de Brian após alguns drinques juntos. Ela sabe que essa vida de astro de rock tem um preço e estaria feliz deixando essa paixão para trás. Mas será que Brian e Myrna conseguirão ficar separados? Quando o passado de Myrna ameaça sua vida, Brian precisa decidir se aquilo que tiveram juntos não é a resposta que ele buscava há tanto tempo.

Recentemente eu tava numa fase em que os gêneros fantasia (que eu amo), distopia  e suspense estavam me consumindo de uma maneira inexplicável. Tipo, eu tava lendo um livro atrás do outro e isso, caros colegas, tava começando a me deixar com uma ressaca literária. Sério! Então comentei com a Bia que precisava ler algo leve, algo para relaxar e ficar de boa. Foi aí que a coisa aconteceu e foi mais ou menos assim...

Há um tempo eu entrei no Amigo Secreto do nosso grupo do Viciados lá no Facebook e quando a bagaça eletrônica lá sorteou, eu acabei tirando a Bia... Simmmm!!! A Biaaa, minha irmã de alma hahahahaha. =D  =D
Então com a AS escolhida, eu fui ver as opções de livros que ela postou e um deles era Acesso aos Bastidores. Não tinha ideia que livro era esse e acabei perguntando para ela (claro que tudo nas malandragens, pois ela ainda não sabia que eu havia lhe tirado), então com a informação em mãos, eu comprei um para ela e outro para mim. E quando o livro chegou, pensei: “Bom, faz tanto tempo que não leio um romance “meio erótico” e como já nem sei mais como é a parada, vamos dar uma olhada para ver se a gente lembra." 


O livro chegou, eu dei uma pausa nos livros que estava lendo e comecei o tal Acesso aos Bastidores. E o que aconteceu? Aconteceu que a parada é igual andar de bicicleta, mesmo que você ache que esqueceu como se faz, quando você monta de novo hahahahaha você lembra direitinho como pedalar hahahahahaha. Tipo assim:

Meu Deus!!! Eu ainda lembro como andar nessa bicicleta!!!

Então, depois de lembrar como era andar na tal bicicleta hahahahaha, eu devorei o livro e para variar quando terminei,  fiz o de sempre, corri p/ Bia  e comecei o meu “discreto” pedido para ela começar a ler:

Bia, sabe o livro que tava lendo?

 Você tem que ler, é tipo...Nossa!! É muito booommm!!!!!

Sério!! Você vai ler ele!!!!

Bom, voltando ao foco! Acesso aos Bastidores é o primeiro volume da série Sinners on Tour da escritora Olivia Cunning e publicado no Brasil pelo selo Paralela da Companhia das Letras, nossa parceira.

O livro tem uma pegada totalmente hipnotizante, que faz você mergulhar de cabeça na leitura. Mesmo que alguns possam dizer que é mais um livro erótico e clichê, posso afirmar que a escrita dessa autora e a maneira como ela conta a história, te surpreendem.

E o que tem de tão surpreendente assim, Grá?  Nesse caso, é surpreendente em como os momentos do livro são colocados pela a autora. Tipo os medos, as descobertas, as curiosidades, as experimentações e os complexos sentimentos que envolvem ambos os personagens. E o mais legal, é como a autora também consegue mesclar essas tais cenas de uma maneira perfeita. Eu me diverti muito com esse livro, sério, eu ri bastante principalmente com um dos personagens e confesso que teve algumas cenas, que até fiquei de boca aberta. E olha que eu já li livros e livros eróticos, mas confesso que nesse eu fiquei tipo : Ooooiiii? Sério isso? Hahahahahaha!

Nossa!! Opa...

Espera...Queessoo?!?


Nesse livro conhecemos Myrna, uma mulher de 35 anos formada em Psicologia com especialidade em Sexualidade Humana, e o guitarrista Brian Sinclair, o tal “Mestre Sinclair”. Considerado um gênio musical aos olhos de Myrna e de muitos especialistas do rock, ele também é o guitarrista responsável pelos riffs mais sensuais da atualidade. E esses acordes são tão fodas que até a própria Myrna decidiu estudá-los, para saber quais os efeitos desses acordes maravilhosos nos estímulos sensoriais das pessoas. Como professora de sexologia de uma faculdade em Kansas City, ela vive de verbas e tais verbas vem de suas pesquisas e projetos quando são bem sucedidos. Com resultados importantes, ela consegue trazer fundos para a faculdade e assim manter seu emprego. Tipo, a real é que ela precisa sempre permanecer financeiramente interessante para a faculdade. 
   
Então, através de um congresso que Myrna estava participando, ela acaba descobrindo que nesse mesmo hotel  onde tá rolando a parada, a sua banda preferida, os Sinners, também está hospedada. E  sem pensar duas vezes, Myrna se aproxima deles,  na esperança de poder conhecer Brian, seu ídolo. A partir daí a interação dela com a banda é muito legal e é nesses momentos que falo que a autora manda bem. 

Quando conhecemos a banda Sinners: Sed o vocalista, Trey o guitarrista base, Eric o baterista (ri muito com ele) e Jace o baixista (as descrições de cada integrante  da banda, vou deixar para vocês descobrirem quando lerem o livro hahahaha), e entramos na história, você percebe que a autora consegue prender sua atenção sem precisar de muito esforço. Mesmo alguns dizendo que o livro é clichê e blá, blá e blá, eu acho que ele cumpre bem o papel e eu me diverti muito com ele. É por isso que eu recomendo.

Só acho, que vocês deveriam ler.... ;)

Não vou ficar dando muito detalhes da história, porque sempre falo que o legal é você ler e se surpreender. Foi assim comigo, não sabia nada do livro, tava precisando de algo de boa para sair daquela intensa ressaca literária e posso dizer que consegui com esse livro.

Agora, tenha em mente que para ler esse livro você tem que ter a mente aberta. Senão, não vai rolar... Sério!

Quando fui atrás pra descobrir sobre a série, fiquei sabendo que eram seis livros e que cada livro narrava a história de cada integrante da banda e o último seria algo como o casamento deles. Mas parece, pelo que li, que tem outros livros que seria um spin-off da série Sinners on Tour. A série Exodus End.

Eu tô ansiosa para continuar a ler a série e com certeza o tal spin-off, então vou atrás dos outros livros e depois volto para contar para vocês o que achei.



Então, fica a dica, se quiser algo de boa para se divertir e com um "pitada" erótica ( pitada, a porra tem quase um vidro inteiro de tempero hahahahaha). Então, hahahaha voltando ao foco, se você quiser um livro de boa, eu recomendo colocar esse na sua lista. ;)

Título: Acesso aos Bastidores
Título original: Backstage Pass
Série: Sinners on Tour #1
Autor: Olivia Cunning
Editora: Paralela
ISBN-13: 9788565530651
ISBN-10: 8565530655
Ano: 2015
Páginas: 328
Compre aqui: Saraiva, Amazon
Classificação:

Comente com o Facebook:

16 comentários:

  1. Não gosto muito de livros assim mas vou indicar a minha namorada. Ela esta sempre procurando livros desse gênero, ela deve gostar, ainda mais mais que são muitos livros ne?!
    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha indica sim Thiago, pelo visto tem mais 6 livros!Hahahahaha

      Excluir
  2. Hahahhahaha eu fui ameaçada sérião!!!!!!!!!! Aquele gif com faca ficou perfeito!!! XD
    Eu vou ler, calma que eu vou ler hahahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Bia, você foi ameaçada hahahahahahaha e se não quiser ser "agredida" hahahaha sugiro que leia o mais breve possível. =P

      Excluir
  3. Oi, Grazi. Eu não sou fã de livros eróticos, mas a escrita da Olivia Cunning foi bem original. Com uma protagonista forte e independente, deixando de lado aquelas mocinhas virgens, pelo menos um personagem masculino romântico, e não canalha e o foco da trama bem distribuído. Acesso aos Bastidores me cativou por sua originalidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente essa protagonista não tem nada de mocinha virgem hahahahaha, te falar que também achei legal o Brian ser o contrário dos rótulos que um roqueiro carrega. Espero que goste do livro... ;)

      Excluir
  4. Oi Grazi!
    Eu já li e super me identifiquei com a carinha dos gifs pra certas cenas do livro hahahahaha, tipo: "É sério isso? Como assim, gente?!"hahahaha. Enfim, ficaram perfeitos!!! Agora quero ler os próximos! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crika, eu me diverti escolhendo os gifs hahahahaha. Também quero ler os próximos, principalmente do Eric o baterista. =D

      Excluir
  5. uhn...não é meio tipo de livro kkkkk
    Preciso ver com vcs uma lista de livros para eu ler, recentemente os livros estão muito fechado no universo feminino, e está difícil de achar um bom rsrssr.

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei, achei interessante a historia.
    É um romance, que pela parece ser bem quente, mas o principal tem um drama.
    Livros com rockeiros sempre é bom hahaha
    Quero ele na minha estante. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna espero que quando você ler, venha me contar se gostou. =D
      Beijo linda!

      Excluir
  7. Que capas hein!? Adorei a resenha, já anotei aqui pra ler depois. Faz um tempão que não leio nada desse gênero, espero ainda saber andar de bicicleta hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha Amanda, você viu né? Eu também tava nessa dúvida, hahahahaha mas quando comecei a parada foi outra.Tava lendo direto outros gêneros e te falar que a pausa que dei, foi bom p/ mim.

      Também gostei das capas =D

      Excluir
  8. A resenha foi bastante divertida e leve <3
    Uma coisa que confesso, fiquei na curiosidade.
    Vem aqui em OFF e me conta...
    Qual a cena em que é necessário ter a maior mente aberta do mundo? kkkkk
    Eu já li uns que, meu deus. Deixa quieto! aushaushasuh

    http://caixasdsapato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz em saber que a resenha tenha ficado descontraída. Então, mata sua curiosidade hahahaha e leia. =D

      Agora eu te conto, se você me contar quais são os tais livros que você leu, pois agora quem ficou curiosa foi eu hahahaha.

      Excluir