Resenhas

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

:: Resenha 127 :: Sr. Daniels, Brittainy C. Cherry

Sinopse: Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.
Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês.
Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Comecei esse livro sem saber absolutamente nada sobre ele. Via muita gente falar bem, amar, dizer que eu iria me apaixonar e assim dei início à leitura. Confesso que fui lendo – e sofrendo, devo dizer – e vendo as semelhanças com o livro anterior que li, Infinito + um. Ler dois livros seguidos onde uma gêmea perde a irmã por conta de uma doença, não é mole não. Foi uma leitura tensa seguida da outra, porém, dois belíssimos livros e eu só posso dizer que comecei muito bem o ano de 2016.

A gente começa o livro conhecendo Daniel, um jovem músico e professor que vive a barra de “cuidar” do irmão mais novo que está encalacrado por conta das drogas e por conta dos traficantes com quem se meteu. Os dois passam por uma barra fooooda demais logo no início pra quebrar nossos corações e deixar ambos destruídos.

Em seguida vamos conhecer Ashlyn que está completamente destroçada com a morte de sua irmã gêmea, sua metade. Ainda no velório de Gabby – sua irmã - nós vemos Ashlyn afirmar que a mãe não gosta dela e que Gabby sempre foi sua preferida, vemos o quanto isso a machuca e o quanto ela fica pior ainda quando Henry - seu pai, que as abandonou há anos - diz que Ashlyn vai se mudar para morar com ele.

É nessa viagem de Chicago para Wisconsin que as vidas de Ashlyn e Daniel se cruzam. Eles se conhecem na estação de trem de Edgewood e o encantamento é ali na hora. Sabe aquela coisa de duas almas perturbadas e sofridas que se encaram, se encontram e se reconhecem? É isso, é instantâneo, é forte, eles se entendem.

Só que não é só a perda e o sofrimento que eles compartilham. Os dois são fãs de Shakespeare, de livro e música, são dois poetas. E a delicadeza desses detalhes nos dois me lembrou de Will e Lake, de Métrica, outro livro de uma sensibilidade imensa a qual eu amo!

Nesse encontro dos dois ainda na estação, Daniel a convida para o show da banda dele e quando chega o dia é óbvio que Ashlyn vai. O envolvimento dos dois se dá com facilidade como eu já disse, mas nem tudo é um mar de rosas. Logo as aulas de Ashlyn em sua nova escola começam e tudo desanda, já que Daniel é Sr. Daniels, o professor de inglês dela.

Bom, aí começa todo aquele drama que a gente já conhece, de que professor e aluna não podem ter relacionamento e tudo tem de ser escondido. Além de tudo isso, muitas outras coisas acontecem, muitos outros conflitos vão surgir na vida de cada um deles, fazendo você sentir uma angústia danada ao longo do livro inteiro, fazendo você ler, ler e ler pra saber que diabos vai acontecer. Sério, é muito sofrimento, gente!!!

- Você é mais inteligente que eu já conheci. - Fiz uma pausa. - Não sou boba, Daniel. Sei que nós... não podemos ser nada. E gostaria de sair da sua turma, mas Henry fez questão de me colocar nela.
- É... - concordou ele. - Só queria não gostar tanto de você.
Não sei por quê, mas senti vontade de chorar quando ele disse aquilo. Porque eu gostava dele. Tínhamos nos conectado no sábado. Pelo menos eu tinha... Ele me despertou depois de eu ter estado adormecida por tanto tempo.

Ashlyn está tão perdida, que é difícil e compreensível o seu estado numa casa nova, ao lado de um pai que nunca quis saber dela, tendo agora dois novos “irmãos”. Por sorte, Ryan e Hailey se mostram personagens super legais e interessantes – cada um a sua maneira – e o relacionamento dos três começa a dar certo, o que é muito bom para a nossa sofrida Ash.

Ah! Uma coisa legal e que eu gostei muito nesse livro é que, sabe a tal caixa que diz na sinopse? Então, essa é uma caixa que Gabby deixou para a irmã. Nela contêm uma lista de coisas que Gabby escreveu para Ash realizar antes de morrer, mais algumas cartas, cartas que Ash deverá ler somente quando for realizando os itens da lista. Preciso dizer que essas cartas me causaram muitas lágrimas e até sorrisos? Acho que não, né?

Bom, eu não vou contar muita coisa, eu gostei de iniciar o livro sem saber nada e como odeio spoilers, não vou falar muito aqui pra vocês. O que posso dizer é que é uma linda história de superação, de respeito, de cuidado, de carinho, de reciprocidade, de dedicação e amor. Ryan, é um personagem secundário incrível e marcante. Daniel é um cara apaixonante. Henry é um homem bom, que errou e que assume esse erro e vai à luta pra consertar o passado. E Ash é uma menina linda que merece ser feliz depois de tudo o que passou.

Leiam, por favor! Sei que muitos não gostam quando veem que o livro é pura angústia e lágrimas, mas é um livro lindo! É a história de duas pessoas perdidas em dor, tentando viver um amor proibido, tentando ficar junto no meio de tantos problemas, tentando juntos, curar as férias do passado. Leiam e saibam o desfecho desses dois, vale muito a pena!

- Eu acho você lindo - sussurrei, repetindo o que ele tinha me dito em uma mensagem de texto muitas semanas atrás. - E não me refiro a sua aparência. Estou falando da sua inteligência, da sua proteção, do seu desolamento. Acho isso lindo.
Daniel pegou meu pescoço e me puxou para mais perto. Seu gosto cobria meus lábios, o calor de seu corpo aquecia cada centímetro do meu.
- Eu não quero ser seu amigo - disse ele. Respiramos juntos em harmonia. - Quero ser seu, quero que você seja minha, e odeio não podermos ser "nós". Porque acho que fomos feitos para ser "nós".

Título: Sr. Daniels
Título original: Loving Mr. Daniels
ISBN-13: 9788501104502
ISBN-10: 8501104507
Ano: 2015
Páginas: 322
Editora: Record
Compre aqui: Saraiva
Classificação:






Sobre a autora


Brittainy C. Cherry é formada em artes cênicas, com especialização em escrita criativa pela Carroll University, em Wisconsin. Quando não está escrevendo, adora brincar com seus bichinhos de estimação. Ela mora com a família em Milwaukee, Wisconsin.



Comente com o Facebook:

36 comentários:

  1. A sinopse me fez lembrar de dois livros que eu amo, Entre agora e o Nunca (a maneira que eles se conhecem) e Métrica (a paixão proibida entre professor e aluna).
    Bia, como sempre suas resenhas são sucesso, a vontade que eu tenho e te sair correndo e comprar o livro tipo agora !!! kkkkkk Eu amo história assim, que mexe com a emoção da gente.
    Já está anotadinho para a minha lista de desejo :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, lembra esses dois livros. Hahahaha ah essa lista de desejos sem fim... XD

      Excluir
    2. Como eu disse, até 2063 eu consigo ler tudo que está na lista (isso se eu não incluir mais nada) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Oiii... Só pelo o que você escreveu bateu uma tristeza, uma pena da Ashlyn. A história parece ser bem cativante e mexe muito com os nossos sentimentos, essa foi a impressão que tive quando li a sinopse e sua resenha, de cara já gostei do livro, com certeza ele vai para minha lista. Agora eu estou super curiosa para ler e para saber como termina essa linda e sofrida história. Esse é um daqueles livros que nos deixa com DPL?
    Você indica?
    Adorei a resenha! bjs

    ResponderExcluir
  3. Gente, esse livro deve ser lindo demais. Apesar da história triste da protagonista perder a irmã não foi fácil. Esse livro me lembrou um pouco Ella e Micha. Já que a protagonista sofre um pocado.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Esse livro já estava na minha lista de leitura. Depois dessa resenha acho que vou ter que colocar ele a frente de alguns e começar a ler logo.

    ResponderExcluir
  5. Aiiiiii só de lembrar desse livro eu já fico suspirando!
    Foi uma das melhores leituras de 2015, adorei, adorei, adorei!
    As cartas realmente nos levam ao risos e as lágrimas.
    os personagens são ótimos <3
    Assim como você, super recomendo a leitura! Vale muitoooooo a pena!

    Andresa Dias
    http://leiturasefofuras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi!!!

    Esse livro parece ser tudo de bom, embora triste. Confesso que estou fugindo um pouco de drama, mas logo ele será lido por mim e isso por duas razões:
    1º. a sinopse me interessou e
    2º a resenha nos deixa com vontade de mergulhar nessa história!

    beijos..

    ResponderExcluir
  7. Ooi! Esse último quote </3
    Eu já li críticas boas sobre este livro, até me bateu uma vontade de ler, mesmo que eu não curta dramas (depois de ler Soul Love - À noite o céu é perfeito), eu me interessei neste. Em questão de todo o enredo que fica ao redor também do fato dele ser o professor e ela a aluna, lembrou-me de "O inferno de Gabriel", que também tem esse detalhe. Bom, sem comparações, eu acho que pretendo ler :3 vou colocar na lista!
    Gostei muito da resenha.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu também lembrei do meu querido professor Gabriel, não tem como não lembrar de outros livros que tratam desse assunto, mas, como você bem disse, não devemos comparar. A base pode ser a mesma, mas cada autor soube levar sua trama. Leia sim pq é lindo! ;)

      Excluir
  8. Oi Bia!!!
    Esse livro é meu queridinho. Foi o meu melhor livro ano passado. Eu tb não sabia nada sobre ele, mas qnd terminei, abracei o livro, suspirei e fiquei boba de ter o autógrafo da autora no livro (pq eu ganhei num sorteio no Mochilão da Record e ela tava lá). Eu tb amei as cartas que precisavam ser lidas aos poucos e até mesmo endereçadas a outras pessoas rs. Os personagens secundários são maravilhosos, ai que saudade do Ryan! rsrs. Enfim, esse livro eu recomendo pra todo mundo. Inclusive, tenho um embalado aqui que vou dar de presente a uma amiga rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que demais, Crika, o livro autografado!! *-* Sim, é um livro que todo mundo deveria ler, de tão lindo. Assim como Beleza Perdida. <3

      Excluir
  9. Oi Bianca,
    Esses dias estava procurando livros com irmãos gemeos ou algo no estilo, mas perder um irmão gêmeo deve ser terrível, no entanto um livro que nos leve as lágrimas, merece ser lido pelo mundo. Obrigado pelas dicas e já estou ansiosa para me emocionar com a leitura.
    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    A leitura parece ser realmente bem densa, nunca nem ouvi falar deste livro, mas gostei muito da resenha me bateu a curiosidade para ler ele.
    Abraços
    www.pontoparaler.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá. Parece ser um livro legal, mas eu não sou fã do gênero, ouvi falar muito bem dele pra quem é fã de romance, drama e clichê vai ser ótimo, minha prima adora esses. Vou recomendar pra ela, tua resenha ficou ótima.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Indica sim que ela irá gostar com certeza. ;)

      Excluir
  12. Oiiie
    esse livro está na lista para ler esse ano pois já o tenho aqui e sempre vejo muuuitos elogios, essa capa é linda e sempre fui muito curiosa pelo livro, que bom que gostou do livro

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você goste como eu. ^^ Boa leitura!

      Excluir
  13. Oi...

    Que bom que gostou. ..ainda mais lendo dois dramas seguidos...
    Confesso que não é meu estilo de leitura e eu fujo desse tema em particular, por motivos beeeem pessoais...mas olha amei tua resenha e tua escrita...

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Denise, fico muito feliz com teu comentário. Caso tente ler, boa leitura! :) bjo

      Excluir
  14. OIii!

    Eu achei esse livro liiindo. Chorei muito enquanto estava lendo e fiquei muito contente em saber como a autora estava conduzindo a história. A escrita dela é ótima e viciante, eu não conseguia parar de ler.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Li esse livro e adorei, tinha visto alguns comentários sobre ele mais a historia me surpreendeu o livro é linda, emocionante, consegue nos conquista e envolver e adorei os personagens e umas das coisas que mais gostei na escrita da Brittainy é que ela tem personagens marcantes e até os secundários ganham grande destaque na trama e nos conquistando !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo. Eu tb adoro quando os personagens secundários nos conquistam e são marcantes. :)

      Excluir
  16. Ah, pois eu adoro quando vejo que um livro é pura angústia e lágrimas! rs... Me interessei por este desde o lançamento, e a cada resenha que leio fico com mais vontade de conhecer a história. Deve ser um livro lindo mesmo, adoro quando tratam de superação, de respeito, de dedicação, de amor... tenho certeza que vou amar também!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com vc, Ju, eu tb adoro, mesmo que eu sofra e chora horrores rsrs. Bjo

      Excluir
  17. Olá! O livro está na minha estante, no meu aguardo! Sua resenha me deixou com muita vontade de ler, mas me deu um alerta: também terminei agora Corações Feridos, com duas irmãs gêmeas separadas pela morte de uma delas. Assim, acho que darei um tempinho para ler esse. E que capa é essa? Sucesso, adorei!
    Abraço!
    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem? Gosto de livros dramáticos também. Esse livro só leio elogios dele, não é uma leitura que faria por agora, mas mais pra frente quem sabe eu não me anime, sua resenha está muito empolgada e me deixou curiosa.

    bjs

    ResponderExcluir
  19. Eu aprecio livros desse gênero, eu gostei da história também,confesso que tenho esse livro,mas deixei abandonado na minha estante,mas com essa resenha fiquei bem apetitosa e acho que vou começar a ler em breve.

    ResponderExcluir