Resenhas

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

:: Resenha 129 :: O Gigante Enterrado, Kazuo Ishiguro





Sinopse: Uma terra marcada por guerras recentes e amaldiçoada por uma misteriosa névoa do esquecimento. Uma população desnorteada diante de ameaças múltiplas. Um casal que parte numa jornada em busca do filho e no caminho terá seu amor posto à prova — será nosso sentimento forte o bastante quando já não há reminiscências da história que nos une? Épico arturiano, o primeiro romance de Kazuo Ishiguro em uma década envereda pela fantasia e se aproxima do universo de George R.R. Martin e Tolkien, comprovando a capacidade do autor de se reinventar a cada obra. Entre a aventura fantástica e o lirismo, O gigante enterrado fala de alguns dos temas mais caros à humanidade: o amor, a guerra e a memória.







Bora falar de O Gigante Enterrado, o  livro que achei super difícil de resenhar...



É... Posso ser a primeira a achar isso, mas a real é que foi difícil terminar essa resenha. Então eu pergunto a vocês: Alguma vez, você já leu algo e viu que não conseguia expressar o que realmente sentiu quando terminou o livro? Espero que eu não esteja nesse barco sozinha hahahaha. 

Enfim... Isso aconteceu comigo, eu simplesmente não conseguia expressar os sentimentos que senti quando terminei. Eu comecei esse livro muito empolgada, pois era um livro que há muito tempo eu desejava. E li muito rápido até a metade do livro, só que algo aconteceu e a história estacionou para mim. E quando eu digo estacionou, eu quero dizer que eu não entendia o que estava acontecendo com a minha leitura. Achei que estava ficando com ressaca literária de tanto livro de fantasia que li ultimamente. Depois vi que a parada não era essa, porque depois que passei a parte “arrastada”, eu simplesmente devorei o restante da história. Não sei se essa foi a intenção do autor, mas confesso que foi aí que o mingau desandou.

Mas tia Grá, então o livro é ruim? Não, caros coleguinhas! O livro é bom e vale a pena conferir, até porque essa passagem que eu empaquei, talvez não ocorra com vocês. Então, bora dar uma chance ao livro e colocar ele na lista de vocês.  =D

Eu amo essa capa!

A história se passa na época medieval, pós a queda do Rei Arthur. Num tempo em que a Grã-Bretanha está em ruínas e o povo está totalmente desnorteado por causa das guerras entre os bretões e saxões. O que causou um medo natural entre eles, pois além das consequências da guerra, o povo ainda tem que lidar com a invasão de Ogros e uma misteriosa névoa do esquecimento.

É nesse cenário que vamos conhecer Axl e Beatrice, um casal de idosos que percebe que tem algo errado nessa névoa, pois suas memórias estão desparecendo, e antes que eles caiam em um esquecimento total, já que eles tem um filho. Suas feições estão desaparecendo, desde a última vez em que o viram, e nem mesmo sabem ao certo seu paradeiro, mesmo assim, eles decidem partir em busca pelo filho perdido.

"É muito esquisito mesmo como o mundo está esquecendo das pessoas e de coisas que aconteceram ontem ou anteontem. É como se uma doença tivesse contagiado a todos nós."

Nessa jornada eles vão conhecer Sir Gawain e outros cavaleiros remanescentes da era arturiana e juntos, vão vivenciar uma aventura fantástica muito além do esperado. Também conheceremos outros personagens, mas que não vou citar para não perder a graça. Então, além de tentar encontrar o filho perdido, eles vão tentar acabar com essa névoa que assola a todos. E o que achei bem legal nesse livro, foi que mesmo que a intenção seja em recuperar as lembranças, ainda sim, uma grande pergunta feita no começo do livro, ficou na minha cabeça. 


“Mas a senhora tem mesmo certeza de que deseja ficar livre dessa névoa, boa senhora? Será que não é melhor que algumas coisas permaneçam encobertas?”

Tirando a parte onde eu praticamente empaquei, a história é rica em significados e é inegável a intenção do Kazuo em mostrar o quanto a perda da memória, tanto pessoal como coletiva, chega realmente a afetar a nossa vida. E um dos pontos fortes dessa história, são o carinho e devoção que vemos do Alex em relação à Breatrice, mesmo em certa altura, o amor sendo testado por causa dessa maldição. O amor deles é descrito nos gestos simples durante a história, mas com uma intensidade sem tamanho.

Com o passar do tempo, vamos conhecendo a história de cada personagem, o que torna inesquecível esses momentos. E descobrimos que de certa forma, eles estão ligados uns aos outros.  

Posso dizer com certeza que O Gigante Enterrado é um livro que faz você  refletir em várias partes da história. Kazuo Ishiguro tem uma narrativa peculiar e muito bem escrita. E mesmo sendo em terceira pessoa, você consegue se imaginar nos lugares deles e visualizar o cenário que ele construiu naquele determinado momento, além dos diálogos que para mim foram perfeitos. Principalmente entre Alex e Breatrice.


"Se as nossas lembranças voltarem e, entre elas, a de momentos em que te desapontei, ou de atos condenáveis que eu um dia possa ter cometido e que a façam olhar para mim e não enxergar mais o homem que você está vendo agora, me prometa uma coisa pelo menos: prometa, princesa, que não vai esquecer o que sente por mim no fundo do seu coração neste momento. Pois de que adianta uma lembrança voltar da névoa se for para apagar outra? Você me promete isso, princesa? Promete que vai guardar para sempre no seu coração o que está sentindo por mim agora, não importa o que você veja quando a névoa passar?"


Como não chorar, depois de ler isso?!

Entenderam por que foi difícil fazer essa resenha? Depois de ler esse pedaço do Alex para Beatrice, eu me perguntei várias vezes como eu empaquei em determinado momento. Eu simplesmente não sei responder... Sério! Simplesmente depois que saí daquela parte, eu devorei o livro e me emocionei muito depois, e amei o desfecho do livro, realmente para mim foi surpreendente.

Ah... Não posso esquecer de dizer que a diagramação desse livro está impecável! É tão prazeroso quando temos a chance de pegar um livro assim. =D

Então coleguinhas, a titia Grá indica o livro sim! Coloquem ele na lista de vocês, pois Kazuo trás nesse universo da fantasia, uma reflexão sensível entre o amor, a memória e a guerra e suas consequências.

Título: O Gigante Enterrado
Título Original: The Buried Giant
ISBN-13: 9788535925975
ISBN-10: 853592597X
Ano: 2015
Páginas: 396
Compre aqui: Submarino
Classificação:


Sobre o autor


Nasceu em Nagasaki, no Japão, em 1954, e mudou-se para a Inglaterra aos cinco anos. É autor de sete livros, entre eles Resíduos do dia, vencedor do Booker Prize, e Não me abandone jamais, ambos com aclamadas adaptações para o cinema.



Comente com o Facebook:

33 comentários:

  1. Sei como é essa "estacionada", aconteceu comigo também no livro que estou lendo, Anjos e Demônios. Ficamos tipos sem saber o que achamos da parte, se o livro é chato ou só aquele capítulo. Graças a Deus o meu foi só uns 3 capítulos que aconteceu isso, pq agora estou gostando até demais da leitura. Não conhecia esse livro ai, mas depois que li a sua resenha eu me interessei bastante, fora aquela parte. Quem sabe um dia eu leio ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenso demais Bruna, quando estacionamos... Ainda bem que a pausa ajudou e eu curti o restante da história. Fico feliz em saber que você já saiu do estacionamento hahahahahaha.
      Agora, se um dia chegar a ler esse livro, espero que venha me contar o que achou. =D

      Excluir
  2. Que bom que vc gostou, ruim quando empacamos e chega o final da história sem ter acontecido nada de interessante.
    Amei essa parte: Promete que vai guardar para sempre no seu coração o que está sentindo por mim agora, não importa o que você veja quando a névoa passar?"
    Suspirei mesmo sem saber da história kkkkkkkkkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fran, ainda bem mesmo!Seria muito frustrante para mim,pois era um livro que eu desejava há muito tempo. Fico feliz em saber, que "depois da escuridão a porra do Sol apareceu" hahahahahahaha.

      Essa parte eu chorei litros hahahahahahaha... Tão lindo, ver o cuidado e o amor que ele tem pela Beatrice. Cara... ainda mais, depois de tanto tempo junto! Nossa... <3

      Beijo grande!

      Excluir
  3. Olá!

    Te entendo, também já empaquei em algumas leituras. Estou doida pra ler algo do Kazuo, dizem que ele escreve super bem, vou anotar esse na minha lista!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi meu primeiro livro desse autor, mas já coloquei na lista outros dele. Fico feliz em saber que vai colocá-lo em sua lista. =D

      Excluir
  4. Oi, já aconteceu comigo também isso de empacar em um livro, mas no final me apaixonar pela história. Hahaha
    Que capa linda! A história parece ser muito interessante, fiquei curiosa, vou anotar! Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada!Realmente a história é interessante, principalmente quando você percebe o quanto faz você refletir em certos momentos. É bem bacana quando isso acontece! ;)

      Excluir
  5. A capa em si já me chamou bastante atenção.
    Amo fantasia, é um gênero que não me canso de ler.
    A parte de chorar me deu um pouco de medo, mas quem nunca?
    bjs
    http://diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, fantasia é um gênero que amo demais! E tamo juntas o/... Também não me canso de ler esse gênero. =D

      Ah.. De boa! Nem precisa ficar com medo, vai por mim! =D

      Beijos.

      Excluir
  6. Hello :)

    O livro parece ser bem legal, mas eu não gosto muito de livros históricos e nem sobre busca. A parte que você empacou nem me preocupa muito porque cada pessoa tem seu ritmo e suas preferências, mas a questão do tema não me interessou muito.

    Beijinhos e que a Força esteja com você!
    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
    Respostas


    1. Sim o livro é legal. Com certeza, cada pessoa tem um ritmo, o que acho isso super bacana!Sempre achei que a leitura é uma parada pessoal e entendo perfeitamente quando não nos identificarmos com certos temas. Quando bate, é de boa, caso contrário não rola. Simples assim!


      Hahahaha te falar que adorei o que escreveu: Que a Força esteja com você!

      Desejo o mesmo p/ você. <3 =D
      Beijo grande!

      Excluir
  7. Oiee

    Sei como é ficar "estacionada", já aconteceu comigo e não foi só uma vez.
    Essa capa é maravilhosa!!! Eu sou doida para ler algo desse autor, já ouvi falar mais de uma vez e agora com sua resenha, esse desejo só aumentou.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que vai colocá-lo em sua lista.
      Espero que goste! =D

      Beijo grande!

      Excluir
  8. Acredito que essa estacionada se deu devido a sua ressaca literária mesmo, isso acontece sempre comigo. Quando estou num ritmo muito intenso de leitura chega uma hora que o cérebro fala " se você não parar por bem, eu paro por você". Dai vem aquela sensação de que não vai conseguir terminar um livro! kkkk Mas a persistência sempre vence. Ameiiii a temática do livro, quero muito lê-lo agora que estou dando mais chances a temas históricos. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara... eu pensei nessa parada! Ai depois eu achei que era outra coisa e decidi dar uma pausa.Te falar que foi a melhor coisa que fiz, porque depois a parada fluiu que foi uma beleza. E sim, a persistência sempre vence hahahahaha.
      Leia sim e depois me fala o que achou.

      Beijo grande!

      Excluir
  9. Oi Graziela.
    Esse trecho que você escolheu é emocionante!Não li o livro, mas só de ler esse trecho eu suspirei. Vou querer lê-lo pois gostei muito da sua resenha que conseguiu despertar interesse pela história.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kênia, fico feliz em saber que gostou do trecho. Realmente é bem emocionante...
      Depois quando terminar de ler, vem aqui me contar o que achou.
      Vou adorar saber sua opinião. ;)

      Beijo grande!

      Excluir
  10. Saudações literárias! Logo de inicio me encantei pela capa do livro, com certeza esse livro vai estar a minha lisa de desejados. Gostos de livros que passam na epoca medieval e esse com certeza vai me agradar e muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!Fico feliz e espero que depois conte o que achou. ;)

      Excluir
  11. Que história linda!!! Preciso urgentemente ler este livro!! Já peguei ele nas livrarias umas "500" vezes, mas não levo ... mas depois dessa resenha maravilhosa e tão linda, com certeza já adicionei na minha lista de desejados !!!

    Parabéns pelo blog!!!

    Um grande Bjo
    Keyla Vilela - Blog Leituraterapia (http://blogleituraterapia.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e espero que quando terminar de ler, venha me contar o que achou!

      Beijo grande!

      Excluir
  12. Olá.

    Eu te entendo perfeitamente, por exemplo, amo On The Road e na primeira vez que li empaquei no meio. Não se dizer se foi por causa da quantidade de personagens a que somos apresentados e eu fiquei confusa ou se foi porque eu amei tanto um livro que me cérebro não acompanhou, eu já estava no meio da leitura, mas minha cabeça, meus pensamentos, estavam no começo do livro. Sugiro que depois de um tempo você o releia, acho que essa sensação de empacamento vai sumir.

    No geral, o livro parece muito interessante, amo a época de Rei Arthur e os livros que no geral falam ou mencionam ele. E foi o que uma amiga me disse quando comecei o blog, "é muito mais difícil resenhar um livro que amamos, do que um que apensas gostamos".

    Beijos,
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, vou seguir seu conselho...Sério! Dar um tempo e depois voltar a lê-lo. Eu até achei que tinha empacado por estar com ressaca literária e tal, mas de boa, vou seguir sua sugestão. =D

      E te falar que achei bacana o que sua amiga falou! =D


      Beijo grande!!

      Excluir
  13. Oi! Não conhecia o livro e estou simplesmente encantada! *----*
    Que capa maravilhosa! E essas citações só me deram mais vontade de ler. Adorei sua resenha e o livro com certeza não vai só pra lista de leitura como pra lista de compra também rsrs *-* bjs - Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Fico feliz em saber que adorou a resenha e que vai dar uma chance para o livro. Espero que goste.

      Beijo grande!

      Excluir
  14. Oi, nossa pra uma resenha complicada de terminar ela ficou incrível, parabéns!!!

    que bom que conseguiu finalizar! Estou assim também com uma resenha a uns 3 dias...

    quando vi que estava complicado achei que não tinha gostado do livro (meu caso) que bom que me enganei e tu gostou!

    adorei a resenha, está ótima!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Denise!Fico feliz em saber que gostou da resenha! =D
      Beijo grande!

      Excluir
  15. OI,

    Eu tenho muita vontade de ler este livro. Acho a sinopse linda e as ilustrações maravilhosas. Já me aconteceu de empacar em alguns livros, mas continuar e depois achar a história maravilhosa. Vc diz que o livro faz refletir, então eu vou ler e depois ti conto o que eu achei.

    Beijos
    Jucimara Pauda
    LIvro sem frescura

    ResponderExcluir
  16. OIii!

    Eu não conhecia a obra acredita? Eu não li ainda, mas gostei da sua resenha. Mesmo sendo um pouco massante a leitura parece mega interessante. Gostei da forma como vc abordou o livro!
    Sua resenha está muito bem escrita :D

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Que história linda, fiquei com muita vontade de lê-lo agora, em breve farei isso.
    Amei sua resenha também <3

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro e ao ler a resenha não pensei que iria gostar tanto mas adorei, achei a historia interessante e criativa e se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
  19. Oie
    essa edição é linda e já ouvi falar muito sobre o livro, não é meu gênero favorito mas espero ler um dia, bela resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir