Resenhas

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

[Coleguinhas chatos!]

Ok então... vamos começar!

Hoje vou falar de uma parada que há tempos vem me incomodando. Tenho certeza que em algum momento da sua vida, você topou com uma pessoa que tende a desrespeitar totalmente seu gosto literário. Aquela pessoa que faz inúmeras piadinhas chatas de determinados livros, que gosta de mostrar para você, o quão ridículo você é ao ler aquele gênero. A Bia até fez um post tempos atrás sobre isso, se quiser dar uma olhada é só clicar aqui. E se naquela época nós já estávamos saturadas de pessoas assim, imagina agora! Então, estávamos eu, Bia e Talita conversando sobre isso novamente e chegamos a mesma conclusão, nossa paciência tá chegando ao limite.


Sabemos que esse tipinho de gente se prolifera, é fato! Mas além desse povinho chato, o que tá me irritando mesmo são aqueles que se acham críticos literários do mais alto escalão. Muitas vezes, a formação deles vem através de um único autor ou gênero que eles apreciam, mostrando assim aquela parada chatíssima que é: Só aquele autor(a) tem o dom da escrita, o resto é merda! 

Então, depois daquela pregação total que seu autor(a) é o melhor, vem a parte da desconsideração e convenhamos, essa parte é cansativa demais. A preguiça chega a gritar, pois são inúmeras piadinhas em relação ao tema, a escrita, a narrativa dos autores e etc tal. 

Sério isso! Vai começar de novo...
E sendo os donos da verdade, acham que tá de boa ser assim. Tem aquele pensamento que no final, eles estão tentando te mostrar o “caminho literário certo.” Claro, sem se importar em praticar aquela palavra tão conhecida e que muitos não usam: RESPEITO.

E não adianta falar para eles: "Cara, por que você insiste em continuar lendo essa parada então?" 

Gente... É cansativo demais pessoas assim! Eu sei que todos nós temos aquele botãozinho chamado: PRECISAMOS OPINAR quando lemos um livro hahahahaha, mas também sei que quando ativado, temos que ter a porra da consciência de usar aquela palavra lá tão conhecida e pouco praticada, o tal do senhor RESPEITO. Ridicularizar a leitura do próximo ou o autor, como meio de mostrar que seu ponto de vista é válido, a meu ver é uma ação medíocre e infantil. 

Penso que uma pessoa assim, em determinado momento vai acabar sendo isolada de qualquer convívio social. Pois são pessoas inflexíveis, que dificilmente aceitam algo diferente do que eles estão acostumados. E que pagar pau de intelectual muitas vezes deve ser bem desgastante e frustrante quando a outra parte não colabora hahahahaha. 
Entendeu bitches? Sou entendido no assunto... Eu sou o REI!
Então coleguinhas, se vocês tiverem amiguinhos chatinhos como esses, eu vou torcer pelos Deuses dos Livros para darem uma boa lição a eles. No estilo: matar todos seus personagens preferidos e que seus finais de livros esperados sejam totalmente o oposto do que seus corações desejam. HAHAHAHAHAHA Nossa... tô muito vilã!

Mas sério!! Quem consegue conviver com esses seres chatos, sem perder as estribeiras em determinados momentos? Quemmmmm???
Confesso que tem hora, que eu até faço como o Deadpool nessa imagem...

Mas tem hora... Que coleguinhas! A titia Grá perde toda a porra de ponderação, negligenciando geral a lei da boa vizinhança e partindo para o famoso “barraco do leitor ofendido”. Agora, se você caro leitor, conseguir conviver com esses seres e sair ileso dessa chatice, vem aqui e ensina a titia Grá, ok? Vamos repartir o pão dos ensinamentos e dicas para uma vida literária em paz. Se fizerem isso, eu juro que vou orar para os Deuses dos Livros para vocês terem uma vida cheia de boas leituras. Porque a dica que eu li esses dias, não deu muito certo não! 

“Se alguém te abordar ou disser um insulto, finja que não está nem aí e simplesmente saia. Não faça nem contato visual.”

Cara... Já tô no meu limite! Como assim?? Não faça contato visual??!! Nessa hora eu tô com sangue no zóio! Tá certo também que nessa hora eu não tô enxergando mais nada a não ser vermelho, então o contato visual vai ficar um pouco distorcido, mas mesmo assim. Como disse antes, adeus a boa vizinhança, agora é mais no estilo: 


Cai dentro! Vem... parou com a palhaçada! Parou com o Bullying Literário! Chega!

Então é isso... E para alguns que pensam que estou dando uma de moralista e tal, venho dizer que eu também brinco com determinados livros ou alguns trechos. E a diferença dessas brincadeiras, é que eu não ridicularizo as pessoas e nem autores. Nem ignoro a contra argumentação, pois o legal é quando encontramos pessoas que saibam debater sobre um livro ou uma história, sem dar piti. Também não uso de sarcasmo o tempo todo, para o meu argumento se fortalecer. Acredito sim que devemos respeitar os gostos e opiniões das diversas pessoas com as quais convivemos. Isso se quiser ter vários amiguinhos no play, caso contrário tu vai acabar brincando sozinho.
Emoticon tongue

Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. Caraca enfim alguém transcreveu tudo o que penso... Gente não gostar ok, não querer ler ok, o que não pode é faltar o bom senso e o respeito.
    Gente entendida de todos os assuntos multiplicam-se e realmente são chatos demaisssss
    Adorei, mas adorei mesmooooo esse texto!!!

    ResponderExcluir
  2. Oh! titia Grá, muita calma nessa hora em qualquer lugar encontramos pessoas assim, alguns falam na sua cara, outros apenas olham para você com aquele olhar de desgosto que faz até mal. E isso não acontece apenas com as pessoas "conhecidas" não digo amigo porque esses respeitam o nosso gosto literário. Isso é algo que acontece até em lugares que as pessoas estão ali apenas para te atender, como na livraria. Se você comprar algo que eles não gostam de ler te olham como se pergunta-se? Vai ler isso mesmo? Caramba primeiro o dinheiro é meu, o gosto também, então qual o problema? Agora já nem ligo, antes fica chateada hoje faço de conta que não é comigo, faço cara de sexta-feira, sabe aquela cara de alegria afinal amanhã é sábado tenho todo o final de semana pela frente. Quando penso assim a opinião da outra pessoa fica com ela, não quero nem saber. Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oii... Você é das minhas odeio esse tipo de gente e não tenho paciência mesmo, dou logo um fora pra pessoa me largar ler em paz, sou boazinha mas não opinem nos livros que eu to lendo ainda mais pra falar mal. Gosto de debater sobre os livros também, mas tudo dentro do limite, pq cada um tem seu gênero preferido, mesma coisa de religião, tem pessoas que não gostam de tal e quer ficar criticando, nossa... Só de pensar já perco a paciência. Kk Enfim... sereszinhos tenham mais respeito ao gosto do Próximo, isso é tão lega!

    #respeitemaminhaleitura

    ResponderExcluir
  4. Arrasou Grá !!!! E quando o livro é erótico ? (livro de mulher mal comida, livro de mulher sem vergonha, etc ....) já cheguei a discutir feio com um amigo por causa disso.
    Preguiça de gente assim afffffffffff

    ResponderExcluir
  5. Oi, Graziela.
    Eu leio de tudo contanto que tenha romance, e como respeito o gosto literário das pessoas espero e EXIJO que também respeitem o meu... Concordo completamente com você, haja paciência para lidar com essas pessoas que se acham donos da verdade; também acho que seria uma boa lição os Deuses dos Livros matarem todos os personagens preferidos desses indivíduos chatinhos, ou até mesmo cancelarem suas séries preferidas... é o que eles merecem por não respeitarem os estilos de leitura individual...
    Enfim, amei seu texto.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Grazi o povo anda esquecendo de uma coisinha simples que move o mundo, ou que movia a alguns anos .... CUIDEM DA SUA PROPRIA VIDA... Mesmo antigamente, com as pessoas tendo mais tempo, e com as fofoqueiras de plantão do bairro virando ate mesmo personagens de novela, ainda assim não tinhamos essa falta de respeito que se tem hoje...

    Como disse uma de suas leitoras aqui nos comentarios, eu sou como ela, não to nem ai, não ligo se me acham uma maniaca sexual por ler 80% do meu tempo livros eroticos. E dai, só porque não leio classicos antigos e muitas vezes chatos, da literatura mundial isso quer dizer que não sou culta, então não sou mesmo.

    Leio porque gosto e o que gosto, não para fazer bonito e nem pra agradar aos olhos dos outros, e como voce disse, esse povo enche o saco mesmo. O melhor a fazer, pelo menos no meu caso, é absolutamente não se importar... Afinal o gosto é meu, quem paga sou eu, então nem dou bola ...rrss

    Adorei seu post


    Abçs
    Ana Paula
    http://paixaoporleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Graziela, arrasou super concordo com você tem alguns colegas que me deixam de cabelo em pé e eu não tenho nenhum pouco de paciência com as atitudes deles sou super estressada hahaha bjs.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Falou tudo, acho que sempre tem que ter o respeito, pode não gostar, pode não querer ler mas tem que respeitar, acontece muito de você está lendo um livro e chegar alguém que você nem conhece e falar que você devia e está lendo outro coisa, da uma raiva !!

    ResponderExcluir
  9. Oi você com certeza me define nesse texto, odeio pessoas que ficam criticando o gênero literário dos outros.
    Se leio uma Dark é ruim, se leio Romance é clichê, se leio Romance Policial é grotesco, se leio Terror é horrível, ha foda-se fico com muita raiva quando isso acontece.

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Gente chata assim tem em qualquer lugar e relativo a qualquer assunto, né? Affs
    E quer saber mais, esses pseudo criticos literarios normalmente se consideram (pseudo) cults, e acham q ler, sei lá, O Principe faz dele uma pessoa melhor/maisinteligente do que a pessoa que lê algum tipo de romance de banca. É chato demais!

    ResponderExcluir