Resenhas

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

:: Resenha 136:: Uma Noite e Nada Mais, Whitney G.

Sinopse: Nesta série, a autora best-seller do The New York Times e do USA Today, Whitney Gracia Williams, mistura os mundos do Direito e da dança em uma narrativa apaixonante e erótica que vai fazer o leitor rir, chorar e querer (sempre) um pouco mais.
Tenho um apetite insaciável e muito particular: loira, bem torneada e preferivelmente não uma bela de mentirosa... (apesar de essa ser uma história para outra hora.) Como advogado de alto nível, não tenho tempo para desperdiçar com relacionamentos, então preencho minhas necessidades ao bater papo anonimamente e dormir com mulheres que conheço on-line. É só sexo casual. Nada de mais, nada de menos.
Era, pelo menos, até a "Alyssa"...
Teoricamente, ela era uma advogada de 27 anos, uma acumuladora de livros completamente inexperiente. Era para ela ter sido alguém com que troquei experiências profissionais tarde da noite, para quem eu podia contar sobre minhas escapadas semanais.
Até o dia em que ela apareceu estonteante em meu escritório para uma entrevista de emprego - para o cargo de estagiária - e as coisas mudaram completamente...

Uma curiosidade sobre mim: eu dificilmente leio dois livros eróticos mais pesados em seguida. Por que Tia Tali? Para não enjoar, para diferenciar, para quando eu pegar meu livro 1% Safadão, eu curtir aquilo descansada e sem “ok, isso de novo?” E isso é uma boa dica para você que está pensando em ler ou não livros com essa temática adulta, mas toda regra tem sua exceção, ou como diz um ex-aluno meu, se você não quebrar uma regra de vez em quando, perde a graça! Então, aqui estou eu, postando uma resenha de um livro erótico pesado logo depois de postar uma resenha de um livro erótico, sim, eu li os dois em seguida, sim, eu adorei ler os dois em seguida e claro que eu adorei o livro Uma Noite e Nada Mais, sabe por quê? Não? Então vem cá e lê a minha resenha que vou te explicar!

Quando a Universo dos Livros decidiu publicar no Brasil essa série da Whitney G. muitos leitores já a conheciam das famosas e polêmicas "traduções de fãs". Eu, Tali, sou bem maleável nessas traduções, mas sem entrar no mérito delas, eu preciso dar os parabéns a editora UdL (para os íntimos, como eu que tenho 16 livros – sim, eu contei – só dela e pretendo comprar mais alguns que estão em falta na minha estante e tenho essa editora como uma das minhas favoritas) por ter ido buscar na sua página, qual livro nós, amantes da leitura, gostaríamos de ver publicado no Brasil. Dessa iniciativa ela publicou alguns títulos que já haviam bombado nesses grupos de troca, por exemplo, Novas Espécies, Bully, Driven e Amos e Masmorras, esse último eu indiquei junto com Uma Noite e nada Mais

– Sou muito boa em sexo oral –ela disse – Desde o colegial. Todos os caras que chupei disseram que a minha boca é incrível.
– Por acaso tem algum tipo de supercola no chão? É por isso que você ainda está parada aí?

Quer dizer então que você já leu esse livro antes, Tia Tali? Sim, mas ler uma tradução não oficial, às vezes mal feita, não se compara a pegar no livro. Naquele livro que você indicou para a editora comprar e trazer ao Brasil e ver isso acontecer, existe uma quantidade absurda de orgulho e você sente o carinho da editora, sente o quanto eles estão abertos a ouvir a gente, quem lê então, um minuto para eu ter meu momento histérica! 



Terminada essa pequena rasgação de seda, que serviu para vocês notarem o quanto eu queria muito ler esse livro, vamos ao livro em si. Pega uma dose de humor na forma de um protagonista masculino que é cínico, mal humorado, ignorante ( a secretária dele é meio fora da casinha, tarada e é a que mais sofre com o Andrew), grosso e respondão, pega uma protagonista feminina que não vai deitar e chorar, mas vai responder ao grosso, ignorante e gostoso na medida certa. Junta isso ao drama dessa relação tumultuada por pequenas grandes emoções e um mistério sobre o passado do advogado gostoso e muita safadeza oral (sério, eu li muitos livros eróticos mas o Andrew tem a boca mais suja de todos!) e safadeza física porque esse livro é erótico. Resumindo, temos humor, drama, um mistério e sexo, tudo muito bem misturado em 128 páginas! 

Esta sempre é a parte chata: aquela e que a mulher, que antes tinha concordado com um jantar, uma noite e nada mais, quer estabelecer algum tipo de vínculo imaginário. Por alguma razão qualquer, ela sente que é preciso algum tipo de diálogo, alguma nova garantia inútil que confirmará, de certo modo, que o que acabou de acontecer foi "mais do que sexo" e que vamos nos tornar amigos.

Agora me perguntem, como isso é possível em só 128 páginas? Eu não sei o quanto vocês acompanham o mercado internacional, eu vejo um pouco pelo Goodreads (o skoob dos gringos) e lá está uma certa moda de livros curtos que se dividem em várias partes, sempre terminando com um gancho bem feladaputa que te faz querer ler o próximo em seguida. Reasonable Doubt é uma dessas séries, ou como eu gosto de chamar, de livro seriado, porque se juntar todas as partes a gente chega em um livro, é como se a autora parasse NAQUELA parte só para te torturar, mas como são partes pequenas os lançamentos das partes são sempre em um intervalo de tempo menor. Por ter essa estrutura diferente, a autora passa toda a trama em poucas páginas de forma maestral, não tem tempo para enrolação, as coisas vão acontecendo ao mesmo tempo em que você conhece os personagens, sem papo furado e eu adorei esse ritmo frenético que te faz ler o livro em 3 horas (juro que é verdade!).


Acho que certas mentiras precisam ser ditas e que certas verdades precisam ser mantidas. A condenação final depende daqueles capazes de discernir qual é qual.

Esse primeiro livro temos muito do Andrew, apesar de ainda não saber o seu passado, apenas sabemos que algo muito ruim aconteceu com ele em Nova York e transformou ele em um arrogante e sexy como o inferno, advogado, que tem uma regra quando se trata de sexo: Uma noite e nada mais! Ah, ele ODEIA mentiras, assim mesmo em caps. Como ele procura mulher pela internet, acaba encontrando muitas mentirosas e está em uma seca de um mês e ao mesmo tempo, acabou criando uma amizade com a misteriosa “Alyssa”, que ele obviamente quer transformar em mais do que amizade, sabe cachorro no cio? É Andrew tentando convencer a “Alyssa” a levar essa improvável amizade virtual a um novo nível, mas tudo desanda quando ele conhece ela. 


– E se o verdadeiro motivo pelo qual não quero conhecê-lo é porque sou feia?
– Eu foderia você com a luz apagada.
– Prefiro acessa.
– Então, eu colocaria um saco de papel na sua cabeça. 

Pela sinopse dá para notar que a “Alyssa” não é exatamente quem ela disse ser para o Andrew e aí começa a confusão quando ele descobrir que “Alyssa” é na verdade Aubrey, 10 anos mais nova que ele e ainda vivendo aqueles dilemas da vida pós adolescência, onde tem que decidir ser advogada como os pais ou bailarina, seu sonho. Mas não pense querido leitor que a Aubrey é bobona e chorona. Sim, ela fica arrasada, ela chora, mas ela luta suas batalhas, e no final... ai Deus! Eu não posso falar porque é spoiler, mas a vontade é de agarrar o livro dois ou arrancar os cabelos! E quando eles dois finalmente vão para o corpo a corpo, vou só dizer que ainda bem que li essa parte de cara para o meu ar condicionado! 

A sensação dele dentro de mim não se parecia com nada que eu tivesse sentido antes. Era intensa, poderosa, viciante.

Enfim, é mais um livro erótico. É um livro com linguagem suja e pesada, com um mocinho que não vai chamar as partes femininas de botão do prazer e nem as partes dele de mastro, é um livro com muito humor ácido e com um alto grau de "Eu preciso ler o livro 2". Com muita safadeza, porque o Andrew não faz amor, ele f*d* com força e pegada, pelo menos nessa primeira parte. Com um mistério no passado atormentado do Andrew e pedras no caminho do casal, é cliché? Não, mas se você ler cheia de ideias pré concebidas, não vai curtir, vai julgar o livro e eu diria mais, esse livro é para quem está querendo um bom entretenimento e sabe que o seu gosto por livros eróticos não te define!  

Título: Uma Noite e Nada Mais
Série: Reasonable Doubt, #1
Autor: Whitney G.
ISBN-13: 9788579308598
ISBN-10: 8579308593
Ano: 2015
Páginas: 128
Compre aqui: Amazon
Classificação:

  

Sobre a autora:


Viciada em doces, viagens e levemente hipocondríaca, Whitney Gracia Williams ama escrever sobre personagens que fazem o leitor rir, chorar e, em alguns casos, querer dar uma boa bofetada neles.
É autora do best-seller Reasonable Doubt, uma trilogia erótico-romântica que chegou ao topo da lista dos mais vendidos da Amazon, na categoria romance erótico, figurando também entre as listas de mais vendidos do The Ney York Times e do USA Today.

Comente com o Facebook:

38 comentários:

  1. Poxa, fiquei c vontade de ler!
    Tali dá p parar de escrever assim?
    Não, não para não!
    Ai senhor, mais um p lista q não para de crescer e mais um personagem p sonhar.
    Ai ai!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro essa série estou me segurando pra não ler o segundo agora porque ainda não comprei o terceiro!! Andrew é muito safado muito grosso muito gostoso!!!

      Excluir
  2. Preciso, necessito e desejo muito esse livro ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu preciso do terceiro mas estou esperando voltar a trabalhar pra pegar em loja e não receber em casa!

      Excluir
  3. Oi!
    Eu estou fugindo de new adults, porque não gosto de como os homens são abusivos nesses livros. Eu, como feminista, detesto livros que não empoderam as mulheres e a tratam inferiormente. Livro erótico mesmo, dos bão, não precisa rebaixar a mulher em nenhum momento e muito menos colocar o homem em um lugar de prazer, enquanto a mulher é submissa e muitas vezes sofre abuso emocional. Não sei se é o caso desse livro, sabe? Mas eu não tenho mais paciência para ler esses livros eróticos. A experiência de leitura para quem gosta, deve ser muito bacana, mas eu não consigo mais me sentir confortável lendo algo assim. prefiro ler livros eróticos mais clássicos e antigos, do que a maioria dos genéricos que estão sendo publicados. Enfim, sua resenha tá ótima, conseguiu abordar todos os pontos que queria. :D beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anelise. Entendo o seu ponto de vista por ser feminista, realmente grande parte dos livros a personagem feminina é coloca como a submissa, mas no mundo dos dominadores isso é normal entre eles. Há livros que não tratam desse tema, que fogem dessa coisa do dominador e da submissa, onde vemos mulheres fortes que não se deixam levar. Cada autor segue uma linha, e gosto é gosto. :)
      Ps: esse livro não é New Adult ele eu um romance cômico erótico

      Excluir
  4. Oiee ^^
    Acho que já tinha visto a capa desse livro antes, mas me lembrou muito a capa da série "Cretino Irresistível", então eu nem dei bola. Não curto muito histórias eróticas, isso porque gosto bem mais de dramas e etc, então não sei se leria esse livro *-* Mas fico feliz que você tenha gostado, e é bom saber que a editora ouve os leitores...hehe' algumas até ignoram o pessoal :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Momento confissão eu ainda não li ps livros da série Cretino!!!
      Esse livro tem um pouco de drama quando lemos os três. Pelo que lembro da minha leitura anterior o terceiro é mais pesado com o passado do Andrew entretanto a marca dele é o romance e a comédia :)

      Excluir
  5. Oi, Talita!
    A sensação de indicar um livro a uma editora para publicação e essa editora aceitar sua indicação deve ser indescritível, merece com certeza um momento de histéria rsrs...
    Amo personagens como o Andrew - cínico, mal humorado... e se o livro tem tudo isso - humor, drama, mistério... - vou anotar essa indicação com certeza pois são qualidades que aprecio nos livros, sem falar que é curto e sem enrolação.
    Amei a resenha, me diverti bastante lendo-a. Parabéns!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sensação foi ótima porque as minhas duas indicações foram publicadas!! Andrew e um personagem único que eu amo! Cínico e até mesmo Grosso! Espero que curta o livro tanto quanto eu ;)

      Excluir
  6. Morri de rir da sua conclusão e do botão de rosa... hahahahahahhaha Não é um livro que eu leria porque não tenho muita paciência com livro erótico, mas anotei a dica para passar para as amigas que curtem uma leitura assim.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou te confessar que como ei gosto de literatura erótica quando leio botão do prazer eu me sinto mal. Pq se um homem falar isso pra mim eu vou gargalhar tanto que vai ser fim de clima!!!
      Obrigado pelo comentário ^^

      Excluir
  7. Olha primeiramente parabéns pela linda resenha, porque tá muito bem estruturada e adorei.
    Mas eu não gosto muito desse gênero erótico, principalmente quando é mais pesada. Nem leio pra falar a verdade. Mas mesmo assim tem gente que gosta e acho que é uma ótima pedida. E gostei demais da maneira como desenvolveu seu ponto de vista. Você escreve muito bem viu? Sucesso !!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/conseguimos-parceria-com-o-grupo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anota ele pra dar de presente para aquela amiga que gosta! Vai por mim vai ser um presentão!!
      Obrigado pelo comentário ^^

      Excluir
  8. Oi, entendo perfeitamente o que você quer dizer...
    E admiro sua sábia decisão, o gênero new adult acabou se tornando massante pra mim, justamente porque não segui essa sua regrinha básica, se você der uma olhada lá no blog, as últimas seis ou sete resenhas SEGUIDAS, são de livros do gênero, acabei ficando saturada e já não consigo curtir muito a leitura do gênero, sendo assim decidi dar um tempo, mesmo tendo incontáveis livros do gênero aqui esperando para serem lidos, mas preciso desintoxicar, então resolvi deixá-los na fila mais um pouquinho. Para concluir, definitivamente esse livro não rolaria pra mim sob hipótese alguma nesse momento. Gostei da resenha, clara e sincera.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  9. Nossa, realmente em 128 páginas é pouca coisa para acontecer mas parece que a coisa aconteceu e deu o seu efeito em seu 1% safadona. kkkkkkkkkkk. Eu também não consigo ler dois livros assim ao mesmo tempo porque enjoa valendo, mas curtinho assim dá mais gosto de ler e essa série é grande né? E o legal é que quando os dois personagens são fortes, tem muito diálogo bom.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Olá Talita,
    Eu li esse livro e não acreditei que tinha somente poucas páginas. Mesmo não sendo o meu gênero preferido, eu AMEIIIIII esse livro. Quando eu li, também li os dois seguidos.
    Quero um Andrew para mim (marido que não saiba) kkkkk
    Parabéns pela resenha
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  12. Apesar de gostar de livros eróticos, não curto muito quando palavras sujas e pesada são exageradas, mas sua resenha está tão bem escrita que fiquei super afim de ler. :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu também não sou de ler livros hot com frequência, mas o motivo maior é que eu realmente não curto, então evito ler kkkkkkk
    Esse é um livro que eu odiaria ler cada palavrinha, pois odeio livros com linguagens sujas e personagens que não fazem amor e sim f*** Isso é muito AFF ¬¬
    Mas sua resenha está ótima.

    ResponderExcluir
  14. Oi Talita!
    É clichê, mas é delícia! hahahaha, quero ler. Essa série já consta na minha listinha de compras. Eu não sabia que o livro acabava tenso, fico muito desesperada qnd isso acontece pq não sei lidar, rsrs. Ainda bem que já existe a série toda.
    PS: Amei o gif!! The Hills, eu adorava hahahaha

    ResponderExcluir
  15. Oiie,

    Que livro tipo UAU, meu Deus, preciso ler. Que bom que apesar em poucas páginas a autora conseguiu faze rum excelente livro isso é maravilhoso. Pretendo ler ele logo, para me apaixonar também por essa história.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  16. Oi Talita, eu sou super suspeita de falar desses livros eróticos, porque eu adoro! poisé, eu gosto bastante de um bom romance que envolve essas linguagens chulas, por isso eu já me interessei bastante nesse livro. Já tinha ouvido falar dele antes e já estava querendo, imagina depois da sua resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem??

    Que atitude legal a sua de indicar o livro! A sua reação deve ter sido uma loucura quando descobriu que eles aceitaram né?! Gostei bastante do enredo, ainda não tinha ouvido falar sobre ele mas já vou dar uma chance um dia desses :)

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi a meu Deus Talita como não li esse livro ainda eu amo livros assim romântico e hot ao mesmo tempo amei a sinopse e a sua resenha já vou começara ler esse livro pra ontem hahaha bjs.

    ResponderExcluir
  19. Oi! Tudo bem?

    Eu geralmente fujo desse gênero, pois as experiências que tive com livros assim não foi nada boa... Mas, fiquei bem curiosa em relação a esse e confesso que o que me fez querer o livro foi o primeiro quote que você citou! Vou procurar ver se está disponível pelo Kindle Unlimited.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  20. Oiii!!!

    Eu não conhecia o livro e confesso que não tenho muita vontade de ler por ser um livro erótico.
    Acho que para os fãs esse livro é uma ótima! Mas para mim não funciona :(

    Gostei da resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  21. Olá... tudo bem??
    Sinceramente não curti a premissa desse livro não... não sou chegada a tanto hot assim rs... na verdade um romance hot tem que ter algo que me chame atenção, mas esse infelizmente não me encantou em nada... claro que não posso negar a sua resenha mega empolgante... ficou ótima... adoro ler resenhas onde o leitor se empolga porque gostou muito do livro... mas é só... eu paro por aqui... ainda mais porque livros muitos curtos não me atraem... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Ok, procurando imediatamente esse livro para comprar tipo agora! Realmente o carinho da editora é algo de se admirar, porque sério, é muito difícil ver as sugestões sendo aceitas e publicadas e realmente não tem comparação o livro em físico ao traduzido na internet! Então vendo essa história eu to ansiosa para conhecer quem é a Alyssa e ver essas cenas mais hot entre eles, concordo que as vezes temos que quebrar regras e também evito ler do mesmo gênero seguido porque eu enjoo e não quero mais saber. Sua resenha está incrível e é a culpada por eu querer o livro agora e gastar dinheiro u.u Amei.
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  23. Gostei muito da resenha.
    Pena que não faz meu gênero literário, eu até ganhei esse livro, mas dei para minha amiga que gosta, e estava querendo comprar a muito tempo, espero em um futuro próximo, tentar novamente, mas por enquanto esse não estar na minha lista.

    ResponderExcluir
  24. Ola lindona ótima resenha, mas confesso que essa série não me atraiu, li o primeiro livro e não gostei de ambos os protagonistas, ela não me agradou com essas mentiras sem necessidade, ele ao meu ver um grosso. Dessa vez a trilogia não me agradou e deixo passar a dica.

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  25. Oii... Só pela resenha eu não gostei do livro pois não curto muito esse gênero literário e os que tem vocabulário pesado eu nem consigo ao menos terminar de ler, esse livro não me encantou nada, nada!

    ResponderExcluir
  26. Oiii
    Adorei a resenha!
    Eu fiquei muito curiosa,amei a capa,gosto de livros com essa temática.
    Eu vou lendo resenhas e anotando livros que gostaria de ter,esse vai passar muitos na minha lista de compras.
    Você conseguiu mostrar tudo que gostou no livro e isso chama muito a atenção.
    Vou anotar sua dica e espero não me arrepender.
    Beijos.
    Obrigada pela sugestão!

    ResponderExcluir
  27. Não conhecia a sèrie e nem a autora, mas a série tem uma história legal, não é o que estou habituada a ler, mas vale a pena diferenciar um pouco.

    ResponderExcluir
  28. Não conhecia a sèrie e nem a autora, mas a série tem uma história legal, não é o que estou habituada a ler, mas vale a pena diferenciar um pouco.

    ResponderExcluir
  29. Oi!
    Li uma sinopse desse livro que me conquistou e me deixou curiosa e acabei lendo e gostei bastante desse primeiro livro principalmente a cena do encontro dos personagens pessoalmente que tinha me deixando bem curiosa!!

    ResponderExcluir
  30. Oi!

    Histórias eróticas pra mim é a mesma coisa que Romance: não gosto de coisas atuais e sem nenhuma fantasia. Gosto q seja de época, ou viagem no tempo, ou fantasia de algum tipo. Não tem jeito, se não for, não pega (na maior parte das vezes).
    Então eu até leria esse livro, mas mais pela sua resenha do que pela minha vontade de ler o tema/ambientação memso heheh

    ResponderExcluir
  31. Adoro personagens como o Andrew: cínico, mal humorado já vou anotar essa indicação com certeza pois vou gostar, sem falar que é curto. Parabéns pela resenha, me diverti bastante.

    ResponderExcluir