Resenhas

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

:: Resenha 139 :: After 2 – Depois da verdade, Anna Todd


Sinopse: After - Depois da Verdade - Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad, a série After vira o novo fenômeno editorial. No segundo livro, Tessa tenta esquecer Hardin, o jovem caótico e revoltado que partiu seu coração em vários pedaços. Mas ela está prestes a descobrir que alguns amores não podem ser superados. Como apagar da memória as noites apaixonadas em seus braços, ou a eletricidade de seu toque? Hardin sabe que cometeu o pior erro de sua vida ao ter magoado Tessa tão profundamente. Ele não acha que merece tê-la de volta, mas se recusa a deixá-la partir. Neste livro, Hardin vai lutar com toda a sua força para reconquistar o grande amor da sua vida. Ao longo do caminho, os seus mais profundos segredos serão revelados. Depois da verdade, será que o amor de Tessa e Hardin resistirá?

Ok, está comprovado - por mim, devo dizer, claro - que Anna Todd pôs feitiço nesses livros. Sério, não é possível você se sentir numa montanha russa de emoções como só essa história faz, não é possível você se irritar tanto com um livro e mesmo assim virar as páginas sem parar pra saber o que raios mais aquele menino pode fazer, que diabos aqueles dois podem passar. Não é possível, gente, é um negócio muito doido!!!


Eu vou tentar, com um esforço hercúleo, não dar muitos spoilers ou spoilers graves nesta resenha, já que se trata do segundo livro. Livro este que tem irritantes 600 e caralhada de páginas, um livro irritantemente gigantesco, com uma cacetada de acontecimentos irritantes e... ok, chega de falar que ele é irritante. Essa resenha vai ser “curta”, eu optei por fazer uma resenha diferente, selecionando alguns trechos que demonstram o que diabos acontece nesse livro tão irr... táááá, parei!

Mas antes, vamos lembrar que o primeiro livro termina daquele jeito, sabe AQUELE jeito? Que você fecha o livro, segura com todas as suas forças porque a sua vontade é jogar ele pela janela falando: EU NÃO ACREDIIIIIIIIIIIITO QUE ESSE MISERÁVEL FEZ ISSO!!!!!! Então, como a gente pode ver na sinopse, este segundo começa com eles separados, e por mais que o tosco do Hardin - o Perturbadinho Fazedor de Merda da Estrela – (Estrela, uma tradicional fábrica de brinquedos do Brasil fundada em 25 de junho de 1937. TRINTA E SETE, viado!) tente recuperar Tessa, essa, pela primeira vez depois de chorar tanto no primeiro livro (resenha aqui), se vê um pouquiiiiiiinho de nada mais controlada, pensando e pesando todas as coisas, vendo que realmente o ama, que ele a ama apesar de TODAS AS MERDAS que fez e aí... sim, pela nonagésima vez, ela o perdoa e volta. Ooooohhhhh, que coisa linda, eles voltaram!!!!....................................... Amiga, não fica muito alegrinha não, porque a quantidade de...  de... bosta – não consegui palavra melhor – que acontece com esses dois durante mais de 500 páginas de livro, eu vou te contar, viu... é brincadeira, é muito pra minha cabeça.

O mais importante é que, entre idas e vindas, nós entendemos o título “Depois da verdade” e sabe a razão? Tessa, ao aceita-lo depois daquela merda gigantesca que ele fez no final do primeiro livro, fica sabendo todas, sério, TODAS as merdas quer Hardin já fez antes dela. E você pensa... Jesus, Maria e José, qual o problema desse menino?? Ok, o que ele passou com a mãe e o pai foi foda, traumatizante e tudo mais, mas sério, nada justifica tanta perturbação. Ou justifica...? O.o 

“Estou realmente orgulhosa de mim mesma por ter peitado Hardin e não ter me rendido as suas pressões, mas, ao mesmo tempo, me sinto péssima pelas coisas que disse ontem. Sei que ele merecia, mas não consigo deixar de pensar. E se ele realmente estiver tão preocupado quanto diz? Mas, mesmo que em algum lugar lá no fundo ele esteja arrependido, não acho que seja o suficiente para garantir que não vai me magoar de novo.
Porque é isso que ele faz: machuca as pessoas.”

Eita mulher inconstante...

“Sei que ele me ama, que me ama de verdade. Sei disso.
E eu sou apaixonada por ele, apesar de todos os erros que cometeu no passado e continua a cometer. Estou vendo mudanças nele, inclusive na última semana. Ele nunca expressou seus sentimentos a meu respeito como fez hoje. Eu só queria que aquela declaração bonita não tivesse sido seguida pro uma revelação tão feia.”

É filha... bagagem pesadíssima a do rapaz!

“Hardin falou que sou sua única chance de ser feliz, que sou a única chance de ele não passar o resto da vida sozinho. Que declaração pesada. E verdadeira. Ninguém jamais vai amá-lo tanto quanto eu. Não porque ele não seja digno disso, mas porque ninguém jamais vai conhece-lo do jeito que o conheço. Conhecia. E será que ainda conheço? Não sei dizer, mas quero acreditar que sim, que conheço o verdadeiro Hardin. A pessoa que ele é hoje não é a mesma de há apenas alguns meses.”

Ah esses jovens... rsrs...

“Se Tessa me ligar antes de eu pegar o voo, desisto. Mas, se não ligar, que seja, fiquei pensando. Ela teve a chance de voltar para mim. Ela volta sempre, independentemente do que eu faça, então por que seria diferente dessa vez? Eu não fiz nada, afinal. Menti para ela, mas foi uma mentirinha, e ela exagerou na reação.”

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrggggggggggggghhhhhhhhhhhhhhttttttttttttttttttt!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


“Se alguém tem que estar puto, esse alguém sou eu. Ela levou Zed para a porra da minha casa. Além disso, Landin aparece rugindo como o Hulk e me joga na parede? O caralho.
Essa situação toda é totalmente maluca, e não é minha culpa.
Bom, talvez seja, mas ela tem que vir se arrastando de volta para mim e não o contrário. Sou apaixonado por ela, mas não dou dar o primeiro passo.”

MEU JESUS CRISTO!!!! Sério, quem aguenta esse garoto???

Aí pasmem, duas folhas a seguir, vem:

“No sexto dia, acordei com os olhos inchados e vermelhos. Não conseguia acreditar no modo como sofri na noite anterior. O aperto no meu peito estava ainda maior, e eu não conseguia ver as coisas com clareza. Por que fui tão idiota? Por que continuei a trata-la tão mal? Ela é a primeira pessoa que conseguiu me ver por dentro, quem realmente sou, e eu a tratei mal. Pus a culpa inteira nela, quando na realidade fui eu. O tempo todo... mesmo quando eu não parecia estar fazendo nada errado, estava. Fui grosseiro quando ela tentou conversar comigo sobre as coisas. Gritei com ela quando me repreendeu pelas minhas bobagens. E menti para ela várias vezes. Ela me perdoou por tudo, sempre. Achei que sempre poderia contar com seu perdão, por isso eu a tratava daquele modo, porque sabia que podia.”

Diz pra mim, esse menino precisa ou não de tratamento? Sério, comentem, pelo amor de Deus. Não posso ser a única a ficar inconformada com essas atitudes. Conheço gente que ama a série, que ama esse garoto! Pela primeira vez na vida eu tenho raiva, mas raiva mesmo de um personagem, não lembro de nenhum outro que me tirou tanto do sério como esse. Só queeee, lembrando, a Anna Todd pôs feitiço, porque mesmo passando nervoso, eu comi o livro e sim, quero ler os próximos. Masoquismo mode on!!!

O livro, assim como o primeiro, tem uma ótima diagramação, folhas amarelas, capítulos curtos que fazem a leitura ser bem rápida e dinâmica, fora os capítulos intercalados entre Tessa e Hardin.

Diferente do primeiro que termina com uma bomba, eu acho que esse segundo deixa a bomba pro terceiro, porque dona Tessa guarda uma informaçãozinha que seu Hardin com certeza não receberá muito bem.

Eu espero ver alguma mudança em Hardin, sinceramente, espero que haja um amadurecimento em ambos, coisa que eu não vi acontecer nos dois primeiros livros. É uma paixão de dois jovens muito diferentes e Hardin precisa urgentemente de ajuda, a meu ver, profissional, serião! Vamos ver o que me aguarda no terceiro livro, After – Depois do Desencontro.


Título: After – Depois da Verdade
Título original: After We Collided
Série: After #2
Autora: AnnaTodd
ISBN-13: 9788565530842
ISBN-10: 8565530841
Ano: 2015
Páginas: 632
Editora: Paralela (Selo Companhia das Letras)
Compre aqui: Livraria Cultura, Fnac
Classificação:





Sobre a autora:



Anna Todd é uma escritora estreante que vive em Austin, no Texas, com seu marido, com quem se casou um mês depois de se formarem no ensino médio. Entre os três períodos em que ele serviu no Iraque, ela teve empregos em quiosques de produtos de maquiagem e escritórios da Receita Federal americana. Anna sempre foi uma leitora ávida, fã de boy bands e de romances. Está vivendo um sonho desde que conseguiu combinar as três coisas.

Comente com o Facebook:

30 comentários:

  1. PQP !!!! Me irritei só te ler essa resenha kkkkkkkkkkkk será que os 5 livros vão ser assim ? Vou esperar a resenha do terceiro para eu analisar se vou ler ou não.
    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha malandra! Mas parece que só no 5º livro eles tomam jeito.... ~.~

      Excluir
  2. Essa foi a resenha mais engraçada que eu já li de After!!! E o gif?? O melhor, ficou perfeito!!! hahahahaha. Vc sabe que eu amo o Hardin, mas lógico que ele precisa de tratamento, de uma terapia de emergência, no caso, rsrs. Ainda vai dar mais merda, ta? Mas segura na mão de Deus e vai hahahaha. A escrita da Anna segue maravilhosa até o fim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus amado... vou comprar maracujina antes de começar o terceiro hahahaha.

      Excluir
  3. O amor é lindo, ás vezes cruel, malvado que só quem amar perdoa. Ou não, essa escritora amar sim maltrata o leitor (risos) Quem nunca leio esse livro, como euzinha aqui, tenho que comprar junto com os livros um poço de paciência para segui viagem por essa estória. Só de ler a sua resenha já estou com raiva da maneira que o carinha trata essa menina. Todo mundo tem passado alguns tem em suas estória muita dor, sofrimento mas isso não justifica depois fazer outra pessoa sofrer tanto e trata-la tão mal. Um bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, todo mundo tem um passado, todo mundo tem problemas, mas esse menino, olha... garanta sim um tonel de paciência se você for ler, pq vc vai precisar!

      Excluir
  4. Eu li o primeiro livro inteiro e abandonei o segundo justamente por achar os personagens irritantes demais para o meu gosto hahaha
    Amei a resenha!

    bjs
    http://bloglucidezembriagada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Bianca!
    Não entendo esse tipo de relacionamento que Tessa e Hardin tem, parece bastante doentio, mesmo com as besteiras que ele cometeu e pelo visto continua comentando não entendo como a Tessa consegue perdoá-lo, pelo visto não é apenas o Hardin que é perturbado, hein?!
    E mesmo com todos esses pontos negativos a série continua fazendo sucesso?! Concordo com você, a Anna pôs feitiço nesses livros!! Rsrs
    Abraços, amei essa resenha diferente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ela também é meio tonta rsrs. Mas eu acho assim, ela é nova, ele também, mas ela é aquela menina certinha que tinha um namorado certinho como ela, então ela não tem muita experiência, sabe, então é normal cometer erros. Todo mundo comete erros em qualquer idade, sendo novo e pouco experiente então, super normal.

      Excluir
  6. Bem, não sei se leria esse livro... Achei a protagonista, Tessa, meio cega de amor, e o Hardin bem chato, o tipo de cara que eu não consigo nem conviver tranquilamente. Acho que o amor não deveria ser uma desculpa para tudo, e se a pessoa faz algo ruim, deve sofrer as consequências, mesmo existindo o perdão. E além do mais, não vejo muitos comentários positivos sobre esse livro, e 600 páginas é demais para arriscar em uma leitura que quase ninguém gostou. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  7. Olá!!!
    Ainda não li nenhum livro desta coleção, mas tenho muita curiosidade; pois os livros parecem ser envolventes, cheios de altos e baixos e muito emoção. Sua resenha mostra que o que esperar da história e sua indignação com alguns personagem, livro bom é assim que deixa a gente achando de conhece todos e temos o direito de interferi.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Já li algumas resenhas sobre a série e tenho amigas que já conferiram esse romance, mas eu particularmente não tenho a menor curiosidade para ler este livro. To meio cansada de protagonistas homens, cheios de si e grosseirões... Mas pra quem curte, sempre indico, porque o sucesso que tem feito, não pode ser em vão.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eeeita , kkk que essa resenha já me deixou nervosa com o personagem, meu Deus, você foi contando e eu fui ficando intrigada, kk
    E sei bem o que você sentiu. Várias emoções e reviravoltas, que a gente se pergunta como pode acontecer tudo isso de uma vez.
    Sou doida pra ler essa série, e espero gostar rsrs

    Beijos
    www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oiiiiii

    Nossa com toda certeza do mundo você não é a única. Vc foi bem mais guerreira que eu porque não aguentei chegar ao final do livro. Li o primeiro morrendo de raiva e me perguntando como a Tessa pode ser tão idiota. No segundo, senhor jesus, esse menino é doente só pode. Não terminei de le-lo de tanta raiva que eu fiquei do Hardin.
    Sinto que se vc continuar a serie vai passar muita raiva ainda ahhahhahah


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oii, tudo bem?
    Eu tenho que confessar que a premissa dos livros é muito interessante, porém são muitos livro, e eles são enormes rsrs, tenho medo de começar a ler e achar a leitura parada, e pelo que vi os personagens são bem inconstantes.

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Ahahah essa série me fez passar muita raiva! Eu gostava e odiava os personagens. E o que mais eu admirava é que a autora escreve super bem, tanto que eu li todos os volumes ahahah Mas os primeiros livros é para deixar qualquer um com muita raiva mesmo.
    Bjks!

    ResponderExcluir
  13. Essa série!!!! eu ainda não li mas não sei se já odeio ou se já amo. Esse Hardin é um baita de um filho da mãe, me dá raiva dele (um ódio mortal sabe?) a cada resenha que eu leio. Eu tenho muita vontade de ler os livros dessa série mas nunca consigo. sei lá, acho que eu faria justamente isso do gif kkkk pelo que aqui na resenha com essas quotes, minha amiga, o pobrezinho do livro que não tem culpa da história que carrega ia voar longe. Eu adorei esses trechos que você separou.

    ResponderExcluir
  14. Oi Bianca, to doida pra ler essa serie de livros só leio elogios a ela, o livro parece ser daqueles que te prendem do começo afim e sua resenha esta incrivel bjs.

    ResponderExcluir
  15. Medo de me irritar kkkkkkkkkkkk
    Essa série é tão elogiada, sempre tive curiosidade de ler, mas agora estou pensativa. Tipo, 600 páginas de irritação aaaaaaaa MDS.
    kkkkkkkkkkkkkkk mas eu adorei sua resenha super sincera. Adorei o modo como você conseguiu fazer suas criticas de um modo bem divertido.
    Adorei a resenha

    ResponderExcluir
  16. Ai meu deus!!! não gosto desse estilo de livro, mas que resenha maravilhosa essa sua???

    Amei a tua escrita, amei os quotes e sinceramente leria devido à maneira que tu resenha foi escrita!!!!

    parabéns mesmo!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Rindo, mas rindo muito com o seu "arg" e a imagem do livro sendo jogado pela janela! kkkkkkkkkk
    Achei interessante como você descreveu o livro, com alguma magia ou praga que faz você continuar lendo mesmo não querendo exatamente continuar lendo.rs. Já tive algumas experiências como esta.
    Ainda não li a série After e assumo que foi meio que por medo. Escuto tanto falarem bem como mal dela na mesma intensidade e isso me faz adiar para algo menos no limite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse gif é perfeito! hahaha Acho que você não aguenta não, Mari! XD

      Excluir
  18. Eu senti essa mesma coisa com o primeiro livro, "ai meu Deus ele não fez isso", "ai meu Deus ela não fez isso", "para de ser trouxa mulher", "para que tá feio Hardin", no livro todo, tem muita coisa irritante na história, mas a história flui muito bem mesmo com o montante de páginas e ficar no ciclo de merda no ventilador sobre o que eles passam. E pelo visto não mudou nada, esse gif é "my spirit animal" sempre morro de rir com ele e é a melhor reação!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eu acho que agora entendi o que acontece com essa série. Você conseguiu me explicar quando diz que a Anna pôs feitiço no livro.sim, pois só assim para entender você ficando irritada e ainda querendo os próximos livros. Acho que eu já teria desistido a muito tempo....
    Na verdade eu nem arrisquei a começar já que as resenhas já me mostram que eu não iria gostar do cara. Mas... entendi com o lance do feitiço... só pode ser isso mesmo hahahaha
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Depois de ouvir as pessoas falarem tanto desse livro fiquei curiosa, mas não foi uma historia que me conquistou ainda não li primeiro livro mas lendo a resenha vi que vou me irritar muito com os personagens e entendendo quando mesmo assim não conseguimos não ler o próximo !!

    ResponderExcluir
  21. Eu odiei essa série, sinto muito em falar dessa maneira, mas foi horrível uma encheçao de linguiça horrível, excesso de fato, menina sem atitude sem pensamento e nem preciso falar do mocinho né...
    Amei sua sinceridade.

    ResponderExcluir
  22. Oi!

    Eu não li nem pretendo ler essa série hehehe Mas vi muita gente adorando o primeiro livro...
    Pelo o que vc disse na resenha e pelos trechos que vc postou o livro parece bem irritante mesmo, a inconstancia da personagem e a enrolação pra chegar nos finalmentes...Odeio quando em séries/trilogias parece que o autor fala fala fala pra render e 15 paginas se transformarm em 150 -_-

    ResponderExcluir