Resenhas

segunda-feira, 28 de março de 2016

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

Ok, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P

É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha.

Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa.

Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz...

Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu charme de bad boy — seria o único capaz de fazê-la esquecer das dificuldades, mas até ele se vira contra Tessa quando descobre o segredo que ela vem guardando. Se este casal intenso e apaixonado já vivia por um fio antes, agora os obstáculos são maiores do que nunca. Depois do desencontro, essa história de amor sobreviverá?

Eu já pensei: “Oh céus, lá vou eu sofrer tudo outra vez...”


Então, este terceiro livro não é tão grande quanto o segundo, mas mesmo assim é cheio de acontecimentos. E se você acha que por já estarmos no terceiro livro, isso signifique que o relacionamento de Tessa e Hardin evoluiu, que eles cresceram e amadureceram.......... pfffff, sorry, mas, não! Definitivamente, não! Maaaasssss, há pequenas mudanças e isso foi um ponto muito alto para mim, que tenho uma relação de amor (beeeem pouco) e ódio (pra caralho!) com essa série.

"A última coisa que quero é brigar com Hardin, mas não aguento mais essa mania de ele só pensar em si mesmo. Sei que ele mudou muito, que está se esforçando de verdade, mas já dei a ele chance depois de chance, o que só serviu para criar um ciclo de volta-e-separa que surpreenderia até Catherine Earnshaw. Não sei quanto tempo consigo manter a cabeça à tona nesse tsunami que chamamos de relacionamento. Toda vez que penso que vou conseguir emergir, sou sugada de volta para baixo d'água por mais um conflito com Hardin."

O tal segredo do segundo livro, não é beeem um segredo, é só uma decisão que Tessa tomou, que é de ir trabalhar em Seattle e ela sabe que Hardin não quer ir, na verdade ele fala isso com tanta, mas tanta raiva no coração que eu quero muito saber que meleca de motivo é esse pra ele ter esse ódio tão grande de Seattle. Poxa vida, uma cidade tão linda, terra do grunge, do Pearl Jam e do Nirvana. Cheguei a brincar falando que talvez esse medo dele seja da Tessa encontrar o Christian Grey por lá e se apaixonar, trocando um perturbado por outro... OU... hahahaha medo que a Tessa descubra que o Hardin já foi submisso do Grey! XDD

Calma gente, é só brincadeira. U_U Vamos voltar a resenha.

Tessa guarda essa pequena informação porque sabe que Hardin vai reagir como só ele reage a qualquer coisa que seja contrária à sua vontade, sim, ele é um menino de 12 anos muitas vezes. E como desgraça pouca é bobagem, ele fica sabendo que Tessa vai pra Seattle ao ouvir uma conversa dela com Zed. Por que não ficar sabendo por ela, não é mesmo? Vamos causar porque a vida desses dois quase não tem emoção, minha gente! Deixa ele ficar sabendo por outra pessoa!

Agora, pausa pra eu explicar quem diabos é Zed.

Tessa quando entrou pra faculdade, conheceu Steph, Hardin e uma penca de amigos da onça. Zed está nesse meio e ele é aquele cara que a gente não sabe bem se é um mané como os outros ou se é um cara legal. Hardin mooooooooorre de ciúmes dele e já pediu noventa de doze vezes para que Tessa se afaste dele, mas ela sempre afirma que Hardin não pode dizer quem ela deixa ou não de ser amiga. E ela está certíssima. U_u

Por incrível que pareça, ele fica puto da vida, mas dessa vez a coisa não é tããooo pesada como das outras vezes, rola uma discussão obviamente, mas ele não surtou descontroladamente, só que não se enganem, porque esse moleque estará aprontando todas com seu jeito possessivo e controlador.

Quando Ken (pai de Hardin), Karen (sua esposa), Landon (filho de Karen), Hardin e Tessa viajam para o Chalé de Ken, tanta coisa acontece, mas tanta, que nem parece que é uma viagem de final de semana. É nessa viagem que acontece uma das cenas mais lindas, que eu simplesmente surtei! Se eu pudesse entrava no livro e dava um beijo na boca da Tessa, sério! Hardin apronta uma (é só a primeira, porque depois vem mais) e Tessa ouve. Eu não falei que ele não criou tanto caso por ela estar indo pra Seattle, mas que por trás ele estava aprontando? Então, Tessa vai descobrir o que esse moleque está fazendo e ela briga com ele, mas briga com vontade!!! Grita e joga umas verdades na cara dele que olha, eu esperei tanto por essa cena que o livro já ganhou mais um cupcake nesse momento! (Eu vinha dando três cupcakes e esse foi o primeiro da série a levar quatro).

"A mulher do outro lado da linha, que aliás tem uma voz que me soa bem familiar, responde: "Você deu a entender que a sua amiga Tessa era alguém com quem eu não deveria perder o meu tempo".
Quê? Espera aí... Essa é a...?Ele não faria isso.
"Então, o negócio é o seguinte... ela não é tão ruim quanto eu falei. Na verdade ela nunca destruiu nenhum apartamento e nunca deixou de pagar o aluguel", ele continua, e sinto meu estômago revirar.
Ele fez isso.
Abro com força a porta da varanda e grito as primeiras palavras que vêm à mente. "Seu imbecil egoísta, você é doente!"
"Alô?" Escuto a voz de Sandra do outro lado da linha, e ele pega o telefone para silenciá-la.
A raiva toma conta de mim. "Como você teve coragem de fazer isso? Como?"
"Eu...", ele começa.
"Não! Nem tenta arrumar uma desculpa! O que diabos você tem na cabeça?", eu berro, agitando o braço em sua direção.
Volto para o quarto, e ele vem atrás de mim, implorando: "Tessa, me escuta".
Eu me viro, me sentindo fortalecida e enfurecida, apesar de estar magoada e ferida. "Não! Me escuta você, Hardin", digo entre os dentes cerrados, tentando baixar o tom de voz. Mas não consigo. "Estou cansada disso tudo, estou cansada de você tentar sabotar qualquer coisa na minha vida que não gire em torno de você!" Continuo gritando, com os punhos fechados na lateral do corpo.
"Não foi isso que eu..."
"Cala a boca! Cala essa maldita boca! Você é a pessoa mais egoísta e arrogante... você é... arght!"

Essa sou eu nessa hora, vibrando e soltando fogos por ver a Tessa brigando e gritando com Hardin. Coisa marlinda de Deus!

Depois dessa briga, a viagem TODA desandou. Hardin fez cagada atrás de cagada. É impressionante o dom que esse garoto tem. E é impressionante a montanha russa de emoções que você sente lendo esse livro.

Lembrando que, além de todas essas confusões, de todos os problemas que Hardin e Tessa enfrentam, nós ainda temos Richard, o pai de Tessa. Como comentei no início da resenha, o homem que a abandonou quando criança retorna e tenta se aproximar da filha, tentando se recuperar de todas as burradas que fez anos atrás. Tessa, sempre ingênua e generosa acaba trazendo o pai para casa e isso traz para a relação do nosso casal, alguns probleminhas (como se eles já não tivessem uma penca deles!).

Por fim, a briga da viagem é tão séria que eles resolvem dar um tempo e é nesse momento que Tessa se muda para Seattle e que Hardin, por incrível que pareça, dá sinais de que pode sim mudar e amadurecer. Sim, gente, isso é sério! Mais um motivo que me fez manter os quatro cupcakes. É incrível como um tempo às vezes cai bem para cada um poder enxergar as coisas e por a cabeça no lugar. E é assim que o terceiro livro termina. Depois de tanta raiva e irritação, o final até que dessa vez não vem com uma bomba e pela primeira vez me deixou com aquele gostinho de quero mais. É porque quando eu terminei tanto o primeiro livro, quanto o segundo, eu ficava tão irada, que precisava pegar outros livros em vez de ler um atrás do outro. Eu precisava dar uma pausa ou se não eu ia pirar, porque essa série é muito intensa e Hardin me tira MUITO do sério!

Com muitas reviravoltas, com altos e baixos, com revelações, muitas brigas e dramas, After - Depois do Desencontro te deixará esgotada com tanta emoção e sentimentos que você irá sentir ao ler essa história de amor tão intensa e abusiva. Mas como eu falei já na outra resenha, Anna Todd pôs feitiço e mesmo você achando que tudo o que você está lendo é inacreditável, você não vai conseguir parar e vai querer pegar o próximo livro pra saber o que mais esse garoto ferido e problemático pode fazer, e se um dia ele vai tomar jeito. Eu sinceramente espero que sim.

Aaaahhhh, já ia esquecendo (como eu pude?)! Lembra que eu falei que ela conhece um bando de amigo da onça ao entrar na faculdade? Então, guarde esse nome: Steph! Não vou falar nada, só guarde esse nome! (Quem leu, por favor, vamos surtar juntos nos comentários, sem contar o que acontece, claro.)

A vontade que dá é de fazer exatamente isso!!! Grrrrrr!!!!!!!!!


Título: After – Depois do Desencontro
Título original: After We Fell
Série: After #3
Autora: Anna Todd
ISBN-13: 9788565530866
ISBN-10: 8565530868
Ano: 2015
Páginas: 416
Compre aqui: Casas Bahia, Amazon
Skoob | Goodreads
Classificação:


Sobre a autora:


Anna Todd é uma escritora estreante que vive em Austin, no Texas, com seu marido, com quem se casou um mês depois de se formarem no ensino médio. Entre os três períodos em que ele serviu no Iraque, ela teve empregos em quiosques de produtos de maquiagem e escritórios da Receita Federal americana. Anna sempre foi uma leitora ávida, fã de boy bands e de romances. Está vivendo um sonho desde que conseguiu combinar as três coisas.

Comente com o Facebook:

29 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Como sei que a colaboradora Ana Souza gosta de livros de terror e sempre resenha livros do gênero, o Viciados em Leitura foi amaldiçoado (risada maléfica).

    Entenda: http://blogladoescuro.blogspot.com.br/2016/03/voce-foi-amaldicoado-cursedblogs.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahhah agora não sei se agradeço ou não, mas eu vou avisar a Ana. ;)

      Excluir
  3. Não li os outros volumes, mas certamente não irei me aventurar na série. Não acho que suportaria Tessa e Hardin, pois relacionamentos assim me dão raiva e agonia, sem falar que não gosto de personagens que perdoam tão facilmente as pessoas por mais ruins que sejam suas atitudes. Soa irreal e certamente, estúpido. Por mais que se ame alguém, se a pessoa amada não dá valor ou não demonstra ter e só comete burrada atrás de burrada, não tem como perdoar do nada e achar que não vai carregar cicatrizes para um relacionamento já conturbado.
    Nunca me senti atraída por casais assim nos livros e exatamente por isso fujo de livros com eles, por mais que eu saiba que não faltam casais assim no mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito punk, Bruna, muito mesmo. O louco é que deve existir muita gente assim realmente, num relacionamento desses. E eu não consigo entender como alguém consegue viver assim. É um amor muito doido, doentio talvez, nem sei, mas o bagulho é doido.

      Excluir
    2. Hahaha... Eu não suporto relacionamentos assim nos livros imagina na vida real, ta louco. A pessoa perdoa, mas continua se machucando pois o ser só faz M. Definitivamente não tenho paciência. kkkk

      Excluir
  4. Cheguei!!! hahahaha
    Depois de muito apoio emocional internético, vc conseguiu! Que resenha Mara, só esqueceu uma coisa.
    Fica aí falando mal do Hardin mas sentiu pena dele e eu tenho print pra provar. Sem mimimi por favor, hahaha. E eu tb pensei o mesmo que vc sobre a viagem, que em pouco tempo acontece muita coisa, parece q ficaram lá 1 semana kkkkkkkkk. E sobre a Steph, o que dizer? Bem, foi no mínimo chocante uma certa revelação né, eu jurava q a culpa era de outro. Pensei até q na resenha fosse ter um gif com os olhos arregalados qnd vc citasse essa parte hahahaha.
    Tô doida pra vc ler o 4!!!! rsrs #GrupoDeApoioAfter



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha vc acha que eu ia dizer que ele me fez molhar os olhinhos? Eu não! hahaha :P
      Pois é, devia ter procurado um gif assim hahaha ia ficar legal. Eu acho que minha raiva e ódio pela Steph foi tão grande, com o que ela queria fazer, que essa coisa dela ter mandado a mensagem no lugar dele fez isso não ser tão grande, foi só uma das coisas no meio daquele absurdo que ela queria fazer e tava fazendo lá naquela hora. Pqp, sério, que ódio dessa garota! Vontade de dar na cara dela!
      Viva o #GrupoDeApoioAfter! \o/ hahahahahahahaha

      Excluir
  5. Ai, gente.. já quero correr pra casa, fazer um Nescau quentinho e reler meus cinco livros lindinhos, fofos, cheirosos AND amados!!! <3

    Esse terceiro livro é punk por causa dessa viagem de um fim de semana que parece um verão inteiro. Essa Tessa fazendo merda, deixando Hardin nervoso.. Deixa meu menino em paz, vaca!!!
    Ainda tem Seattle no meio da história. É brabo! É um montanha russa de emoções mesmo. Em uma página você chora, na outra você quer matar o Hardin e na terceira já quer que a Tessa morra. Essa Anna Todd é uma bruxa!!!

    Agora puxa a cadeira e senta aqui.. vamos falar sobre Steph. As definições de falsiane foram atualizadas. Grrrrrr

    E não falo de Zed por motivos de QUERO QUE ELE MORRA JUNTO COM A TESSA!!!!


    Agora respira fundo e vamos pro próximo livro. Você vai surtar! hahahahahaha #GrupoDeApoioAfter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahah exatamente, Mari, porra de final de semana mais longo pra acontecer tanta merda. Só como esses dois!
      Anna Todd não é de Deus, não, sério, essa mulher tem algum problema muito sério pra criar esse povo, bando de gente maluca e problemática. Eu hein!
      Hahahahahahahahahhaha as definições de falsiane foram atualizadas COM SUCESSO! Pq olha........ que garota fdp!!!!!!!!! Como é que pode?? Não sei quem é pior naquele meio todo: Tessa songamonga que nunca vê nada, não percebe nada, ou aquele bando de "amigo" fdp que sabem das paradas, mas claro, não falam nada pq né, tão pouco se fodendo.
      Sério, é muita gente ruim junta! hahahaha
      Força na peruca pra ler o 4! Vamos lá GRUPÔ! #GrupoDeApoioAfter hahahaha

      Excluir
  6. Não li a resenha para não pegar nenhum spoiler,pois quero ler essa série com certeza!
    Mas confesso que antes de ler já entro em contradiçÃo sobre ela,pois têm pessoas no Skoob que amaram,outras odiaram,outras falaram que é clichê demais,e outras que esse casal é lenga-lenga demais...No fim,tenho a leve impressão de que o livro seja um apanhado de vários elementos desses rs

    Eu ainda tô reticente de começar a série,ainda mais que tenho livros maravilhosos na fila para ler...Mas vou deixar como uma opção sim,pois se fez um sucesso estrondoso o primeiro livro,com certeza algo de muito bom deve ter,apesar das críticas né?!

    Bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha é muito doido, tem uma galera imensa que ama, tanto que faz esse sucesso todo. Mas tem também a galera que não suporta, pq é realmente muuuuito estressante, são paradas assim que você fica se perguntando "cara, como é que pode um negócio desses?", sabe, é muito louco. Por mais que eu me irrite muuuito, eu não consigo parar de ler e quero ler os próximos pq a curiosidade é enorme pra saber o que mais pode acontecer e no fundo a gente espera que eles se ajeitem, pq não é possível hahahaha.

      Excluir
  7. Vou confessar, eu não tenho vontade nenhuma de ler essa série ... :(
    Só de ouvir falar do relacionamento do casal é tenso, já me da preguiça de começar a ler.

    ResponderExcluir
  8. Oi Bianca, tudo bem?
    Não li sua resenha inteira e tentei não ler spoiles. Isso porque só li o primeiro volume e estou indo ler o segundo. Gosto bastante dessa série, mas acho que já tem volumes demais. De qualquer maneira, espero finalizar.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  9. Não briga comigo, mas li o primeiro assim forçando horrores, não achei necessário um livro tão grosso para uma história tão fraca.
    Então imagino que quando ela brigue com o machista do Hardin tem que comemorar mesmo.
    Mas enfim, se o livro é bom para os demais leitores isso que importa né?

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho muita curiosidade para ler os livros dessa série mas eu sempre acabo adiando a leitura porque tenho uma intuição de que não vou gostar, algo no enredo não me agrada mas não sei bem o que é. Eu acho que ficaria com muita raiva do Hardim, mas acabaria gostando dele no final das contas, acho que a Tessa é uma tapada em alguns momentos.

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Nossa quanta paixão em uma resenha só, adorei ler ela, mas é muito dificíl para mim gostar dessa série, por tudo que você falou desse garoto tosco e por essa gorota também ela devia se amar um pouco mais ao invés de aguentar tanta m#$@.
    Beijinhos :)

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oii,
    Ainda não li essa série mas li a resenha mesmo assim 😁. Sempre escuto falar dessa série mas ainda não sei se leio ou deixo de lado, romance hot não é muito a minha praia, mas tenho curiosidade de ler essa série. Espero que você goste do próximo livro da série. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Sempre ouço falar dessa série, algumas críticas negativas, mas muitas positivas!
    Não é um gênero que eu goste, por isso não tenho vontade de ler. hahaha Mas as capas são bonitas!
    Parabéns pela resenha!
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Ok,
    Eu comecei a ler After e parei antes que o livro terminasse porque eu não aguentava mais a Tessa, mas eu preciso saber que tanto de segredinho e esse, irei voltar a ler sim, e irei ler os outros mesmo que ela me deixe com uma raiva imensa, só para saber o que aconteceu hahahaha.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  15. Olá linda,

    Eu confesso que detestei After e não consegui terminar o segundo volume, porque achei o enredo muito fraco e os personagens chatos e muito mimados e teimosos.

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oioi!
    Até hoje nao li nenhum livro da série After, tipo que to super por fora, hehe.
    Li a resenha, mas nao entendi mta coisa, acho que não ter lido nada ajudou a entender menos ainda.
    Mas já vi que o livro é de deixar a gente triste, ansioso, feliz....varias emoçoes, hehe.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  17. Oie

    Ainda não li nada da série, mas já ouvi falar bem.
    Como não li nenhum fiquei perdida em algumas coisas da resenha rs. Mas achei ser apaixonante, com certeza dá vontade de ler!

    Bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Já me falaram desse livro. Mas como a Fernanda, fiquei perdida na resenha por não conhecer a série, mas é uma boa pedida, hein. Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Pelo visto você gostou mesmo desse livro huahua
    Já ouvi falar nessa série outras vezes mas nunca tive vontade de lê-la. Não faz o meu gosto e provavelmente eu não leria, mesmo com alguns atrativos, como as reviravoltas, brigas e etc. Mas que bom que você gostou.
    Parabéns pela resenha.
    Abraços!
    http://blogladoescuro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Será que eu ia gostar de um livro com personagens que me irritassem tanto assim??? Três volumes e o mocinho ainda não tomou jeito!!! Pelo menos a protagonista parece não ser molenga. Gostei muito da sua resenha.

    ResponderExcluir
  21. Eu ainda não li nenhum livro da série After. Ouço falar muito bem, mas essa coisa de ser meio hot ou totalmente não me atrai tanto, então eu sinceramente estou preferindo pular séries e trilogias nesse estilo por enquanto.

    ResponderExcluir
  22. Oi..
    Posso comprar um livro só pela capa? hahaha ..
    Vi esses dias que o último lançamento da série está entre os livros mais vendidos do mês passado..
    abraços.

    ResponderExcluir
  23. Essa série me deixa bem dividida, pois já li resenhas positivas e outras negativas. Mas o seu entusiasmo me deixou bastante quedada a ler para tirar as minhas próprias conclusões. Adorei a sua resenha, muito bem humorada!

    Tatiana

    ResponderExcluir