Resenhas

sexta-feira, 1 de abril de 2016

:: Resenha 155 :: "Sem Vergonha", Julianna Costa

Sinopse: Julianna Costa, autora de 23 noites de prazer e 4 semanas de prazer, lança seu novo romance, Sem Vergonha, que traz Mina Bault e Ryker Strome em uma intensa e perigosa fuga pela Europa. Mina é uma jovem bem-sucedida profissional e academicamente. No entanto, nem todos os setores de sua vida possuem tanto êxito, pois sua virgindade continua intacta mesmo após tantas tentativas de perdê-la. Então, Mina contrata um garoto de programa para enfim solucionar esse pequeno “problema”. Após alguns incidentes bem inusitados entre quatro paredes, Mina decide voltar para casa. No caminho, ela e Ryker– o garoto de programa – se tornam testemunhas de um crime cometido pela máfia russa em Paris e, consequentemente, se tornam alvos dessa organização. Essa única noite terminará com os dois fugindo para a Holanda a fim de salvarem suas vidas. Contudo, apesar do perigo eminente, ambos se deixam envolver por uma atração avassaladora e talvez a noite de Amsterdã seja muito convidativa para que Mina tente, mais uma vez, entregar-se de corpo e alma a Ryker. 

No final do ano passado, rondando no Wattpad em busca de autores que já publicaram seus livros, mas que ainda mantinham seus perfis lá na plataforma, encontrei a Julianna Costa e vi que ela estava publicando um novo livro, todo de graça no Wattpad. E como sempre fui muito curiosa para ler algo escrito por ela, adicionei e li. Li não. DEVOREI! Sério, eu perdi sono lendo e graças a Deus já estava de férias, ou iria trabalhar um bagaço. Eu só pensava, gente, por que demorei tanto para ler um livro da Ju Costa? Aí foi só colocar o livro na lista sem fim dos livros que quero ler e esperar a oportunidade de comprar e... a sorte sorriu e eu ganhei um sorteio, ganhei um livro, ganhei carinho em forma de autógrafo e ganhei uma história de amor regada a comédia que foi perfeita! Vem que eu conto mais na resenha!
Durante todo o ano de 2015 eu reclamei, chorei, esperneei, resmunguei e afins, porque nunca ganhei um sorteio. Entrei em vários, incluindo no Skoob e nada de sair o meu nome, até que o ano virou e eu finalmente ganhei, não um, mas dois, eu disse DOIS sorteios!!! E o melhor, o segundo sorteio foi o livro Sem Vergonha da Julianna Costa e foi uma vitória e tanto! Deixa eu contar, porque eu adoro contar essas histórias de sorte. A Julianna fez um quiz sobre o livro O Pescador de Sereias, que eu absolutamente adoro e leio correndo toda vez que tem capítulo no Wattpad. Quem acertasse mais perguntas ganharia Sem Vergonha autografado e uma caneca personalizada, que era linda. O problema é que eu sou péssima com memória e não sabia a maioria das respostas, quando lembrava alguém já tinha respondido e eu desisti e fiquei só vendo, mas no fim vem a Ju (adoro fazer a íntima) e faz um sorteio, bastava responder uma pergunta e contar com a sorte e foi nessa que eu levei um Sem Vergonha, lindo e autografado!!!!


Sem Vergonha é a história da Mina e do Ryker. Seria uma história de amor erótica, se não fosse alguns pequenos detalhes: a) a Mina é virgem e está louca para perder a virgindade; b) o Ryker é Stripper/garoto de programa sem vergonha nenhuma na cara; c) a Mina contratou o Ryker para tirar a virgindade dela e não deu certo; d) a máfia russa quer matar os dois.
Nada típico! Vou explicar com calma. A Mina que já está na casa dos vinte e poucos anos, sempre tem crises e mais crises de ansiedade toda vez que está sozinha com um cara prestes a finalmente ter uma noite de sexo, como ela mesma diz, qualquer situação bizarra já aconteceu com ela e a sua virgindade é intransponível. Elise, sua amiga de longa data, decide resolver a situação contratando os serviços do Ryker Strome, um garoto de programa com corpo lindo, rosto perfeito e eu vou assumir, eu meio que imaginei ele como uma versão viril do Matt Bommer.

"Enquanto fosse só físico, eu estava bem.
Enquanto ele se mantivesse vestido, eu estaria segura.
Ou seja, eu precisava que um garoto de programa gostoso - a mesma e única pessoa em que eu podia confiar - ficasse emocionalmente distante, e vestido, enquanto trabalhávamos em um clube de striptease.
Já mencionei que estava fodida?"

Obviamente, tudo dá errado, desde a Mina atacando o garçom do hotel, achando que ele é o Ryker, até mesmo esmagando o instrumento de trabalho do coitado e esfregando gel de morango no dito instrumento, sendo que ele é alérgico a morango e os dois testemunham o maior mafioso russo matar uma pessoa na frente dele. Claro que a Mina não perdeu a virgindade e nós, leitores, temos a chance de gargalhar com essas cenas, e tudo isso acontecendo apenas no primeiro capítulo! O livro é uma excelente mistura de comédia, romance e erotismo, todos eles distribuídos na medida certa, mesmo boa parte do livro acontecendo em um bordel holandês e quase todos os personagens viverem de sexo. Eu achei que o livro tinha mais humor que erotismo, mas aí a coisa começa a pegar fogo, a vergonha começa a sair e não tem quem segure o forninho!

"Elise me conhecia bem demais.
Era quase como se ela fosse eu, só que em outro corpo.
Será que ela não podia perder minha virgindade por mim? Ia ser tão bom se pudesse."

O livro é para quem gosta de romance erótico, afinal Ryker vende sexo, vende o seu próprio corpo e se você lê sem preconceitos e ideias ridículas e absurdas, se você não faz cara de nojinho porque um homem não chama seu membro de pinto e sim de p$u então, esse livro foi feito para você! A história é perfeita, muito bem escrita, eu virei muito fã da Julianna Costa, os personagens são loucos, divertidos, despudorados (menos a Mina, essa é só louca!) e tão bem construídos que é impossível não gostar de cada página e não tentar adivinhar o que vai acontecer a seguir. Com destaques para o Devon, outro striper que tem um problema com o Ryker e tenta seduzir a Mina de qualquer jeito e a Skye, ex namorada do Ryker, também striper, que parece ser uma p&t@ profissional e te surpreende quando decide se abrir.

"Apertei os lábios e os gemidos já estavam se formando. Eu também tinha dedos, como ele. Cinco em cada mão, como ele. Mas não conseguia fazer aquilo como ele fazia. Era o ritmo... Era o lugar onde ele apertava... Era o cheiro dele... Era aquela mão forte fazendo aquilo, e não meus dedos finos."

O livro conta com apenas 12 capítulos longos, mas todos eles divididos em várias partes, e a leitura acontece de forma rápida, fluida, quando você percebe, já está no meio do livro e já está no final e... quer entrar numa câmera criogênica e só acordar quando Sem Pudor lançar! Recomendo muitíssimo essa leitura e digo mais, quero ler todos os livros da Ju, porque ela simplesmente arrasou! Se você ficou curiosa e quer outra forcinha para ler Sem Vergonha, que tal ler a degustação dele no Wattpad? Sim, a Ju deixou alguns poucos capítulos na plataforma gratuita e vocês podem conferir eles aqui.

Título: Sem Vergonha
Autor: Julianna Costa
ISBN-13: 9788579308864
ISBN-10: 8579308860
Ano: 2015
Páginas: 368
Editora: Universo dos Livros 
Compre aqui: Lojas Americanas
Classificação: 




Sobre a autora:


Nasceu em 06 de maio, em Recife. Em 2011, aos 22 anos publicou seu romance de estreia: "Agnus Dei". O primeiro livro da série "A Idade do Sangue". Em 2014, lançou o romance erótico "23 Noites de Prazer" pela editora Universo dos Livros.


Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Eu conheci a Juliana Costa na Bienal de 2014, eu estava esperando pela chegada da Titia Sylvia Day e ela estava autografando os livros. Conversei com algumas meninas na fila e elas disseram que os livros da Juliana eram ótimos e tals. Depois disso, fiquei com muita vontade de ler maaaaas sempre esqueço de comprar acredita ???

    Amei a capa desse livro e a resenha está demais !!!! Vou me esforçar ao máximo para ler ainda esse ano !!! :D

    ResponderExcluir
  2. Nossa... Que trama diferente, uma mulher querendo ter sua primeira noite se envolvendo com um garoto de programa contratado pela amiga e ainda presenciam um crime. Só pela resenha já estou curiosa para saber o final da história. Que pena que esse não é um livro único. Realmente esse é um casal completamente inusitado, e ainda assistem um crime cometido pelo chefão de uma máfia. Adoro história nesse estilo, é super envolvente. estava pesquisando mais sobre o livro e achei muito legal a narrativa desse livro ser do ponto de vista do casal, gostei muito de saber que além de ser um livro hot ainda tem um suspense para dar um up na história. Adorei a resenha e já gostei do livro, quero ler ele imediatamente! kkk bjs

    ResponderExcluir
  3. Oie, que legal você ter ganho dois sorteios, eu não participo muito deles, confesso.
    Agora vamos ao livro. Não gostei da história, não sou fã de livros hot e a moça ser virgem e tal me pareceu forçado, mas acredito que se o livro funciona pra ti é legal.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Oiiee,nossa que legall sua resenha e sua experiência com o sorteio kkkk eu também não sou muito de sorte,participei de vários,mas quando ganhei,foi 2 de uma vez só!! Ás vezes a sorte fica com pena da gente viu kkkk

    E nossa,eu AMOOO romance erótico,e tambÉm gosto dessa ideia do mocinho ser um striper e tudo mais,pois já li alguns livros com protagonistas assim e eles são depravados,mais super quentes haha e eu gosto muito de mocinhos assim...

    Ainda não tive a oportunidade de conhecer alguma obra dessa autora,mais tenho um pressentimento de que vou gostar do estilo dela,pois já vi outras resenhas muito favoráveis aos seus livros...

    Pelo visto ela consegue misturar erotismo,com humor e ainda espionagem hahaha tô curiosa para ver onde chega essa mistura ;)

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Talita!!!
    Parabéns pelo livro autografado, finalmente ganhou um sorteio hahahaha \o/
    Eu já conhecia e tinha me interessado. Achei a história muito louca com essa mistura de virgem, stripper e máfia rsrs, inclusive nunca li nada com protagonista stripper, mas acho que vou gostar, só acho, hahahaha. E olha, já dei boas risadas com os quotes, imagina lendo tudo kkkkkkkk. Esse livro ta na minha lista de compras faz um tempão, mas vou esperar sair o Sem Pudor e aí leio logo os 2 rsrs

    ResponderExcluir
  6. Oi, não conhecia a autora e nem seus livros. E esse eu devo confessar que chamou a minha atenção, e olha que geralmente esse tipo de livro não me cativa, mas esse me deixou curiosa, pois a protagonista é virgem, e vai tentar perder com um garoto de programa e no meio disso tudo ainda tem a mafia, é muita coisa para minha cabeça,kkkk. Achei a premissa um pouco diferente do que vejo normalmente e com certeza leria, por ser algo diferente e porque eu realmente fiquei curiosa para saber os detalhes da historia.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Saudações literárias! Esse sim está na minha lista de desejados faz muito tempo, já li os outros títulos da autora e confesso que são bem intensos. Adorei sua resenha e esse livro em breve será lido.

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu ainda não li esse livro, mas será uma das minhas próximas leituras. Eu já li outros livros da Juliana e adoro a forma como ela conduz a trama. E as histórias são ótimas! Impossível não ficar envolvido com os personagens.
    Bjks!
    Histórias Sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu não consigo gostar desse gênero, não tenho preconceito, já li alguns e gostei, mas alguns são tão forçados que criou-se essa barreira.
    Parabéns, muito sortuda.
    Abraços,
    www.isaaczedecc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Ainda não li nenhum livro que seja mais focado no hot, normalmente nem as sinopses me agrada, mas gostei desse, parece bem divertido e com uma pegada de ação com a máfia Russa, e fiquei bem curiosa como essa turma toda.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Não conhecia o livro, mas achei interessante.
    Gostei dessa pegada meio forte relacionada ao sexo e com certeza arriscaria a leitura, pois é bem diferente do que já li.
    Adorei a dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Sabe um arrependimento? Esse livro.
    Mas calma ae, pq vou explicar.

    Estava eu lá na Bienal mofando/morando/criando raízes na fila da Carina Rissi (amor eterno, amor verdadeiro) e umas menininhas de uns 15 anos saíram voando pra Universo dos Livros. Por que? Por que a mãe de uma delas falou que tinha uma pilha do Sem Vergonha lá. Elas voltaram com o livro na mão, suspirando, rindo e eu só de butuca. Achei o livro lindo, mas não me manifestei.

    Depois de um tempo fui lá na Universo, dei uns pegas, mas não levei pra casa. A Julianna autografou num dia que eu estava lá e, mais uma vez, não comprei.

    Depois de pouco mais de um mês e algumas resenhas, resolvi comprar o livro. Devorei num fim de semana e entrei em desespero no final, porque PRECISO do Sem Pudor. E só me perguntava: POR QUE NÃO COMPREI ESSE LIVRO ANTES????? POR QUE NÃO LEVEI PRA JULIANNA COSTA AUTOGRAFAR NA BIENAL???? POR QUE TÃO BURRA???

    Enfim... acabei 2015 fazendo contagem regressiva pra 2016 só por causa desse livro e aguardo ansiosamente.

    Adorei o Sem Vergonha (e adorei a sua resenha, Talita). Achei divertido, adorei esse universo stripper do livro, a relação entre os personagens, a narrativa.. Sério, é muito bom MESMO. Encho o saco de todo mundo que ainda não leu, porque é realmente maravilhoso!!!

    Universo, minha filha, manda logo esse Sem Pudor!!!!

    ResponderExcluir
  14. Oi

    quando é pra ser, é né! até ganhar o livro vc ganhou...hehe

    não gosto muito do estilo, mas tenho que confessar que tua resenha está tão legal que convenceria atá a mim, que não gosta do gênero, a ler!!!

    parabéns!!!

    bjs

    ResponderExcluir