Pular para o conteúdo principal

[Calma aí, tempo, vai devagar!]


Gente, vocês têm noção de que nós já estamos em junho? Que estamos no sexto mês do ano? Que estamos na metade do ano? Aquele ano que tipo, acabou de começar agorinha! Outro dia a gente estava surtando com o amigo oculto de fim de ano, outro dia era ano novo, outro dia era janeiro, outro dia a gente organizava a meta de leitura e os desafios a cumprir em 2016. O QUE ESTÁ ACONTECENDO???

Faz tempo que não escrevo uma coluninha pra desabafar e aproveitar pra conversar com vocês sobre coisas que, eu tenho certeza, vocês também estão passando e achando sinistrão como eu.

O tempo está passando cada vez mais rápido, fato! Acho que todo mundo percebe isso, mas sei lá, não parece que cada ano passa mais rápido que o anterior? Só eu tenho essa impressão? Juro que parece. Não sei se isso se dá ao fato de fazermos muitas coisas, praticamente ao mesmo tempo. Da vida em si estar corrida num modo geral, de tudo ser muito rápido e da gente ter acesso a tudo isso também de maneira rápida.

A internet eu acho que trouxe essa rapidez pra nossa vida. Tudo que acontece no mundo vai parar da internet e todo mundo já fica sabendo no mesmo instante. A gente se comunica com um monte de gente pela internet, uma comunicação mega rápida, instantânea. Então a vida está muito frenética.

Com isso, os lançamentos pipocam a todo tempo. Nós viciados, curtimos todas as fan pages das editoras no Facebook e estamos sempre acompanhando as suas novidades. Você não consegue nem pensar: “Opa, ok, agora eu vou ler esses livros aqui da minha listinha e boa.” Aí você pega o livro, tira uma foto legal, bacana, posta no Instagram, joga no Facebook e vai lá olhar pra ver se alguém já deu uma curtidinha... Nisso, meu irmão, você já rolou o dedo no feed de notícias, já viu umas trocentas páginas compartilhando um lançamento bombástico de uma editora e você pensa (e surta também): “Meu Deeeuuus, vai sair aquele livro que eu tanto queria!!!” Daí vem mais um livro pra sua lista de leitura e o que acontece? Você nunca vai conseguir terminar a sua lista, sempre vai ter um livro que você PRECISA ler, que vai aparecer pra furar a fila dos outros que você já tem.

A nossa vida é assim, vai dizer que não? Eu sei que é. É assim que funciona.

Aí, lá no começo do ano você estipula uma meta de leitura e joga no grupo e junta a maior galera pra acompanhar, pra embarcar nessa com você. Beleza, 50 livros em 1 ano, vamos que vamos! Daí começa aquela animação e você vai lendo... E o pessoal vai lendo... Aí você abre o grupo e tem lá: Fulana lendo o 7/50 (janeiro)... Ciclana lendo o 16/50 (fevereiro)... Beltrana lendo o 23/50 (março).


CALMA AÊ, MEU POVO! QUE PARADA É ESSA??? Puxa esse freio de mão aí que o bagulho tá doido!

Hoje lá no grupo tem gente que já bateu a meta dos 50 livros. Tem gente que está chegando ao livro 100. SIM, AO LIVRO CEM!!!

Eu queria ser uma dessas pessoas, confesso... Ou não, às vezes eu penso que essa galera que está tão avançada assim, lê o livro tão rápido, que não sente e nem absorve tudo o que ele tem pra oferecer. Sei lá, posso estar enganada, mas me dá essa impressão. Eu mesma, que às vezes me pego correndo porque tenho livros pra ler da Bienal de 2013 (pois é... podem rir de mim) e mais os livros das parceiras que vão chegando a todo mês e eu preciso ler pra entregar resenha, penso: “Porra, Bia, lê mais devagar, não se desespera, curte o livro.” Porque, no desespero, você acaba correndo. Você precisa entregar resenha porque tem um prazo, você tem uma meta que quer bater, você tem aquele lançamento que vai sair e você precisa ler o anterior, você tem aquele livro que todo mundo está falando e lendo e você fica curioso pra ler também. São N motivos pra fazer você comer um livro atrás do outro e às vezes isso pode não ser legal.

Em 2013, que foi o ano que eu embarquei mesmo nesse vício, eu li 41 livros, em 2014 foram 44, em 2015 foram 58 e este ano estou no meu 22º e pretendo bater a meta dos 50. Na verdade, eu queria passar os 58 do ano passado, mas, sinceramente, não sei se conseguirei e não ficarei chateada se não conseguir. Esse ano o trabalho tem tomado mais do meu tempo, mais a vida social e os eventos literários que tenho ido com mais frequência, fora o blog e as postagens, a divulgação e todo o trabalho que ele dá, que faz a gente perder um belo de um tempo (não que eu esteja reclamando, faço porque gosto e amo isso aqui, mas que dá trabalho, ah dá rsrs!).

Então, pra concluir, o tempo está passando mega rápido, eu quero ler uma porrada de livros e às vezes me desespero porque vejo que não vou conseguir ler tudo, mas também penso que não devo pirar porque preciso curtir e não ir com tanta sede ao pote rsrs. É difícil se controlar e não comer aquele livro que você esperou um ano pra sair? É! Quando ele finalmente sai, todo mundo lê em horas, talvez um ou dois dias. É fato! Maaaasssss, até que eu tenho demorado um pouco mais que isso hahaha e talvez por isso o meu desespero com o ano voando e eu com uma pilha de livros pra ler que só cresce.

Bom, mas me contem aí, quantos livros vocês já leram este ano? Vocês estipularam alguma meta? Se sim, de quantos livros? Tem alguém no desespero com o ano voando? rsrs

Comentem aí, bora conversar!

- Biaaaaa, esse livro é muito bom! Já leu?
- É, to sabendo... eu tenho, mas ainda não li. (Frase da minha vida.)

Comentários

  1. Oi, Bia!
    Estou me identificando muito com o que você escreveu. É bem assim mesmo! E as vezes me pego lendo tão rápido que tenho que parar, respirar fundo, forçar uma leitura mais lenta para realmente curtir a história. O problema é a velocidade das informações, dos muitos livros que são publicados todos os dias e aqueles que estão na lista. Uma lista que só aumenta...

    ResponderExcluir
  2. Tudo a ver com a minha vida no momento,e ainda entra livros da faculdade para ler também, todo ano coloco a meta de ler 100 livros, mas tudo que consegui foi 58 em 2014 kkk

    ResponderExcluir
  3. Oi Bia, tudo bem? Faz pouco tempo que conheci o blog e já estou adorando... Sim o tempo passa, e passa muito rápido! Nunca contei quantos livros eu li em um ano - pelo que eu contei recentemente estou no 8º. Sempre li muito rápido em português, então, como forma de tentar aproveitar mais o livro e praticar um pouco um outro idioma, a maior parte dos livros que leio hoje são em inglês (comecei com essa história na adolescência e continuo até hoje). Isso me dá uma gama maior de livros para ler de forma mais imediata . (visto que alguns livros levam muito tempo para ter as versões em português - e outros nem chegam ao Brasil, como é o caso de alguns livros do James Patterson). Enfim, minha meta para este ano é chegar aos 30 livros. Vamos ver no que dá! ;)

    ResponderExcluir
  4. Oiii Bianca, tudo bem?
    Realmente os meses estão passando muito rápido e estou em desespero referente a minha faculdade hauhaauah eu coloquei a meta em janeiro de ler no mínimo 5 livros por mês, no qual daria um total ótimo, já li em torno de uns 29, eu acho.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Bianca
    haha Realmente é assim mesmo. Mal acabo de anotar os livros que vou ler naquele mês, os que desejo comprar etc, e vem mais alguns lançamentos incríveis que parecem cair do céu..haha Muito difícil manter o bolso cheio com tantos livros.
    Essa é minha frase também, está difícil ter tempo para ler todos os livros que quero rs

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Não acho que o tempo esta passando tão depressa e sim que nós é que não aproveitamos o tempo que temos, concordo plenamente que um dos grandes culpados disso é a internet, eu mesma estou aqui passeando por joguinhos perdendo tempo, poderia estar por exemplo escrevendo uma resenha que já estou adiando a dois dias.
    Uma coisa que resolvi fazer para ter um pouquinho mais de tempo de qualidade é marcar compromissos comigo mesma, por exemplo toda sexta feira é dia de fazer pipoca e curtir séries com o marido. As vezes a gente fica tão perdida no preciso fazer isso e aquilo (incluo o ir a uma festa com a fulana) que esquecemos de marcar compromissos conosco, eu assisto as séries com meu marido, mas eu faço isso para mim, não para ele.
    Ler livros também faço para mim, por isso não vou atras de parcerias e essas coisas, acho que isso dá um peso as leituras que eu não estou afim de encarar, gosto de desafios acho que foram eles que me fizeram voltar a ler, acho que por eu ser meio competitiva eles me deram o gás que estava faltando para ler, mas eu não me sinto presa a agradar outros com minhas resenhas, esse desafio que temos no blog era para ler 52 em um ano, mas gosto de degustar os livros que leio e a Carol é uma 'não-leitora', ela ler mais quadrinhos e as grandes modas e esse desafio está ajudando ela a experimentar vários gêneros, então não vamos nos matar por isso damos 20 dias para a leitura, para que todos possa ler também, não só os malucos que "lê" 100 livros em meio ano, acho que se perguntar que livro ele leu não lembra nem o título.
    Desculpe pelo texto enorme XD
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu fiz tantas metas para o ano de 2016, muitas leituras que queria ter feito, mas infelizmente, não consegui cumprir muitas. Estou torcendo para que até o fim do ano eu leia mais, que consiga cumprir mais metas, pelo menos a metade delas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Só li verdades nesse post. O tempo tem que ir mais devagar mesmo! Estou com muitas leituras mega atrasadas. Minha meta do ano é de 70 livros lidos.

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Nossa, nem me fale, e já estamos no final de junho :O Bate até um desespero ver o tempo passando assim tão rápido. Realmente, está complicado acompanhar tanto lançamento e ter tempo para ler tudo, toda vez que me programo, acontece algo que me atrapalho inteira. Realmente não está fácil kkk
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho a impressão de que o tempo está voando sim !!! A gente vive correndo, acordo cedo, arrumo o filho para ir para escola, vou trabalho, chego em casa tem janta para fazer, lição com o filho, etc ... Quando vou ver já são 22:00 hs e nem sentei ainda. UFAAAAA !!!
    Como eu queria ter mais tempo para ler ... Mas leio de devagar, gosto de "apreciar" cada palavra. :D

    ResponderExcluir
  11. Oie
    acho que já passei dos cinquenta esse ano e espero conseguir chegar no mínimo a cento e alguma coisa, estou na facul e tal então fica meio dificil, ainda mais que trabalho também mas vamooos lá hahaha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, o tempo está passando rápido mesmo...já estamos no meio do ano e eu nem cheguei no nº 30...acho que vou ter um treco...muitas leituras atrasadas, estou pirando.

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Se eu não entrasse em uma ressaca literária toda vez que leio um livro eu conseguiria ler muito mais do que leio hoje em dia. Realmente o tempo ta passando muito rápido, é muita coisa no dia-a-dia que eu não consigo aproveitar e curtir como eu queria.

    ResponderExcluir
  14. oiiii

    eu estava num ritmo de leitura ótimo!!! mas nossa... fiquei um mês sem conseguir ler nada!!! com isso...parei nos 38. Só semana passada consegui retornar a leitura!

    mas sério...tenho que concordar...esse ano está voando, gente....como parar isso????

    hehe

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Bia...
    O tempo está realmente corrido e temos infinitas coisas para fazer e isso acaba dificultando realmente a leitura. Trabalho, blog, namorado... é complicado.
    Mas estou feliz, meu objetivo é 60 livros, como você sabe o ano passado já fizemos o desafio dos 50 livros lá no blog e esse ano subimos para 60.
    Eu planejei em junho, metade do ano bater os 30 livros e de fato consegui. Então estou feliz por estar saindo tudo conforme o planejado.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Engraçado como as coisas estão sempre acontecendo rápido não é? Eu mesma sempre me perco no meu tempo, nas minhas leituras. Li muitos livros nos ultimos tempos, mas poucos livros foram os que eu realmente queria ler.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei