Resenhas

quarta-feira, 15 de junho de 2016

:: Resenha 178 :: "Obsidiana", Jennifer L. Armentrout



Sinopse: Começar de novo é um saco.
Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices... Até dar de cara com o meu vizinho gato, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm... os prognósticos estavam melhorando.
Até que... ele abriu a boca.
Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.
O alien gato (meu vizinho) me deixa com um rastro.
Você me ouviu bem. ALIEN! A verdade é que ele e a irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. O rastro que deixou em mim brilha como lua cheia, e isso não é nada bom. O único jeito de sair viva dessa é ficar colada em Deamon, até a magia alienígena desaparecer.
Quer dizer, isso se eu não matar o cara primeiro.


Voltaaa miga... Bora começar a resenha!


Bom, eu li esse livro há pouco tempo e posso dizer que me surpreendi. Já tivemos livros sobrenaturais com adolescentes, isso é fato! Já sabemos também que eles são clichê, isso é fato! Mas o que eu não sabia é que eu ia me divertir tanto lendo esse livro!


Que eu me lembre, nunca li nada dessa  autora Jennifer L. Armentrout. Sei que ela foi indicada para o Goodreads Choice Awards de Melhor Romance, Goodreads Choice Award de Melhor Ficção Young Adult e também sei que outra série dela (Wait for You), é bastante conhecida lá fora. E até confesso que deu vontade de ler essa série que é composta por um par de livros hahahahaha, mas, depois eu verifico quais são e a quantidade exata dessa série. =P  

Enfim... voltando ao foco!

Nesse livro vamos conhecer a dona Katy, uma garota de 17 anos que é engraçada, tem personalidade forte e não leva desaforo para casa. E que nesse momento está inconsolável com a nova fase de adaptação, pois ela acabou de se mudar para a cidade Ketterman, que pelo visto é no meio de West “Deus me livre” Virginia (palavras dela). Katy também é blogueira literária nas horas vagas e está toda trabalhada na ansiedade pela falta de internet, já que a instalação ainda não foi feita.

Olhei para a pilha de caixas no meu quarto novo e desejei que a internet já tivesse sido instalada. Não poder acessar meu blog literário desde a mudança era como ficar sem um braço ou uma perna. De acordo com a minha mãe, “ Katy’s  Krazy Obession” era tudo na minha vida.
Nem tanto, embora fosse mesmo muito importante. Ela jamais entendera minha paixão por livros.

Então Katy acabou de se mudar com a sua mãe para essa cidade que não tem nada, tipo... nada mesmo! Nem shoppings, é desprovido de órgãos públicos e pelo que ela conta, tem no máximo dois ou três semáforos. Ah! E para completar, tipo, ser a cereja do bolo mesmo hahahaha, para Katy receber a correspondência pessoal, ela tem que viajar para a cidade vizinha. Vai vendo! Nem correio tem a porra da cidade! Sendo assim, para a maioria seria uma cidade entediante e até medieval, certo?

Você disse que a cidade não tem correio?

Pensando bem, morar em uma cidade que não possui correio é tenso demais e até posso concordar quanto a cidade ser quase medieval hahahaha, mas não podemos esquecer que nem tudo está perdido para a Katy. Até porque na casa da frente mora Daemon, um cara arrogante, irritante e que Katy sente vontade de matá-lo em vários momentos e ahhh... sem contar que ele também é sarcástico e lindo e gostoso hahahahaha. Como alguns livros clichês que a gente está costumada e mesmo reclamando, a gente lê mesmo assim. Porque a real é que não ligamos, pois quando a interação dos personagens funciona e a história acaba fluindo, ficamos de boa quanto a história ser clichê. Certo?

E antes que vocês me perguntem, que lado bom tem em ser uma vizinha de um cara arrogante (mesmo gostoso), escroto e babaca, eu respondo: Ele é um ET! E não, isso não é spoiler! Até porque quem fez questão de gerenciar a publicidade dessa história, já deixou bem claro na orelha do livro e na contra capa. Sendo assim, para alguns que torceram o nariz quando disse que o lado bom é o fato do cara ser ET, eu volto a dizer que já tivemos outros sobrenaturais a dar com pau.

 Livros com:
- Vampiro
- Lobisomen
- Bruxo
- Vampiro de novo
- Lobo (sim é diferente)
- Bruxo de novo
- Fadas
- Sereias
- Caçadores de Sombras
- E outros seres sobrenaturais jogados aí nesse "mundão incrível e velho" que é a imaginação...

Enfim, não quer dizer que não tem livros com ETs. Eu sei que tem, mas a parada que acontece com Obsidiana é diferente. A interação funciona e é divertida, mesmo com todooooo o clichê gritando pelos quatro cantos do mundo. As brigas constantes entre Katy e Daemon são engraçadas e cheias de tensão sexual. E acredito que vai ter gente falando que ela é insuportável e blá, blá...o que é normal. Mas eu ainda digo que a coisa funcionou e acho que foi por isso que até me surpreendeu. 

Eu costumava evitar todo tipo confronto, mas esse cara conseguiu ligar meu interruptor de barraqueira como ninguém.

De onde você disse... que veio mesmo?

Certo, então tirando a parte da tensão sexual dos dois, vamos ter cenas de ação bem legais, vamos conhecer Dee, a adorável irmã de Daemon, e conhecer alguns inimigos que estão trabalhados em ser os vilões da história com esmero hahahahaha.

Eu confesso que era fã da série Roswell e amava a abertura hahahahaha e enquanto lia Obsidiana eu lembrei bastante da série, mesmo que o rumo da história do livro vá para o outro lado e tal. Eu não pude deixar de lembrar a parada dos irmãos e os amigos aliens morando na cidade pequena entre os humanos, sem eles terem a miníma ideia do que eles eram. 

Quem quiser conferir a música e as aberturas da série é só clicar:



Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra... Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão... Bem, algo aconteceu... Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha "luz" extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.


Então pelo que entendi, a saga Lux é composta por oito livros:

Shadows – Lux #0.5
Obsdiana – Lux #01
Oblivion – Lux #1.5
Onyx – Lux #02 
Opal – Lux #03
Origin – Lux #04 
Opposition – Lux #05 
The Wedding – Lux # 5.5

A editora Valentina está lançando o segundo para este mês, junho de 2016. Segue a capa do segundo livro, Ônix.  


Booktrailer:


Os direitos para adaptação do livro foram comprados pela Sierra Pictures e já foi contratada a roteirista que será Ava Dellaira, que também é autora (Cartas de Amor aos Mortos). 

Então é isso pessoal, a titia Grá recomenda e espero que vocês coloquem ele na lista de vocês.

Título: Obsidiana
Título Original: Obsidian
Gênero: Romance Sobrenatural
Ano: 2015
Páginas: 320
Editora: Valentina
Compre aqui: Saraiva
Classificação: 


Sobre a autora: 

Best-seller internacional com mais de 1 milhão de livros vendidos e número 1 da lista do New York Times, Jennifer L. Armentrout vive em Martinsburg, West Virginia. Quando não está concentrada escrevendo, ela passa o tempo lendo, assistindo a filmes B de zumbi e curtindo ao lado do marido e do seu jack russell, Loki.
O sonho de virar uma escritora começou na aula de álgebra. Ela passava a maior parte do tempo escrevendo contos - o que explica as péssimas notas em matemática. Jennifer é autora de paranormais contemporâneos. Obsidiana foi vendido para o cinema enquanto Covenant será transformada em série de TV. Um de seus livros, Não Olhe para Trás, foi escolhido em 2011 o melhor de ficção para jovens pela Young Adult Library Services Association (YALSA).
Jennifer também escreve romances adultos contemporâneos e paranormais, usando o pseudônimo de J. Lynn.

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Te confesso que não sou muito chegada a livros com seres sobrenaturais. Mas acho legal quando um autor consegue surpreender o público.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Oiii Graziela, tudo bem?
    Por mais que sua resenha tenha ficado muito boa, o livro não despertou muito meu interesse, pularei a dica dessa vez.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Eu morro de vontade de ler esse livro, acho que é uma trama super instigante e com certeza eu vou me viciar na série.

    ResponderExcluir
  4. Oiee

    Eu já li muito, hoje estou bem devagar para o estilo, por isso vou deixar passar essa dica.
    Mas achei legal que o livro apesar de todos os clichês, consegue surpreender e divertir.
    A adaptação acho que vou querer assistir sim.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Grazi
    Que bom que se surpreendeu no livro. Eu confesso que nunca tive muita vontade de iniciar a série, mas sempre ouço elogios. Acho que o tema que não me chama muita atenção.
    Mas imagino que seja uma ótima dica.
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Acredita que depois que li esse livro, fiquei tão viciada que procurei os outros para saber o que acontecia na história. Eu adorei a trama, assim como a narrativa da autora, e acabei de comprar o segundo livro para ler e ter na estante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Oii!!

    Uoou! Que resenha maravilhosa! Eu confesso que não quis ler ainda. Mas depois de todas as resenhas já mudei minha opinião. Mesmo sabendo que existe obras desse estilo, essa é a única que me atraiu e ganhou divulgação.
    Gostei!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Ah, já estava na lista mesmo..
    tenho muita vontade de conhecer a história.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Esse tipo de gênero não me agrada ... :(

    ResponderExcluir
  10. Oi, eu tinha visto muita propaganda dessa obra na época que lançou, fizeram até um concurso para escolher a capa, mas nunca tinha lido nenhuma resenha. Eu confesso que de seres sobrenaturais os E.T.s são os que menos gosto, sério! Acho muito chato, mas esse enredo me despertou certa curiosidade. Sua resenha ficou ótima e divertida...adoro!

    ResponderExcluir
  11. Oie
    muito legal sua resenha, eu acho essa capa muuuuito estranha ahahah e ela não me atrai nem um pouco e infelizmente o gênero menos ainda mas bem legal sua resenha, espero poder indicar a algumas amigas que irão adorar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Adorei a sua resenha, já vi muitas resenhas positivas sobre esse livro e a história até que chamou a minha atenção mas vou deixar para ler depois que todos os livros forem lançados aqui no Brasil. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oioi! Tudo bem?
    Estou louca para ler Obsidiana, ainda mais agora que ja saiu o segundo e podemos ler tudo bem rapido haha.
    Sabia que se tratava de um alien super lindo e grosso hahaha.
    E acho que vou gostar mto, adorei saber a sua opniao e ja sei o que me espera no livro, vmaos ver qdo terei os livros, no money por enquanto hehe.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  14. Tenho uma curiosidade muito grande para ler essa série, mas o fato de ser sobre ET's me deixa um pouco encucada. Agora com o lançamento do segundo, acho que talvez eu me empolgue para a leitura.
    Não sabia que esse livro fazia parte de uma série tão grande, mas bora lá... faz parte.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir