Resenhas

terça-feira, 2 de agosto de 2016

:: Resenha 192 :: "A Profecia do Pássaro de Fogo", Mlissa Grey





Sinopse: No subterrâneo de lugares onde é muito difícil chegar, duas antigas raças travam uma guerra milenar: os Avicen, pessoas com penas no lugar de cabelos e pelos; e os Drakharin, que têm escamas sobre a pele. Ambas possuem magia correndo nas veias, o que os esconde de todos os humanos menos de uma adolescente chamada Echo. 
Echo conheceu os Avicen quando era criança, e desde então eles são sua única família. A pedido de sua tutora, a garota começa uma jornada em busca do pássaro de fogo, uma entidade mítica que, segundo uma velha profecia, é a única forma de acabar com a guerra de vez. Mas Echo precisa encontrar o pássaro antes dos Drakharin, ou então os Avicen podem desaparecer para sempre.



Hahahaha foi mais forte do que eu. =D
Bora começar a resenha...


Confesso que quando a nossa parceira, a Companhia de Letras, me enviou esse livro da editora Seguinte, a expectativa era grande e o medo de me frustrar também. A real é que os leitores cada vez mais ávidos por esse gênero, estão crescendo e isso coleguinhas, não podemos negar. Sendo assim, o mercado editorial vem trazendo várias histórias fantásticas! E para uma amante do gênero fantasia como eu, não posso simplesmente fingir e dizer que aquela sensação de achar que poderia ser "só mais um livro" com a mesma fórmula muito repetida de tantos outros por aí, não me passou pela cabeça. Pelo contrário, a sensação esteve presente, mas ela sumiu no momento em que comecei a ler e ver o quanto estava enganada.

O MEU DEUS! SAPORRA É DIFERENTE.....

Em A Profecia do Pássaro de Fogo, vamos conhecer Echo, uma criança humana, batedora de carteira com um passado misterioso. Echo era solitária e seu lar era a Biblioteca de Nova York, onde vivia escondida. Um dia a garota solitária conhece Ala, uma mulher coberta por penas pretas e que faz parte dos Avicen. Avicen é uma antiga raça que além das penas, tem muita magia correndo em suas veias. A partir desse encontro, Ala acolhe Echo e faz dela parte de sua família. Com o passar dos anos, Echo aprende a praticar magias, uma vez que os Avicen vivem escondidos de seres humanos, através dos seus encantamentos. Ela ainda continua uma ladra e sobrevive com a venda de tesouros roubados no mercado negro. E mesmo Echo considerando os Avicen uma família, ela sabe que nem todos a aceitam muito bem, já que Echo é humana.

 - Por que você não fica aqui, Echo? Pode ir para o Ninho e viver com a gente. Conheço alguns pequenos Avicen que não se importariam de ter você por perto.
- Preciso do meu espaço. - Foi tudo o que Echo disse.
O que ela não disse é que precisava de espaço longe dos Avicen Sua própria pele lisa, sem penas coloridas que decoravam os membros deles, era o suficiente para indicar que não pertencia àquele grupo. Ela não precisava dos olhares atravessados para lembrar que estava entre eles, mas não era igual. E eles a encaravam. Como se sua presença atrapalhasse a ordem natural das coisas. Podiam ter se acostumado com Echo no decorrer dos anos, mas não significava que tinham que gostar dela.
A biblioteca era seu lar. Os livros não a olhavam feio ou sussurravam comentários depreciativos. Os livros não a julgavam. Os livros eram seus únicos amigos antes de a Ala a encontrar, sozinha e faminta, e a levar para o Ninho dos Avicen. Esses livros eram sua família, seus professores, seus companheiros. Eles haviam permanecido leais a ela, então ela permaneceria leal a eles. 


E mais uma vez, os livros ajudam a vida de alguém.....

Além da parada toda do preconceito, eles ainda estão em guerra com os Drakharin, raça que tem escamas parecidas com as dos dragões. Sendo assim, eles acreditam que não podem sair dando confiança para qualquer um,  muito menos para uma pele “lisinha” como a Echo. 

E a parada entre eles é tão longa, que geral nem lembra mais o motivo de tanto pega pra capar e mesmo assim, o conflito entre ambos está cada vez maior e mais violento. A única salvação para acabar com essa guerra toda é encontrar o tal pássaro de fogo, segundo a antiga profecia.

Isso é o que a Ala acredita, quando a Echo encontra uma pista sobre o paradeiro da entidade mítica em um dos seus furtos de tesouros para venda no mercado negro. A “mãe” pássaro então, decide que o melhor é mandar a garota nessa missão para achar a solução dos problemas de todos. Uma vez que Echo sempre consegue encontrar maneiras de sair de diversas situações problemáticas e fantásticas que aparecem em seu dia a dia, como possuidora de coisas alheias.

Dá licença! Que a pele lisinha aqui, vai salvar o dia... 

Echo é uma personagem que eu amei desde o começo. É sarcástica e engraçada, inteligente e ousada, e às vezes ela pode ser impulsiva, mas acima de tudo ela é ferozmente leal. E mesmo ela se metendo em confusão o tempo todo, ela tem um jeito de minimizar o estrago de uma maneira que fica difícil não se apaixonar por ela. 

O livro é instigante do início ao fim, uma aventura empolgante que envolve magia, guerra e raças bem estranhas. São personagens que nos envolvem de uma maneira gostosa, deixando rapidamente de lado nossos preconceitos quanto a suas aparências.  É um mundo à parte, onde a construção é incrível e convincente, trazendo para o leitor uma experiência única. 

Não quero falar muito dos outros personagens, pois acho legal vocês descobrirem, como eu, o quanto eles são importantes e como são capazes de modificar os acontecimentos durante o desenvolvimento da história. Além disso, tenho certeza que se você estiver procurando uma leitura divertida, com bastante ação e humor, esse livro é perfeito para você!

A narrativa da Melissa Grey é fluida e cativante, e enquanto eu lia, confesso que pensava em como esse livro poderia virar filme. Seria tão legal ver esse mundo transportado para as telas dos cinemas. Estou ansiosa para ler a continuação.

Encontrei essa imagem na internet e achei legal a representação. (by Sarah Read)

Então é isso coleguinhas, não será uma tarefa fácil para Echo e embora a vida como uma ladra tenha lhe ensinado alguma coisa, ela não vai estar sozinha nessa parada. Uma vez que o rei Caius (dos Drakharin) também está atrás do Pássaro de Fogo. Sendo assim, reviravoltas surgirão e alguns Avicen como Drakharin, vão ter que dar o braço a torcer e trabalhar juntos. Será uma jornada inesquecível para esse grupo eclético que fará de tudo para salvar o dia.

A Profecia do Pássaro de Fogo é o primeiro volume da trilogia Echo, o segundo livro da trilogia, The Shadow Hour já está à venda nos EUA, enquanto o terceiro e último livro da série, The Savage Down, a autora está terminando de escrever para ser lançado em julho de 2017. 


 Capa do segundo livro

Espero realmente que vocês coloquem esse livro na lista de vocês, dando a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre Echo e esse mundo fantástico em que ela faz parte.


Título: A Profecia Do Pássaro De Fogo – Livro 1 da Trilogia Echo
Título Original: The Girl at Midnigth
Autor: Melissa Grey
ISBN-13: 9788565765978
ISBN-10: 8565765970
Ano: 2016
Páginas: 355
Editora: Seguinte
Compre aqui: Saraiva
Classificação:


Sobre a autora:


Melissa Grey escreveu seu primeiro conto aos doze anos e desde então não parou mais. Formou-se em belas-artes  na Universidade de Yale e trabalha como jornalista em Nova York. Tem o talento de se localizar em qualquer metrô do mundo e consegue atirar com arco e flecha enquanto cavalga.

Comente com o Facebook:

19 comentários:

  1. Ola Grazi lindona menina eu estou doida por essa série amo o gênero do livro, e esses personagens diferentes, li muitos elogios a essa trilogia e sua resenha só confirmou isso, serei obrigada a ler, a capa é linda demais. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Grazi, tudo bem?
    Eu estou em uma fase que só livros de fantasia tem prendido a minha atenção,
    e esse tem uma premissa maravilhosa! Gostei da capa, e pela sua resenha, sei que vou gostar
    da história.A propósito, sua resenha ficou muito bem construída, parabéns!

    Amei o blog e já estou seguindo, te convido a visitar o meu! :)
    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  3. Grazi minha querida amei sua resenha, esse gênero é o meu predileto e você tocou no meu calcanhar de Aquiles, rsrs. Estou curiosa pra ver como a Echo vai se sair nessa missão, e também pra ler sobre esses dois povos aí citados. Amo esse mundo de fantasia e sempre estou atras de novas histórias. Obrigada pela dica, bjs!

    Marcinha
    www.eupraticolivroterapia.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Acredite ou não, mas ganhei esse livro no skoob ahhahahaha, estou com ele na estante esperando sus vez de ser lido. Eu amei a capa do livro e a premissa é simplesmente maravilhosa. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa e animada. Falando em resenha, preciso dizer que adoro o tipo que vc faz sua resenha, é bem divertida.
    Acho que vou gostar da personagem também, levando em conta que amo personagens sarcásticos e ousados hahahaha.

    ResponderExcluir
  5. Oi Grazi!
    MDS, to doido atrás desse livro. Nunca li nada da autora, mas o fato dessa capa ser linda, me fez querer muito ler. Além disso, esse lance fantasticos de varias criaturas bizarras, JESUS. AMEI! O livro está na minha lista de desejados desde que a Seguinte anunciou o lançamento, mas ainda não tive a oportunidade de cobrar. Espero mudar esse fato logo. Sua resenha só aumentou minha curiosidade.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Já adorei a autora só pelo fato de ela ter o cabelo colorido assim como eu rsrsr
    Adorei sua resenha com um toque de humor do início ao fim. O enredo é bem legal e também gosto bastante de fantasia. Pretendo ler os livros somente quando forem lançados os outros dois aqui no Brasil, pois não aguento ficar esperando para saber a continuação da estória.

    https://www.facebook.com/leitura.descontrolada/

    ResponderExcluir
  7. Eu achava que esse livro tinha ligação com o livro A escola do bem e do mal, por culpa da capa, então nunca parei pra ler ou ver sinopse. Comecei a ler sua resenha e fiquei super surpresa de não ser! Haha. Echo ser uma ladra já me instigou logo de cara! Fiquei bem curiosa e espero que em breve consiga ler.
    Com certeza você me convenceu kkk.
    Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  8. Oi, eu começo dizendo que achei essa capa linda e amei a sua resenha, pois ela instigou a minha curiosidade, pois sua resenha me convenceu a ler o livro, já que ele é cheio de magia e fantasia, mas por enquanto só pretendo ler quando forem lançados os outros, pois não aguento esperar para saber a continuação da historia. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  9. Olá, ainda não conhecia esse livro, achei a capa linda e pela sua resenha super divertidas, me parece ser uma ótima leitura, bem interessante isso de pessoas com penas e outras com escamas de dragões. Certamente lerei quando puder.

    ResponderExcluir
  10. Eu não conhecia o livro mas tive má impressão com a capa, já pela resenha eu vi que o enredo é bem interessante e que a leitura pode me agradar bastante.

    ResponderExcluir
  11. Menina , como eu adoro as resenhas de vocês, eu as leio com tanto gosto e sempre adoro os gifs e solto algumas risadas.Mesmo se eu odiar a história do livros, só porque vocês que resenharam eu vou querer ler kkkk, eu adorei a premissa, estava cansada das mesmices com o gênero fantasia, vampiros, anjos, bruxos, saiam de perto de mim.
    Com certeza irei dar uma chance, só não sei quando já que estou com várias séries para terminar né.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi. Já faz um tempo que quero ler esse livro, estou bem curiosa a reposto dele. Não vejo a hora de poder comprar e ler logo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu realmente achei que esse livro só mais um na leva de lançamentos do gênero e por isso mal passei os olhos por ele, apesar de achar a capa linda,e fiquei positivamente surpresa com a sua resenha que me deixou também bastante curiosa pra saber mais do que acontece com a protagonista e com toda essa guerra entre os dois povos mágicos.
    Se já anotei o título na minha lista de desejados? Com certeza!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oii,

    Adorei a sua resenha. Já tinha visto esse livro por aí, mas não sabia qual seria a sua história. Fiquei bem curiosa com a história e estou bem interessada em ler a mesma.

    beijos

    ResponderExcluir
  15. Oie
    ótima resenha e dica para quem curte esse gênero, não é bem o que procuro no momento mas quem sabe mais pra frente quando eu tiver mais tempo eu dou uma arriscada

    bEIJOS
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá tudo bem?

    levei 40 minutos para conseguir ler a resenha, os gifs simplesmente destruíram minha concentração. Senti-me de volta ao horror do Orkut.

    Alguém me falou sobre esse livro, não tem bem como a resenha, mas não é meu gênero favorito, então dessa vez vou deixar passar a indicação.

    bjss

    ResponderExcluir
  17. Ooi! Que capas lindas :o amei! E eu estou bem contente pelo gênero fantasia crescer cada vez mais e ganhar seu espaço, já que sou suspeita para falar hehe Amei a ideia da trilogia, e eu gostei bastante da resenha, as gifs estão bem engraçadas! Espero que você possa ler logo o segundo livro ^-^
    Beeijos

    ResponderExcluir
  18. Confesso que estava um pouco com o pé atrás quando me deparei com esse livro, mas depois da resenha fiquei mais animada! Não gosto muito de fantasia, mas esse vai pra lista com certeza!

    ResponderExcluir
  19. Olá Grazi
    Minha filha leu este livro e agora,está decepcionada por não encontrar, versão português, os livro 2, já que o 3 parece que vai ser só em julho deste ano.
    Apesar disso, ela está fascinada com este livro. Parabéns!!!

    ResponderExcluir