Pular para o conteúdo principal

:: Resenha 210 :: “Alguém Como Você”, F.P. Rozante


Sinopse: Eu sempre observo a maneira como ele mantém um sorriso arrogante nos lábios, sendo o centro das atenções, em toda sua glória, absolutamente lindo. Eu posso ver como seus amigos o invejam, como sua reputação é importante. Eu fico imaginando como seria se soubessem que sua melhor amiga não é deste mundo de negócios, muito menos uma linda mulher influente e de classe. Como seria se eles soubessem que seu verdadeiro eu, é tão diferente daquele que ele insiste em mostrar? Mas neste mundo eu sei onde é meu lugar porque ele sempre deixou bem claro as limitações... O problema é que nem sempre a razão vence as emoções.
Em meio a um mundo de aparências e capitalista, poderá o verdadeiro amor sobreviver?
Melissa e Ricardo estão à beira de descobrir qual o limite da tolerância. E você, até que ponto chegaria por amor?

Sabe aquele clichêzão forte? Então, esse livro é desses. Tem coisas que acontecem e você já até sabe o que vem depois, mas na boa, você começa a ler e não consegue parar, de tão fluída que é a leitura! Vem que eu vou contar pra vocês.


Uma foto publicada por Bia Santana (@biasantana82) em

Alguém Como Você traz aquela já batida história da menina humilde, filha dos empregados que é completamente apaixonada pelo filho do patrão e que sabe que por conta de todo o preconceito daquele povo metido a besta, nunca terá chances com o carinha.

Esses são Melissa e Ricardo. Eles se conhecem desde pequenos. Os pais de Melissa trabalham para os pais de Ricardo e inclusive moram numa casinha aos fundos do casarão dos Belmonte.

Pedagoga, Mel trabalha com crianças especiais, mas por diversas vezes trabalhou nas opulentas festas da família Belmonte, servindo os convidados, não pela questão da grana e do trabalho, mas para ficar próxima de Ricardo e poder vê-lo. E como não poderia ser diferente, já foi ridicularizada e diminuída por ser uma garçonete, tanto por alguns convidados, como por Anabel – irmã de Ricardo, e o próprio Ricardo. Grrrr, que ódio dele nessas horas!

Ricardo, apesar de gostar da amizade que tem por Mel, dá vários moles como eu falei acima, pois ele é daqueles que faz tudo o que os pais mandam sem nunca se impor. O que os pais falam que ele deve fazer, ele faz, inclusive ele deve assumir os negócios da família.

Pra complicar a situação toda, a vinícola dos Belmontes está no vermelho e aí entra na trama a família Velasquez e claro, entra no caminho de Mel e de Rick a insuportável Sophie. Sempre tem que ter uma vaquinha pra complicar o que já é complicado, né? Claro!

A família de Sophie tem o poder de salvar os negócios dos Belmontes, mas não basta a aliança ser só nos negócios, Sophie quer Ricardo e por mais que ele não queira nada com ela, ele não demonstra isso. Óbvio! ¬¬

Devo dizer que as coisas acontecem muito rápido. Ricardo começa a ver as atitudes dele com a amiga de infância e é alertado por outras pessoas de tais atitudes e começa a se tocar e ver a grande mulher que Mel é, assim como todas as mancadas que cometeu.

Cansada de esperar e sofrer por algo que a machucou por tantos anos, Mel acaba dando uma chance a Elton, um amigo que ela não via há algum tempo. Mas logo vê que não dará certo e eu não vou falar muito sobre isso porque acabaria soltando informações demais que é mais legal vocês irem descobrindo enquanto leem.

O importante é saber que como todo bom romance com final feliz, as coisas vão se acertar, mas até chegar nesse ponto, muita coisa acontece. Passamos nervoso em vários momentos, mesmo sabendo de antemão algumas atitudes. E o legal é que apesar de todo o clichê, eu pensei que no final ia acontecer alguma coisa bem fdp com a... mas eu fui surpreendida! Claro que não vou falar também o que é porque seria spoiler, mas sério, pode ser clichêzão, pode acontecer várias coisas que antes mesmo de rolar a gente já imagina e pah, acontece, mas teve uma parada que com certeza vocês irão pensar como eu pensei e não vai acontecer!!!!!!!!!!!!!!!

Ficaram curiosos? Hahahah então leiam!!! Sério, é uma leitura extremamente leve, um romance clichê com uma mensagem muito legal sobre amor, aparências, amizade e perdão. Você vai começar a ler e rapidinho vai terminar sem nem sentir.

Eu li o e-book e vi pouquíssimos erros que passaram na revisão, nada que atrapalhe a leitura. Os capítulos são intercalados entre Mel e Rick, numa escrita simples, gostosa e fluída. Se você estiver procurando uma leitura leve para sair de uma ressaca literária braba, leia Alguém Como Você e veja como o amor é capaz de mudar as pessoas.

"Podia sentir o tamborilar de seu coração que pulsava acelerado. Seus lábios tocaram o meu cabelo. Suspirei satisfeita. Este era o homem por quem sempre fui apaixonada. O homem errado? Sim, totalmente. Mas ainda assim, era ele e eu me sentia uma viciada incapaz de me livrar do vício."

"Se eu tivesse a chance de mudar tudo. Se houvesse um meio de solucionar as coisas sem causar tanto estrago."

"Nosso coração tende a ser teimoso, querendo apenas o que quer e pronto. Ele não está acostumado a ser contrariado e por mais que nos esforcemos, por mais que desejemos ser capazes de mudar suas estúpidas escolhas, ele sempre irá querer apenas o que deseja, guiando-nos por caminhos perigosos, espinhosos e traiçoeiros."

"Você já se permitiu viver, sem medo de ser feliz, sem medo de se machucar, de cair, sem medo de estar se enganando novamente? Eu sim, na verdade estou fazendo isso há um ano. Talvez você esteja gritando aí: "Ela é louca depois de tudo que passou, ainda deu outra chance para aquele banana". Pois sim, é dele mesmo que estou falando, ou melhor, da vida que escolhi levar com ele.
Eu perdoei o Ricardo, olhar para trás, não me causava mais dor, medo ou qualquer sensação além de uma página virada. Eu escolhi dar uma segunda, terceira ou seria milésima chance? Não importa, a questão é que eu escolhi o amor."

"E sem mais palavras voltou a me beijar, mostrando-me que a vida vai além da aparência, além dos medos e das dúvidas; enchendo meu coração até que ele transbordasse de amor, esperança e sonhos; ensinando-me a ser eu mesma, a encarar o mundo e, acima de tudo, a viver."

Título: Alguém Como Você
Autora: F.P. Rozante
Série: Aparências #1
Ano: 2014
Páginas: 380
Editora: Independente
Compre aqui: Amazon
Classificação:



Sobre a autora:


Nascida em 27 de abril de 1990, F.P. Rozante é contadora por profissão e escritora de coração. Apaixonada por leitura e escrita desde criança, descobriu nos livros seu refugio, cura e o caminho para autoconhecimento. Incentivada pelas amigas a perder o medo e a vergonha e compartilhar com os demais suas estórias decidiu criar coragem e passou a publicar capitulo por capitulo e hoje vê seu sonho sendo realizado com a publicação de seu romance Minhas Para Proteger.

Comentários

  1. Oiii, Bia. Obrigadaaaaa pelo carinho. Fiquei muito feliz que tenha gostado da leitura. <3 Beijoooooooooooos.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh não conhecia esse livro da Rozante. Já corri para comprar! Concordo com você que a escrita dela é fluida porque já li o Minhas para proteger e amei. Obrigada pela dica. Amei e irei começar a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Desconhecia a autora e sua obra, mas achei a premissa bem interessante.
    Gosto de embarcar em um grande clichê como esse pelo fato de ser uma leitura leve e bem fluida.
    Fiquei bastante curiosa para saber o que irá acontecer entre Melissa e Ricardo e se eles vão conseguir superar as diferenças e ficarem juntos.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas só estou lendo elogio da narrativa dela. Esse livro eu tenho aqui kindle, e espero ler em breve. Já vi que vou me emocionar muito com essa história, e ficar querendo mais e mais.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não conhecia o livro mas gostei da capa e da premissa, também gostei de ver suas impressões sobre a trama e espero que eu possa ler em breve para matar a curiosidade.

    ResponderExcluir
  6. Hello! Tudo bem?
    Não conhecia o livro Alguém Como Você e amoo romances assim.
    Já vi que vou gostar mto, ainda mais que tem um final feliz, que sempre eu torço mto pelo casal.
    Otima resenha, gostei dos pontos apresentados e mais pra frente quero tentar ler.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  7. Um bom clichê, pode ser contado mil vezes, e em cada uma ter seu encanto. Parece que é exatamente isso que acontece com o livro da F.P. Rozante, pelo que vc diz. Eu tb acho bom para dar uma descansada de uma leitura mais densa.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  8. Oi, Bianca
    Apesar de uma história batida, sempre tem algo que nos cativa, nao é?
    Que bom que o livro é gostoso de ler, apesar de algumas previsibilidades.
    Gostei da dica, quem sabe um dia me anime.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  9. Oii,

    Gosto de um clichê..hahaha. E gostei dessa história. Estou bem interessada em lê-lo para saber como a mesma vai se desenvolver para a protagonista.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Bianca, sua linda, tudo bem?
    Eu adoro o bom e velho clichê, não tem nada mais romântico do que ele, vou confessar que às vezes tudo o que eu queria era suspirar com um romance bem clichê, seguro e leve, principalmente depois de leituras muito densas. Não gostei das atitudes dele, dependendo de até onde ele for capaz de ir e o que ele vai fazer para se redimir, aí sim vou torcer para ele, risos....Pena que não faço leitura digital, vou ficar torcendo para que seja publicado. Sua resenha está muito animada, gostei muito.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Achei legal os dois se conhecerem desde criança, gosto de romances que surgem entre pessoas que já se conhecem bem, mas o fato de surgirem outras pessoas na história me desanimou, não quero ler.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Bianca!

    Não conhecia a história muito menos a autora, mas ainda bem que vi essa resenha no seu blog pq com certeza a dica tá anotada! Amo um clichezão, sou completamente apaixonada, hahaha!
    Parabéns pela resenha, ficou um amor!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi
    Não conhecia esse livro, mas gosto bastante de histórias nesse estilo. Clichês são tudo de bom pra mim kkk
    Vou dar mais uma pesquisada aqui nesse livro e quem sabe não o coloco na minha lista

    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Oi. Lendo wua resenha,já até sei o que esperar do livro. Sempre que leio algum livros assim, fico muito irritada com as enrolaçoes dos personagens e tramoias dos outros. Mas acho que vou dar uma chance ao livro.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei