Resenhas

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

:: Resenha 217 :: "Lead", Kylie Scott






Sinopse: Embarque em mais uma aventura com os roqueiros sensuais de Stage Dive, a série New Adult de Kylie Scott, autora best-seller do The New York Times. Como vocalista da banda Stage Dive, Jimmy sempre teve tudo na hora que quis, fosse bebida, drogas ou mulheres, até que a destruição de sua reputação na mídia serviu de alerta e o conduziu à reabilitação. É neste momento que Lena surge em sua vida. Contratada para ser a assistente que tem como missão mantê-lo longe de problemas, ela não planeja aguentar desaforos do sensual roqueiro, e está determinada a manter a relação em nível estritamente profissional, apesar da química efervescente entre eles, até que Jimmy vai longe demais e Lena vai embora. Isso o faz perceber que talvez tenha perdido a melhor coisa que já lhe aconteceu.



Bora começar a resenha...


Certo coleguinhas, titia Grá voltou com mais uma resenha da série Stage Dive. Para quem não sabe ainda sobre essa série, é só dar uma clicada aqui e aqui. Portanto, no primeiro livro, Lick, tivemos a história do guitarrista David e da Evelyn que é bem intensa, tanto no romance como por seus problemas. No segundo livro, Play, tivemos a história do baterista Mal e da Anne, que é bem louca, engraçada e triste ao mesmo tempo, sexy e fofa e que funciona muito bem desde o começo até o final. E agora, no terceiro livro, Lead, que ganhei de cortesia da nossa parceira Universo dos Livros, teremos a história do vocalista Jimmy e da Lena.

É isso aí! Agora é a vez do vocalista...



Sendo assim, quem achar ruim, o recalque bate na inveja e volta.

Nesse livro posso dizer que surtei e também me surpreendi bastante. E o motivo para isso ter acontecido, foi por causa dos momentos que cada personagem passava devido às consequências de atos emocionais.  

Jimmy é o irmão de David, e além de ser considerado o mais lindo do grupo, esse vocalista é também imprevisível e extremante ferrado. Sério! Conforme vamos lendo os livros, vamos vendo que Jimmy Ferris, tem uma carga pesada para carregar. Pois além de ser a voz e o cartão postal dessa banda de rock famosa, Jimmy muitas vezes foi entregue de bandeja para a famosa trilogia: sexo, drogas e rock'n'roll. Esse lema é verdadeiro e já foi comprovado por vários artistas, que na real mostraram que esses três elementos andam juntos sim. Então, uma vez dentro, a batalha para sair vivo é obscuro, incerto e trabalhoso. Visto que, vários ainda vivem assim e acabam facilitando essa estrada livre e tentadora para a luxúria e as drogas.

Dessa forma, inúmeros famosos que seguiram a tal conhecida trilogia sexo, drogas e rock n’ roll, sofreram consequências bem pesadas. E para não chegar ao ponto final da vida, o restante do grupo coloca Jimmy na parede: Ou ele fica limpo ou ele está fora da banda. Ainda mais depois da overdose que quase resultou em sua morte. Consequentemente, Jimmy está em um momento de reabilitação e tenta recuperar há tempo, uma vida saudável sem bebidas e substâncias ilícitas. E coleguinhas, a parada é tensa. Sério! Nesse mundo de astro do rock, onde as bebidas, os entorpecentes e mulheres são profusas, o senhor James Dylan Ferris, conhecido como Jimmy, tá padecendo. E seu lado explosivo, autoritário e impulsivo não tá ajudando muito não. O que acaba resultando bastante trabalho para os que vivem ao seu redor, a ponto de geral decidir que ele precisa praticamente de uma babá. Isso mesmo... e é aí que a dona Lena Morrissey entra.

Por um motivo especial, Mal e David decidem que Lena é perfeita para ser a assistente pessoal de Jimmy e mantê-lo na pista da sobriedade. E cara, a interação dos dois em alguns momentos me arrancaram risos e claro, lágrimas. Os dois não se bicam e isso é porque Jimmy não é fácil e o diálogo deles chegam a ser hilário. A autora construiu uma interação interessante entre os dois, onde os momentos altos e baixos de cada um, andam em perfeita sintonia. Não é exagerado e você consegue entender muito bem os motivos de cada um durante a leitura.

A extrema resistência de Jimmy em ter uma assistente pessoal e a capacidade criativa de Lena em seguir com o seu trabalho, fez com que ele começasse a enxergar fatos importantes que antes não fazia ideia que existiam. Fatos esses que foram decisivos na superação dos seus demônios internos. Então, aqui vamos ver o cara tentando sair do fundo do poço e que tem a ajuda de uma corda forte chamada Lena. E eu amei essa garota! Ela é forte, carismática e sim, tem seus problemas e claro, algumas inseguranças, mas ela não aceita as atitudes temperamentais de um determinado deus do rock e isso me ganhou. Lena não é a típica garota que aceita tudo do tal "bad boy roqueiro" e morre de amores mesmo sabendo que não tá certo e blá, blá... não! A garota não engole essas bobagens e foi isso que eu mais curti nela. E também acho que foi isso que fez a relação dos dois ser engraçada, poderosa e prazerosa de ler. Como Lena e Jimmy passam muito tempo juntos, a química entre eles e as faíscas, acabam trazendo o melhor e o pior em ambos.

“Não sou um poeta como o Davie ou incrivelmente talentoso com um instrumento. Eu canto bem, claro. Mas tudo que eu tenho é esse rosto, é assim que eu contribuo. E nesse ramo, você deve usar todas as vantagens que estão ao seu dispor.”

Bem coleguinhas... é isso! Achei que esse livro foi muito bem escrito e fiquei bem envolvida com a história, principalmente a intensidade e a construção do amor e amizade entre ambos, que por sinal está no ponto. Jimmy provou ser muito mais do que eu esperava durante os livros anteriores e Lead mostra o cara artista com uma alma criativa, que por vários motivos e situações, quer muito se reerguer e quem sabe, encontrar a porta para uma vida feliz. Ele não se acha bom o suficiente para merecer o que deseja e o peso da consciência e de atitudes nada legais do seu passado, dificultam bem a parada. Acabamos vendo o quanto a reabilitação também é importante não fisicamente e sim emocionalmente.






E novamente, para quem não conhece a sequência da série Stage Dive, o primeiro livro, Lick, é história do guitarrista, David, o segundo livro, Play, é a história do meu amado baterista, Mal, o terceiro livro, Lead, é do vocalista da banda, Jimmy, e o último livro da série, Deep, é do baixista, Ben.






Então é isso coleguinhas, leitura recomendadíssima! Espero realmente que vocês coloquem esse livro na lista de vocês, dando a oportunidade de conhecer um pouco do mundo do Jimmy e da Lena.

Selo de aprovação do Adam, minha gente. Bora ler o livro....


Título: Lead
Título Original: Lead
Série: Stage Dive #3
Autora: Kylie Scott
Gênero: New Adult
ISBN-13: 9788550300290
ISBN-10: 8550300292
Ano: 2016
Páginas: 368
Editora: Universo dos Livros
Compre aqui: Amazon, Saraiva
Classificação:

Sobre a autora:


Kylie Scott é uma autora best-seller do USA Today e do The New York Times. Foi eleita escritora do ano em 2013 pela Australian Romance Writer’s Association e seus livros já foram traduzidos para vários idiomas. É fã de longa data de romances eróticos, rock and roll e filmes de terror lado B. Ela mora em Queensland, na Austrália, com o marido e seus dois filhos.

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Olá Gra
    Suas resenhas são maravilhosas, que legal que essa mocinha não é dessas que não pode ver um homem bonito que já está tirando as roupas, não sou muito chegada a New Adult, mas para quem gosta parece muito bom.
    A moda dos livros de bandas está bombando, vai ter até novela agora.

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito das capas dessa série, mas confesso que não tenho mta curiosidade em ler. Saber que a história desse livro é envolvente até me animou, mas vou esperar essa febre de rock stars e CEO's passar... kkkk... to meio enjoadinha, por isso quase não leio livros nessa pegada ultimamente, apesar de amar o gênero!

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Oi Grazi!
    Deu pra vê sua felicidade com o livro. Os gifs da resenha são os melhores KKKKKKKK
    Pessoalmente não curto esse tipo de leitura não, então embora tudo tenha sido bem desenvolvido e o casal envolvente, não me chama atenção conferir. Mas tenho uma amiga que está acompanhando a série e adora. Pra mim não dá. Ainda não cheguei nesses new adutls não.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Nossa, suas resenhas são incríveis hahaha'
    Eu não me interesso por essa série de livros, não é um gênero que eu curta muito. Mas vejo muita gente que curte e que eles fazem muito sucesso não é? Ótima resenha haha'
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom??

    Gente eu não conhecia esse livro e amei a resenha, gosto muito de livros que abordam esse meio musical. Já anotei e está na minha listinha de compras.

    Beijos:*
    treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oie
    legal sua resenha e adica principalmente pra quem curte o gênero, não é meu caso mas sei de uma amiga que vai adorar, indicarei a ela

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. OOi!
    Amo o gênero, gostei bastante da premissa, sua resenha está ótima... Agora só falta uma oportunidade de realizar a leitura!!
    E essas capas?!?! MARAVILHOSAS!
    Dica mais que anotada!

    ResponderExcluir
  8. Adorei os gifs hahah como sempre sua resenha ficou incrível, muito bem escrita! Adoro livro sobre de bad boys então já amei!!

    ResponderExcluir
  9. Grazi covardia esse homem lindo hein, quase nem prestei atenção na resenha menina kkkkk
    Eu li o primeiro livro da série e amei, preciso ler os demais, amo personagens com cargas emocionais desde que não sejam exageradas, pois a superação é sempre gratificante, já amei a premissa vou correr e colocar a leitura dessa série em dia. ótima resenha. beijos

    Joyce
    wwww.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Hello! Tudo bem?
    Adoro livros que tem boy band e ainda mais esses personagens lindos e gostosos hahaha.
    Eu ainda nao li nada, mas ja tenhos os 3 livros.
    Gostei de ler mais sobre eles, acho que vou amar mto e as capas estao maras ne?
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  11. Oi...
    gosto muito dessa serie,adquiri esse livro no seu lançamento mas ainda não tive a oportunidade de le-lo. Espero fazer em breve.

    ResponderExcluir
  12. oie, confesso que esses livros que envolvem roqueiros não fazem muito meu estilo, mas já fiquei até atraída quando você fala de haver drama, envolvimento com drogas, pois são temas que acho interessantes de acompanhar em livros, que bom que novamente um livro da série te surpreendeu.

    ResponderExcluir