Resenhas

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

:: Resenha 239 :: "À Procura de Alguém", Jennifer Probst


Sinopse: Sorte nos negócios, azar no amor: essa é a sina de Kate. Aos 28 anos, ela está longe de ter conhecido alguém especial com quem dividir a sua vida. Sua carreira de cupido profissional, por outro lado, vai de vento em popa: todos na pequena cidade de Verily, Nova Iorque, conhecem e admiram a Kinnections, agência de relacionamentos que Kate fundou com suas duas melhores amigas. Até que, um dia, um homem tão lindo quanto furioso entra em sua sala. Slade Montgomery é um advogado de divórcios que não acredita em finais felizes e muito menos em agências de relacionamentos. Para ele, a Kinnections é uma grande farsa, criada para ludibriar pessoas frágeis e ingênuas, como sua irmã. Agora, é uma questão de honra: Kate não vai medir esforços para provar a Slade que seus talentos são legítimos e suas intenções nobres, nem que para isso precise encontrar a namorada ideal para ele. Mas um simples toque vai fazer com que essa tarefa se torne muito mais difícil do que ela poderia conceber...

Tem muito tempo que eu não escrevo uma resenha tão empolgada quanto hoje. Não me levem a mal, não estou falando que os livros que li antes desse não me empolgaram, mas existe uma certa magia nesse livro que me pegou de jeito e eu não conseguia largar!
É verdade que li ele nos últimos dias do meu trabalho, onde basicamente só estava por lá de corpo presente e tinha toda a tarde para ler, apesar do calor infernal que fez no Rio de Janeiro nesse final de dezembro. Talvez tudo isso ajudou na leitura, eu a fiz com a cabeça limpa, minha única preocupação foi encontrar um lugar para ler na sombra e com vento. Mas a verdade é que eu adoro um livro tipo Sessão da Tarde, adoro romances com vai e volta, com personagens lutando para não se entregarem aos sentimentos e adoro livro com animais fofos. E o Robert é o chefe dos animais fofos! Honestamente? Eu amei esse livro!

O livro conta o romance da Kate, uma jovem mulher de 28 anos que depois de 100 encontros desastrosos, desistiu de procurar por alguém, pelo seu cara certo. O que é um grande problema se você é dona de uma agência de relacionamentos e possui um dom especial que te faz sentir se aquele casal é o casal destinado a ficar junto. Só que esse mesmo dom é um problema para Kate, porque ela vai sentir quando um cara é o para sempre dela, ao sentir um baita choque ao tocar nele, e ela até agora nunca sentiu isso com ninguém, e o pior, quando ela tá nos encontros, vez ou outra, percebe que o seu par é o perfeito de outra pessoa e ela acaba juntando os pares e ficando sozinha, com o seu controle remoto e seu cachorro resgatado, o Robert. 

Adeus, número cem. Aquele encontro merecia um lugar no livro dos recordes de piores desastres.
Ainda levaria um bom tempo até que encontrasse forças para começar a pensar no centésimo primeiro.

Um parênteses: no final do livro, a Jennifer conta que a história do Robert é real. Kate o adota depois de encontrar ele atropelado em uma estrada, com as patas traseiras esmagadas, porque alguém decidiu jogar fora um ser vivo como se ele fosse um objeto. Mesmo aconselhada a sacrificar ele, Kate se encanta pelo olhar cheio de esperança do cachorro e o adota, criando com ele uma relação maior que dono e cachorro, mas uma relação de amor e eu que tenho meu cachorro amado resgatado também da rua quando era um filhote fraco de tanto carrapato que tinha em seu corpo, fiquei muito emocionada durante a leitura. Por mais pessoas com bons corações como aquelas que adotaram o Robert e eu vou deixar o link da página oficial do Robert aqui para vocês conhecerem essa coisa linda!

Esse é o verdadeiro Robert com uma cadeirinha de rodas como o do Robert do livro usa
Voltando ao livro, vamos conhecer o Slade, advogado especializado em divórcios e muito bom no que faz. Que entra em uma cruzada contra a Kinnections, empresa da Kate, quando a sua irmã mais nova decide que já é hora de ir morar sozinha e tentar novos relacionamentos depois que o último a deixou literalmente no fundo do poço. Slade é muito protetor em relação a sua irmã, ele já viu a Jane em seu pior e tem muito medo do que pode acontecer com ela se essa agência for uma fraude. Ele então vai com tudo para provar que a Kate é uma golpista!

As pessoas são muito previsíveis em certas circunstâncias. No amor por exemplo. A promessa de algo que já fez a Disney ganhar uma fortuna com filmes de criança funciona como um Santo Graal. As pessoas são capazes de lutar, roubar e pagar quantias que não têm pela oportunidade de acreditar em um milagre.

Eles fazem, então, um acordo. Se a Jane encontrar o par ideal do Slade, ele dá o braço a torcer e ainda vai fazer propaganda da Kinnections, caso contrário, vai processar ela e suas sócias e correr com a irmã para as colinas. O problema? O par perfeito do advogado que não acredita no amor e nem no felizes para sempre é a dona da agência de relacionamentos que acredita no amor e que tem o dom de sentir os casais perfeitos! Kate com Slade são perfeitos um para o outro, falta os dois descobrirem isso!

Quando eu olhei dentro dos olhos do Robert, eu vi mais do que um cachorro deficiente. Eu vi uma alma linda, que precisava de alguém que lhe desse essa chance, que havia sido ferida tantas vezes, mas que ainda tinha coragem de tentar mais uma vez comigo. Ele estava disposto a tentar mais uma vez e confiar em mim. (...) Não pensei no dinheiro, nem no tempo, nem no sacrifício. Porque o que eu recebi de volta foi muito mais.

O livro narra justamente os dois lutando contra a realização de que um é perfeito para o outro, afinal, os dois tem medo do que sentem. Kate, apesar de ganhar a vida e acreditar no amor, tem muito medo de se entregar para alguém tão descrente quanto o Slade e ele já desistiu do amor a muito tempo e não se permite pôr a prova. Foi uma delícia ver as brigas dos dois! E as pazes, porque nessa hora a coisa ficava tão quente quanto o verão carioca!

A noção de que mulheres tão vibrantes e passionais como elas lutavam contra pressões e demônios interiores só lhe fazia lembrar de uma importante lição negligenciada. Ninguém deve julgar a aparência antes de saber a verdade. Ele sentiu vergonha. Não era isso que os outros faziam com a irmã dele?

À Procura de Alguém é na realidade um spin off de outra série da Jennifer Probst, e eu vou confessar que já corri para comprar o livro da outra série e já estou deprimida em descobrir que ele foi lançado aqui no Brasil em 2014 e desde então não existe sombras de lançamento dos outros livros. Então se alguma editora estiver lendo a minha resenha, aqui vai um apelo: comprem todos os livros dessa mulher e publiquem no Brasil!!!!!!

Sabe, o amor é uma coisa engraçada. Não há garantias, só o dia a da e o momento. Você faz os votos, torce pelo melhor, e faz o que pode para amar a pessoa com quem está.

Não sei se vão vender milhões, mas um eu já garanto, que é o meu e ainda garanto resenha! E tudo isso porque a escrita dela é muito gostosa. O livro foi narrado em terceira pessoa (menos o epílogo) e ela levou tão bem as brigas (várias, perdi as contas!) do Slade e da Kate, recheou tudo com muitas referências (incluindo uma para a Irmandade da Adaga Negra que eu dei gritinho sem dignidade alguma) e fez a história fluir de forma tão ritmada que no fim você não percebe que está reagindo ao livro, você simplesmente se entrega. Me peguei rindo sozinha diversas vezes, falando com os personagens (dei uma assustada na família, mas já tá tudo resolvido!) e me emocionando com o Robert que quando acabou só queria mais!

Eu não estou atrás do 'para sempre'. Só estou à procura de alguém. Acho que mereço isso.

Não que a história deixe buracos, tá tudo fechadinho, mas eu gostei tanto do livro, me envolvi tanto com os personagens que estou me sentindo meio amiga da Kate e do Slade e agora que o livro acabou eu meio que preciso ter notícias deles e só por isso preciso ter mais livros dela. Preciso dessa série inteira publicada no Brasil e tudo mais que sair das mãos da Jennifer, porque eu posso ter encontrado uma nova favorita!


Nome original: Searching for Someday
Série: À procura de Alguém #1
Autora: Jennifer Probst
ISBN: 9788584390366
Ano: 2016
Páginas: 288
Compre aqui: Amazon BrSaraiva
Classificação: 

Sobre a autora:

É autora best-seller do New York Times e USA Today e vive no estado de Nova Iorque. Ela escreveu o seu primeiro livro aos 12 anos de idade e nunca mais parou. Tem mestrado em literatura inglesa, é casada, tem dois filhos e dois cachorros resgatados.

Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. Olá
    Não me fale que a história tem bichinhos, isso é jogo sujo T.T
    Também tenho animais resgatados, no meu caso gatos, e tive uma com necessidades especiais.
    A história parece bem fofa, viraria um filme muito lindo

    ResponderExcluir
  2. Oi, Talita
    Devo confessar que pouco sabia sobre a autora até ver todo mundo postando resenha desse livro. Gostei bastante da trama e acho que gostaria do livro tanto quanto você. Adorei a dica.
    Mas quem me conquistou mesmo foi o Robert. Eu amooo cachorros e já curti a página dele. Acho que também me emocionaria.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não conhecia o livro mas já fiquei completamente interessada por ele, Adorei a sua resenha e conhecer um pouco sobre a história.

    ResponderExcluir
  4. Caramba, Talita...
    Quanta empolgação! Eu adoro livros "sessão da tarde" e depois de ler a sua resenha e perceber seus sentimentos em relação a essa leitura, decidi ir atrás de um exemplar desse livro hoje mesmo!! Amei!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Oies!!!

    Eu não conhecia o enredo, só o livro de capa e achei ótimo ser bem escrito assim!! É muito bom quando nos empolgamos com uma obra né?
    Tenta mandar para editoras os titulos dela pra ver se alguma se prontifica a publicar.

    Beijnhos

    ResponderExcluir
  6. Tem livros que são tão, mas tão bons que acabamos querendo mais, uma sequência que traga notícias dos queridos personagens que sentimos falta. Entendo bem isso!! Gostei muitíssimo da premissa de A Procura de Alguém e agora quero MUITO realizar a leitura. Ótima dica <3
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Não acredito que ele é um spin-off de uma série? Já entro na campanha para lançarem a série toda. Me emocionei muito quando você mencionou o cachorro, porque aqui em casa também tenho uma cachorra resgata da rua. Criei ela desde que nasceu, já que sua mãe morreu aqui na rua e sei como isso nos toca. Adorei saber o enredo e de como será a história dos dois protagonistas. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. oie!
    Eu cheguei a comprar o livro, mas ainda não consegui ler, acredita?
    Estou bem curiosa para ler o livro, mas deixei aqui na pilha e não li. Agora depois da sua resenha, fiquei com mais vontade de ler.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Já tinha visto esse livro em algumas lojas mas admito que pela capa eu não fazia ideia do conteúdo e nem dava muita coisa por ele mas a trama que você descreveu é o meu tipo de história, com romance e momentos que vão do emocionante ao divertido, sem falar na existência de um cachorrinho. Quero pra ontem haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Apesar de simples, eu achei essa capa um arraso e foi a primeira coisa que me atraiu para esse livro.
    Já tinha lido algumas resenhas sobre o livro, mas por estar com algumas leituras atrasadas não pude ter a oportunidade de fazer esta leitura ainda. Contudo, pretendo fazer esta leitura e saber que tem referências a Irmandade da Adaga Negra me deixou ainda mais ansiosa por essa leitura *----*

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Porque as melhores autoras as editoras abandonam a publicação ainda no primeiro livro hein? Aconteceu o mesmo comigo e o livro dá LA Casey que só foi lançado o primeiro. Triste fim. Beijos

    ResponderExcluir