Resenhas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

:: Resenha 246 ::"Antes de Partir", Colleen Oakley






Sinopse: Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?







  Olá Pessoal!! Tudo bem com vocês?
  Hoje venho falar com vocês a respeito de um livro que me deixou simplesmente fora do ar. Eu adoro livros dramáticos, que me fazem chorar e refletir na vida. Mas acho que esse supera todos que já li.

"Franzo a testa, pois tenho aquela sensação lá no fundo do estômago de que estou me esquecendo de alguma coisa. Será que desliguei o fogão? Lembrei-me de pegar meu almoço na geladeira? A troca de óleo de meu carro está atrasada?
Então minha ficha cai, e não consigo acreditar que tenha me esquecido mesmo por um segundo.
Meu câncer voltou."


  Em Antes de Partir, vamos nos deparar com a história de Daisy, ela tem 27 anos, é casada e há 3 anos ela se curou de um câncer de mama, e a partir disso ela mudou completamente sua vida: virou vegetariana, todos os dias pela manhã toma um smoothie verde, só come produtos orgânicos e nada de gorduras, tudo isso por medo de um dia seu câncer voltar. E quão foi sua surpresa, nas vésperas de completar seu 3º "câncerversário", ela descobre que seu câncer voltou, e agora três vezes pior. Seu corpo se tornou um monte de câncer. 

" Dietas. Meditação. 'já tentei isso', desejo dizer-lhe, mas não tenho voz. Então, em vez disso, penso. Listo todas as coisas que fiz nos últimos quatro anos para evitar um momento exatamente como este. Ioga. Odeio Ioga. Assar, grelhar, refogar, fritar levemente no óleo todos os legumes conhecidos pelo homem. Odeio legumes. Exercícios de respiração. Preparar 1.467 smoothies. Mais os menos. Beber 1.467 smoothies. Mais ou menos. Comer mirtilos. Comer romãs. Beber chá verde. Beber vinho tinto. Tomar óleo de peixe. Tomar coenzima Q10. Evitar fumo passivo a qualquer custo.
E mesmo assim, aqui estou eu."

  Daisy é uma mulher muito vaidosa, é maníaca por limpeza e arrumação. Ela é formada em psicologia e é viciada em listas (quais itens ela normalmente não cumpre), e tem um casamento perfeito, tirando o fato que seu marido Jack é extremamente desorganizado e bagunceiro, e ela vive arrumando os rastros da bagunça dele. Jack é médico veterinário, e está estudando para seu Doutorado e Ph.D, tudo ao mesmo tempo, então ele nunca está em casa.

  Ao descobrir de seu câncer e de seu pouco tempo de vida, Daisy começa a surtar. Ela já fica imaginando que não verá seu marido se formar, não terá filhos, não irá terminar sua especialização, não estará em casa para consertar as vigas da varanda e nem passar o selante nas janelas. E tudo isso porque o seu câncer decidiu voltar e acabar com sua maravilhosa vida.

  E o que mais a choca é chegar ao denominador Jack: o que acontecerá com ele quando ela se for? quem vai lavar suas roupas e impedir que ele só coma porcarias? Ou quem irá juntar as meias que ele acumula no pé da cama?. E então Daisy começa a sua saga de encontrar uma candidata a sua altura para ser a companheira de Jack. A história se baseia principalmente no que ela tem que fazer antes de sua morte.

"Os cantos de meus olhos ardem ao imaginar Jack sozinho em nossa cama. Em nosso minúsculo quarto escuro que, de repente, parece cavernoso, vazio e triste. Esse pensamento é suficiente para me quebrar no meio. Para me matar bem antes que o câncer.
Jack precisa de mim.
Faço que não com a cabeça.
Não, Jack precisa de alguém. Um corpo quente. Um corpo sem um monte de câncer que cuide dele, que o ame e junte suas meias sujas quando ele não tiver tempo para isso."

  Esse livro foi um choque de realidade pra mim, eu sou casada e a todo momento eu pensava: e se um dia acontecer comigo? Impossível não se colocar no lugar da Daisy, ela foi extremamente forte ao lutar por sua vida, se colocou em segundo lugar para seu marido se formar. Afastou a todos que amava para não sofrerem depois que ela partir. Em certos momentos ela é bem chata, super egoísta, você vê que quanto mais ela afasta Jack, mais ele se deixa ser afastado, e você acaba o odiando por isso. Mas depois você entende o porquê dela estar agindo assim. Em muitos momentos me deu vontade de pegar a Daisy e dar uns tapas nela, mas depois me dava vontade de pegar e abraçá-la.
"Agora que estou morrendo, o céu parece maior. Ou talvez seja eu que me sinto menor. Ou talvez seja só quando se está morrendo, ou não, que a pessoa realmente para a fim de observar a vastidão azul suspensa acima dela, que ela não pode deixar de se sentir irrelevante. Impressionada com o quanto sua vidinha é insignificante na grande escala das coisas."

  Em suma, é um livro muito bem escrito, uma leitura fácil e dramática, uma capa linda (vocês já devem ter observado que sou a louca das capas, né?), impossível não se emocionar. Se você for manteiga derretida como eu, irá derramar muitas lágrimas. Ele envolve muito sentimento, angústia e a autora tentou mesclar isso com bom humor, o que deixou o enredo fantástico. É um livro que fala sobre perda, morte, aceitação, companheirismo, ele vai fazer você passar por um misto de emoções como raiva, dor, amor. Vi algumas resenhas sobre ele antes de compra-lo e as qualificações variam muito, e sim ele é o tipo "me ame, ou me odeie", e eu amei mesmo, tocou profundamente minha alma, não o compare com 'Como eu era antes de você', leia com carinho que você verá o incrível dela. Sem dúvidas é um livro pra te fazer refletir e te deixar de coração partido, como eu estou agora. 
Depois me contem o que acharam. ;)

"O que você faria se só tivesse seis meses de vida?"

Beijos ;*

Título: Antes De Partir
ISBN-13: 9781760112103
ISBN-10:  1760112100
Ano: 2016
Páginas: 320
Editora: Bertrand Brasil
Compre aqui:  SaraivaAmazonSkoob 
Classificação:



Sobre a autora:

Colleen Oakley é jornalista com artigos e ensaios publicados em jornais e revistas como The New York Times, Women's Health e Marie Claire. Gosta de Escrever, ler e beber tequila - não necessariamente nessa ordem.
Vive em Atlanta com o marido, dois filhos e um enorme vira-lata chamado Bailey. 

Comente com o Facebook:

18 comentários:

  1. Olá Mari!!!
    Parabéns pela resenha!!!
    Não sou muito fã de drama, pq sofro horrores kkkkkkk... E por essa resenha, já quis chorar "aloka" kkkkkkkk... MMa é muito boa!!!
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Vanessa!!
      Sofro demais também, mas não resisto a leituras assim, rsrs

      Beijinhos

      Excluir
  2. Quero ler!!!! Adoro uma sofrência e adorei a resenha! Fora que essa capa é muito amor!! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Bia!!
      Você não vai se arrepender, é sofrência do inicio ao fim, mas é bom demaiss!!

      ;)

      Excluir
  3. A capa é mt gracinha, mas eu não leria esse livro.
    O enredo me lembra muito o filme Lado a Lado, interpretado Julia Roberts e a Susan Diva Sarandon... rs... por isso não leria esse livro, mas que bom que gostou.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha parando para pensar agora lembra mesmo!!

      ;)

      Excluir
  4. Ai gente, estou apaixonada por este blog, sério, já estou seguindo <3
    Quero falar sobre livros e fazer resenhas no meu blog também, se você puder de uma passadinha lá.
    Beijos <3
    https://meublogthaila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiii!

    Eu não li esse livro, na realidade só lembro de algumas resenhas sobre a obra, mas não me lembrava muito. Agora que li sua resenha vou tentar ler com a cabela mais leve... Gostei de saber o quanto te conquistou!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oiee Mariana ^^
    Eu também adoro livros que têm uma carga dramática grande, e sempre tive curiosidade de ler este, mas não era bem prioridade, sabe? Sua resenha me deixou ainda mais curiosa...haha' saber que foi uma leitura que te envolveu e te emocionou tanto me fez colocá-lo no topo da minha listinha.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Flor!!
      Leia e depois me conte o que achou.... estou extremamente apaixonada pela obra.

      Beijinhos

      Excluir
  7. Menina, me interessei pela história de Daisy pelo simples fato dela ser maníaca por limpeza e organização. A parte da doença me desanima porque sei que será uma história tocante. Mas choques de realidade às vezes são necessários.
    Ótima resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. A capa desse livro é linda e a história me chama a atenção pela originalidade. Deve ser complicado estar sentenciada a morte e imaginar como ficariam a família e pessoas queridas após sua partida. Pretendo ler com certeza.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mariana!

    Como assim eu ainda não conhecia esse livro??? Eu sou completamente apaixonada nesse gênero e pela sua resenha preciso garantir o exemplar pra já! Parece ser um livro bem envolvente. Olhei rápido e até pensei que era algum livro da Jojo que ainda não conhecia, hahaha! Que é uma das minhas autoras favoritas, por sinal. Parabéns pela resenha, a dica está anotadíssima!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Nossa também adoro um drama para chorar. Sua resenha me deixou com vontade de ler o livro para ontem. Adoro histórias que nos emocionam e que são envolvente. Amei demais e por isso dica anotada!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Só eu que olho essa capa e lembro da jojo ?
    Eu simplesmente estou louca para ler esse livro, a premissa é minha cara, embora eu não concorde com alguma das atitudes da protagonista hahhahahaha.
    Acho que vou curtir muito, pois amo um livro com drama e que nos emociona. Adorei a resenha e verdade... a capa é linda.

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    A coisa que mais me chamou a atenção nesse livro foi a capa, adoro capas fofas e bonitas. Já me identifiquei com a protagonista, pois também adoro fazer lista, que como a personagem não cumpro nem metade hahahaha. Estou bem empolgada para esta leitura, acredito que irei gostar bastante.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir