Pular para o conteúdo principal

Cinquenta Tons Mais Escuros, o filme


Sim, sim, eu sei que eu já deveria ter vindo aqui fazer esse post já tem alguns dias. Já deu tempo de ir ao cinema duas vezes! Uma com a mamis e com as amigas e depois com o boy... porque, né? Faz parte ver com o boy, se é que vocês me entendem. :3 Mas, tudo bem, antes tarde do que mais tarde, não é mesmo? Então, vamos lá. Diferente do post sobre o primeiro filme, que vocês podem ver aqui, este eu vou ser breve, deixando a minha opinião sobre esse tãããooo aguardando segundo filme, que aliás, é do meu livro favorito da trilogia.

Como eu só fui ver o filme no sábado dia 11, váááárias amigas que viram na pré-estreia já vinham surtando e comentando tudo o que tinha direito sobre o filme. O que tinha e o que não tinha, melhor dizendo... o.o

Na verdade, desde as gravações e escolha do elenco, eu já sabia o que viria diferente neste segundo filme. Eu só não esperava que tivesse TANTA diferença assim! 100 or! Mas, ok, adaptação é adaptação, né meeessss? Então!

Bom, eu achei o filme ótimo, sinceramente. Eu acho que ele foi um resumo perfeito da história que vemos no segundo livro da trilogia. Eu só não posso falar que ele está fiel, porque isso ele não está. Eu sei também que é muuuuito difícil, qualquer filme ficar fiel ao seu livro, mas você cortar um mooonte de coisas coisas, você ter de adaptar todas essas coisas pra casar no filme, eeerrr... me dá um negócio!!! >.<

É que assim, vamos dar um exemplo pra deixar o que eu estou querendo dizer, bem claro. Vamos falar de Ethan. Ethan é o irmão de Kate e ele está em váááárias cenas importantíssimas do livro ao lado de Anastacia. Mas Ethan não está no filme!!!! Não tem Ethan no filme e tem, no filme, as cenas que ele aparece no livro! Confuso? Ok, vamos lá! Sabe quando a louca da Leila entra no apartamento da Ana e da Kate? Pois então, Ethan tá na parada! Quando Ana sai chorando de lá ao ver o Christian todo dominador controlando a Leila? Ethan tá lá!!! Mas quede-lhe esse homi no filme, minha gente?

Não tem Ethan, não tem Dr Flynn, não tem cena da sinuca, não tem váááááárias paradas legaaaaiiisssss!!!! >____<  Mas tuuuuuuuuuuuuuuudo bem, né? O que podemos fazer, não é mesmo? Já tá feito. E mesmo não tendo várias paradas que, pra mim, são super importantes, ainda assim o filme ficou bom. Pior que é sério!

Diferente do primeiro, que me pareceu um filme mais pra galera que tinha lido o livro, do que pra galera que não tinha lido; este segundo eu achei bem mais amarradinho, dando pra galera entender. O primeiro sempre dava aquela sensação de que faltava algo entre um acontecimento e outro pra dar liga na parada.

Então... faltaram cenas importantes? Sim!
Tiveram cenas diferentes por falta de personagens? Sim!
O cabelo da Mia (Rita Ora) estava zuado e diferente do livro? Sim!
Kim Basinger tá velha? Pacas!
Dakota chorou sem lágrimas quando Christian volta do acidente com o Charlie Tango? UHUM!
Mas, mesmo assim o filme foi bom. rsrsrs

Sério, falando sério! Passaram a essência do que é a história do livro sim, só não foi fiel. Jamie Dornan está bem melhor que no primeiro filme, até porque o personagem pedia esse jeito novo, esse amadurecimento. Então, como fã, eu curti sim, eu vi duas vezes e vou ver quantas vezes mais eu quiser, assim como o primeiro. Mas, claro, eu adoraria ter visto o Ethan e o Dr Flynn no filme, assim como outras cenas que nós não vimos, e que dizem por aí, estarão nos extras do DVD especial e do Blu-ray (Já venderam seus rins?).

E é isso, não tem porque ficarmos de mimimi, a gente nunca vai ver o livro inteiro, perfeitinho nas telonas. Agora é esperar 2018 chegar pra mais surtos, mais histeria, mais mimimi e mais suspiros. ;)
Beeeeeeeeeeeeijos!








Comentários

  1. Olá,

    Infelizmente eu não fiz a leitura dos livros até hoje, e consequentemente não assistir nenhum dos filmes. Estou com muita vontade de acompanhar os lançamentos, mas como estou enrolando para comprar e ler os livro para depois assistir os filmes, não irei conseguir acompanhar os lançamentos, mas juro que irei tentar! ♥

    ResponderExcluir
  2. Ola Bia!!!
    Adorei seu ponto de vista...e concordo!!!
    Pra não ser "muito" mimizenta kkkkkkkk (pq não curto adaptação, então não consigo me acostumar com os filmes dos livros q eu gosto/Amo...),vou tentar ser breve e comentar q acho uma sacanagem a cena da sinuca e outras q faltaram, estar só no DVD e Blue-ray... Quando lançaram Titanic (eu sei,foi em outra vida, mas abafa...kkkkk), ele tinha 3 horas de filme e mesmo assim lotou os cinemas e teve até q prolongar o cartaz (não sei se é assim q fala, mas deu pra entender né?? kkkkk), então, acho uma puta falta de sacanagem, as cenas de 50Tons Mais Escuros, não ter no cinema, dando a desculpa esfarrapada, q seria por conta do tempo... Mas fazer o q né???
    E pra terminar, vc disse q o outro filme, foi pros leitores e pra mim, esse foi pro público q não leu...agora q venha o terceiro pra saber se vai ser pros 2 gostos....Oremos <3 kkkkk
    Pronto, chega de mimimi!!!
    Bjs Lindona :-*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei