Resenhas

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Impressões :: “Revolução Moral”, Kris Valloton e Jason Valloton


Sinopse: A inocência da pureza sexual tem sido pervertida pelo mundo e sabotada pelos fariseus religiosos. Ao longo do tempo, o ataque dos predadores sexuais e pornográficos tem distorcido a mentalidade desta geração.

Pessoas em todos os lugares estão lutando para se libertar desta terrível prisão. Revolução Moral é mais que um livro, é um manifesto que irá reescrever os paradigmas sexuais do nosso tempo e libertará o planeta para comemorar a virgindade, assim como a aliança de amor. Este livro mexerá com você!

Olá, pessoal. Hoje venho trazer pra vocês as impressões que tive do livro Revolução Moral, livro que recebemos no 1ª Evento da Aliança de Blogueiros do RJ. 
Preciso deixar claro que esse livro foge completamente do meu gosto e estilo, porém, dá pra tirar alguns pontos interessantes dele. 

Voltado para o público cristão, Kris Valloton, em Revolução Moral, propõe uma mudança radical, tanto de pensamento quanto de atitude. A ideia dele com esse livro é tirar todas as dúvidas que os jovens cristãos têm, demonstrando os motivos de se manter puro até o casamento. Ele também demonstra o caminho que esses jovens devem seguir para manter essa pureza.

Dois pontos que me intrigaram nesse livro foram:
Quando o autor fala sobre masturbação, ele nos informa que a Bíblia não menciona a masturbação uma única vez. Ela diz que o sexo fora do casamento é errado, Deus deixa claro que sexo com animais é abominável, que a ligação sexual com o mesmo sexo é um pecado contra si mesmo e contra os Céus; mas falar realmente sobre a masturbação? Nada, nadinha é dito. 

Com isso, fica a pergunta: se Deus nada fala sobre essa questão, quer dizer que não há nada de errado com isso? Aí é que tá; não! A real é que a Bíblia diz que Ele nos deu a permissão de resolver isso pessoalmente dentro dos limites das virtudes e valores que Ele já tinha nos revelado. E todo mundo sabe que, de acordo com Cristo, olhar para alguém com cobiça é a mesma coisa que cometer adultério. Então, isso quer dizer que a razão para se masturbar enquanto fantasia a respeito de outra pessoa, viola claramente a sua integridade e corrompe o seu coração.

O autor também cita que uma das interpretações mais erradas sobre a masturbação, é o pensamento que diz “Um dia, quando eu me casar, isso vai acabar.” Ele diz que esse tipo de pensamento é, geralmente, uma organização para o desastre, já que ao se masturbar, o homem estará roubando da sua parceira o que é de direito dela. Que da mesma forma que o homem pode procurar filminhos para cuidar sozinho de suas necessidades, as mulheres também podem satisfazer suas necessidades emocionais em novelas, romances, privando-se assim, da motivação de buscar seus parceiros, prejudicando o casamento.

Para finalizar, ele diz que se você está indo se masturbar para saciar seu apetite sexual, tenha certeza de que você não está violando o seu relacionamento com o Céu, e esteja certo de que você não está usando isso para evitar assuntos mais profundos na sua vida. O importante é não deixar os apetites controlarem você. 

Bom, a minha opinião é que a masturbação é fundamental. Meninas e meninos devem sim conhecer seus corpos, saber o que agrada o outro também. É importantíssimo para um relacionamento feliz. Mas, eu concordo quando ele diz que você não pode se deixar controlar, que não é legal você ficar viciado naquilo. Nada em exagero é legal, certo?

E o outro ponto que super me chamou atenção, foi quando ele falou do motivo pelo qual Deus criou o hímen na mulher. O autor diz que Deus criou a sexualidade para ser expressa somente dentro dos limites da aliança de casamento. Ele fez isso porque o propósito do sexo não é meramente dar prazer, mas também de criar famílias. E a evidência para esse propósito existe na própria forma com que nossos corpos foram projetados. 

O hímen, aquela membrana que fica na vagina da mulher, contém sangue. Ela quase sempre é rompida na primeira vez que a mulher tem uma relação. Quando ela é rompida e o sangue é derramado, ele não se regenera, e nunca mais é preenchida com sangue novamente. Então o autor conta que um dia ele entendeu porque o Criador deu à mulher um hímen. Ele queria que as crianças nascessem de um relacionamento de aliança entre um marido e uma esposa, então, ele proveu o sangue, para que uma aliança de sangue pudesse ser feita antes de a criança ser concebida.

Então… rsrs… Essa visão pode até ser muito bonita, mas como eu comentei, eu não sou uma pessoa religiosa, então eu não vejo a coisa com esse fundamento. Se a sua religião diz que você deve se casar virgem. Show, boa sorte aí e seja feliz! 

Sexo é algo maravilhoso e como diz o comercial do Boston Medical Group, sexo é vida! Só que é algo que você tem que ter responsabilidade, muita responsabilidade na hora de fazer. Então sim, eu acho até bacana a ideia de você se guardar para algo legal, para um momento certo, uma pessoa certa e não viver uma vida louca e desregrada. Eu só não acho legal ser tão radical rsrs. A real é que cada um sabe o seu momento, a hora certa e se você é feliz seguindo uma determinada religião, tudo bem.

Pra encerrar, o livro é bacana pra você cristão, pois como comentei, os autores podem esclarecer muitas dúvidas que vocês tenham, então, se aventurem lendo Revolução Moral - A Verdade Nua e Crua Sobre a Pureza Sexual.

Título: Revolução Moral - A verdade nua e crua sobre a pureza sexual
Autores: Kris Valloton e Jason Valloton
ISBN-13: 9788581580814
ISBN-10: 8581580815
Ano: 2015
Páginas: 213
Editora: BV Books
Compre aqui: Saraiva

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Olá Bia!!!
    Adorei seu ponto de vista na resenha...
    Mas preciso dizer q não discuto sobre: Politica, Religião e Futebol Kkkkkkkkkkk
    E desejo q quem quiser casar virgem, q case e seja feliz... e quem quiser se masturbar e ter sexo gostoso a vontade, q aproveite, se satisfaçam e se divirtam muito e tb sejam felizes ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, Van, o importante é ser feliz!!!! <3

      Excluir