Resenhas

sexta-feira, 31 de março de 2017

:: Resenha 271 :: "A Sétima Cela", Kerry Drewery




Sinopse: “Martha Honeydew é a primeira adolescente a ser presa no novo sistema de justiça da Inglaterra. A polícia a encontrou ao lado do corpo de Jackson Paige, uma das celebridades mais queridas do país. Nesse novo sistema de justiça, o condenado tem sete dias – cada dia em uma cela diferente – para ter seu destino determinado pelos votos dos telespectadores. Se a audiência do programa decidir pela inocência do preso, ele será solto. Caso contrário, será morto na cadeira elétrica. Martha se declara culpada, mas há algo por trás da cena do crime que os telespectadores não sabem. Quem é, de verdade, Jackson Paige? Martha Honeydew é realmente a culpada? Será que esse sistema jurídico é justo? Nesta distopia eletrizante, todas essas questões nos fazem refletir sobre o poder do dinheiro que, muitas vezes, prevalece sobre a justiça. E Martha, uma adolescente forte e destemida, mostra sua crença em uma sociedade verdadeiramente justa, na força da amizade e do amor. Mesmo que isso possa custar sua própria vida.”





Olá coleguinhas, titia Grá voltou e hoje é para falar do livro A Sétima da Cela, da autora Kerry Drewery, que foi lançado pela editora Astral Cultural e que eu recebi de cortesia no 1º Evento da Aliança de Blogueiros do RJ.


Aqui a parada é distópica, tem uma mistura de perspectivas de primeira e terceira pessoa, e confesso que a história chegou a ficar intrigante a ponto de me provocar um debate interno rsrs.

É um mundo onde o sistema judicial não é o mesmo que conhecemos. Aqui as pessoas podem decidir o resultado do julgamento de alguém acusado de um crime, apenas votando por telefone ou internet. Tipo, não tem aquela parada de tribunal, onde são juntadas provas e analisadas através de um júri, defesa e tal. Aqui, as pessoas que são acusadas, são colocados em uma cela diferente durante sete dias antes de serem declaradas inocentes ou culpadas pela público. E a cada dia, essas pessoas são assistidas pelos mesmos e cada um de seus movimentos é criticado e analisado. 

Durante a leitura, chega a ser assustadora a forma de visão dessa "sociedade", vendo eles, todas as noites, sendo transmitidos por um programa de TV. É difícil explicar até que você pegue o livro, mas há momentos em que a história tem a capacidade de manipular os seus pensamentos e mudar a sua opinião através de situações e consequências.Você acha que tá indo para um lugar e quando vai ver, é arremessado para outro lugar com novas informações surgindo, assim como novos personagens.

 - Honeydew  foi presa e, de acordo com a Lei dos Sete Dias de Justiça, foi colocada na Cela 1 do corredor da morte. Este será um caso histórico; Honeydew, com dezesseis anos, é ao mesmo tempo a primeira adolescente a enfrentar a pena de morte  e também a primeira a ser julgada pelo sistema de Votos para Todos do nosso país, o sistema de justiça mais democrático do mundo, onde você, telespectador, decide o destino do acusado.
- Nós vamos acompanhar de perto aqueles que provavelmente serão os últimos sete dias de Honeydew. Você pode acompanhar o desenrolar dos acontecimentos por meio de todos os nossos portais de mídias sociais, assim como em nosso canal de televisão transmissões 24 horas por dia, Olho Por Olho. Nosso programa Morte é Justiça, que vai ao ar todas as noites a partir das 18h30, irá analisar os detalhes deste crime verdadeiramente hediondo e a vida da acusada, buscando explicações sobre o que levou a se tornar uma assassina tão fria, capaz de praticar esse crime brutal.
- A rapidez em admitir o crime pode já ter lhe reservado um lugar naquela cadeira elétrica quando os votos do público forem contabilizados e os resultados chegarem dentro de sete dias, mas, telespectadores,  não percam a sua chance de votar neste caso histórico.
- Eu sou Joshua Decker e lhes desejo boa noite. Voltamos agora com Kristina, no estúdio.

Martha é presa na cena de um crime, segurando uma arma e confessando matar uma celebridade. Ela então é levada para essa prisão onde vai passar uma semana, durante o qual o público vai votar por ela: se for inocente, ela é libertada e se for culpada ela vai morrer. 

Durante a leitura, você não sabe o que Martha está escondendo, o mistério te acompanha e de quebra nos presenteia com outra história e a forma como esse sistema de justiça funciona. Aqui, como em qualquer outro lugar, também existe a tal corrupção nesse meio e é gritante, e muitas vezes as pessoas nem sempre veem o que pode parecer tão óbvio. E como é de se esperar, a mídia tem um papel de influência importante em mentes totalmente maleáveis.  

Sendo assim, se você quiser embarcar nessa história intrigante e descobrir um pouco mais sobre ela, eu recomendo. Esse é o primeiro livro de uma trilogia e estou ansiosa para ler o segundo.

Título: A Sétima Cela – Livro I da Trilogia A Cela
Título Original: Cell 7
Autor: Kerry Drewery
ISBN-13: 9788582462652
ISBN-10: 8582462654
Ano: 2016
Páginas: 316
Editora: Astral Cultural
Compre aqui: Saraiva
Classificação: 



Sobre a autora:

Kerry Drewery é autora de dois outros livros juvenis aclamados pela crítica e indicados para prêmios internacionais: A Brighter Fear, de 2012, e A Dream of Lights, 2013. Antes de se dedicar integralmente ao ofício de escritora, ela era coordenadora de o programa BookStart da fundação BookTrust. Foi finalista da competição de melhor roteiro para programas infantis da BBC e se formou com honras no curso superior de Redação Profissional.
Kerry mora em Lincolnshire, na Ingraterr, entre o campo e o mar, em uma casa cheia de livros, filmes e cachorros.

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Olá Grá!!!
    Amei q resenha!!! Se vc não falasse q era uma distopia, ia pensar q era suspense, pois não entendo muito de distopia :-D
    Já vi q essa história é daquelas q te prende...Só dou graças a Deus, q isso ainda não existe na vida real e principalmente aqui no Brasil, pq ser julgado pelo público, em um país como o nosso, não daria certo nunca kkkkkkkkk
    Com certeza vai pra lista, mas tb vou esperar pra saber dos outros da trilogia ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir