Resenhas

quarta-feira, 5 de abril de 2017

:: Resenha 274 :: "Poder Extra G", Thati Machado





Sinopse: Empoderamento define. É por isso e a partir daí que a história de Nina — e de Nico, de Marcela e de Noah — existe. Nina não é uma mulher de tipos. E não apenas por causa dos seus noventa e dois quilos. Nina tem atitude e amor-próprio. Talvez não nessa ordem, mas quem se importa? Ao namorar Marco, ela achava que estava subindo mais um degrau rumo ao topo de sua autoestima. É claro que alguns sinais lhe alertavam do contrário, só que o ego pode ser bastante ensurdecedor quando nos convém. Depois de se dar conta da farsa que era o seu relacionamento, Nina deixa sua vida em São Paulo e parte rumo a Buenos Aires, para um mês regado a argentinos sedutores e muito doce de leite. Ela só não esperava que o país dos hermanos pudesse lhe trazer muito mais do que uns quilinhos extras.







Estamos quase acabando com essa mini (nem tão mini assim) maratona Aliança de Blogueiros, minha gente! Falta pouco! E eu devo dizer que dei uma escolhida a dedo para encerrar os trabalhos. Numa das últimas resenhas eu falei que poucos livros eu realmente lutei com a Bia para levar para casa, os outros a gente dividiu irmãmente, mas Poder Extra G foi um dos que eu falei Opa! Eu quero! Afinal, um chick lit com mocinha toda trabalhada no Girl Power e sem medo de ser feliz com os seus 92 quilos é o tipo de livro que todo mundo deve parar e ler!

E deixa eu falar rapidamente como eu conheci Poder Extra G. Temos uma amiga de muito tempo, antes do Viciados ser Viciados, a Marli, que leu esse livro ainda no Wattpad e me recomendou, mas aí enrolada como sou por natureza, acabei perdendo a época de publicação e a Thati (sentiu o grau da intimidade? #SouDessas) acabou deixando só a degustação e eu esperei ter tempo para comprar na Amazon. Aí vem o segundo maior problema da minha vida, eu e o tempo! Estamos oficialmente brigados! Dito isso, quando eu vi o livro na sacola da Astral Cultural, fiz o que toda pessoa pode fazer dignamente...ou seja baixei o Smeagol que há em mim.

E ele ainda veio autografado, mané!

Bizarrices a parte, vamos falar do livro! Poder Extra G é a história da Nina, uma brasileira que adora comer, não esconde isso e está muito orgulhosa e bem resolvida com as suas curvas, seu manequim 48 e seus 92 quilos! Mas nem tudo são flores na vida de Nina. Apesar de ser bem resolvida com o seu corpo e com quem ela é, ela namorou por dois anos o Marcos e ele nunca a aceitou muito bem, nem a sua família, mas sabe como é paixão, né? Tu vê o defeito do bofe, mas inventa mil desculpas para ele, até que não dá mais e com o fim do romance nocivo com Marcos, Nina decide embarcar para Buenos Aires e curar seu coração partido com muitas medialunas regadas a doce de leite argentino. Passei vontade durante o livro!

"Principalmente se você considerar o fato de que levei quase dezoito anos para entender que ser gorda não fazia de mim uma pessoa menos bonita, menos interessante ou menos capaz. O que me tornava tudo isso era o fato de eu aceitar ser diminuída por conta do meu peso, ser conivente com toda essa palhaçada. Por sorte, consegui reverter essa situação e encontrei meu amor-próprio escondido entra as roupas horrorosas que habitavam o meu armário."

O que Nina não esperava era que logo no começo da sua passagem de um mês em terras hermanas, ela fosse conhecer Nícolas, um argentino nem magro nem gordo, mas que é… gente o Nico é perfeito! Não é só a aparência dele que é encantadora, ele é perfeito! Ele gosta de ler, possui uma livraria (eu sofro de complexo Bela e a Fera, já me apaixonei nesse ponto), gosta da Nina com todas as suas curvas, a acha gostosa ela ser como é, afinal, assim ele tem onde pegar. Ou seja, todo mundo merece um Nico na sua vida e eu estou esperando o meu! Fora isso, a mãe dele é um amor de pessoa e seu irmão é tão maravilhoso quanto o Nico.

"Não havia um jeito fácil de lidar com aquilo. Foi fácil me apaixonar por ele. Mas as facilidades acabariam por aí, eu sabia bem. Eu logo embarcaria para o Brasil, e não havia previsão de data para a próxima noite a ser compartilhada a sós."

E é em toda essa onda maravilhosa de pessoas que reside o problema da Nina, ela só tem um mês na Argentina, depois desse tempo, ela tem que voltar para o Brasil, para a sua vida, seu emprego, seus pais… E se isso não fosse o bastante, Marcos, o ex bundão, decide que quer voltar com a Nina e parte para Buenos Aires no melhor estilo novelas mexicanas que a Nina adora e isso só se resume a uma coisa: confusão na certa! E vamos combinar, quem não gosta de um bom drama? Eu adorei cada um deles! Amei o livro, ri, me apaixonei, me encantei com os personagens e tudo isso é mérito da Thati Machado.

"Eu quero que se danem esses padrões. Eles alienam pessoas como você! Eu sou uma pessoa e isso... é só roupa, sabe? Não sou eu quem devo mudar para satisfazer a indústria da moda, ela é que deve mudar para atender mulheres maravilhosas e com um cartão de credito ilimitado como eu. Qual é o problema de vocês?"

O livro não é grande, tem só 239 páginas e da supercerto, apesar de Nina e Nico terem só um mês de romance para viver. As coisas são mais aceleradas entre eles e s história em si segura o ritmo. A escrita da Thati é leve, o livro esbanja bom humor, a Nina conversa com o leitor de tal forma que a gente se sente uma amiga escutando ela desabafar enquanto comemos umas colheradas de doce de leite. Agora se me perguntarem o ponto principal desse livro, é a mensagem poderosíssima sobre amor, não o amor de pares, mas o amor próprio! Em tempos de cyberbulling, mimimi e intolerância, um livro construído por uma protagonista que se ama como ela é, são os outros que devem aceitá-la e não ela que deve mudar para satisfazer os outros, é preciso! Não existe outra palavra para descrever, além dessa. Mais protagonistas como Nina, por favor!

Nome: Poder Extra G
Série: Poder Extra G # 1
Autora: Thati Machado
ISBN: B017M767TG
Ano: 2016
Páginas: 239
Editora: Astral Cultural
Compre aqui: Saraiva
Classificação:

Sobre a autora: 

Thati Machado tem 24 anos e mora em Niterói – RJ. Suas paixões são muitas: os livros, a escrita, os palcos, a lente das câmeras... Começou a escrever poemas e versos aos doze anos. Aos quinze escreveu sua primeira peça no colégio. Logo em seguida começou a escrever histórias para publicar em redes sociais. Alcançou a marca de mais de 3.500 membros na comunidade de suas histórias e cada uma de suas páginas tinha mais de dez mil comentários. Estudou artes cênicas e publicidade, trabalha como modelo Plus Size, é blogueira literária no www.nemteconto.org e todo o restante de seu tempo é destinado às histórias que habitam sua mente. Atualmente possui um livro físico (Ponte de cristal), duas obras na Amazon (Com outros olhos & Papel, caneta e ação) e a mais recente (Poder Extra G) está disponível no wattpad.

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Aplaudindo de pé pela resenha!! O livro, tem que virar filme 💗

    ResponderExcluir
  2. Aplaudindo de pé pela resenha!! O livro, tem que virar filme 💗

    ResponderExcluir
  3. Olá Tali!!!
    Ameiiii a resenha!!! <3
    Antes mesmo de ler a resenha, esse livro já estava na minha imensa lista e agora, posso dizer q o desejo aumentou bem mais...pois esse livro falando de aceitação, auto-estima e padrões de beleza, se encaixa para as "magricelas" (assim como eu) tb... O assunto sendo leve e engraçado, cativa mais ainda...Já quero!!! ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir