Resenhas

quarta-feira, 24 de maio de 2017

:: Resenha 290 :: "O Beijo Do Vencedor", Marie Rutkoski

Sinopse: A guerra começou. Arin está à frente dela com novos aliados e o império como inimigo. Embora tenha convencido a si mesmo de que não ama mais Kestrel, Arin ainda não a esqueceu. Mas também não consegue esquecer como ela se tornou o tipo de pessoa que ele despreza. A princesa se importava mais com o império do que com a vida de pessoas inocentes – e, sem dúvida, menos ainda com ele.
Pelo menos é o que Arin pensa.
Enquanto isso, no gélido norte, Kestrel é prisioneira em um campo de trabalhos forçados. Ela deseja desesperadamente escapar. Deseja que Arin saiba o que sacrificou por ele. E deseja fazer com que o império pague pelo que fizeram a ela.
Mas ninguém consegue o que quer apenas desejando.
Conforme a guerra se intensifica, Kestrel e Arin descobrem que o mundo já não é mais o mesmo.
O oriente está contra o ocidente, e os dois se encontram no meio de tudo isso. Com tanto a perder, é possível alguém realmente ser o vencedor?
Numa narrativa tão empolgante quanto sensível, a difícil paixão entre Kestrel e Arin alcança um novo patamar. O beijo do vencedor é o grande final da Trilogia do Vencedor

"CERTOS BEIJOS TÊM UM PREÇO ALTO"


Olá Pessoal!!
Enfim, é com muito pesar que anuncio o fim dessa trilogia que me deixou apaixonada. Não sou muito fã de trilogias/séries, porque, na minha opinião, o final sempre é decepcionante. Comecei a ler O Beijo do Vencedor, com um pé atrás, mas a Marie chegou me dando um tapa na cara com esse espetáculo de livro. Sério, já está na minha lista de melhores do ano.
**Essa Resenha contém spoilers dos livros anteriores**


No final do Crime do Vencedor, vimos que Arin se aliou com os Orientais e nossa querida Mariposa Kestrel foi presa por traição ao descobrirem a carta em que ela fez para Arin.

"No começo, não havia tempo para pensamentos assumirem a forma de palavras. Felizmente, sua cabeça estava vazia de histórias naquele momento. A guerra estava próxima. Estava diante dele. Arin havia nascido no ano do deus da morte e finalmente estava grato por isso. Entregou-se ao seu deus, que sorriu e se aproximou. As histórias vão trazer sua morte, ele murmurou no ouvido de Arin. Agora, apenas escute. Escute o que vou dizer. Arin escutou."

No Beijo do Vencedor iremos ver um Arin sério, centrado e sedento por vingança. Os planos para a Guerra começam, e a presença de Roshar vai ajudar muito nesse momento. Ele ainda acredita que Kestrel o odeia e só fez ele de bobo. Enquanto isso Kestrel está comendo o pão que o diabo amassou na Tundra, lá os prisioneiros tem que recolher enxofre, e são drogados a todo momento, fazendo com que assim eles se esqueçam de tudo, e Kestrel percebendo isso, e sabendo que nunca sairia daquele inferno, preferiu assim esquecer. Em contrapartida, o Imperador soltou um boato dizendo que Kestrel e o Príncipe se casaram as pressas, para assim abafar o sumiço dela.

"Não importava que fosse traição. Não importava que estava prometida para se casar com o príncipe no dia de Primeiro Verão ou que seu pai era amigo de maior confiança do imperador. Kestrel ignorou que havia nascido valoriana. Tinha escrito o que sentia. Amo você. Sinto sua falta. Faria tudo por você.
Mas Arin nunca havia chegado a ler essas palavras. O pai dela sim, e seu mundo se despedaçara."

Arin estava muito bem, ficou sabendo que Kestrel se casou as pressas com Verex e fugiu para as Ilhas do Sul, mesmo achando muito estranho, ele continuou levando sua vida, até que um dia recebeu a visita de um cuidador de cavalos herrani, avisando que há algum tempo atrás uma mulher que estava em uma carruagem para prisioneiros em caminho da Tundra lhe entregou uma Mariposa para entregar a ele. Então aí é que a ficha de Arin cai, e ele começa a ligar todos os pontos.

Kestrel vai conseguir fugir da prisão, só que por causa das muitas drogas em que ela tomou, não se lembra de nada da sua vida antiga, e como ela está viciada nas drogas, começa a sonhar com elas. Ao se juntar aos herranis, ela vai recobrando a memória aos poucos, mas uma coisa ela tem certeza: Quer o General Trajan morto. E se preparem para sentir muito ódio e raiva do Trajan, para mim, ele é um homem sem coração e só pensa nele e em ter poder. Um homem que manda a filha para um inferno como aquele só pode ter um fim.

"Se tivesse sido inteligente, teria se casado com Verex. Ou não teria se casado com ninguém e teria entrado para o exército, como seu pai sempre quisera. Kestrel encostou a cabeça na parede de pedra com sua almofada de mofo. Seu corpo tremia. Ela sabia que não era apenas frio ou fome. Era abstinência. Ela sentia falta da sua droga noturna."

Então galerinha, teremos uma história em que se passa no meio de uma Guerra muito bem detalhada, muita ação e muito suspense. E veremos o reflorescer de um amor, que antes proibido, agora com a liberdade limitada com que uma guerra pode dar. Kestrel vai se mostrar a Guerreira com que o Pai sempre sonhou, e Arin, o deus herrani que todos queriam ser. Coragem e ambição não vão faltar para esses dois. Sem esquecermos de uma pessoa fundamental para encerrar essa história com chave de ouro: Roshar, ele vai se mostrar algo que eu nunca imaginava e amei cada segundo.

"Ela entrou em seus braços. Ele segurou a corda de sua trança com ternura. Estava se afogando. Estava muito abaixo da superfície. Ele havia se esquecido de como respirar.
Então, seus pulmões se abriram e sua mente ficou mais calam e clara.
-Volte para mim - ele murmurou.
-Eu vou voltar."

Em suma é um final maravilhoso, para uma Trilogia Fantástica. A coragem, determinação e força desse povo me emocionou bastante. É um livro lindo, super detalhado, cada peça se encaixa perfeitamente, e o final vai te deixar sem fôlego. Com certeza comecei essa trilogia pela capa, mas o conteúdo, meu Deus!!! é muito melhor. Deem uma chance, para uma das melhores histórias de Fantasia histórica que conheço.


Beijinhos :*

Título: O Beijo do Vencedor
ISBN-13: 9788550700755
ISBN-10:  8550700754
Ano: 2017
Páginas: 448
Editora: Plataforma 21
Compre aqui: AmazonSaraiva
Classificação: 


Sobre a autora:

Marie Rutkoski é autora de livros para crianças e jovens. Cresceu em Illinois, Estados Unidos, e é a mais velha de quatro irmãos. Decidiu logo cedo que seria "aquela que ama livros". Após cursar a Universidade de Iowa e viver um período em Moscou e Praga, Marie estudou a obra de Shakespeare em Harvard. Foi lá que aprimorou a peculiar habilidade de se referir a ela mesma na terceira pessoa.
Mora em Nova York e é professora de Literatura Inglesa no Brooklyn College. Anda convicta de que existem aves de rapina nas proximidades de sua casa, já que costuma ver grandes asas através da janela quando começa a escrever. Enquanto isso, seus dois filhos insistem em fazer amizade com o gato da família, mas o esforço tem sido em vão: eles sempre perdem para o calmo e escuro closet.

Comente com o Facebook:

13 comentários:

  1. Oi Mariana, confesso que não curti muito o primeiro livro dessa trilogia e por isso ainda não dei continuidade a ela, mas tenho visto resenhas animadoras de suas continuações e quero terminá-la ;) Eu curti a resenha, os gifts e eu gostei que há espaço para reflorescer o amor, mas imagino que vá ficar com o coração pequenininho pelo que Kestrel vai ter que passar, fiquei chateada só lendo a resenha e assim espero que quando ela vire uma guerreira, ela realmente vire uma guerreira e acabe com tudo haha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili!!!
      o primeiro livro é o mais lento mesmo, mas as coisas ficam muito emocionantes. Pode retornar a ler, você não irá se decepcionar ;)
      E ela virará uma guerreira e tanto, hahaha

      bjus

      Excluir
  2. Desde que li a primeira resenha dessa trilogia, fiquei encantada por essa estória, no entanto ainda não tive oportunidade de lê-la. Após ler sua resenha do segundo livro, e notório que a trama segue o mesmo ritmo, já que e bem desenvolvida,e cada peça e cena, se encaixa perfeitamente. Além do mais a trama possui muito suspense, aventura, e ação o que me deixou ainda mais entusiasmada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana!!
      Pode ler sem medo, é uma história super envolvente, cheio de aventuras e suspenses.
      Você vai amar!!!
      Bjus

      Excluir
  3. Oi Mariana ;)
    Confesso que li a resenha por cima, já que não comecei a trilogia ainda kkk
    Já está na minha lista de leitura, pra ser uma das próximas leituras! Estou super ansiosa *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari.
    Eu estou louca para ele essa trilogia a premissa me chamou atenção desde o primeiro livro e saber que a mocinha tão forte apesar dos acontecimentos me surpreendeu bastante estou torcendo para que eles Consigam o seu tão esperado felizes para sempre espero muito em greve está descontando dessa leitura e não poderia deixar de comentar o quanto eu amo essas capas são realmente lindas.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a série, mas achei a premissa ótima.
    É muito bom terminar uma sem se decepcionar com o final, né?
    AMO quando isso acontece!

    Beijocas,
    Thati Machado.
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  6. Confesso que quando vi esses livros eu amei a capa e o título deles. Já fiquei imaginando um monte de coisas. E que alegria ver que os livros só melhoram! Ok, não li muito pra não pegar uns spoilers da série, mas fico feliz de ver que termina bem e faz valer a leitura. Porque dá mesmo um certo pé atrás quando fazem livros de trilogias e séries e coisas assim porque bate um medo de não acabar totalmente bem...mas essa parece que valeu a pena, é bem detalhada, tem ótimos personagens e no fim das contas é uma fantasia e tanto pra quem gosta de livros do gênero. Queria ver se comprava os meus pra ler também!

    ResponderExcluir
  7. Olá Mari!!!
    Uau, muito Show essa resenha!!!
    Esse final de trilogia, parece daqueles q vc fica prendendo a respiração a cada página... Esse genero "fantasia histórica" nunca li, mas pode apostar, q depois de ler as resenhas, essa trilogia vai pra minha lista de leitura, com certeza... Apesar q só falta colocar esse último, pq os outros já estavam ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  8. Olá Mari!!!
    Uau, muito Show essa resenha!!!
    Esse final de trilogia, parece daqueles q vc fica prendendo a respiração a cada página... Esse genero "fantasia histórica" nunca li, mas pode apostar, q depois de ler as resenhas, essa trilogia vai pra minha lista de leitura, com certeza... Apesar q só falta colocar esse último, pq os outros já estavam ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  9. Olá Mari,
    quando vi que a resenha era do último livro fiquei meio assim, mas a capa é tão linda que quis saber da história mesmo assim.
    Adorei ler sua resenha, porque você passa sua paixão pela série nela rsrs imagina o cara lá cheio de raiva dela, enquanto ela come o pão que o diabo amassou. Eu sou apaixonada por fantasia e gostaria de conhecer a trilogia, mas no momento estou lendo duas da Sarah Maas e são enormes. Mas inclui nos desejado :D

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  10. Oi Mari ♥
    Eu sempre quis ler a série e, mesmo com os spoilers dos livros anteriores, eu me interessei MUITO! E agora? Como fazer? Com certeza vou colocar na minha estante do Skoob, e na minha lista infinita de leituras. Meu Deus! Parabéns pela resenha super completa! Conseguiu retratar tudo com maestria e com certeza vai animar muita gente pra ler!

    Beijinhos,
    Paulinha
    Não Leia!
    www.naoleia.com

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Li o primeiro livro da serie e gostei da historia e desse mundo que a autora criou, comecei a ler o segundo livro, mas a historia do segundo não rolou para mim, por isso acabei dando uma pausa na leitura, para poder fazer a leitura em um momento certo, lendo a resenha desse livro fiquei bem curiosa para poder retomar a leitura e poder finalmente ler o ultimo livro da serie, parece ser um livro fantástico e cheio de acontecimento e reviravoltas, doida para poder ler !!

    ResponderExcluir