Resenhas

segunda-feira, 24 de julho de 2017

:: Resenha 308 :: "As Terras Devastadas - A Torre Negra vol.3", Stephen King

As Terras Devastadas

Sinopse: Junto com Roland estão dois daqueles que ele levou consigo para esse universo: o ex-viciado nova-iorquino Eddie Dean e Susannah, nova identidade da mulher que combina em um mesmo corpo duas personalidades distintas. À sua frente estão as extraordinárias revelações sobre quem ele é e o que o motiva em sua busca. E contra ele se perfila uma legião cada vez mais numerosa de inimigos, humanos ou não. "A medida que o ritmo da ação e aventura, da descoberta e do perigo se acelera cada vez mais, o leitor é irremediavelmente absorvido por um drama espetacular, ao mesmo tempo assustador como um pesadelo... e estranhamente familiar. As Terras Devastadas é uma história magnífica, mais um testemunho do imenso talento de Stephen King. Inspirada no universo imaginário de J.R.R. Tolkien, no poema épico do século XIX "Childe Roland "a Torre Negra Chegou", e repleta de referências à cultura pop, às lendas arturianas e ao faroeste, A Torre Negra mistura ficção científica, fantasia e terror numa narrativa que forma um verdadeiro mosaico da cultura popular contemporânea. Com As Terras Devastadas, terceiro volume da magistral saga épica A Torre Negra, entramos mais uma vez no reino de uma das imaginações mais poderosas de nossa época: a do escritor norte-americano Stephen King. Neste romance emocionante, Roland, o último pistoleiro, se aproxima ainda mais da Torre Negra de seus sonhos e pesadelos - atravessando um deserto amaldiçoado em um mundo macabro que é uma imagem distorcida do nosso próprio mundo.


Fala galera,

Eu sou o Bruno e essa é a minha terceira resenha aqui no Viciados.
Espero que vocês já tenham terminado de ler o segundo livro da série.
Faltam apenas mais 5 livros e dois livros de contos, eu acredito em vocês (O_O)

Se vocês forem legais comigo, eu serei legal com vocês.
Leiam toda a série da Torre Negra e me cobrem, podem cobrar mesmo.
Assim ó ... "Bruno, você disse que se lêssemos toda a série da torre negra, você faria uma mega resenha turbo max, versão estendida sobre o menino maluquinho, do Ziraldo. Então se por acaso, mas só se por acaso eu me negar, vocês insistam dizendo "Você não pode deixar o menino maluquinho na mão, ele tinha macaquinhos no sótão".


Bom, hoje falaremos sobre o livro 3, As Terras Devastadas.

Quando você joga um objeto para o alto, ele tem 3 fases de movimento:
1 - Ascendente = Quando está subindo, se elevando.
2 - Ápice ou Apogeu = Quando atinge seu ponto mais alto.
3 - Decrescente = Quando começa a descer, sua queda.

Em se tratando do Sr. King e da série da Torre Negra, viemos de uma ascendente de 2 livros e chegamos ao ápice da história dessa saga épica, e pasmem ... prosseguiremos nesse ápice por um bom tempo. A história virou um satélite que entrou em órbita com seus leitores, e agora permanecerá no seu ponto mais alto até o final da saga.


Em "As Terras Devastadas", nosso herói e protagonista Roland Deschain, que era o último pistoleiro, começa a treinar o seu novo grupo de pistoleiros. Isso mesmo, vai ter ex viciado em heroína se tornando pistoleiro e uma mulher negra que não tem as duas pernas se tornando pistoleira também. E tem mais, se reclamarem muito vai ter até beijinho dos dois na história.

Depois de iniciarem essa nova aventura tendo um encontro nada amigável, repleto de tiro, porrada e bomba, com um dos 12 guardiões dos feixes, o grupo segue em busca da torre. 

Se até aqui você ainda não leu os outros dois livros, sinto muito, mas serei obrigado a começar a utilizar o linguajar da história e talvez seja necessário buscar certas traduções no google.

Como a roda do Ka não para nunca, perceberemos que Roland está voltando a ter talvez o mesmo grupo, talvez aqueles que morreram tempos atrás estejam voltando, vindos de outras realidades, de outros mundos, em outros corpos, com outros nomes. Ed começa a apresentar suas habilidades relativas ao "toque" e sente que precisa talhar algo na madeira.

Mas porque você falou sobre o menino maluquinho? Porque o pequeno JC é o nosso menino maluquinho, ou pelo menos as pessoas acham que ele é, pois julgam que ele também tem macaquinhos no sótão.

Jake Chambers volta a história, sim, Jake é o menino que morreu no primeiro livro, aquele que disse a Roland que existiam outros mundos. Eu particularmente não vou muito com a cara desse rapazinho, odeio tanto ele que um dos personagens de uma das minhas histórias é descendente direto dele. (^_^)


Opa, como assim? O King te deu permissão pra isso? Sim, fiquem tranquilos, deu até por escrito assim como Tolkien, Lovecraft, Baum, Kurosawa, Rowling e outros, deram permissão a ele ... lembrando é claro, que algumas dessas permissões ele pegou no centro espírita kkkkkkk.   

Mas é sério, eu tenho autorização dele sim, fiquem tranquilos.


Mas então, Roland, Ed, Su e Jake formam um grupo maravilhoso e em determinados momentos teremos a ligeira impressão de ver um pai, com seus dois filhos e a nora ... Como assim NORA? Siiiiiiimmmmmmm ... te peguei heim, top comentarista kkkkkkk.

Como diria Dilma, toda vez que você vê a imagem de uma criança, existe a implícita imagem de um cachorro, então se tem criança, tem que ter cachorro, mas o nome dele é "Oi" e não é cachorro, "Oi" é um "Trapalhão" ... uma mistura de guaxinim com cachorro, que repete palavras como papagaios.



As Terras Devastadas são a parte do mundo que já foi mais afetada pela destruição dos feixes.
Gasher e o Homem do Tic Tac darão um pouco de trabalho a nossos amigos, num ambiente pós apocalíptico que é a cidade de "Lud". Blaine dará mais trabalho ainda, Blaine é um saco.

Pra quem vai assistir o filme e não leu os livros, me parece que o filme é quase todo baseado em "As Terras Devastadas" só que não tem todos os personagens e não segue fielmente a linha da história.

Ed, Roland, Jake e Su ...


Sinceramente não sei nem porque o filme se chama "A Torre Negra".

Eu ainda estou me preparando psicologicamente pra ir assistir o filme como se fosse apenas um filme qualquer, quanto mais eu sei do filme, menos eu o acho parecido com a história original.

Mais uma vez, eu queria falar, digo, escrever tanto mais sobre o livro, ainda mais este, que é imenso e maravilhoso, mas ficaria massante e eu não iria parar nunca.

Vamos à aquelas dicas de quem já leu os livros traduzidos:
Blaine é uma "A.I.", uma inteligência artificial.
O "Dixie Pig" é um restaurante em Nova York.

Bom, por hoje é só, pe pe pessoal ...
Leiam logo esses livros e vamos fazer o clube do livro da Torre Negra (*__*)
Antes que eu encha essas suas bundas moles seus traseiros flácidos de balas (-__-) 

  

LONGOS DIAS E BELAS NOITES!



Título: As Terras Devastadas
Série: A Torre Negra # III
Autor: Stephen King
ISBN-13: 9788573026696
ISBN-10: 8573026693
Ano: 1991
Páginas: 526
Editora: Suma de Letras
Compre aqui: Saraiva
Skoob
Classificação:



Sobre o autor:

Stephen King era um leitor fanático dos quadrinhos EC's horror comics incluindo Tales from the crypt, que estimulou seu amor pelo terror. Na escola, ele escrevia histórias baseadas nos filmes que assistia e as copiava com a ajuda de seu irmão David. King as vendia aos amigos, mas seus professores desaprovaram e o forçaram a parar. De 1966 a 1971, Stephen estudou Inglês na Universidade do Maine em Orono, onde ele escrevia uma coluna intitulada "King's Garbage Truck" para o jornal estudantil, o Maine Campus. Ele conheceu Tabitha Spruce lá e se casaram em 1971. O período que passou no campus influenciou muito em suas histórias, e os trabalhos que ele aceitava para poder pagar pelos seus estudos inspiraram histórias como "The Mangler" e o romance "Roadwork" (como Richard Bachman).

  

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Então não, espero que antes que termine as resenhas eu tenha alguma vez dito sim eu comecei haha, eu não comecei a ler ainda, mas não perco uma de suas resenhas pois me divirto muito com elas, tanto que vou ler sim, não sei quando, mas irei ler essa série que tanto te encanta Bruno. Fiquei feliz que a série entra num ápice prolongado, isso é importante, não sei o que pensar sobre o fato do filme ser diferente, talvez veja o filme antes de começar a série pra decepção não ser tão grande rsrs e eu passei a resenha toda me perguntando: o menino maluquinho tinha macaquinhos no sótão?! :D :D

    P.S: Essa autorização de King tá ótima kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ler, é? MUITO BOM!
      Obrigado pelo carinho Lili.

      Excluir
  2. Olá!
    Bruno, você realmente faz nos ri com sua resenha.
    Sabe, quero muito ler os livros do senhor King, mas tipo, pensei que ele só fazia livros de terror mas ver um livro desse género, como fantasia fiquei bem curiosa por conhecer. Já sabia do filme mas nunca assisti e não tinha um certo Interesse por ele. Espero conhecer os livros todos de King!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Bom, você já deve ter assistido filmes com histórias do King que não são de Terror, como, "Conta comigo" e/ou "Um sonho de liberdade" e/ou "A espera de um milagre". Da uma chance pro King e seja feliz ^_^

      Excluir
  3. Olá Bruno!!!
    Demorei mas cheguei!!!
    E não encha "minha bunda mole"/"traseiro flácido"/"bunda miúda(essa é minha) de bala, mas acredite se quiser, ainda não adquiri essa série, portanto, ainda não comecei kkkkkkkk
    Mas posso dizer, q cada vez q leio as resenhas, me animo a ser o Tio King...Falando nisso, sua autorização não está autenticada, por isso cuidado...só avisando kkkkkkkkkkkk
    Sou suspeita em falar sobre adaptações de livros, pois odeio todas...isso mesmo...Todas!!! Mas Xaprala, espero q vc goste do filme, como vc gosta dos livros ;-)
    E podexa, q uma hora consigo conhecer essa série...(mesmo q seja em filme kkkkkkk)
    Abraço ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van,
      Muito Obrigado pelo carinho, sempre!
      Sabe o significado da palavra "cupincha"?
      cupincha: substantivo de dois gêneros
      B infrm. indivíduo com quem se tem amizade, companheirismo; camarada.
      Sou cupincha do tio King, to autorizado até sem papel kkkkkkk.
      Estamos te aguardando do outro lado da porta, existem muitos mundos.
      Abraço (^__^)

      Excluir