Resenhas

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

:: Resenha 329 :: "As coisas que fazemos por amor", Kristin Hannah




Sinopse: Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados. Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre. Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor. Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.



Angela, apelidada carinhosamente de Angie, está passando por uma fase difícil na sua vida. A separação, depois de tantos anos de casamento parece a decisão mais acertada. O amor aos poucos foi se apagando após tantas tentativas frustradas de ser mãe. Aos 38 anos, não tem mais nenhum fio de esperança para se agarrar, afinal, foram 2 abortos, um bebê prematuro que não sobreviveu e uma tentativa em vão de adoração.

Separada e infeliz, volta a cidade natal, ao seio de sua família sem muitas expectativas.

" - claro que sei. - Deu um sorriso meigo para a irmã e torceu para que não saísse tão triste como se sentia. - Algumas coisas acabam, Mira.
- O amor não deveria ser uma delas."


Lauren é uma adolescente estudiosa, com vários sonhos e planos de cursar uma faculdade boa e ser alguém na vida, diferente de sua mãe que é alcoólatra e leva um homem diferente para casa todos os dias.

David, seu namorado, a incentiva, mas ele não pode entende-la, afinal tem uma vida boa e luxuosa enquanto Lauren de vez em quando não tem nada para comer em casa.

Mas como o destino é cheio de surpresas, Angie e Lauren irão se cruzar, e quando se conhecem mais a fundo, enxergam uma na outra algo que nunca tinham provado, o amor de mãe e filha.

"- você pode falar comigo, Lauren. Eu sei que sou adulta, portanto faço parte do time adversário, mas às vezes a vida nos lança uma bola difícil de dominar. Falar sobre os problemas ajuda."


Quando peguei As coisas que fazemos por amor para ler, não sabia o que esperar desse romance de 352 páginas, pois não havia lido nada da autora. Agora, depois de lê-lo, entendo que de qualquer forma, não estava preparada para a torrente de emoções que esse livro causou em mim.

Sim, é um livro muito profundo e tocante que você lê entre uma página e outra com lágrimas nos olhos. Entretanto, não é triste. A autora tem muito jogo de cintura e soube pôr na balança os conflitos revezando com partes divertidas.

Me identifiquei com Angie e sofri com ela a cada momento que a falta de um filho se fazia presente em sua vida. Para sua sorte, a mãe e as duas irmãs estavam a postos para ajudá-la no que precisava, e até no que não precisava. 




A presença da família de Angie foi algo que gostei em especial. E em como o restaurante que estava falindo foi um ótimo cenário para a história se desenrolar e Angie se descobrir mais forte e criativa nele, afinal, o restaurante fora herança do pai, e este faz muita falta para ela.

" - Não faça piadas com guerra, Angela. Corte a salsicha mais fina. Mira. Não queremos nossos clientes conversando com uma árvore agarrada nos dentes. Mais miudinha."



No geral é um livro singular, cheio de sentimento e ensinamentos. Você vai se emocionar com a história dessas mulheres. Rir das peripécias da família, sobretudo da teimosia da mãe de Angie que jura que fala com o falecido marido, e torcer para a reconciliação de Conlan e Angie. Sobretudo desejar ler mais livros assim. Há rumores que o livro ganhará adaptação para o cinema <3.


Título: As Coisas Que Fazemos Por Amor
Autora: Kristin Hannah
ISBN-13: 9788580417692
ISBN-10: 8580417694
Ano: 2017
Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Compre aqui: Americanas, Amazon
Skoob
Classificação:



Sobre a autora:


Kristin Hannah é autora de 18 livros que já venderam mais de 8 milhões de exemplares no mundo. Ela largou a advocacia para se dedicar à sua grande paixão: escrever. Tem um filho e mora com o marido no noroeste dos Estados Unidos e no Havaí.

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Oi Brena, ainda não tive a oportunidade de ler nenhum dos livros da Kristin mas vejo resenhas elogiosas ao seu trabalho e tenho bastante curiosidade de conhecê-lo e a resenha deste livro me deixou bem interessada, a história parece mesmo ser única e emocionante, já comecei a criar empatia por Angie e seu relacionamento com Lauren, as cenas devem ser bem delicadas e o fato dela ter a família como suporte também me agradou. Linda resenha e quero sim ler esse livro futuramente *__*

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nada da autora, porém leio muitas criticas positivas que me deixam com uma vontade enorme de ler os livros dela.
    Esse livro ai em cima pareces ser muito bom. Adorei a sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Brena!!!
    Nossa, gostei bastante da sinopse e confesso que ainda não li nada dessa autora. Depois da sua resenha, é certeza que vou ler esse livro.
    Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Parece ser uma história pra lá de emocionante e envolvente hein.
    Parece ser um livro bem completinho e bem escrito também, do inicio ao fim.
    Não li nenhuma obra da autora ainda, mas algumas, como essa, já estão na minha listinha.
    Espero conferir essas emoções em breve <3
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  5. Olá Brena!!!
    Adorei a resenha!!!
    Ainda não li nada dessa autora, mas já é o segundo livro dela, q coloco na minha imensa lista!!! Gosto quando o livro tem "drama", mas tb tem partes engraçadas, pois assim é a vida...acho tb, q se o livro é legal, não vai ficar tão bom na adaptação (mas é pq tenho trauma de adaptação...ignore o comentário, se vc gostar kkkkk)... Louca pra saber, se teve final feliz essa história ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro os livros da autora. acho que ela tem um jeito lindo e poético de escrever e que sempre toca fundo com os sentimentos que ela apresenta. Essa é a primeira resenha que leio desse livro e já fiquei super querendo ler ele para ontem. (estou me sentindo um pouco repetitiva por aqui com meus comentários, mas a minha lista de leituras está sendo totalmente bagunçada tentando colocar tantos livros interessantes e que estão chamando minha atenção!)
    Gostei de saber que a autora colocou partes engraçadas para dar uma equilibrada no drama, penso que quando o drama é bem dosado ele fica ainda mais tocante!
    Adorei as fotos!
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente a capa desse livro não me chama a atenção, mas a història acaba agradando um pouco. Acho que vou dar uma chance a esse livro futuramente.

    ResponderExcluir