Pular para o conteúdo principal

TAG 23 . Diga sim à literatura nacional


Oi, oi! A TAG de hoje é bem bacana, mas ela me fez pensar numa galerinha que tem por aí, que infelizmente tem um preconceito enoooorme com a literatura nacional.
Confesso que não entendo de onde vem, qual o fundamento e sabe qual foi a coisa mais bizarra que eu já vi sobre isso? Eu já vi pessoas dizerem "Ah, eu não leio autor nacional" e essas meeeesmas pessoas, logo depois estavam contando suas próprias criações no Wattpad.
Tipo... Oi? Algo errado não está certo!
Mas enfim, espero que um dia esse preconceito bobo acabe e que todos os autores nacionais que ralam por aí, consigam ter suas obras publicadas e reconhecidas.
E não esqueçam, respondam a TAG aí nos comentários porque nós adoramos conhecer as indicações de vocês!




1) Autor nacional que merecia um reconhecimento maior


Parceirona do blog, a Cinthia Freire escreve, mas escreve... que PELAMORDEDEUS! O primeiro livro dela que eu li, lá em 2015 e tem resenha aqui, é aquele tipo de livro que numa página faz você sorrir e na outra faz seus olhos suarem, MUITO! Estou falando do lindo Um Novo Amanhecer.
A Trilogia Segredos? Que atualmente conta com Meu Erro, Minhe Rendição e os contos Meu e Minha... JESUS AMADO! São aquelas histórias intensas, reais, que te prendem, que tem aqueles personagens que você queria conhecer e que a cada livro você quer saber mais!
A Cinthia escreve muito, muito bem. Ela sabe o momento de ser leve e de te fazer sorrir, sabe o momento de fazer as coisas doces pra você suspirar com tanto amorzinho, sabe o momento de maltratar o teu coração e fazer você chorar rios, sabe o momento certo de esquentar as coisas.
Ela com certeza deveria estar numa grande editora, porque ela merece! #PUBLIQUEMACINTHIAFREIRE


2) Livro que te surpreendeu



1+1 - A Matemática do Amor foi um livro que eu acabei de ler e que me surpreendeu bastante e positivamente. A resenha dele sai ainda esse mês e vocês vão poder saber mais do que eu achei sobre ele. Um livro que traz de maneira muito clara, leve e ao mesmo tempo intensa, a história de dois meninos que são melhores amigos e que se amam desde sempre, mas que demoram um pouco pra assumirem e perceberem essa realidade. É uma história bonita que eu gostei bastante, e que infelizmente mostra também aquele lado ruim do preconceito e o que ele pode causar.

3) Personagem favorito


Feliz foi o dia em Carina Rissi criou Ian Clarke, meus queridos. Mais feliz ainda foi o dia em que, essa simples pessoa, essa mera leitora que vos fala, conheceu Ian Clarke. Ele é de outro tempo, sim, a gente sabe, e acho que é justamente isso que dá todo o toque especial, é esse o charme dele, desse rapaz moreno, inteligente, divertido, honrado, generoso e um outro "oso" aí que não vou falar por ser uma mulher comprometida. u.u rsrs

4) Livro que se passa no Brasil


Já li alguns livros que se passam no Brasil, mas escolhi Azar o seu!, da Carol Sabar, porque foi um livro que eu gostei e é divertido, e mesmo ele se passando a maior parte dele em Juiz de Fora (MG), ele tem partes no Rio de Janeiro, minha cidade, e a cena ao mesmo tempo que é tensa e uma triste realidade dos cariocas (tiroteio na Linha Vermelha), ela é uma cena engraçada. Tem resenha aqui pra quem quiser conhecer.


5) Livro que recomenda



Eu ia recomendar O garoto que tinha asas por motivos de... PURO AMOR PELO MONSTRO! Mas pra você ler O garoto que tinha asas, você tem que ler o primeiro livro, O garoto dos olhos azuis. Não vai ser trabalho algum pra você, porque são livros deliciosos que eu sempre recomendo! 
Sabe aquele romance gostoso que tem um toque de chick lit porque tem umas trapalhadas e umas cenas que te farão rir alto? É assim! Claro que tem uma tensãozinha, uma ação, a gente passa uns nervosos, mas são verdadeiros contos de fadas. Eu adoro! Tem resenha dos dois aqui e aqui.

Comentários

  1. Li mês passado Meu Erro e O garoto dos olhos azuis e não me conformo em ter demorado tanto pra conhecer essas histórias. Virei fã, sem dúvida, da Cinthia e da Raiza! Elas merecem todo o reconhecimento por aqui, pois a escrita delas é DIVINA <3
    Não tem como não ter uma super queda pelo Ian né? Adoro Perdida e todos os livros da Carina <3
    Estou super curiosa pra ler Azar o seu, parece ser bem gostosinha a história.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, não é? Elas escrevem muito! São leituras super gostosas, a da Raiza ainda é um pouco mais leve que a Cin, mas ambas são sensacionais! Elas merecem sim muito mais reconhecimento.
      Ian é perfeito e eu adoro tudo o que a Carina escreve. <3
      Leia o da Carol Sabar sim, é bem divertido.
      Bjo

      Excluir
  2. Oi Bia, curti a TAG acho legal que os autores nacionais estejam ganhando cada vez mais espaço e acho que os e-books da amazon e até o wattpad tem ajudado muito nisso e podemos ver histórias muito boas <3
    Só ouço elogios a Cinthia Freire, ainda não tive a oportunidade de ler essa autora mas quero muito, mas confesso que tenho um certo receio porque o tema do primeiro livro dessa série é Drogas né?! E não tenho lembranças excelentes desse tema em outras obras, ainda não achei uma história que me emocionasse e acho que o problema está comigo e esse tema :/ Ian é amor <3 amo e também tenho espaço pra ele em meu coração; Quero ler Azar o seu! e O garoto dos olhos azuis (esse último eu já tenho uhu!!)

    Agora deixa ver se consigo responder:
    1 - Eu gosto de ler romances de todo tipo e gosto de fantasia (acho que é fantasia esse gênero que inclui shifters) e tem uma série da Janice Ghisleri - Os Lobos de Ester - que acompanho e gosto muito mas ouço falar muito pouco, o que é uma pena, a série é muito boa <3
    2 - O refúgio do marquês, um dos primeiros romances de época nacionais que peguei pra ler e amei, um dos meus favoritos, Lucy é ótima <3
    3 - Eu amo Ian também, mas pra citar um diferente, tem o Romão do livro Minhas para proteger da Bia Rozante que é apaixonante e eu gosto demais dessa história <3
    4 - Se não me engano Procura-se Um Marido da Carina Rissi se passa no Brasil ;)
    5 - Todos os que citei nos outros pontos haha, li e gostei de todos ;)

    ResponderExcluir
  3. Estou lendo cada vez mais livros nacionais e cada vez mais me surpreendo em como os autores brasileiros estão ficando bons a cada dia! Merecemos mais divulgações.
    Adoro a Carina Rissi e quero ler essa série da Raiza Varella. Sei que esses livros devem ser maravilhosos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Bia!!!
    Ameiii essa TAG...
    Conheci o trabalho de algumas autoras nacionais, através do blog e me apaixonei pela obra delas...
    Tb sou a favor do #PUBLIQUEMACINTHIAFREIRE sem mais...
    Carina Rissi é Diva Master <3 pra mim... Por criar o Ian, q é tudo q vc mencionou e Gostoso (pq posso falar mesmo kkkk),mas tb criou o Dante, Max, Marcus, Lucas... <3
    Tb preciso falar das autoras Maravilindas, como a Aline SantAna, Gisele Souza e A.C Meyer...q além de serem umas fofas, escrevem histórias óoootimas de lindas...quem não conhece, tem q conferir!!! Quem não gosta de nacional é pq não leu ainda e tá perdendo...
    Ainda tem várias autoras(o) nacionais, q já tenho na lista...sei q são um arraso e to ansiosa pra conhecer suas obras #DigaSimALiteraturaNacional <3 ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
  5. Confesso que sou muito presa a literatura internacional, mas isso precisa ser mudado em mim. Os autores nacionais são òtimos e precisa ser valorizados. Vou começar por suas dicas acima.

    ResponderExcluir
  6. Adoro essas tags pois sempre encontro novas dicas. Tenho a maior preguiça de responder pois ou fico pensando demais em uma pergunta por não saber quem indicar ou então por ter mais de uma indicação e não conseguir escolher....
    Tenho o primeiro livro da Cintia no Kindle mas ainda não li - e só ouço falar bem, ver ele na postagem me fez pensar que necessito abrir um espaço para ele na TBR e finalmente ler o livro...
    Outro que apareceu aqui e também está na lista de quero ler são os livros da Raiza (sou apaixonada por essas capas *-*)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: Resenha 181 :: "After 5 - Depois da Promessa", Anna Todd

Sinopse: Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história? G ente... *pausa dramática*... Eu sobrevivi à série After ... "É isso aí, garota!!!" (Crika e Mari, do Grupo de Apoio After, representadas pelas lindas Meryl Streep e J.Lo)

:: Resenha 153 :: “After 3 – Depois do Desencontro”, Anna Todd

O k, vai ter spoiler sim e se reclamar vai ter mais! Brincadeeeeeeiraa!!! =P É que assim, vamos combinar? Resenha do terceiro livro onde acontece coisa pra diabo, não tem como, vai rolar uns spoilerszinhos de leve, então fique avisado, certo? Se quiser seguir, siga, se não quiser, comenta assim mesmo hahahaha. Bom, parece que todo livro dessa mulher termina com uma bomba. O segundo terminou com a Tessa guardando um segredinho básico do Hardin, lembra que eu até comentei na resenha ? Então, além disso, terminou com ela dando de cara com o pai e é assim que este terceiro livro começa. Confesso que antes de começar, ao ler a contracapa que diz... Sinopse: Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu ch

:: Resenha 168 :: “After 4 – Depois da esperança”, Anna Todd

Sinopse: Depois de tantos obstáculos, Tessa e Hardin estão, enfim, mais maduros como casal. As dificuldades causadas pelo gênio forte dele e pela impulsividade dela ainda existem, mas eles já não conseguem negar o amor que sentem um pelo outro. Mesmo morando em cidades diferentes, estão mais apaixonados do que nunca. Se a química entre os dois já era explosiva antes, agora que eles se entregaram de vez a essa paixão, cada encontro será mais ardente do que o anterior. Mas uma cruel reviravolta do destino trará à tona todos os fantasmas do passado de Hardin. Depois da esperança, haverá forças para enfrentar mais dificuldades? Q uem acompanha as minhas resenhas de After, sabe que eu sofro lendo esses livros, sabe que surto querendo jogar ele na parede ou que eu morro de vontade de entrar no livro pra socar o Hardin. Nesse quarto livro, por incrível que pareça isso foi bem sutil, não que eu não tenha sentido vontade, mas foi bem mais tranquilo e eu confesso, no final eu cheguei