Resenhas

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

:: Resenha 358 + Sorteio :: "Arranhando as Paredes", Alice Clayton



Sinopse: Caroline Reynolds e Simon Parker estão de volta, e não mais separados por uma fina parede... Ao contrário, agora seguem mais juntos, felizes e pelados do que nunca! A Garota do Baby-Doll Cor-de-Rosa e o Trepador de Paredes começam o relacionamento aprendendo a lidar com o trabalho de Simon, que inclui viagens inesquecíveis nas férias de Caroline, mas também longos dias de distância e saudades. As dificuldades, entretanto, não melhoram quando o casal finalmente consegue mais tempo para ficar junto. O medo da monotonia de um relacionamento convencional apavora os dois e acaba transformando o namoro em uma montanha-russa de emoções, com direito a muitas reviravoltas. Enquanto lutam contra a “regra” de que os relacionamentos com o tempo acabam em marasmo, os dois comprovam o maior clichê dos casais: o sexo depois de fazer as pazes é mesmo inacreditavelmente delicioso. Em meio a tudo isso, eles tentam equilibrar as demandas do trabalho, os orgasmos de Caroline, o passado de Simon, a casa de Jillian, as brigas de Sophia e Neil e as tentativas de fuga do gato, Clive. Um pacote de histórias, risadas, tensão e tesão que Alice Clayton preparou especialmente para os leitores que ficaram apaixonados por Subindo pelas Paredes.



Olá, pessoas. Tudo beleza?
Por conta da animada resenha da Grazi, em abril de 2015 eu li Subindo Pelas Paredes, e recentemente, quando soube que vinha por aí mais dois livros, eu fiquei bem curiosa. Sorte nossa foi que há pouco tempo chegou pra gente um e-mail de uma ação da editora Benvirá, onde eles perguntavam pra gente se nós tínhamos interesse em receber o livro para resenhar. Eu não pensei duas vezes, né? Então, taí, eu li, eu adorei e conto um pouquinho pra vocês sobre Arranhando as Paredes.

Vou começar comentando que vi algumas pessoas falando que acharam esse livro totalmente desnecessário, vi também pessoas que começaram e não conseguiram dar continuidade. Bom, como eu já falei, eu adorei o livro, eu ri bastante e foi uma leitura bem prazerosa. Não sou uma fãzoca pra falar que o livro era super necessário, mas dizer que era desnecessário? Não consigo. Como eu já tinha lido o primeiro há mais de dois anos, foi muito legal estar com Caroline e Simon novamente, bem como os amigos deles.

Nesse livro a gente vai ver mais sobre o namoro desses dois que está cada vez mais sério e é engraçado como isso, às vezes, parece preocupar a Caroline. Como Simon está sempre viajando por conta do trabalho, quando ele volta, ele fica direto na casa dela, e por mais que ela ame ter o seu delicioso Trepador de Paredes, ela também ama ter o seu espaço e principalmente a sua cama só pra ela.

Quando Jillian - chefe de Caroline -, se casa e resolve viajar pela Europa na lua de mel, sem data definida para retornar, é Caroline que assume todas as responsabilidades da empresa, ou seja, a mulher fica atolada e um tanto quanto neurótica, mas ela é tão boa que super dá conta de tudo.

Alguma coisa em Simon muda, quando um encontro de colegas do tempo da escola em sua cidade natal, acontece, e tanto Caroline quanto nós leitores, ficamos conhecendo um pouquinho mais sobre seu passado, coisa que ele raramente fala. Depois disso, ele cancela várias viagens de trabalho, o que super preocupa Caroline.

Mas o livro não foca só neles dois. Vamos ter presença marcada do casal Mimi e Ryan, e vamos acompanhar as tretas do ex casal Sophia e Neil. E olha, essas tretas foram divertidas. Também teremos bastante de Clive, o gatinho de Caroline.

Como falei lá no começo, foi legal ter mais um pouquinho dessa turma, depois de tanto tempo de Subindo pelas Paredes, que é um livro de 2014. Não consigo ver como um livro desnecessário, até porque ele cumpre bem o papel de nos entreter e divertir. É uma leitura totalmente despretensiosa e leve. Fora que eu acho legal a gente saber como as coisas vão indo no relacionamento dos dois, principalmente porque Simon nunca havia tido um relacionamento sério antes. Então, eu gostei bastante de ver como eles estavam indo e como foram os passos que eles deram, e olha que eles dão um baita passo nesse livro.

Alice continua com uma escrita cativante, envolvente e com um senso de humor que eu adoro. Soltei bons e sonoros risos dentro do ônibus enquanto lia rsrs. E as mensagens trocadas por eles? Hahah são muito boas e eu adorava ver a diferença entre as mensagens trocadas pelas meninas e as mensagens trocadas pelos caras hahaha!

"Eu não podia permitir que ele me desse um carro, certo? Oooh, ele estava chegando.
Ele se aproximou devagar, eu recuei. Antes de me dar conta, estava presa contra a parede. Com um Trepador de Paredes descamisado a poucos centímetros de mim.
Que fique registrado: quando eu entrei como um raio em casa, não tinha a menor dúvida do que estava acontecendo. Do que ele obviamente tinha feito. E eu não tinha a menor dúvida de que estava puta da vida.
Lembre-se disso.
Agora, pense no quanto ele devia estar gostoso para me fazer esquecer que eu estava puta da vida.
- Se não gosta da cor, a gente troca - ele disse, agora a um centímetro de mim. Eu sentia o calor do seu corpo começando a penetrar o meu. Penetrar? Sim, por favor!
Não! Ele não podia simplesmente comprar um carro pra mim!
- Então, você não pode... é... comprar um... hummmmm - eu sussurrei, as palavras se tornando confusas conforme ele se inclinava sobre mim. Havia tanta tensão no meu corpo que eu comecei a vibrar feito um diapasão.
- Sim, eu posso comprar um carro pra você. É um presente. Você supera. - Ele franziu o cenho como se não entendesse por que eu estava reclamando daquilo. E, naquele exato momento, eu tampouco saberia dizer.
Eu nunca tinha ficado tanto tempo sem transar com Simon. Não com ele em casa. Aquilo estava começando a me afetar. E ele era tão cheiroso!
- Mas um carro, Simon? Eu... uh... que perfume é esse?
- Poliuretano.
- Nossa, deviam fazer um frasco disso - eu murmurei, a voz ligeiramente rouca.
- Ele fazem em lata.
- Combinou com a sua pele.
Ele mergulhou a cabeça e passou a língua pelo meu pescoço.
- Vou lembrar disso - ele sussurrou, enfiando uma mão no meu cabelo.
- Você fez isso de propósito? A fantasia de pedreiro? O cinto de ferramentas? O tanquinho? A... Puta que pariu! - Eu gemi quando ele pegou a minha mãe e pressionou contra a sua... broca."

Hahahaha como eu adoro esses dois!!! E ei, calma, se você não gosta de livro com sexo, não se preocupe, porque ele fazem (assim como todos nós, graças a Deus), mas não é a cada virar de páginas não, tá? rsrs

Se você leu Subindo pelas Paredes, leia sim Arranhando as Paredes, porque vale a pena conferir. Mais pra frente quero ler Derrubando as Paredes.

E agoooooooooooooora, agora vamos de...


Sim, é isso mesmo, vamos de sorteioooo!!!
Para participar é molezinha:
- Comentar esta resenha
- Curtir a página do Viciados em Leitura no Facebook
- Preencher este formulário 
- Cruzar os dedos e torcer para ganhar! =D
!! Atenção !!
- Segunda (18) à noite sai o resultado aqui no blog
- Residir em território nacional
- O ganhador tem 48h para entrar em contato via email informando o endereço
- Nós não nos responsabilizamos por extravio dos Correios
- O blog tem até 30 dias para postar o prêmio e o vencedor será avisado quando postado

Título: Arranhando as Paredes
Título original: Rusty Nailed
Série: Cocktail # 2
Autora: Alice Clayton
ISBN-13: 9788557170506
ISBN-10: 8557170505
Ano: 2016
Páginas: 228
Editora: Benvirá
Compre aqui: Amazon
Classificação: 


Sobre a autora:


Depois de muito tempo trabalhando como maquiadora e esteticista, aos 33 anos, Alice Clayton ligou o seu laptop com a intenção de começar uma nova carreira: a de escritora. Sem nunca ter elaborado nada além das rotineiras listas de supermercado, ela descobriu na escrita a animação que procurava desde os 10 anos, quando deixou de lado as aulas de teatro.
Já com seus primeiros romances, ela foi indicada ao prêmio Author Good Reads, em 2010. Mas foi com a série Cocktail, da qual fazem parte Subindo pelas Paredes e Arranhando as Paredes, que seu trabalho ficou mundialmente conhecido.
Alice mora no estado de Missouri, nos Estados Unidos. Gosta de picles, Bloody Mary, oiro horas bem-dormidas e uma boa transa.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar deste livro, mas infelizmente não li neste este, muito menos os anteriores, mas a premissa me chama muito a atenção, principalmente por se tratar de um romance cativante e envolvente. Quando uma estória e divertida e encantadora, sempre fico feliz quando publicam um outro livro, e por isto não acho desnecessário, até porque foi uma leitura que lhe agradou. Espero ter a oportunidade de aquirir a obra.

    Participando.
    lannawesley@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro mas o que li em sua resenha, deixou-me curiosa sobre o desfecho da leitura.

    ResponderExcluir
  3. Olá Bia!!!
    Ameiii a resenha...Esses livros já estavam na "imensa lista", mas a vontade aumentou quando vc colocou esses trechos no grupo...adoreiii, mas a BF não ajudou com os preços, então vão esperar na "IL" mais um pouquinho kkkkkkk
    Tô louca pra conhecer, a escrita dessa autora...tenho outros livros dela,os da Ruiva, q estão na fila, mas não por muito tempo ;-)
    Bjs :-*
    Participando do sorteio!!!

    ResponderExcluir
  4. Não tive a oportunidade de ler o primeiro e também não li esse ainda. Me encantei em saber que o casal é jovem e atual e que o romance dos dois parece ser bastante envolvente. Quero ler.

    ResponderExcluir