Resenhas

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

:: Resenha 383 :: "A Sereia de Santa Murgen", Miguel Paes





Sinopse: Meses após o misterioso sequestro de sua esposa, Ícaro decide que chegou o momento de seguir em frente com a viagem planejada em família. Ele e a pequena filha, Cristie, embarcam ilegalmente rumo à ilha de Santa Murgen. Porém, para o pai, a viagem vai além de simples entretenimento, ela exerge um papel de auto-redenção decorrente do luto pela esposa, as drogas e o péssimo pai que se tornou neste período. Até que ponto vale uma promessa? Até que ponto se vale cumpri-la? O que era pra ser uma viagem em família, se torna uma incessante busca pela verdade. Os segredos guardados na ilha deveriam permanecer sob as frias ondas que quebram no mar, pois sua santa protetora é devota ao seu dever. Murgen Vive.



Na mitologia Grega, Ícaro era filho de Dédalo, descende do próprio Zeus, uma vez que era neto de Alcipe, filha de Ares, filho de Zeus.

Dédalo, expulso por ter matado seu sobrinho Perdix , refugiou-se na ilha de Creta, junto ao rei Minos. Após o nascimento do Minotauro, ele e seu filho Ícaro construíram o labirinto do Minotauro. Tempos depois, este foi morto por Teseu.

Após a morte do Minotauro, Dédalo e Ícaro ficaram presos no labirinto. Dédalo então construiu asas artificiais a partir da cera do mel de abelhas e penas de gaivotas. Dessa forma conseguiram fugir. Antes, porém, alertou seu filho que não voasse muito perto do Sol, pois suas asas poderiam derreter. No entanto, Ícaro não ouviu os conselhos do pai e tomado pelo desejo de voar próximo ao Sol, acabou por se despenar e caiu no mar Egeu, onde morreu.


Fala aê, bando de viciados em leitura ^__^

Nessa ultima Bienal do RJ, que aconteceu em setembro de 2017, Bia e Eu tivemos o prazer de conhecer Miguel Paes. Estávamos aguardando numa fila, no Stand da Companhia das Letras, para tirar fotos que faziam um marcador personalizado, lá na hora mesmo. Diga-se de passagem, sem dúvidas, uma das melhores ideias do evento. O Miguel estava na nossa frente na fila e depois de olhar nossos crachás algumas vezes, ele nos perguntou se tínhamos um blog literário. Dali em diante a conversa fluiu, trocamos zap, nos adicionamos no facebook e ele me mandou um exemplar para ser sorteado no nosso evento ROMANCE MEETS FANTASY, que acontecerá em 10 de março de 2018.

Mas, obviamente com autorização dele, eu li este exemplar que será sorteado @__@

Desde então, Miguel e Eu nos tornamos amigos, descobrimos muito em comum, principalmente em relação ao gosto por leitura de terror, suspense, fantasia e quadrinhos. A música também nos aproxima bastante e podem existir até projetos futuros.

A Sereia de Santa Murgem é uma história fantástica de ação, mistério, suspense e fantasia.
Eu particularmente me senti num jogo de vídeo game, estilo "Resident Evil", onde você tem que decifrar os mistérios e entender o que está acontecendo ao seu redor, para então saber o que deve fazer. A história te prende e o tamanho da fonte facilita muito a leitura, eu levei apenas um dia para concluir.

Ícaro, o personagem principal, é um anti herói que foi muito bem criado por Miguel, inclusive, no dia do evento, Romance meets Fantasy, durante o bate papo com os autores, vou fazer questão de perguntar a ele como Ícaro foi concebido em sua mente.

Um pai de família comum, que após ter sua esposa raptada, SURTA, fica difícil seguir em frente sem um mísero contato dos possíveis sequestradores. Tendo que cuidar sozinho da filha pequena, Cristie, ele se vê impotente, debilitado e desamparado, exceto, claro, pela heroína, aquela que corre em suas veias durante a noite, quando Ícaro deixa seu lar para tentar aliviar seu sofrimento. Quando Ícaro tenta buscar Sarah, ver seu rosto mais uma vez, sentir novamente seu perfume, mesmo que seja apenas uma ilusão provocada pela droga. 
Neste caso, ele precisa de doses cada vez mais fortes da droga.

Embarcando cada vez mais fundo nas drogas e nas bebidas, Ícaro se vê em um beco sem saída, quando sua própria vida fica em risco ele finalmente pensa em como ficariam as coisas para sua filha, então enxerga uma possível fuga, tanto das drogas quanto dos problemas que elas lhe trouxeram. A viagem prometida a pequena pode ser um novo começo em suas vidas e talvez lhe traga as respostas que tanto tem buscado.

A Sereia de Santa Murgem me surpreendeu muito, é um livro pra você ter pra si e também pra presentear aquele amigo ou parente que curte ação, fantasia e mistério.



Mencionada pela primeira vez no século 17, a Santa Murgen foi capturada no norte do País de Gales, e é mencionada nos Anais do Reino da Irlanda como Santa Murgen de Inver Ollarba. Não reconhecida pela Igreja Católica, essa história tem muitas versões.

Como eu falei antes, este livro foi cedido pelo autor Miguel Paes para resenha e sorteio no evento Romance meets Fantasy, que acontecerá dia 10 de março de 2018, às 14hs, no ION Inteligent Center (Av. das Américas, 1.650 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro) e contará com a presença não somente de Miguel Paes, mas também de Cris Motta, A. C. Meyer e Frini Georgakopoulos. Aproveite para conhecer pessoalmente os autores e conseguir seus autógrafos.

Link para a solicitação do ingresso AQUI entrada gratuita, lotação máxima 140 pessoas, GARANTA SEU INGRESSO.

Título: A Sereia de Santa Murgen
Autor: Miguel Paes
ISBN-13: 9788555264573
ISBN-10: 855526457X
Ano: 2016
Páginas: 200
Compre aqui: Amazon (e-book)
Classificação:



Sobre o autor:


Miguel Paes, natural de Tubarão - SC, explora em seus romances o lado primal do ser humano diante do sobrenatural. A Sereia de Santa Murgen, sua primeira obra, surgiu da vontade de ler uma história que abordasse tal tema. Resolveu, então, escrever aquilo que queria ler. Tornando a escrita parte de sua rotina, o autor espera compartilhar seu universo com outras pessoas.

Comente com o Facebook:

15 comentários:

  1. Que história diferente, uma mãe sequestrada, um pai que ficou pra cuidar sozinho da filha e se droga e uma lenda que ainda não conhecia parecem trazer uma trama curiosa e envolvente e conhecer e se tornar amigo do autor deve ser bom, da pra você conversar sobre a obra que parece ter te agradado bastante e isso é bem legal :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma trama bem original mesmo.
      Sim, fazer amizade com o Miguel foi algo muito bacana.
      Me agradou bastante sim, recomendo muito.

      Excluir
  2. Oi Bruno.
    Achei a história um pouco confusa. Mas fiquei curiosa para saber mais sobre ele. Gosto bastante de tramas que contém mitologia e esse livro parece ter.
    Queria muito morar no Rio para poder ir no evento Romance meets Fantasy e conhecer os autores! Deve ser ótimo participar do bate-papo e saber um pouco mais sobre os autores e os personagens.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela,
      Acredito que uma das intenções da trama seja nos confundir um pouco mesmo, pra então, junto com o personagem principal, embarcarmos na busca pela verdade. Seria um enorme prazer ter sua presença no evento. Onde você mora?
      Bjs

      Excluir
    2. Oi Bruno.
      A intenção da autora foi bem sucedida em me deixar confusa e curiosa rs
      Estou morando em Manaus. É bastante longe do Rio rsrs Desejo um ótimo evento para vocês! Espero que tenha post no blog depois para eu saber como foi o evento.
      Beijos

      Excluir
  3. Gente, que incrível essa história (Me refiro a história de conhecer o autor, trocar telefone e se tornar amigo).
    O livro em si não faz muito meu estilo, mas foi legal saber sobre.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruno!
    Apesar de ter adorado a resenha e achado a história bem original, fiquei meio perdida enquanto lia, não entendi muito bem o que a mitologia tem a ver com o livro, talvez por minha falta de conhecimento sobre o tema, e isso só me despertou mais vontade de pegar o livro para ler e tentar entender o enredo todo! Adoro uma boa fantasia, e com dramas familiares se torna mais real ainda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Bruno!!!
    Adorei a resenha!!! E Amei saber, q além de ter conhecido um autor em uma fila, essa amizade se estendeu pra vida <3 ...Muito Show!!!
    Essa mistura de gêneros na história, me deixou bem curiosa em conhecer...queria muuuiiitoooo ir nesse evento, mas infelizmente, não vai rolar pra mim :'( ...Vou estar daqui torcendo por vcs, pra q tudo seja perfeito e maravilindo!!!
    Abraço ;-)

    ResponderExcluir
  6. Impossível não se interessar pela leitura, até pela mistura de gênero suspense, ação e mistério. Além de que a temática e interessante, a forma como a trama se desenvolve me pareceu prender o leitor a leitura, nos deixando totalmente instigados. Enfim, espero poder adquirir o livro, ou até mesmo ganhar o sorteio do livro. Amei a história.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Acho muito interessante quando a mitologia é inserida dentro da literatura, ainda mais quando eu não conheço o mito. Dá muita vontade de ler o livro e procurar entender a conexão criada pelo autor. Pelo que pude perceber, o livro é bastante intenso, e com certeza vai trazer muita reflexão ao leitor. Além disso, a história parece ser envolvente e instigante, misturando diversas sensações e gêneros.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Bruno.

    O contexto do livro deixa no ar a curiosidade de saber o que está por trás do sequestro da esposa do Ícaro, e o que a tal ilha tem a ver com isso.

    O uso das drogas com certeza é, talvez, um escape para ele.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Gostei muito de conhecer esse trabalho, a história é bem interessante mas fiquei um pouco sem entender o que a mitológica tinha haver com a história, mas tem uma premissa boa. Me deixou bastante curiosa em ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  10. Que tenso gente fiquei muito curiosa endereço mais sobre o livro pelo visto é o autor Nacional e só Fiquei em dúvida se o livro é publicado em edição física ou não ou se é só em e-book pela Amazon porque eu confesso que com essa sinopse e essa resenha eu fiquei muito muito muito curiosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miguel Oliveira Paes5 de abril de 2018 18:19

      Obrigado, Carol! Você encontra tanto em formato físico quanto em e-book! Abraço!

      Excluir