Resenhas

segunda-feira, 26 de março de 2018

:: Resenha 396 :: “Amante Vingado”, J.R. Ward




Sinopse: Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça. Enquanto eles defendem seu clã dos redutores, a lealdade de um vampiro especial será posta a prova - e sua perigosa natureza será revelada...
Rehvenge sempre manteve distância da Irmandade, pois guarda um letal segredo que poderia fazer dele uma arma na guerra contra os redutores. E enquanto as conspirações dentro e fora da Irmandade ameaçam revelar a verdade sobre o ele, Rehv se aproximará da única luz que clareia seu mundo de escuridão e jogos de poder, Ehlena, uma vampira que nunca conheceu a corrupção e traição... é a única que pode salvá-lo da destruição eterna.






Amante Vingado, sétimo livro da série Irmandade da Adaga Negra é um tijolão de 720 páginas que eu devorei num final de semana. Eu simplesmente não conseguia parar de ler, de tão incrível que ele é. Acho que, para inúmeros fãs da série, o livro do Rehv com certeza entra no Top Five dos melhores livros da Irmandade, fácil.

Então, vamos lá, vamos conhecer o Reverendo, Rehvenge, ou para os íntimos, Rehv. Quem acompanha a série desde o início, já o conhece. Ele é o traficante de drogas de Caldwell, dono de uma boate frequentada por humanos e vampiros da raça. Grande amigo dos sombras iAm e Trez, e da guerreira Xhex. Só que Rehv tem um segredo que por incrível que pareça, ele esconde até de sua amada irmã, Bela, a shellan do Irmão Zsadist.

Rehv é um sympatho, uma criatura que tem a habilidade de sentir e manipular as emoções das pessoas. E ele sofre muito com esse seu "poder", então, para manter esse seu lado "adormecido", ele toma altas doses de dopamina. Mas, como tudo em excesso não é legal, essas altas doses de drogas que ele vêm usando, começa a afetá-lo.

Além desse problema, Rehv ainda tem que aturar uma criatura esquisitíssima que é a Princesa da colônia dos sympathos que é obcecada por ele.

Se já não bastasse esses dois problemões, Rehv tem sua vida cruzada com uma fêmea que também tem uma vida que não é nada fácil. Numa de suas idas ao hospital de Havers, o médico da raça, Rehv vai conhecer Ehlena. Ele fica encantado com ela, mas tem toda aquela coisa de "eu tenho muitos problemas, não sou bom pra ela e blablablá".

Ehlena tem seus próprios problemas com o pai, tenta levar sua vida de maneira simples como enfermeira e no decorrer do livro vai se mostrando uma fêmea super forte, decidida, disposta a lutar e enfrentar tudo o que for pra ter o que quer e quem ama ao seu lado.

Acompanhar o desenrolar desse romance é delicioso e Rehv se mostra um amante e tanto. Ligações telefônicas não serão as mesmas depois desse macho. #ficaadica

E como não podia ser diferente, temos diversos outros núcleos que aparecem paralelamente com a história do casal do livro. Nesse livro temos muuuito de Wrath, o Rei Cego, e eu simplesmente AMO quando esse gigante aparece. A luta contra os Redutores continua, aquelas criaturas irritantes e chatas que tentam acabar com os nossos vampiros queridos.

Nesse livro além de drama e romance, nós temos muita ação com cenas emocionantes de tirar o fôlego. Por isso que mesmo sendo grande, você o devora em pouco tempo, porque ele é simplesmente maravilhoso.

Marcador Da Bia (www.dabia.elo7.com.br)

Título: Amante Vingado
Autora: J. R. Ward 
ISBN-13: 9788579302640
ISBN-10: 8579302641
Ano: 2011 
Páginas: 720
Compre aqui: Amazon
Classificação:


Sobre a autora:

J. R. Ward vive no Sul dos Estados Unidos com o seu marido incrivelmente generoso e o seu amado golden retriever. Depois de se ter formado em Direito, começou a sua vida profissional na área da saúde, em Boston, tendo passado muitos anos como chefe de equipe de um dos centros clínicos do país. A escrita foi sempre a sua paixão, e a sua ideia de Céu é um dia inteiro com mais nada além do seu computador, o seu cão, e a caneca de café.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Oi Bia, então eu tenho que retomar essa série a partir desse livro e fiquei bem feliz de saber que 720 páginas passam tão rápido que nem sentimos :D e gostei demais de saber que há muita ação nessa história e mais ainda que tem muito de Wrath (ele e Z são meus preferidos) nela, eu tava até pensando em pular pro Rei, mas a Tali me alertou sobre a importância das histórias paralelas :/ Então pretendo ler sim esse livro ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lili, esse livro é maaaaaaaaaaravilhoso! Pelo amor de Deus, não pule nenhum!!! Não quero cortar relações com vc hahahahahaha.

      Excluir
  2. Olá Bia!!!
    Como sempre Adorei a resenha, mas como não li a série ainda, só digo q fico louca com o nome do povo desses livros kkkkkk... com certeza estou pronunciando mentalmente errado, mas tá valendo kkkkkkkk
    Aproveita e coloca esse livro no desafio, com mais de 500 pág, caso vc não tenha outro em mente/anotado ;-)
    Orgulho de ver suas atualizações de leitura...quero mais ;-)
    Bjs :-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HUahuahuahauhauahua os nomes são doidos mesmo, mas são perfeitos pros personagens, acredite.
      E Van, vc deveria ler, sério, tenho certeza ABSOLUTA que vc iria amar!

      Excluir
  3. Apesar de ter adorado só resenha eu realmente não sou muito fã dessa autora nem dessa série eu não gosto muito de livros com pegada hot porque eu sempre acabo pulando muitas cenas do livro que acabam sendo fundamentais para o desenvolver da história Então eu vou deixar essa sugestão de lado por hora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena, mas eu entendo. Gosto é gosto. ;)

      Excluir