Resenhas

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

:: Resenha 436 :: “Para sempre minha”, Abbi Glines




Sinopse: Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. 
Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. 
No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.
Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.



Oi, oi, gente! É isso aí mesmo que vocês estão vendo, estou seguindo com o meu plano de 2018 que é de, aos poucos, tirar o pó de vários livros que já era pra eu ter lido há um bom tempo. Dessa vez eu voltei às terras quentes de Rosemary Beach pra saber o que Tripp e Bethy escondiam da gente. E fica o aviso, é bem possível que haja spoilers dos livros anteriores simplesmente porque não dá pra não mencionar certas coisas.

"Eu não era o grande amor da vida dela, mas ela era o meu."

Quem acompanha a série desde o começo certinho, já conhece esses dois, mas neste livro aqui, numa narrativa que intercala passado e presente, nós vamos ver e entender como o romance entre Tripp e Bethy rolou, acabou e agora tenta, aos trancos e barrancos, se acertar.

Há oito anos, Tripp e Bethy tiveram um verão incrível e inesquecível. Sabe aquela paixão gostosa que te deixa com um sorriso bobo no rosto, os hormônios enlouquecidos e que você só quer ficar com a pessoa? É assim que eles passam o verão todinho. Só que a coisa é tão forte, que Bethy já começa a ficar preocupada, pois ela sabe que será por pouco tempo, já que Tripp vai embora de Rosemary Beach por causa dos malas dos pais dele.

Sozinha e de coração partido, Bethy passa a ter lances casuais, só sexo, pois nada nunca será tão verdadeiro e certo como fora com Tripp. Até que Jace, primo de Tripp, surge em sua vida, mostrando pra ela que há sim um jeito das coisas serem sérias e darem certo, então os dois começam um relacionamento bem bacana, que pela primeira vez a faz bem e feliz. Mas aí… quem é que dá as caras pra desestabilizar a coitada? Sim, ele mesmo, Tripp e toda sua altura coberta de músculos e tatuagens sexys.

Se você leu todos os livros, você sabe que esse retorno perturba tanto a cabeça da menina, que ela enche a cara e as coisas terminam de maneira bem trágica. Eu, que até então não havia superado a morte de Jace, nesse livro aqui, consegui superar, consegui ver que faz parte e que tudo se deu nesse livro super bonito. Sabe aquela coisa de você querer matar a autora por ter feito o que fez de maneira tão inesperada, mas que depois de um tempo você entende? É isso aí.

Depois de perder Tripp, tempos depois perder Jace também, Bethy é só uma sombra da menina que foi um dia. Ela perdeu peso, ela se sente culpada, e com Tripp em Rosemary a cabeça dela vira uma confusão completa, pois todos os sentimentos que ela sempre sentiu por ele, voltam e mexem com ela, e pra ela isso não é certo, é como se traísse Jace e o que eles tiveram de bom enquanto estiveram juntos. Aí, quando ela não quer falar com ele, ela grita com ele, mas Tripp não desiste, pois não aguenta mais ver aquela bela mulher que ele sempre amou, levando uma vida solitária e triste.

É quando toda a turma de Rosemary parte para uma belíssima ilha para o casamento de Woods e Della, que Bethy resolve dar um passo adiante, escolhendo conviver em paz aqueles dias que passará tão próxima de Tripp, enquanto ele batalha arduamente para reconquistá-la.

Para sempre minha é um livro repleto de emoções e sentimentos, é uma bela história de amor, de luta para superar mágoas e perdas, de recomeços e reconquistas, de amizade e respeito. É gostoso rever Rush, Blaire, Grant e Harlow e as crianças Lila Kate e Nate. Quando todos estão juntos em momentos leves e descontraídos é tão gostoso que dá vontade de fazer parte desse grupo de amigos. Abbi Glines mais uma vez arrasou, trazendo um romance dramático e pra lá de quente. Pena que diferente dos outros casais da série, este é um livro único, pois fica o gostinho de quero mais.

Título: Para Sempre Minha
Série: Rosemary Beach #9
Autora: Abbi Glines
ISBN-13: 9788580415773
ISBN-10: 8580415772
Ano: 2016
Páginas: 256
Editora: Arqueiro
Compre aqui: Amazon
Skoob
Classificação:




Sobre a autora: 


Abbi Glines nasceu em Birmingham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente ela mora com seus três filhos, sua filhinha Emerson e seu novo marido em Fairhope, Alabama. Autora de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, Abbi é viciada no Twitter (@abbiglines) e escreve regularmente no seu blog (www.abbiglines.com).

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Então Bia, eu já tinha lido há um tempo a história de Woods e Della, fora de ordem mas deu pra entender e até gostar :D
    E esses dias peguei a de Rush e Blaire pra ler, a história teve seus altos e baixos, mas a autora forma aquele grupo de amigos que nos apegamos e já queremos continuar a ler e ler haha e assim, acho que vou chegar nesse livro... Já sabia do Jace e acho uma pena, espero conseguir superar lendo esse livro também e devo ressaltar que não vou mais pular histórias, vou ler na ordem e acho até que vou reler a história de Woods, pois algumas coisas já se perderam :D
    Resenha ótima!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lili, meu TOC não me permite ler livros fora de ordem, por mais que me falem que dá, que são casais diferentes, não dá! Pra mim não dá! hahahaa Rosemary Beach, por mais que tenha subséries dos casais dentro da série principal, tem uma linha de acontecimentos, tem uma cronologia, então é bom ler na ordem pra não perder nada. Fora que é tanta gente, parentesco ali e aqui, que se for ler fora de ordem dá até pra dar uma embolada hahaha pelo menos eu fico perdida.
      Leia sim pq são pequenos e dá pra ler de boas, eu que sou enrolona kkkkkkkkk.

      Excluir
  2. Ah, não consigo sentir vontade de ler os livros da Abbi.
    Mas esse até que parece interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, sério? Não tem vontade por ser erótico ou o que?

      Excluir