Resenhas

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

:: Resenha 446 :: “Rude”, Evy Maciel


Sinopse: Linguajar inapropriado.
Comportamento inadequado.
Índole duvidosa.
Ele era apenas um desconhecido, não disse seu nome, nem de onde veio. Mas de algum jeito ela sabia que faria diferença em sua vida.
O homem com a tatuagem de flor de lótus trouxe consigo mistério e morte, mas apesar do perigo que corria estando em seus braços, ela não conseguia se afastar.
Era bastante provável que ele fosse o assassino de cinco mulheres.
Era provável também que ela fosse sua próxima vítima.
Como o errado podia parecer tão certo?
Sexo, brigas e corações quebrados.
Um homem rude.
Uma mulher que não se importava.
Uma atração repentina, intensa e perigosa.
O passado é uma reticência e o futuro, um ponto de interrogação.


Oi, gente! Eu recebi semana passada esse livro de cortesia da editora Pandorga para resenhar. Eu nunca havia lido nada da autora Evy Maciel, assim como também não havia lido ainda um thriller erótico, e vou dizer pra vocês que eu curti bastante.

Em Rude, Evy nos traz a história de Honey, uma bela jovem que após perder tudo, se vira sozinha tentando seguir a vida, trabalhando em um bar. Certa noite, sentado sozinho, bebendo sua água com gás, um cara de aparência rude chama sua atenção. Quando termina seu expediente tarde da noite e parte para casa, Honey é abordada pelo tal cara, que diz a ela que é perigoso andar pela rua sozinha àquela hora e com isso se oferece para acompanhá-la. Mas ela não imaginava ser surpreendida mais uma vez quando ele oferece a ela também uma noite pra lá de quente. É claro que há o receio, mas Honey é uma mulher adulta, bonita, dona de si e por que não curtir com aquele cara interessante?

Honey e Rude, com seu jeito todo enigmático, se entregam a uma noite repleta de sexo intenso, e ambos acabam despertando um no outro coisas que nem esperavam.

"- Eu vou desnudar você e vou me despir pra você. Não haverá nada sobre mim que você não saberá e você fará o mesmo, porque agora sou tudo o que você tem e você é tudo o que eu tenho..."

Como já estamos acostumados a ver, e não que seja um problema, pois eu amo esses detalhes nos livros, aqui nós temos dois personagens marcados por passados problemáticos, tensos e tristes. Honey após perder a mãe, acaba largando a faculdade e tudo na sua vida desanda. Enquanto Rude vive viajando de um lugar para o outro, escrevendo seus livros, fugindo de terríveis lembranças de sua juventude.

Por trás de um pseudônimo, Rude, ou Lótus, como Honey passa a chamá-lo, é um autor best seller de uma série de livros e acaba se tornando o grande alvo suspeito pelo assassinato de algumas mulheres. As mulheres são assassinadas e na cena de cada crime é encontrada uma página de um de seus livros junto a uma flor de lótus, igual a tatuagem que ele leva em seu pescoço.

Bom, como esse livro é um thriller, fica muito difícil resenhar, pois qualquer coisinha que se fale, a gente pode acabar soltando um spoiler. Eu confesso que quando a história chegou num determinado momento, eu desconfiei na hora de quem poderia ser o assassino e eu estava certíssima. Mas mesmo tendo descoberto antes, eu ainda me mantive curiosa pra continuar e ver o que aconteceria, como tudo se desenrolaria e foi bacana, eu curti a história de verdade.

Achei a escrita da autora boa, fluida e apesar de no começo, eu achar que teria muita cena de sexo por ser um thriller erótico, as cenas mais detalhadas foram apenas algumas e no começo, depois as cenas foram mais sutis e passaram mais rápido, pois o foco mesmo girou em torno do mistério, dos problemas passados que eles foram revelando e de quem seria o possível assassino em série. Então eu acho que é uma leitura que vale a pena e que ninguém deva deixar de lado por não curtir livro erótico.

"Essa cena não é para um livro que estou escrevendo, Honey. Mas para eternizar na nossa história uma promessa de que, apesar dos nossos medos ainda nos assustarem, não permitiremos que eles vençam o amor que sentimos um pelo outro."

Rude é um livro envolvente, que traz assuntos sérios e delicados como alcoolismo, incesto, abuso e violência sexual; onde duas almas marcadas e quebradas se encontram.

Título: Rude
Autora: Evy Maciel
ISBN-13: 9788584422975
ISBN-10: 8584422978
Ano: 2018
Páginas: 352
Editora: Pandorga
Compre aqui: Amazon livro físico | e-book
Classificação:


Sobre a autora:


Evy Maciel nasceu em abril de 1989 e é natural de Osório-RS. Reside em Içara-SC e atualmente se dedica unicamente ao meio literário, escrevendo suas histórias e interagindo com os leitores nas redes sociais.
Seu primeiro romance publicado de forma independente chama-se "O homem dos meus livros" e segue a linha do chick lit.
"Rude" é o segundo thriller erótico escrito pela autora que lançou seu primeiro livro do gênero pela Qualis Editora, intitulado "O que acontece em Vegas fica em Vegas".
Também assina alguns livros sob o heterônimo Tara Lynn O'Brian.

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Oi Bia, gostei de sua resenha. Já tinha visto a capa e ficado interessada nessa história mas também não conhecia a autora. A trama envolvendo suspense e um toque de erotismo parece casar bem e fiquei curiosa pra ler e ver se acerto o assassino também ;)

    ResponderExcluir