Resenhas

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

:: Resenha 462 :: "O Estranho", Kristen Ashley

Sinopse: Primeiro da série bestseller O Homem dos Meus Sonhos, da norte-americana Kristen Ashley, que chega ao Brasil pela coleção erótica Violeta, "O Estranho" conta a história de Gwen Kidd, uma mulher bonita, atraente e determinada, que se entrega a um relacionamento peculiar com um perfeito sedutor que aparece todas as noites em sua cama, envolvendo-a num excitante jogo de sensações, e a deixa sem que ela perceba, antes do amanhecer, sem que ela saiba ao menos o seu nome. Mas quando Gwen precisa ajudar a irmã, que se envolveu com uma gangue da pesada, e as duas passam a correr perigo, o lado protetor de seu amante misterioso vem à tona. Será que aquele louco relacionamento pode se revelar algo bem mais complexo?

Não vou mentir para vocês, essa resenha é muito parcial! Kristen Ashley é uma autora que sigo, curto e torço para fazer sucesso no Brasil há muitos anos. Muito antes de existir Viciados em Leitura (o blog), eu já conhecia a autora das minhas andanças no Goodreads e experimentava leituras em inglês de resenhas e o primeiro livro da Kristen que conheci foi Dream Man, publicado aqui no Brasil como O Estranho. E é sobre ele que vamos conversar hoje. Então, vem comigo conhecer porque adoro essa autora e porque você deve ler esse livro o quanto antes.


Gwen é uma mulher de 33 anos que já passou por alguns perrengues sentimentais e agora sabe exatamente o que quer da vida: trabalhar para comprar vestidinhos pretos sexys, bons amigos para sair e beber cosmopolitan usando os tais vestidinhos pretos e em caso de desilusão, ter sempre massa de cookie em mãos porque elas curam tudo. E a vida dela estaria exatamente assim se não fosse um detalhe: o estranho. Eles se conheceram em um bar, não trocaram nomes ou conversa fiada, e impulsionada por alguns cosmo a mais, Gwen acabou levando o estranho para casa e ele lhe deu uma baita noite de sexo, daquelas inesquecíveis e com alto risco de estragar todos os homens que podem vir depois. Quando Gwen acordou, o estranho já tinha ido embora, mas passado algum tempo, ele volta. Sempre durante a noite, os dois tem uma rodada de sexo louco e ele vai embora novamente e assim as coisas estão acontecendo já há 1 ano e seis meses. Sim, você leu certo, a Gwen está transando com esse cara há mais de um ano e ainda não teve coragem de perguntar o nome dele.

"Eu já estava dormindo regularmente com um homem cujo nome eu não sabia. Um homem que conheci num restaurante há quase um ano e meio e acabei levando para minha casa. Eu dormi com esse homem naquela noite e tive o melhor sexo da história do mundo feminino. Felizmente, ou infelizmente dependendo de como eu encaro a questão, ele continuou voltando para mais sexo, provando de novo e de novo que a primeira vez não tinha sido apenas um feliz acaso, mas um trailer de todas as coisas boas, e cada vez melhores, que ainda estavam por vir."

É claro que ela sabe que aquilo é uma loucura. É claro que a sua amiga, Cam, diz que isso é uma loucura, mas a sua outra amiga, Tracy, acha que é bom e que um dia o Estranho vai aparecer e no fim das contas, Gwen vai levando aquela situação até que a amiga louca, drogada e bandida da irmã da Gwen (vale dizer que a Ginger, a tal irmã também é louca, drogada e bandida) aparece na porta da Gwen procurando a Ginger e fazendo ameaças com som de tiros que deixa a Gwen apavorada!

"Por que eu? Por quê? Eu, que nasci tão inocente e aí sete anos depois, zap!, Deus me amaldiçoou com uma irmã infernal. Será que era pedir muito uma irmã com quem cair na gargalhada e para quem confessar segredos inventados? Será que era pedir muito uma irmã que achasse uma liquidação genial e ligasse para você imediatamente, e que vasculhasse as prateleiras e escondesse as roupas que ela sabia que ficariam lindas em você, para que você pudesse dar uma olhada antes de alguém passar a mão nelas? Será que era pedir muito ter uma irmã que viesse até sua casa e visse a nova versão de Havaí 5- 0 com você, porque vocês duas são completamente taradas pelo Steve McGarrett e sonham com um Camaro? Será? Será?"

O que uma pessoa normal faz numa situação dessas? Procura a polícia. O que a Gwen faz numa situação dessas? Procura o ex namorado motoqueiro, e provavelmente bandido, da irmã, só para descobrir que a irmã está devendo ao Caos (o clube desse ex namorado) mais de 2 milhões e com o seu jeito meio louco, meio sarcástico, ela acaba atraindo a atenção de Tack, o chefe dos motoqueiros e lindo de viver! Tá achando pouco? Quando ela chega em casa, abalada de ficar tão perto de um homão daqueles, dá de cara com ninguém mais, ninguém menos, que o Estranho! O Estranho tem nome, ele é Cabe “Hawk” Delgado, um ex soldado com um passado nebuloso, mandão, lindo e muito possessivo, tanto que, ao descobrir que a Gwen foi pedir ajuda no Caos e ficou no radar do Tack, ele logo apareceu para poder reivindicar a Gwen como sua. Pena que ela não concorda com isso, afinal de contas, noites de prazer não dão o direito do cara entrar na sua casa já dando ordens e é aí que o romance deles pega fogo. Entre beijos avassaladores, brigas, respostas bem dadas da Gewn, é impossível não rir com esse livro.

"Meu Deus. Havia três exemplares masculinos da família Delgado meio italiana, meio cubana, meio porto- riquenha perambulando pela terra. Como é que eu não sabia disso? Como mulher, eu devia ter pressentido a presença deles por instinto."

Se você acha que eu falei muito, saiba que não te contei nem 5% da história e todas as loucuras que acontecem em O Estranho. O livro é longo, mas você não sente passar, o meu é digital e aconteceu de eu olhar o marcador em tantos porcentos e de repente já tinha passado e muito daquela marca. Isso porque a Kristen (estão notando a intimidade?) sabe usar comédia, romance, emoção e ação em doses certas, dando destaque para a comédia (a protagonista é hilária!) e para o romance (às vezes apimentado). O livro tem todos os elementos que eu adoro e por isso acabo devorando. 

"Mas minha missão era possuir um sapato Jimmy Choo antes de morrer. Algumas mulheres têm objetivos profissionais. Outras querem ser uma boa mãe. Outras ainda querem dar sua pequena contribuição para a salvação do mundo. O meu objetivo na vida era possuir um sapato realmente lindo e absurdamente caro."

Vale dizer que esse livro é o primeiro de uma série de 4 livros, cada um focando nos homens dos sonhos que aparecem nessa história. O segundo livro, O Selvagem, tem como protagonista Brock Lucas (que aparece lá para o final de O Estranho), o terceiro que ainda não tem previsão no Brasil se chama Law Man e foca no detetive gostosão Mitch Lawson, e o último é o Motorcicle Man, que tem como protagonista o Tack. Eu rezo todos os dias para que os dois livros que faltam cheguem logo ao Brasil (os dois últimos são os meus favoritos) e não é sempre que encontramos romances como essa série, se O Estranho já tem bastante romance, comédia e ação, se preparem para muito mais em toda a série. 

"– Você precisa parar de ser tão sarcástica.– Por quê? Ele continuou como se eu não tivesse falado nada.– E ao mesmo tempo ser tão linda.– Com isso eu concordo. Ser linda só me dá problema."

E se ainda não te convenci a ler essa série, te lanço uma pergunta: quantos romances temos por aí que focam em mulheres maduras, bem-sucedidas, com mais de 30 anos e sem drama adolescente? Pois é, todas as protagonistas dessa série fogem do perfil bobinho juvenil e todos os homens são machões ao extremo, mas que logo vão parar no lugar deles quando as mulheres batem o pé. Pegue a sua coqueteleira, prepare o seu drink, vestindo aquele vestidinho sexy e se joga nesse romance, te prometo que no final da jornada, você vai querer ser a melhor amiga das meninas e um homem dos sonhos para você!


Nome: O Estranho
Série: O homem dos meus sonhos # 1
Autora: Kristen Ashley
ISBN-13: 9788568432518
ISBN-10: 8568432514
Ano: 2016
Páginas: 576
Editora: Fábrica 231
Classificação: 

Sobre a autora: 


Kristen Ashley cresceu em Indiana, mas vive em Denver, Colorado. Sua paixão por escrever a transformou em uma das maiores autoras de romances eróticos dos EUA.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário