Resenhas

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

:: Resenha 466 :: "No Meu Sonho Te Amei", Abbi Glines


Sinopse: Com 500 mil livros vendidos no Brasil, Abbi Glines é autora do best-seller Paixão sem limites e de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, do USA Today e do The Wall Street Journal.
Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde.
Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam.
Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta.

Já aconteceu com vocês de estarem lendo um livro, acreditando que ele vai para um caminho, tudo leva para o tal caminho, você já meio que traçou toda a história na sua cabeça e BUM! A autora saca uma virada na história que muda tudo e quando você termina fica aquela sensação que acabou lendo dois livros em um só? Foi bem essa a sensação que fiquei quando terminei No meu sonho te amei da Abbi Glines, que alias, é o lançamento do mês de janeiro da Editora Arqueiro e quem estava ligado aqui no blog sabe que esse livro vinha com um pin colecionável para quem comprasse em pré-venda. Bom, eu não tenho pin (bem queria #xati) mas o livro valeu a pena até o final, ai já lá no apagar das luzes achei meu primeiro problema com essa história.
Vale McKinley estava feliz, afinal de contas, era noite de sua formatura e dali a um pouco mais de um mês estaria na faculdade com o seu namorado de infância Crawford até que um trágico acidente coloca seu amado em coma profundo no hospital e Vale fica com a vida em suspenso esperando Crawford acordar. Como os médicos dizem que conversar com Crawford pode ajudar, Vale passa todo o seu dia no hospital, esperando a sua vez de ir até o rapaz e falar com ele, ou seja, Vale deixou de viver para ficar esperando o namorado acordar. 

Ele estava pensando o quê? Que eu iria dar mole para Slate Allen enquanto esperava meu namorado sair do coma?
Vale é a caçula e única menina entre cinco filhos e tem em Knox, o irmão que é o mais novo antes dela, seu confidente e ele está, assim como toda a família, muito preocupado com a irmã e a rotina exaustiva que ela vem levando ao ficar o dia inteiro no hospital, ela fica lá durante todo o tempo de visitas permitido, não vai para casa nem mesmo para comer. Knox acaba comentado sobre o assunto com Slate Allen, seu amigo de fraternidade e que está no mesmo hospital visitando o seu tio, que está em estado terminal.

Não, não teria. Crawford nunca me abandonaria. Eu sabia disso, Ele precisava de mim ali quando abrisse os olhos. Não podia planejar um futuro em que ele não estivesse presente. Isso seria deixá-lo na mão. Crawford nunca me deixaria na mão. Jamais.
Slate fica curioso com a menina, leva café para ela e apesar do começo complicado, os dois acabam ficando amigos e inclusive ele ajuda a Vale a perceber que ela não pode deixar a vida em espera enquanto o namorado está em coma e a convence a ir para a faculdade com ele e Knox. E essa amizade com um cara que é um famoso galinha logo se torna alvo de muitas fofocas e boatos, afinal, Slate é conhecido por ser um pegador e não amigo de mulheres e no fundo de toda fofoca tem aquele ponto de verdade e a coisa entre eles começa a ficar confusa e os sentimentos se misturam.

Para mim, nada podia ser mais horrível do que aquilo. Bobagem. As coisas sempre podiam ser piores.
Só que ai, vem a Abbi Glines e PAH! Manda um plot twist na nossa cara, sem dó e nem piedade e o livro entra na parte 2 e muda completamente. O romance que você leu até agora, com as motivações até agora, mudam completamente e a história passa a ter outra carga dramática. Essa virada é fundamental na trama, então, por razões óbvias não vou revelar ela aqui na resenha, eu já meio que desconfiava pela tradução do título e mesmo assim levei um baque, no meu caso, menos pela revelação e mais pela mudança da narração e só vou falar uma coisa sobre essa mudança: não é tão óbvia quanto poderia ser e isso mostra um amadurecimento e inteligência da Abbi que por si só já vale a leitura desse romance.

Vale sorriu com o meu comentário. Caramba, que sorriso era aquele... Os olhos brilhavam quando a garota sorria de verdade. Era difícil desviar o olhar quando ela sorria assim.
A única coisa que eu não gostei no livro é que a segunda parte é muito curta. O maior diferencial desse livro de tantos outros que tem por ai está justamente nessa virada que dita a segunda parte, então eu queria ter visto ele ser mais explorado e com tudo que acontece nesse ponto da história até o romance fica meio de lado e eu senti falta não só dele quanto de um algo mais, tanto que, no último capítulo, na última frase fica aquela sensação de que falta uma parte do livro e você fica girando a página esperando aparecer um capítulo a mais meio que magicamente. Geralmente nos livros da Abbi não temos epílogo, o que até dá certo em séries longas como Rosemary Beach e Sea Breeze, mas aqui, como um livro único cabia um e talvez não me provocaria esse sentimento de ausência.

Vale era o sol que eu precisava na minha vida.
O livro é muito bom, a Abbi conseguiu entregar um romance bem diferente de tudo que eu já li dela. A autora é alvo de críticas constantes, para muitos, ela sempre faz o mesmo tipo de mocinhas e aqui, a Vale e o enredo entregam algo novo, mas se o final fosse um pouco mais explorado, com um pouco mais de romance, seria um favorito e nem assim ele perde o seu brilho. 



Nome: No Meu Sonho Te Amei
Autora: Abbi Glines
ISBN-13: 9788580419245
ISBN-10: 8580419247
Ano: 2019
Páginas: 240
Compre aqui: Amazon
Classificação:

Sobre a autora: 

Abbi Glines nasceu em Birmingham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente ela mora com seus três filhos, sua filhinha Emerson e seu novo marido em Fairhope, Alabama. Autora de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, Abbi é viciada no Twitter (@abbiglines) e escreve regularmente no seu blog (www.abbiglines.com).

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Confesso que não tenho vontade de ler os livros da Abbi, mas esse me parece bem diferente dos anteriores.

    Beijos

    ResponderExcluir