quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

:: Resenha 473 :: "Opostos", Jennifer L. Armentrout

Sinopse: Katy sabia que o mundo mudou na noite em que os Luxen chegaram.
Ela não podia acreditar que Daemon deu as boas-vindas à sua raça ou ficou de pé enquanto sua espécie ameaçava destruir todos os humanos e híbridos na Terra. Mas as linhas entre o bem e o mal se misturaram, e o amor se converteu em uma emoção que poderia destruí-la… destruir a todos.
Daemon fará qualquer coisa para salvar aos que ama, inclusive se isto implica em traição.
Eles deverão se unir a um inimigo improvável se quiserem ter alguma possibilidade de sobreviver à invasão. Mas quando rapidamente se torna impossível distinguir o amigo do inimigo e o mundo está desmoronando ao seu redor, eles podem perder tudo - inclusive aquilo que mais amam - para assegurar a sobrevivência de seus amigos... e da humanidade.
A guerra chegou à Terra. E não importa o resultado, o futuro nunca será o mesmo para os que ficarem.

Santos Bebês alienígenas!! Sabe aquela sensação de terminar uma série longa e tem uma coisa no peito que diz nossa era necessário cinco livros para isso? É quase que um sentimento de enrolação, de cansaço e até mesmo de enganação. Sacou qual é o sentimento? Então pode ficar tranquilo que em Opostos não tem esse sentimento, para começar Originais termina de um jeito bem louco e acontece tantas coisas para brincar com o seu emocional aqui em Opostos que quando acaba o sentimento é de saudades e de uma leve esperança de que a Editora Valentina publique The Darkest Star, spin-off focado no Luc. Quer saber mais sobre último livro da Saga Lux? Então vem comigo!


A Terra foi invadida por Luxens cruéis, a tática deles é simples: assumir a aparência de humanos importantes e assim dominar o planeta. Se no meio desse processo milhares de humanos forem mortos, para esses invasores não tem nenhum problema com isso, eles se sentem como a raça superior. Para piorar, os Luxen funcionam como uma espécie de colmeia, onde a vontade de um único Luxen se sobrepõem a vontade individual, esse comportamento até mesmo afeta o modo de pensar dos luxens quando eles estão em grandes quantidades e é por isso que Daemon, Dawson e Dee acabaram indo embora com os recém-chegados.

Durante o breve segundo em que nossos olhares se cruzaram, percebi que este era o começo e, ao mesmo tempo, o fim. Isso era definitivamente uma invasão.

Por outro lado, Katy, Beth, Luc e Archer estão em uma cabana isolada em Coer d’ Alene. Com os canais de televisão surtando com as notícias sobre a invasão e ao mesmo tempo tendo que lidar com a falta de notícias de seus amigos/namorados alienígenas, o clima na cabana só piora quando vem Beth revela um segredo que ela e Dawson estavam guardando a sete chaves e por conta disso, Katy e Archer se veem obrigados a tentar a sorte em um mercadinho em busca de remédios para a garota, só para serem pegos no meio de um ataque luxen. Tá achando pouco? Vou só dizer duas coisas: no meio desse ataque rostos familiares aparecem e eu não falei nem 5 capítulo do livro todo.

Mil coisas poderiam resultar disso e, até onde eu conseguia enxergar, nenhuma delas com um final feliz.

Uma boa parte da experiência da leitura é ser pego de surpresa pelos acontecimentos que rolam nesse fechamento da série, mas leia sabendo que tudo mudou no mundo e tudo pode mudar durante a leitura! A chegada dos Luxens revela não só a existência de uma raça alienígena que já estava morando no nosso planeta, como também planos do governo, traições e que nem tudo que parece ser, é! No meio disso tudo, a humanidade está dividida em correr ou correr com o governo apelando para medidas desesperadas e que podem ter repercussões catastróficas. O que vai acontecer? Só lendo para descobrir!

Diabos, seria capaz de envolvê- la da cabeça aos pés em plástico- bolha se isso não fosse tão bizarro e inconveniente, principalmente se levasse em consideração que eu tinha o péssimo hábito de estourar todas as bolhinhas até não restar mais nenhuma.

Opostos fecha a série com chave de ouro, tem de absolutamente tudo nas páginas desse livro, desde lutas (que não são poucas) a choro e muito sofrimento quando mais personagens dizem adeus e ainda sobra tempo para romance e Daemon sendo Daemon, isso é, sarcástico e irreverente nas piores horas. O livro não arrasta em nenhum momento e cada capítulo tem alguma coisa nova, alguma revelação ou algo desesperador acontecendo. 


As palavras perdiam peso quando proferidas em excesso. As ações sempre falavam mais alto, e eram muito mais poderosas.

Em termos de série, a Saga Lux é uma grande aposta para quem curte romance Novo Adulto e para quem também já se aventurou pelo gênero Paranormal. Como já disse antes, a autora usou e abusou do que tem de melhor nos dois gêneros, apimentando a mistura, usando muita ação e algumas surpresas pelo caminho. Sem falar que a Jennifer não teve pena de matar alguns personagens. E no meio do caos final, nem mesmo os personagens tiveram muita pena na hora de resolver o problema de forma definitiva. Vale a pena investir nos cinco livros dessa série e vale mais ainda torcer para que o spin-off chegue ao Brasil. Ainda não estou pronta para dizer adeus aos meus alienígenas favoritos!

A viciada em livros que vive dentro de você vai ter um orgasmo literário.

Nome: Opostos
Série: Saga Lux # 5
Autora: Jennifer L. Armentrout
ISBN-13: 9788558890687
ISBN-10: 8558890684
Ano: 2018
Páginas: 344
Editora: Valentina
Compre aqui: Amazon

Classificação:

Sobre a autora: 

Jennifer L. Armentrout, também conhecida como J. Lynn, é autora #1 do New York Times e do USA Today e best seller internacional, além de ter conquistado vários prêmios e um dos seus livros ser considerado o melhor do ano em ficção YA pela YALSA. Vive no oeste da Virginia. Quando não está escrevendo, ela passa seu tempo lendo, trabalhando, vendo filmes de zumbis, e fingindo escrever. Ela divide sua casa com o marido, um parceiro K-9 chamado Diesel, seu hiper Jack Russell Loki, e sua tartaruga de estimação chamado Michelangelo. Seu sonho de se tornar autora começou na aula de álgebra, onde ela passou o tempo escrevendo contos. Jennifer escreve livros adultos e Jovens adultos, fantasia e romance.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário