quarta-feira, 10 de abril de 2019

:: Resenha 485 :: "Mr. Romance", Leisa Rayven


Sinopse: Max Riley pode fazer com que as fantasias mais incríveis ganhem vida: sob o alter-ego de Mr. Romance, ele pode ser um bilionário dominador, um bad boy inocente, um geek sexy ou qualquer outro homem que satisfaça os desejos das mulheres solitárias da alta sociedade de Nova York. No entanto, nada disso envolve sexo: são apenas encontros inesquecíveis. Intrigada com a lenda urbana de Mr. Romance, a jornalista Eden Tate está determinada a publicar uma matéria revelando sua identidade e suas artimanhas. Desesperado para proteger seu anonimato, Max desafia Eden a ter com ele três encontros: se ela não se apaixonar por ele, poderá publicar a matéria. Caso contrário, deverá esquecer a história. Eden não tem dúvidas de que conseguirá resistir a todos os falsos personagens de Mr. Romance, mas será que é seguro entrar no jogo do maior mentiroso de todos? 

Acredito que todo mundo tenha aquela série ou aquele autor que é muito bem recomendado pelos amigos, que você fica doido para ler, mas por razões diversas acaba deixando o livro rolar na estante (ou na coleção do Kindle). Pois é, um dos meus inúmeros casos desse tipo atende pelo nome Leisa Rayven, muito recomendada por amigos. Vi a autora vir na Bienal do Rio de 2017 e naquela época já tinha os livros da série Meu Romeu, por isso acabei não acompanhando a presença dela no Brasil. Faltava ler, coisa fundamental, até então nem sabia se gostaria da escrita dela, estava comprando confiança e já vou te dizer: como estou arrependida de não ter lido antes! Mr. Romance, meu primeiro contato com essa autora e sua escrita deliciosa será o primeiro de muitos livros dela que vou ler, pode me cobrar, já virei fã da Leisa!
Eden Tate não acredita no amor. Para a cética jornalista, amor é uma ideia inventada que leva a nada além de dor e desilusão e por isso ela está bem feliz em não se deixar envolver com ninguém e quando tem vontade, nada que uma transa casual com um desconhecido para aliviar. Seus casos sãos uns babacas? Ela mesma assume isso, é assim que ela quer, afinal, se o cara for um babaca, não tem risco dela se envolver com ele. Só tem um problema nessa trama da vida de Eden, sua irmã Asha que reprova cada uma das suas conquistas, e sua avó Nannabeth, que insiste que já é hora de ver sua netinha em um relacionamento amoroso, para variar.

"O que esses imbecis engomadinhos têm que eu acho tão irresistível? Será que, como já dormi com tantos deles, quando um chega perto meu corpo já espera por sexo? Tipo um tesão pavloviano? Além disso, eles vêm para cima de mim como se eu tivesse um enorme letreiro neon sobre a cabeça dizendo Mulher forte e independente buscando uma noite de sexo medíocre. Sem compromisso. Orgasmos opcionais. Informações abaixo."

É justamente depois de uma transa casual com um cara para lá de estranho que a Asha conta para a Eden sobre o mito urbano chamado Mr. Romance. Uma colega de trabalho da Asha, conhecida por algumas mentirinhas, conta sobre esse acompanhante de luxo que faz as mulheres da alta sociedade se apaixonarem por ele, sem envolver sexo, e por um alto preço. Claro que o lado cético da Eden fica alerta com essa história, trabalhando na sessão de click-baits de um site importante, o que ela mais deseja é ter uma promoção e a história que a Asha conta tem todos os elementos de um escândalo que poderia alavancar a carreira.

"— Você não acredita muito em finais felizes, não é mesmo, senhorita Tate?
— Não, porque sou adulta e sei muito bem que os únicos finais felizes que existem são os que acontecem em certas casas de massagem."

Ela se joga na missão de desvendar quem é o Mr. Romance e escreve uma história sobre isso, com um pequeno detalhe, como seu trabalho está em risco, escrever essa matéria é bem mais que um trabalho e sim uma questão de sobrevivência. Eu não vou entrar em muitos detalhes sobre a busca dela, mas vamos dizer que quando ela finalmente encontra com o Max, o nome verdadeiro dele, ela tem uma surpresa nada agradável e com orgulho ferido acaba ficando na defensiva, até que o Max faz uma proposta tentadora a ela: se ele fizer ela se apaixonar por ele em até três encontros, ela cancela a matéria que, com toda certeza, acabaria com a carreira dele.

"A solidão é como um quarto grande e vazio dentro de você, que ecoa o som da vida que você não está vivendo. Então você o acaba preenchendo com coisas e, com o tempo, fica suportável, e então confortável. Depois de muitos anos, é tão seguro e quentinho que se torna o novo normal. Mas a pior parte é que esse quarto fica tão cheio de falsos confortos que não cabe mais ninguém."

Não quero falar muito sobre o Max, acho que a melhor parte da minha experiência com o livro foi ter lido ele sem saber muito, as recomendações que recebi sobre a Leisa foram todas sobra a série Meu Romeu, e quando fui descobrindo o Mr. Romance junto da Eden, foi uma experiência tão gostosa que terminei o livro um pouco apaixonada por ele. Vamos só dizer que apesar de usar vários personagens literários para levar romance para as suas clientes, é a verdadeira personalidade de Max que é uma joia preciosa. Posso falar sem sombra de dúvidas que por puro mérito da autora minha lista de namorados literários, que é bem extensa, ganhou mais um nome e ela ainda fez Max pular várias posições!

"Se você compra uma passagem para o Expresso do Amor, ele tem paradas obrigatórias na Vila do Sofrimento, na Ilha da Codependência e na Central da Traição, então por que embarcar, para começo de conversa?"

Com muita comédia e personagens cativantes, Mr Romance é uma leitura imperdível para qualquer um que se diz fã de romances. Não tem como não reconhecer algum personagem de Max, de algum livro que a gente conhece e se derreteu. E por trás da trama até mesmo simples, se esconde uma mensagem poderosa sobre o amor, a solidão, e buscar a força de se entregar e permitir que um coração ferido possa ser curado e colocado a risco de sofrer de amor mais uma vez. E fica ligado na leitura que ainda tem uma bela lição sobre machismo e masculinidade tóxica que foi tão bem encaixada na trama que me deixou babando para ter essa capacidade de escrita.

"Algumas vezes, as pessoas se agarram ao que já conhecem, mesmo que tudo o que conheçam seja sofrimento."
Resumindo, se você tem e não leu ainda o seu Mr. Romance, não faça como eu e fique deixando para depois, pegue ele para ler rapidinho e se prepare para ganhar mais um namorado literário. É um livro lindo, rápido e com uma mensagem forte e necessária nos dias de hoje, o que torna ele imperdível, afinal de contas, todo mundo precisa de amor, até quem não acredita nele.

Nome: Mr. Romance
Série: Masters of Love # 1
Autora: Leisa Rayven
ISBN-13: 9788525064684
ISBN-10: 8525064688
Ano: 2017
Páginas: 358
Editora: Globo Alt
Compre aqui: Amazon
Classificação:

Sobre a autora:

Quando Leisa Raven começou a escola de teatro escreveu suas primeiras peças. Leisa se dedicou à dramaturgia e teve várias peças de sua autoria produzidas na Austrália. O romance tomou o lugar do teatro quando Leisa começou a escrever fan fiction e conquistar leitores na internet. O sucesso online a inspirou a escrever seu primeiro romance, Meu Romeu e sua continuação Minha Julieta. Leisa vive atualmente na Austrália com o marido, dois filhos, três gatos e um canguru chamado Howard.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário