segunda-feira, 15 de abril de 2019

:: Resenha 486 :: “Para Sir Phillip, com amor”, Julia Quinn


Sinopse: Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. 
Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. 
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? 
Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. 
Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. 

Bom, depois de tanta sofrência, eu merecia uma leitura leve e cheia de suspiros, por isso peguei Julinha e seus maravilhosos Bridgertons. Juntei assim, a necessidade de algo para me confortar, com a necessidade de dar andamento a série que eu desejo concluir esse ano, se Deus quiser.

Cheguei ao quinto livro da série, o livro da querida Eloise, que após recusar inúmeros pedidos de casamento, se vê repensando sua vida, ainda mais depois que sua melhor amiga, Penelope Featherington, que até então também era uma solteirona, se casou recentemente com Colin Bridgerton.

"- Você é muito impaciente - observou Violet, olhando para a porta. - Sempre foi.
- Eu sei - disse Eloise, pensando se aquilo era uma repreensão, e, se fosse, por que sua mãe escolhera fazer isso naquele momento.
- Sempre adorei isso em você. Sempre adorei tudo em você, é claro, mas por algum motivo sempre achei sua impaciência especialmente encantadora. Nunca era porque você queria mais, mas porque queria tudo."

Quando uma prima distante de Eloise morre, ela resolve escrever uma carta de condolências para o viúvo. Ela só não imaginava que ele responderia tão brevemente e que ela lhe enviaria uma réplica, e assim, eles passariam o próximo ano trocando cartas, até que um dia Sir Phillip resolve ousar e pedir Eloise em casamento.

A vida de Phillip não foi fácil. Seu pai era muito duro quando ele ainda era uma criança, batendo nos filhos, principalmente no jovem e quieto Phillip, de maneiras bem cruéis. Quando o irmão mais velho de Phillip morre em guerra, é ele quem herda todas as suas responsabilidades, incluindo se casar com a ex noiva de seu falecido irmão.

Marina, a prima distante de Eloise, sempre foi uma pessoa muito estranha, muito reservada, séria, isolada, e assim foi a vida inteira, até em seu casamento com Phillip. Eles tiveram dois filhos, os gêmeos Oliver e Amanda, que hoje, após perderem a mãe, fazem de tudo para chamar a atenção do pai. O problema é que Phillip é meio perdido, tem medo de se tornar como o próprio pai e por conta disso está sempre se distanciando das crianças. Deixando toda a responsabilidade para a babá. E é por isso que ele resolve fazer a proposta para Eloise, pois ele quer uma boa e presente mãe para os gêmeos.

Com Phillip, Eloise vê a possibilidade de finalmente se casar, mas antes ela precisa conhecê-lo. Impulsiva e determinada como é, ela resolve fugir deixando só um bilhete para trás, e o destino? A casa de Sir Phillip.

Ele sempre foi um homem de poucas palavras, o completo oposto de Eliose, que sempre foi conhecida por falar demais, então imaginem como vai ser esses dois juntos. Mesmo não sendo a mais bela das damas, ela é uma Bridgerton geniosa e inteligente, que vai mexer e instigar o quieto e belo botânico que é Sir Phillip.

"Quando Eloise passara a ser tão importante para ele? E o que ele iria fazer para mantê-la feliz?
Porque Phillip precisava que ela fosse feliz. Não só porque, desse jeito, como vinha dizendo a si mesmo, sua vida continuaria a correr tranquilamente. Ele precisava vê-la feliz porque só de pensar o contrário sentia uma punhalada no coração."

Quando Anthony, Benedict, Colin e Gregory invadem a propriedade de Phillip atrás da irmã, o livro fica ainda melhor. Adoro as interações desses irmãos, adoro vê-los todos, ou parte deles, juntos. Fiquei sabendo que muitas pessoas não gostaram muito desse livro e eu não entendi o porquê. Eu simplesmente amei ver a aproximação dos dois e o envolvimento das crianças. Vocês sabem que eu tenho um fraco por livros com crianças, né.

Phillip mesmo reservado e mais sério, foi aos poucos se abrindo para Eloise ao longo das páginas, sem conseguir resistir aquela mulher tão incrível. Para Sir Phillip, com amor foi mais um livro da série que me conquistou. É uma bela história de amor, de novas chances ao amor, de recomeços e descobertas. Fiquei muito feliz por Eloise e por Phillip também, os dois juntos são perfeitos, e eu sempre chego ao final do livro querendo mais um pouquinho deles. 


"Eloise adorava o sorriso dele, meio torto, meio infantil, com um toque de surpresa, como se não pudesse acreditar na própria felicidade.
Adorava a maneira como ele a olhava, como se ela fosse a mulher mais bonita do mundo, ainda que soubesse muito bem que não era.
Adorava a maneira como ele ouvia o que tinha a dizer, e como não se deixava intimidar por ela. Adorava até o modo como Phillip dizia que ela falava demais, porque ele quase sempre fazia isso com um sorriso e, é claro, porque era verdade.
E adorava a maneira como ele ainda a ouvia com atenção, mesmo depois de ter dito que ela falava demais.
Ela adorava ver como ele amava os filhos.
Adorava sua honra, sua honestidade e seu senso de humor travesso.
E adorava a maneira como ela se encaixava em sua vida, e ele na dela.
Era confortável. Parecia certo.
Eloise, então, finalmente percebeu que aquele era o seu lugar."

Título: Para Sir Phillip, Com Amor
Série: Os Bridgertons # 5
Autora: Julia Quinn
ISBN-13: 9788580413625
ISBN-10: 8580413621
Ano: 2015
Páginas: 276
Editora: Arqueiro
Compre aqui: Amazon
Skoob
Classificação:




Sobre a autora: 


Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons.
É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário