segunda-feira, 20 de maio de 2019

:: Resenha 492 :: “O lado obscuro”, Tarryn Fisher



Sinopse: Considerada a obra mais visceral de Tarryn Fisher, você entenderá porque leitores de vários países o elegeram como um dos livros mais especiais de suas vidas.Quando a escritora Senna Richards acorda na manhã de seu aniversário, ela não está em seu quarto. Raptada e trancada numa casa em meio a uma tempestade de neve, ela precisa decifrar as pistas ligadas ao seu passado para conseguir fugir. Forjada pela dor, moldada pelo abandono, Senna se tornou uma mulher que destrói antes de ser destruída...Apenas uma pessoa conseguiu atravessar suas barreiras e conquistar sua confiança, mas isso aconteceu há muitos anos...“Isaac era um estranho, mas foi capaz de enxergar minhas feridas mais do que qualquer outra pessoa.”O cirurgião Isaac encontrou Senna em um momento de caos e vulnerabilidade, depois de um furacão que lançava cinzas sobre suas feridas. Ele a ajudou quando ninguém mais pôde, mas agora, tudo está diferente. Depois de tanto tempo distantes um do outro, os dois estão presos na mesma cabana, e podem ser consumidos por recordações que esperavam esquecer. Além do perigo que os cerca, a escassez de comida e água, e os jogos perigosos do raptor, um sentimento antigo começa a despertar, ameaçando romper novamente as defesas de Senna, o que pode ser fatal.



Que a Tarryn Fisher não é uma pessoa muito normal, nós já sabemos, não é mesmo? Se você, por algum acaso ainda tem dúvidas, então você precisa ler O lado obscuro, aí sim você vai me entender e vai concordar comigo.

“A vida que você escolhe viver é a essência do que você é.”

O lado obscuro é dividido em três partes. Na primeira nós vamos ver a escritora Senna, acordar numa casa que ela não reconhece, com uma roupa que não é dela, no meio de um lugar que ela não faz ideia de onde é, tomado pela neve. Ao explorar a casa, Senna acaba achando Isaac amarrado em uma cama. Receosa, ela o solta, mas logo descobrimos que eles se conhecem e por dias, que viram semanas e meses, os dois vão viver naquela casa cheia de referências à vida e as histórias dos livros de Senna. 

“As vozes são, e sempre serão, temerosas demais para falar tão alto quanto um livro. É por isso que os escritores escrevem, para dizer coisas em voz alta com tinta. Para dar movimento aos pensamentos. Para fazer sentimentos inertes e silenciosos soarem alto e forte.”

A segunda parte do livro a gente volta há um tempo atrás e vamos descobrir a trágica maneira que Senna e Isaac se conhecerem. E a gente entende muita coisa sobre o jeito diferente e excêntrico de Senna nessa parte do livro.

Na terceira parte nós voltamos ao começo, para a casa no meio do nada onde Isaac e Senna estão presos. A narrativa de Senna não é das mais rápidas, mas o suspense é tão envolvente, a trama desperta tanta curiosidade no leitor que você não para de ler até descobrir que raios está acontecendo. Quem diabos prendeu eles dois ali? Será algum leitor ardoroso de Senna? O que Isaac tem a ver com tudo aqui?

“A espera pela morte é a pior forma de tortura que uma pessoa pode imaginar.”

O lado obscuro é mesmo um livro visceral, sua trama é extremamente peculiar e profunda. Quando a gente finalmente descobre o que aconteceu, ele nos faz refletir, nos da algo a pensar, e as coisas se encaixam. Porém, ele não me conquistou tanto assim. Na minha opinião faltou alguma coisa. Stalker, pra mim, é um livro muito melhor.


Título: O Lado Obscuro
ISBN-13: 9788595810693
ISBN-10: 8595810699
Ano: 2019
Páginas: 288
Editora: Faro Editorial
Compre aqui: Amazon
Classificados: 



Sobre a autora:


Tarryn Fisher é autora best-seller do The New York Times, fundadora do blog de moda @guise_of_the_villain e coautora da série Never, Never, com Colleen Hoover.
Tarryn ama vilões, pois "todos sofrem com excesso de vaidade (como eu). Gosto de fazer desses tipos de personalidade o centro das minhas histórias." Ela vive em Seattle com o marido e três filhos. Adora dias chuvosos, Coca-cola, café uma boa dose de sarcasmo, mas odeia adjetivos ruins. Sua trilogia Amor e Mentiras, F*ck Love e Stalker foram lançados no Brasil pela Faro Editorial.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário